::Candidatura de Cássio Cunha Lima tem pedido de impugnação no TRE ::TCE quer que prefeito de Prata demita funcionários sem concurso público ::Argentina vai à final contra a Alemanha ::Prefeitura de Monteiro intensifica ações na zona rural ::Prefeitos de Sumé e Amparo reafirmam apoio à reeleição de Ricardo Coutinho ::Vigilante frustra assalto aos Correios de cidade do Cariri ::Prefeito de Sumé tem contas de gestão novamente aprovadas pelo TCE ::Justiça manda e 50% dos funcionários da Cagepa voltam ao trabalho ::Temperatura varia entre e 17°C e 33°C na Paraíba; mínima será no Cariri ::DEU NO BOIGA DO TIÃO: Cabaré vira igreja evangélica e a dona agora é pastora Prefeitura de Prata

Candidatura de Cássio Cunha Lima tem pedido de impugnação no TRE

cassiocubati2Nem o próprio senador Cássio Cunha Lima tinha dúvida de que haveria um ou vários pedidos de impugnação de sua candidatura ao Governo do Estado, com estofo na Lei da Ficha Limpa. Estava escrito nas estrelas. Seja pelas dúvidas jurídicas que cercam sua candidatura, seja pela animosidade que existe na sua relação com adversários como o governador Ricardo Coutinho.

O curioso foi o primeiro pedido partiu de um cidadão, aparentemente desconhecido. Demócrito Medeiros de Oliveira. Ele pede ao Tribunal Regional Eleitoral que o registro da candidatura de Cássio seja negada, por considerar o tucano “ficha-suja”. Demócrito demonstra ter um notável conhecimento jurídico, pois usa argumentação escorreita sobre legislação eleitoral.

Argumenta Demócrito, em pedido de “notícia de inelegibilidade de candidato”: “O candidato (Cássio Cunha Lima) ora noticiado é inelegível, tendo em vista haver em face do mesmo várias cassações eleitorais julgadas procedentes em órgãos judiciais colegiados, inclusive com trânsito em julgado, cujo prazo de inelegibilidade ainda não esgotou.” Ele cita o Caso Fac.

Helder Moura

Banner Coringa Banner Coringa

TCE quer que prefeito de Prata demita funcionários sem concurso público

Argentina vai à final contra a Alemanha

Candidatura de Cássio Cunha Lima tem pedido de impugnação no TRE Candidatura de Cássio Cunha Lima tem pedido de impugnação no TRE

Independência, Chiquito! Independência! A Argentina está na final da Copa do Mundo graças a um herói improvável. Um herói que chegou ao Brasil criticado, contestado, e repetiu Goycochea 24 anos depois. No dia em que completam 198 anos de independência, os hermanos bateram a Holanda nos pênaltis graças a Sergio Romero e estão na decisão de domingo, contra a Alemanha, no Maracanã. Chamado de Chiquito por ser o mais baixo de quatro irmãos na infância, o goleiro foi gigante e parou as cobranças de Vlaar e Sneidjer. Brasileiros, não teve jeito, eles estão na final – nos 120 minutos, ninguém fez gol na Arena Corinthians nesta quarta-feira.

Desta vez, Louis van Gaal não aprontou, não guardou a última substituição para colocar Krul nas cobranças de pênaltis e se deu mal. O máximo que Cillessen conseguiu foi tocar na bola após chute de Maxi Rodriguez, o derradeiro, que garantiu a Argentina na grande decisão. Em 1990, na Itália, foi outro Sergio, o Goycochea, que parou os donos da casa em outra decisão por penalidades máximas e garantiu os hermanos em outra final contra a Alemanha. A história se repete.

Será a terceira final de Copa entre alemães e argentinos. Em 1986, Maradona garantiu o bi para os hermanos. Quatro anos depois, o futebol coletivo do time germânico comandado por Beckenbauer no banco e Matthäus no campo foi responsável pelo tri. Agora, o tira-teima. Messi ou Müller? Romero ou Neuer? Os europeus chegam embalados pelo 7 a 1 no Brasil, jogam melhor, mas a Argentina tem se mostrado o time do improvável, um time de vitórias no fim.

