::TCU vê superfaturamento de R$ 42 mi nas obras da transposição na Paraíba ::Enquanto isso, no céu… ::Nanado Alves ::COLUNA CARIRI ::Oposição de Monteiro comemora com festa a vitória de Ricardo Coutinho ::Lá se foi ‘Seu Lunga’, aos 87 anos… ::UBAM participa e destaca importância do “Diálogo Público” promovido pelo TCE ::As charges do dia… ::Prefeitura de Monteiro promoverá curso de formação para alfabetizadores ::Pascar abre concurso para escolha do Mascote do Projeto Solo na Escola Prefeitura de Prata

TCU vê superfaturamento de R$ 42 mi nas obras da transposição na Paraíba

TCU vê superfaturamento de R$ 42 mi nas obras da transposição na Paraíba TCU vê superfaturamento de R$ 42 mi nas obras da transposição na Paraíba

O Tribunal de Contas da União (TCU) julgou na última quarta-feira um processo que aponta superfaturamento de R$ 42 milhões em trechos das obras de transposição do rio São Francisco.

O montante representa 4,7% do orçamento de R$ 895 milhões do projeto. Trata-se da construção de um canal com 112,5 quilômetros, cruzando 13 cidades da Paraíba.

O empreendimento foi financiado com recursos federais do Ministério da Integração Nacional e administrados pelo governo do Estado da Paraíba.

Além das suspeitas sobre os valores, os ministros do tribunal encontraram irregularidades na licitação organizada pela Secretaria de Meio Ambiente paraibana, em 2010. A pasta, ainda segundo o TCU, também não aprovou os projetos básicos apresentados pelas empreiteiras.

Parte das exigências incluídas no edital prejudicou a competitividade do processo, de acordo com o relator do processo, ministro do TCU Bruno Dantas.

“Assim, as empresas que se sagraram vencedoras apresentaram descontos inferiores a 1%”, salienta Dantas, em seu voto.

A obra foi dividida em três lotes. As empresas Carioca Christiani-Nielsen Engenharia, a S/A Paulista de Construções e Comércio e a Serveng-Civilsan arremataram o primeiro trecho, apresentando uma proposta de R$ 203 milhões.

Já os outros dois ficaram com o consórcio Acauã (empresas Construtora Queiroz Galvão, Via Engenharia, Construtora Galvão Engenharia e Construtora Marquise), que ganharão cerca de R$ 690 milhões para executá-los.

Queiroz Galvão e Galvão Engenharia estão sendo investigadas pela Polícia Federal, na Operação Lava Jato, e são acusadas de integrar o cartel que, segundo a PF, participou do esquema de corrupção na Petrobras.

O TCU constatou superfaturamento nos três lotes: R$ 4 milhões no primeiro (equivalente a 1,2% do orçamento desse trecho); R$ 27 milhões no segundo (8,5%) e, no último, de R$ 11,3 milhões (6%).

O tribunal estabeleceu prazo de 15 dias para o governo da Paraíba adotar providências, sanar os sobrepreços e considerar a possibilidade de fazer alterações nos contratos e nos aditivos já firmados.

O TCU informou ao governo do Estado e ao Ministério da Integração sobre as improbidades encontradas pela auditoria, além de pedir o envio da decisão às construtoras responsáveis pelas obras.

No curso do processo, os consórcios questionaram parte da metodologia adotada pelos técnicos do tribunal e argumentaram que já foram feitas algumas revisões nos orçamentos, reduzindo o sobrepreços apontado.

Banner Coringa Banner Coringa

COLUNA CARIRI

COM O OVO NO CU DA GALINHA…


Por Geordie Filho

galinhacuJá dizia o velho e bom ditado que quem conta com o ovo ainda no cu da galinha, acaba na maioria das vezes quebrando a cara. É assim, comemorando antes do tempo, que alguns grupos políticos da região do Cariri estão fazendo e incentivando seus correligionários a fazer o mesmo. Mas, para o desespero deles, o histórico de comemorações como esta não é nada bom. Certa vez, a véia de Cabaceiras esperou seu véio Arnaldo voltar da farmácia da cidade, onde havia ido comprar um azulzinho para passar a noite amando e querendo bem. Tomou banho, ficou toda cheirosa, jogou uma alfazema suíça e deitou-se esperando seu amado. Mas, Arnaldo já chegou em casa estragando a festa de sua véia, arrastando a perna direita e gritando: “minha véia, o negócio endureceu o canto errado”.