Aos holandeses resta um encontro com o Brasil, sábado, às 17h (de Brasília), no Estádio Mané Garrincha, em Brasília, para decidir o terceiro lugar. Um jogo com cara de melancolia para os donos da casa e também para a Laranja, que chegou perto mais uma vez e novamente refugou. Dificilmente a geração comandada por Robben, Van Persie e Sneidjer terá outra chance.

Banner Segundo Wilson Ricardo

Prefeitura de Monteiro intensifica ações na zona rural

Candidatura de Cássio Cunha Lima tem pedido de impugnação no TRE Candidatura de Cássio Cunha Lima tem pedido de impugnação no TRE Candidatura de Cássio Cunha Lima tem pedido de impugnação no TRE

A Prefeitura de Monteiro, através da Secretaria Municipal de Agricultura e Meio Ambiente, vem desenvolvendo atividades voltadas a diminuir os efeitos causados pela estiagem que atinge a região e que gerou prejuízos aos agricultores do município.

De acordo com o Secretário de Agricultura, Fernando do Tempero, somente em 2014 foram cavadas mais de 800 cacimbas em comunidades da zona rural.

“Além disto, cerca de 530 cata-ventos e bombas foram consertados no mesmo período,ainda foram instaladas cerca de 40 bombas e 40 poços em todas as regiões do município”, disse Fernando.

O Secretário Adjunto de Agricultura, Alexandre Magno, afirmou que a gestão municipal tem buscado parceiros visando a implementação de ações voltadas a melhoria da infraestrutura hídrica.

“Entre outras ações de combate à seca podemos destacar também através da parceria com o DNOCS, a instalação de 15 cata-ventos novos e a perfuração de 06 poços, que funcionam todos com tecnologia através de energia solar”, disse o Secretário Adjunto de Agricultura.

Alexandre finalizou dizendo que a Prefeitura tem desempenhado um papel intensivo em toda zona rural, buscando em especial a melhoria no atendimento de água para a população.

“É uma determinação da Prefeita Edna Henrique que a zona rural receba atenção especial, desde o início de seu mandato, a prefeita reconhece que o homem do campo, e o trabalhador rural, são importantes no desenvolvimento do município, e merecem todo o respeito e atenção”, completou o Secretário Ajunto.

Prefeitos de Sumé e Amparo reafirmam apoio à reeleição de Ricardo Coutinho

Candidatura de Cássio Cunha Lima tem pedido de impugnação no TRE Candidatura de Cássio Cunha Lima tem pedido de impugnação no TRE

Os prefeitos de Sumé, Neto Duarte (PMDB) e de Amparo, Zé Arnaldo (PSB), reafirmaram apoio a candidatura à reeleição do governador Ricardo Coutinho (PSB). Eles foram recebidos na manhã desta quarta-feira (9) por Ricardo Coutinho e se colocaram à disposição para ajudar na sua reeleição na região do Cariri.

O prefeito Neto Duarte, que está cumprindo o seu 5º mandato na prefeitura de Sumé, disse que está cada vez mais firme e solidário a um governo que trabalhou e que demonstrou como é possível que o dinheiro do povo volte em obras e ações para o próprio povo. “Este governo em 3 anos e seis meses fez mais do que outros que fizeram em dez anos. É um governo que mostrou como é que se faz em estradas, escolas, hospitais e adutoras”.

Neto Duarte destacou as parcerias firmadas com o governo do Estado que realizou muito por Sumé, citando a conclusão do hospital de Sumé iniciado no governo Maranhão e que ficou abandonado por dez anos, equipamentos de ponta para o centro de Oftalmologia, ambulância, a conclusão da pavimentação do asfalto Sumé, Congo e a divisa com Pernambuco e a adutora que levará água tratada para os distritos de Pio X e Sucuru. “São obras que não foram prometidas, mas o governo do Estado foi lá e fez”.

O prefeito de Amparo, Zé Arnaldo, disse que está com Ricardo Coutinho porque é o melhor para administrar a Paraíba e para melhorar a qualidade de vida do povo. “Nosso município foi contemplado com escolas, ambulâncias, laboratório de análises clínicas e a pavimentação do acesso ligando o município a Ouro Velho. É um compromisso nosso reeleger Ricardo porque representa também a vontade da população que sente e vê os benefícios desta gestão”, completou.

Vigilante frustra assalto aos Correios de cidade do Cariri

revolver22Dois indivíduos tentaram, nesta terça-feira (09), assaltar a agência dos Correios do município de São Domingos do Cariri, localizado na microrregião do Cariri ocidental, mas foram impedidos pela presença de um vigilante.

Ao notar a presença dos bandidos, o vigilante do local efetuou alguns disparos de arma de fogo e impediu o assalto. Os bandidos fugiram em seguida, com rumo ignorado.

Na última segunda-feira (09), bandidos armados explodiram a agência dos Correios da cidade de Alcantil, também localizada no Cariri paraibano.

Segundo primeiras informações colhidas pela polícia, após terem arrombado a porta os criminosos carregaram o cofre até o meio da rua onde explodiram levando todo o dinheiro. Depois os bandidos fugiram efetuando disparos para o alto. Houve perseguição por parte da polícia, mas até o momento nenhum dos suspeitos foi preso.

No ano são 65 ocorrências, sendo 28 explosões (20 no Bradesco, 4 no Banco do Brasil, 2 na Caixa e 1 no Santander), 8 assaltos (4 no Bradesco, 2 no Banco do Brasil e 2 no Itaú), 18 arrombamentos (3 na Caixa, 3 no Banco do Brasil, 3 no Santander, 5 no Itaú, 2 no Bradesco e 2 no HSBC), 5 tentativas de arrombamento/explosão/assalto (2 no Banco do Brasil, 1 no Santander e 2 no Bradesco), 6 Saidinhas/Entradinhas de banco (1 no Santander, 1 no Bradesco, 2 no Banco do Brasil, 1 na Caixa e 1 no Itaú).

Prefeito de Sumé tem contas de gestão novamente aprovadas pelo TCE

doutornetonovaO Tribunal de Contas do Estado da Paraíba aprovou, nesta quarta (09/07), as contas de gestão do Prefeito de Sumé, Francisco Duarte da Silva Neto, o Dr. Neto, referentes ao exercício de 2012. É a quarta vez seguida que o TCE-PB aprova as contas do Prefeito (as outras foram referentes aos exercícios de 2009, 2010 e 2011).

As irregularidades apontadas na prestação de contas questionavam principalmente os repasses ao instituto de previdência e os gastos com a filarmônica do Município. A Corte de Contas afastou por unanimidade todas as irregularidades.

Sobre o INSS, o relator entendeu que a quantia supostamente não repassada era ínfima. Além disso, em fiscalização realizada pela Receita Federal e pelo INSS, não foi constatado qualquer débito para com a Previdência. Quanto aos gastos com a filarmônica municipal, o TCE afastou a irregularidade e afirmou que o equipamento era importante para a população.

“A decisão do Tribunal de Contas foi acertada e seguiu a razoabilidade. Todas as irregularidades apontadas eram meramente formais e não comprometiam as contas de gestão”, comentou o advogado Paulo Ítalo de Oliveira Vilar, integrante do escritório Newton Vita, encarregado da defesa do Prefeito.

Terceiro postagens – Câmara Monteiro

Justiça manda e 50% dos funcionários da Cagepa voltam ao trabalho

cagepavoltaO Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias Urbanas da Paraíba (Stiupb) e os trabalhadores da Cagepa, que estão em greve desde o dia 16 de junho no Estado, estão garantindo 100% da manutenção dos serviços essenciais. Contudo, após a ameaça de multa da justiça, o sindicato cumprirá, a partir desta quarta-feira (9), integralmente o que determina a liminar do Tribunal Regional do Trabalho- 13° Região, ou seja, garantia de apenas 50% da manutenção dos serviços essenciais.