A CANETADA DE JÚNIOR
O prefeito da Prata, Júnior Nóbrega, demitiu todos os prestadores de serviço e funcionários comissionados não concursados do quadro da Prefeitura. Ele disse que apenas atendeu uma orientação do TCE. “Não tive escolha a não ser demitir todos, pois o TCE estava cobrando isso desde o mês de julho, sem falar que os recursos estão cada vez mais escassos”, comentou.

O QUE DIZ A OPOSIÇÃO
O ex-candidato a prefeito de Prata, Felisardo Moura, enviou correspondência a coluna lamentando a atitude do prefeito Júnior Nóbrega, afirmando que sentiu muito pelas demissões. “Lamento profundamente pelas famílias, principalmente por ser um período pós-eleição e próximo às festas de fim de ano”, desabafou Felisardo.

CHUVA NA REGIÃO
São Pedro voltou a abrir as torneiras do céu em algumas cidades do Cariri. As maiores chuvas foram registradas nos municípios de Monteiro, Sumé e São Sebastião do Umbuzeiro. Sofridos com a seca, os agricultores comemoraram a chuvada e aguardam que ela caia com frequência para começar a plantar.

EM BOQUEIRÃO
Tião Lucena e Efigênio Moura estarão na noite deste sábado (22) lançando seus respectivos livros, A Guerra de Princesa e Santana do Congo, para um seletivo publico que participa de semana literária em Boqueirão. Após o evento, a dupla vai encher os quibas com a famosa cachaça pau dentro.

CINE CONGO
A 6ª edição do Cine Congo está a mil por hora na cidade do Congo desde a última quinta-feira. A exibição de filmes está ocorrendo gratuitamente em plena praça pública. O festival começou com apresentações culturais em homenagem ao Dia da Consciência Negra, na Praça do Cinema.

PICADINHAS…

A partir desta segunda-feira algumas mudanças serão feitas no trânsito de Monteiro para melhorar o tráfego de veículos e pedestres.

Vavá da Luz convida para festança de comemoração ao aniversário de seu casamento com Dona Lia. Vai ser na Fazenda Senzala, e com cobra no cardápio.

Valdeir Morais quer estrear um novo quadro no CL: mostrar o antes e o depois de leitores do queridinho da região.

E lá se foi Seu Lunga, o homem mais popeiro do país. Eita que tá morrendo é tudo.

Lourdinha Aragão, ex-prefeita de Monteiro, cotada para fazer parte do governo RC.

O advogado Guilherme Nunes, ‘Grilo’, partiu para morar em Limoeiro-PE.

Até o fim do ano, o secretariado da Prefeitura de Monteiro poderá sofrer alterações.

Segundo Tião, tem uma viúva que todo dia mija na cova do marido pra ver se ele ressuscita.

Doutor Júnior conseguiu acabar com a oposição de Ouro Velho.

Informação direto para as picadinhas de que o caboclo sonhador Flávio José vai gravar música de Nanado Alves e outra de Ilmar Cavalcante.

Bom, muito bom o encontro promovido pelos amigos do bloco ‘Sambatuk’, de Monteiro.

Victor Paiva dando show na apresentação do programa Correio Debate.

A melhor galinha de capoeira do Cariri é no Bar da Cabrita, em Serra Branca. Seu Clóvis é quem tempera, cozinha e serve.

Eduardo Mayer, que não perde uma cavalgada, comprou uma tv portátil com potente antena interna para poder acompanhar a novela das oito no meio do mato.

Prefeitos chorando com o ‘liseu’ receberão conta extra do Fundo de Participação até o dia 10 de dezembro para suas respectivas prefeituras.

Lembrei do velho Sevy Falcão. Alí era gente de qualidade.

ACESSE TAMBÉM: WWW.VITRINEDOCARIRI.COM.BR

Banner Segundo Wilson Ricardo

Oposição de Monteiro comemora com festa a vitória de Ricardo Coutinho

festa_vitoriaA oposição de Monteiro comemorou com festa na noite desta sexta-feira (21), a vitória do governador Ricardo Coutinho (PSB), reeleito no último dia 26 de outubro. A concentração começou no Posto Bela Vista, onde saíram em carreata até a Praça Parque das Águas, local onde aconteceram os shows com das bandas Forró Mais Eu, Adriano Silva e Chiquinho de Belém.

A festa contou com a presença do deputado Carlos Batinga, do ex-vereador Juraci Conrado, e da ex-prefeita de Monteiro, Lurdinha Aragão, que comemoraram juntos no meio da multidão, a vitória do socialista. O principal homenageado da festa, o governador Ricardo Coutinho, não pode está presente no evento, mas mandou uma mensagem de agradecimento aos monteirenses e caririzeiros.