“Entendemos que o tribunal foi induzido a cometer um erro, visto que apenas 50% dos serviços essenciais não atenderão as necessidades da população, com isso compreendemos que o cumprimento da liminar trará grandes prejuízos e transtornos aos consumidores. Infelizmente, somos obrigados a cumprir o que determina a justiça”, afirmou Wilton Maia Velez, presidente do Stiupb.

A diretoria da Cagepa se nega a oferecer um reajuste digno a categoria, que nos últimos anos vem sofrendo com reajustes abaixo da inflação e perdas salariais em relação ao salário mínimo.

A empresa só ofereceu até o momento um reajuste de 6,54%, percentual esse que está muito aquém das necessidades da classe trabalhadora. A categoria reivindica um reajuste de 15% e aumento de 27% no ticket alimentação e melhores condições de trabalho.

Nos últimos anos, os trabalhadores da Cagepa vem sofrendo com condições sub-humanas de trabalho. “Os funcionários da empresa não aguentam mais trabalhar com equipamentos e veículos sucateados e em instalações que não oferecem as mínimas condições de trabalho. Nossa luta não é só por salário, é por melhores condições de trabalho também”, afirmou Wilton Maia.

Temperatura varia entre e 17°C e 33°C na Paraíba; mínima será no Cariri

friomonteiroA previsão do tempo para as próximas 24 horas – a partir das 10h desta quarta-feira (9) – indica uma variação térmica de 16°C na Paraíba. A temperatura máxima esperada é de 33°C e deve ocorrer no início da tarde, no Sertão, enquanto que a mínima, de 17°C, está prevista para a madrugada de quinta-feira (10), no Cariri.

No Litoral, Agreste e Brejo os termômetros devem oscilar entre 19°C e 29°C e a previsão é de céu nublado com possibilidade de chuvas rápidas. “O transporte de umidade causado pelos ventos oceânicos favorece à maior concentração de nebulosidade sobre o setor leste do Estado, em particular na Serra da Borborema. No decorrer das próximas 24 horas, a nebulosidade fica variável e podem ocorrer chuvas esparsas”, informou a meteorologista Carmem Becker.

Confira a previsão detalhada para cada região:

Litoral
Nebulosidade variável com chuvas esparsas no decorrer do período.
Max.: 29°C
Min.: 22°C

Brejo
Nebulosidade variável com chuvas esparsas no decorrer do período.
Max.: 27°C
Min.: 18°C

Agreste
Nebulosidade variável com chuvas esparsas no decorrer do período.
Max.: 28°C
Min.:19°C

Cariri/Curimataú
O sol aparece entre nuvens.
Max.: 30°C
Min.: 17°C

Sertão
O sol aparece entre nuvens.
Max.: 33°C
Min.:21°C

Alto Sertão
O sol aparece entre nuvens.
Max.: 32°C
Min.: 19°C

Mais informações sobre tempo e clima do Estado podem ser obtidas na internet, no site www.aesa.pb.gov.br e pelo telefone 83 3310-6367.

DEU NO BOIGA DO TIÃO: Cabaré vira igreja evangélica e a dona agora é pastora

Candidatura de Cássio Cunha Lima tem pedido de impugnação no TRE Candidatura de Cássio Cunha Lima tem pedido de impugnação no TRE

Se nas grandes cidades européias templos cristãos estão se tornando bares e outros estabelecimentos, no interior da Bahia um prostíbulo fechou após quatro décadas e o local passou a abrigar uma igreja evangélica.

Em Jequié, a 365 Km de Salvador, uma placa avisa aos antigos frequentadores que a casa de prostituição já não funciona mais: “Onde abundou o pecado, superabundou a graça”. O local agora abriga uma filial da Assembleia de Deus Ministério de Madureira.

A antiga cafetina do local, Maria Amenade Coelho, 67, se converteu ao Evangelho e fechou o prostíbulo, segundo informações do jornal Folha de S. Paulo. Agora, o espaço abriga cultos à beira da rodovia BR-116.

A mudança na rotina do local atraiu antigos clientes e garotas de programa, além de outras cafetinas que tinham experimentado a decadência nos negócios antes de Maria Amenade. “Vivia nesse local afundado na droga, bebida e sexo. Era só perdição. Mas o exemplo dela [Maria] me deu forças para me libertar”, diz o carregador de cargas Antonio Barbosa Teixeira, 35 anos.

Outro antigo cliente do antigo prostíbulo, Jéferson Barbosa Ramos, 24 anos, diz que o hábito de frequentar o local trouxe também o vício em drogas e a entrada no mundo do crime: “Todo final de semana eu chegava aqui sete horas da noite e só saía sete da manhã do outro dia, bebendo e me drogando. Roubei várias vezes e cheguei a ficar no presídio por dois meses, mas agora estou liberto”, testemunha.

Maria Amenade diz que a prostituição foi sua “opção de sobrevivência” durante o tempo que manteve o prostíbulo funcionando. Agora, vista como exemplo de transformação, diz que o arrependimento veio através da conversão: “Tinha muita droga, briga, só coisa ruim. Mas garanto que estou arrependida de tudo que fiz e que hoje sou outra pessoa e estou buscando a Deus. Foi um momento de pensar na vida. Recebi visitas de evangélicos que fizeram orações comigo por vários dias e me convenceram a sair daquela vida”.

Prefeita do PMDB anuncia que fica com Ricardo Coutinho

prefeitamatinhasA prefeita de Matinhas, Maria de Fátima Silva, do PMDB, anunciou na tarde desta terça-feira (8), que apoiará a candidatura à reeleição do governador Ricardo Coutinho (PSB). Mesmo com um candidato a governo pelo PMDB,a prefeita disse que não pode deixar de votar no governador do trabalho e que fez a rodovia da Laranja ligando Matinhas a PB-097 e tirando o município do isolamento. Maria de Fátima lembrou que há 40 anos o município de Matinhas sonhava em sair do isolamento asfáltico e foi Ricardo Coutinho que fez dentro de uma visão de reconhecimento e de incentivo a cultura da laranja. “Eu como prefeita e o povo de Matinhas saberão ser gratos a quem trabalha e ajudar a desenvolver a Paraíba a partir dos pequenos municípios. Recebo muitos depoimentos de filhos de Matinhas e visitantes que se sentem mais motivados em visitar o município por não terem mais que enfrentar a buraqueira e a poeira”, ressaltou a prefeita. A prefeita do PMDB acrescentou que com políticas como o Pacto Social, o Orçamento Democrático e o Empreender compõem um modelo de trabalho que a Paraíba precisa para se desenvolver de uma forma equilibrada. “Esses são alguns motivos que me fizeram desde 2013 construir parcerias com o governador Ricardo”,completou. O município de Matinhas tem uma população de 4.340 habitantes. A sua principal atividade econômica é a fruticultura em especial o cultivo da laranja e da tangerina.

Torcedores recebem seleção sob vaias e jogam laranja no ônibus após vexame

Candidatura de Cássio Cunha Lima tem pedido de impugnação no TRE Candidatura de Cássio Cunha Lima tem pedido de impugnação no TRE

A surpreendente derrota por 7 a 1 para a Alemanha na semifinal da Copa do Mundo, que aconteceu nesta terça-feira, deixou cerca de dez torcedores irados. Eles enfrentaram frio e chuva para vaiar os jogadores do Brasil, que deixaram o Aeroporto do Galeão pela pista.

Sob muitas vaias e até mesmo gritos de “mercenários”, o ônibus com os atletas deixou o aeroporto rumo à Granja Comary, em Teresópolis. Assim que o veículo apontou na rua, um torcedor mais exaltado arremessou uma laranja no vidro e deixou o clima tenso.

Isso porque o local estava repleto de policiais, que tiveram o reforço da Força Nacional. Apesar do vandalismo, nenhuma atitude mais enérgica foi necessária e todos deixaram o espaço assim que o ônibus com a seleção brasileira ganhou velocidade.

Na Granja Comary, onde o time chegou por volta da 1h50, havia apenas seis pessoas, um caminhão da Polícia de Choque, soldados do Exército e cinco carros da Polícia Militar.

Um homem abriu uma faixa com a palavra “Vergonha. Ao lado, deixou um cartaz no chão com os dizeres “Nem a Volks faz gol em cinco minutos.” O autor do protesto, Eduardo Marques, explicou a razão de sua revolta: “Cem anos de história acabaram em 25 minutos”.

Clima de descontração antes da seleção chegar

Antes de a seleção brasileira chegar no Galeão, no entanto, o clima era de muita tranquilidade e até descontração. Um torcedor, vestido com a camisa do Vasco, roubou a cena.

“Rapaz, não posso chamar esses caras de jogadores. Jogadores são os que jogam no Vasco, na Série B. Se o Vasco pega a Alemanha, até perde, mas seria suado. O que aconteceu no Mineirão foi uma vergonha. Tinha que botar fogo nesse ônibus”, disse o torcedor, que estava com sua filha de 12 anos ao lado.

Após ser goleado pela Alemanha, o Brasil tenta se recompor para a disputa do terceiro lugar. O duelo será neste sábado contra o perdedor de Argentina x Holanda, que se enfrentam nesta quarta.

Explicado! Mick Jagger foi ao estádio

Julio César diz: "Preferia 1 a 0 com um erro meu do que 7 a 1"

julioSem explicações. Após o massacre da Alemanha sobre o Brasil pela semifinal da Copa do Mundo, no Mineirão, o goleiro Julio César estava, naturalmente, atordoado. Reconheceu as qualidades da seleção alemã e lamentou a maneira como o time canarinho acabou eliminado do torneio, com um 7 a 1 nas costas:

- Sinceramente, é complicado explicar o inexplicável. Temos que reconhecer o grande futebol alemão, jogando junto há seis anos. Até aqui estava tudo muito lindo, o povo brasileiro está de parabéns, a torcida, por todo apoio que deu até aqui – disse Julio, emocionado, logo depois da partida.

Para o goleiro, o Brasil sentiu demais o primeiro gol e não conseguiu voltar para o jogo em nenhum momento. Mas os 7 a 1 pesam demais:

- Depois do primeiro gol, deu um apagão, ninguém esperava. Troco a minha falha que carreguei durante quatro anos pelo jogo de hoje. Preferia 1 a 0 com um erro meu do que 7 a 1. Mas o nosso time é forte, os jogadores vão saber levantar a cabeça – declarou Julio, referindo-se ao erro na derrota para a Holanda nas quartas de final da Copa de 2010.

O Brasil disputa o terceiro lugar da Copa do Mundo no próximo sábado, às 17h, em Brasília, contra o perdedor de Holanda x Argentina, que acontece nesta quarta-feira, em São Paulo.

Tumulto e brigas em shoppings da Paraíba marcam fim de jogo do Brasil

Candidatura de Cássio Cunha Lima tem pedido de impugnação no TRE Candidatura de Cássio Cunha Lima tem pedido de impugnação no TRE

Tumulto e brigas nos shoppings Manaíra, em João Pessoa, e Partage, em Campina Grande, marcaram o fim da partida em que o Brasil perdeu por 7 a 1 para a Alemanha pela semi-final da Copa do Mundo, na tarde desta terça-feira (8). No Manaíra Shopping, pelo menos três pessoas ficaram feridas, conforme informou o Corpo de Bombeiros. Dois homens foram presos tentando roubar um carro em frente ao shopping.

De acordo com a Polícia Militar, as confusões aconteceram nas áreas de praças de alimentação dos shoppings, mas ainda não há informações sobre o que teria motivado o início da confusão. As lojas estavam fechadas. Nas redes sociais, houve relatos sobre barulho de tiros no Manaíra Shopping, a informação, entretanto, não foi confirmada pela polícia.

Segundo o Corpo de Bombeiros, em João Pessoa três pessoas precisaram ser socorridas para o hospital de Trauma da capital com ferimentos em decorrência das brigas. Segundo a polícia, em Campina Grande nenhum ferido foi confirmado. As assessorias dos dois shoppings informaram que não houve saques ou qualquer depredação em lojas, que estavam fechadas no momento dos tumultos.

A assessoria de comunicação do Manaíra também negou a informação de que houve feridos ou baleados. Segundo a assessoria, aconteceram brigas e confusão devido ao resultado do jogo, mas os problemas teriam sido resolvidos com a chegada da polícia e a presença dos seguranças privados. As lojas tinham previsão de reabertura 30 minutos após o jogo e devem voltar ao funcionamento normal.

Por sua vez, o Partage informou que o problema foi rapidamente contido após dois adolescentes se envolverem em uma discussão entre torcedores do Brasil e da Alemanha. Às 19h30, a polícia informou que já estava se retirando do local. Nenhuma prisão foi confirmada. Corpo de Bombeiros e Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) não chegaram a ser acionados.

Veja vídeo:

O SONHO ACABOU: Brasil sofre sua maior derrota em Copas

Candidatura de Cássio Cunha Lima tem pedido de impugnação no TRE Candidatura de Cássio Cunha Lima tem pedido de impugnação no TRE Candidatura de Cássio Cunha Lima tem pedido de impugnação no TRE Candidatura de Cássio Cunha Lima tem pedido de impugnação no TRE Candidatura de Cássio Cunha Lima tem pedido de impugnação no TRE

Daqui a 10, 20, 50 anos, dirão aos brasileiros que a Seleção, lá atrás em 2014, perdeu uma semifinal de Copa do Mundo para a Alemanha, em casa, por 7 a 1. Esse texto é para quem era garotinho ou nem sequer havia nascido na época. Tomara que o encontrem na internet e tentem entender o que nenhuma palavra pôde explicar aos que estiveram no Mineirão, em Belo Horizonte, ou aos 200 milhões que viram, de alguma forma, o massacre imposto por uma das grandes equipes daqueles tempos a um time absolutamente entregue à pressão e à ausência do craque Neymar.

Neymar era o melhor jogador daquela geração brasileira, mas teve uma vértebra fraturada nas quartas de final, contra a Colômbia, numa joelhada de Zuñiga. O Mineirão, na tarde de 8 de julho, não viu o atacante, mas viu Miroslav Klose chegar a 16 gols e bater o recorde de Ronaldo como maior artilheiro das Copas. Viu Schweinsteiger, Khedira, Kroos, Özil e Müller, em exibições exuberantes, decretarem a maior humilhação brasileira na história do torneio, em atuação abaixo da mais destrutiva das críticas.

Aquela Seleção disputou o Mundial sob o peso de se livrar do fantasma do Maracanazo. Sim, há mais tempo ainda, em 1950, o Uruguai quebrou o favoritismo brasileiro na final da Copa e venceu por 2 a 1. Os jogadores daquele time, simbolizados pelo goleiro Barbosa, jamais se livraram da tragédia. O “Mineirazo” de 2014 soa como um pedido oficial de desculpas aos vice-campeões do mundo.

Luiz Felipe Scolari era o técnico. Com o respaldo de três semifinais em três Copas disputadas e do pentacampeonato conquistado em 2002. A escolha dele por Bernard, menor e mais novo jogador daquele grupo, para substituir Neymar mostrou-se equivocada, embora seja impossível atribuir a isso a diferença entre os dois times. Nem se uma equipe profissional jogasse com 10 durante 90 minutos seria tão fragilizada.

Não se sabe se o Brasil do futuro será diferente, mas aquele de 2014 mostrou durante toda a Copa do Mundo, fragmentos de despreparo técnico, tático e emocional. Reclamavam quando se falava em “Neymardependência”, mas estar em campo naquele time, olhar para o lado e não acha-lo, mostrou-se um fardo pesado demais para as limitações dos companheiros.

Nessa tarde histórica, a Alemanha classificou-se para a final contra Argentina ou Holanda, que disputam a outra semifinal no dia seguinte. O perdedor do jogo de São Paulo enfrenta o Brasil, sábado, na capital federal, pelo terceiro lugar. Uma posição que poderia ser honrosa, mas que a Seleção tornou vexatória.

Em 2014, a Fifa tinha um tempo limite para a execução dos hinos. O brasileiro era cortado pela metade, mas a torcida nos estádios segurava o canto durante toda a primeira parte. Os alemães ouviram o brado mais retumbante do que nunca. Com a camisa de Neymar nas mãos, David Luiz e Julio César cantaram a plenos pulmões. Um espetáculo tão bonito que até Neuer, goleiraço alemão, aplaudiu de braços erguidos.

Dali para frente, só mesmo os europeus mereceram palmas. Vestidos com um uniforme que fazia referência ao Flamengo, eles demoraram mais de três minutos para terem a bola dominada no campo de ataque e passaram os outros 42 fazendo o que queriam.

Em 18 minutos, a Alemanha fez cinco gols. É verdade. Müller, o gol histórico de Klose, duas vezes Kroos e Khedira deixaram o país atônito. Eram gols de tabelas, toques rápidos, de uma seleção que jogava por controle remoto contra outra de chumbo nos pés. Numa rara tentativa de ataque do Brasil, Bernard, 1,66m de altura, trombou em Neuer, 1,93m. Metáfora perfeita da diferença entre os dois lados.

As lágrimas tão polêmicas dos olhos dos jogadores brasileiros já eram vistas na arquibancada, nas crianças, nos adultos, numa geração que não mais precisaria ler sobre o Maracanazo depois de viver aquela tarde. Vaias, ofensas e policiais correndo para todos os lados, inibindo brigas, foram o retrato melancólico do fim do primeiro tempo.

Batinga poderá "sobrar" após coligações formadas

batingasessaoMesmo com a grande maioria das campanhas em fase de articulação, a eleição para a Assembleia Legislativa da Paraíba, promete ser uma das mais acirradas das últimas décadas e se não bastassem os problemas relacionados à falta de votos, diversos deputados agora se vêem em apuros para tentar reconquistar a cadeira na Casa de Epitácio Pessoa, situação agravada pelas coligações montadas pelos presidentes de partidos que levam muitos deputados para o sacrifício.

Em meio a um verdadeiro tiroteio na busca por apoios, partidos como: PMDB. PT. PSB e PEN sabem que não vão manter as representações no próximo ano, numa estrada semelhante seguem os integrantes da Coligação proporcional composta pelo PSD de Rômulo Gouveia e o PSC de Marcondes Gadelha que definiram o apoio aos 46 minutos do segundo tempo e agora passam por apuros.

Atualmente detento sete cadeiras: 4 do PSC e 3 do PSD, as duas forças sabem que ao menos três cadeiras deverão seguir para a ‘guilhotina’ em face do coeficiente eleitoral e da inexistência de candidatos nanicos que proporcionam uma boa calda eleitoral garantindo um maior numero de cadeiras na composição.

No lado do PSD, quem está na disputa é: Manoel Ludgerio que recentemente retornou ao convívio do grupo Cunha Lima, a esposa do vice-governador Rômulo Gouveia, a deputada Eva Gouveia, não se esquecendo de João Gonçalves (PSD) e os parlamentares do PSC: Arnaldo Monteiro com atuação em Esperança e região, Carlos Batinga no Cariri, Guilherme Almeida no Compartimento da Borborema e Vituriano de Abreu que é de Cajazeiras e disputará votos na Terra do Padre Rolim com o ex-prefeito Carlos Rafael (PMDB).

Mesmo achando que pularam uma fogueira, ao não coligarem com o ‘Chapão’ tucano, os parlamentares do PSC e PSD acreditam que mesmo com iminentes chances de figurarem como suplentes, acreditam que serão chamados em caso de vitoria do grupo de Cássio Cunha Lima (PSDB).

“Há época que Cássio foi governador ele chegou até a chamar seis suplentes”, lembrou-se um parlamentar que disputará a reeleição e pediu anonimato.

PB Agora

Aposentados denunciam que estão sendo vítimas de golpe no Cariri paraibano

[+]   POSTAGENS