“Eu quero me desculpar por não poder participar desse momento, mas claramente, quero agradecer a todos que saíram de suas casas e que construíram esse processo. Eu não estarei aí fisicamente, mais de alma, de pensamento, eu estou, e agradecendo a todos. Vamos continuar mudando a história da Paraíba”, disse Ricardo.

O deputado Carlos Batinga caminhou no meio da multidão, abraçando e beijando os monteirenses, onde reafirmou o seu compromisso de continuar lutando pelos interesses de Monteiro. Emocionado, o ex-vereador e pré-candidato a prefeito pelo grupo de oposição em 2016, Juraci Conrado, agradeceu a cada um dos presentes pelo voto de confiança em Ricardo, e disse que está à disposição dos monteirenses.

Com o apoio do deputado Batinga, de Juraci Conrado e da ex-prefeita Lurdinha, Ricardo Coutinho venceu nos dois turnos na cidade de Monteiro. Também estiveram presentes várias lideranças locais e regionais, a exemplo do ex-prefeito de Camalaú, Aristeu Chaves, que coordenou a campanha de Ricardo Coutinho no Cariri, dos vereadores Paulo Sérgio Barros (Serra Branca), Tita (Coxixola) e Bião Nunes (Monteiro).

Lá se foi 'Seu Lunga', aos 87 anos...

UBAM participa e destaca importância do “Diálogo Público” promovido pelo TCE

TCU vê superfaturamento de R$ 42 mi nas obras da transposição na Paraíba TCU vê superfaturamento de R$ 42 mi nas obras da transposição na Paraíba

O presidente da União Brasileira de Municípios (UBAM), executivo Leonardo Santana, participou do evento ‘Diálogo Público Paraíba – o TCE e o controle social’, realizado pelo Tribunal de Contas do Estado da Paraíba, nesta quinta e sexta-feira, nos Municípios de Guarabira e Itabaiana.

O dirigente municipalista destacou a extrema importância do evento, tendo em vista a necessidade de se expor à população o verdadeiro papel da respeitada Corte de Contas, em relação aos seus jurisdicionados, tendo como missão fiscalizar os gastos públicos e orientar os gestores para uma administração a serviço da população, para que verdadeiramente se paute pelo respeito aos princípios constitucionais e respeito à Lei de Responsabilidade Fiscal.

Ele enalteceu o trabalho do Tribunal de Contas e ressaltou a necessidade da realização de mais eventos como esse para que toda a população paraibana conheça de perto os mecanismos de fiscalização e de transparência, que são ferramentas disponibilizadas pelo TCE na sua Home Page, a exemplo do “Sagres”, para acesso total e irrestrito de toda população.

Durante a abertura oficial do evento em Guarabira, o presidente do TCE-PB, conselheiro Fábio Nogueira, fez uma esclarecedora exposição sobre o sistema de controle externo que, segundo ele, disponibilizou um diagnóstico de cinco áreas essenciais – saúde, educação, segurança pública, infra-estrutura e recursos hídricos – para a presidência da República e para os governadores eleitos. Ele falou também sobre o pacto pela boa governança, assumido pelo TCE-PB, que se insere no propósito do Diálogo Público. Nesse aspecto, o presidente mencionou as atividades que o Tribunal de Contas mantém para a qualificação dos agentes e gestores públicos, realizado pela Escola de Contas e pelo plantão técnico que a Corte mantém em sua política pedagógica.

Fábio Nogueira lembrou que o Tribunal de Contas da Paraíba, além do vultoso volume de recursos sob seu julgamento, mais 20 bilhões de reais em 2014, é o maior detentor de informações da gestão pública, que compartilha com os demais órgãos de controle para o combate à corrupção. Além disso, os resultados da atuação do TCE, conforme salientou, têm repercussão eleitoral, função reforçada pela Lei da Ficha Limpa.

Para o presidente da UBAM, Leonardo Santana, o papel desempenhado pelo Tribunal de Contas da Paraíba é motivo de destaque em todo país, considerando que, deforma pioneira, o Órgão vai ao encontro dos estudantes, donas de casa, comerciários, agentes públicos e de outros seguimentos sociais, visando promover uma verdadeira mostra de seus reais objetivos, na direção de uma administração pública que se determine no respeito à legalidade, impessoalidade, moralidade, publicidade dos atos públicos e à eficiência, em todas as medidas relacionadas ao serviço do povo.

Terceiro postagens – Câmara Monteiro

Prefeitura de Monteiro promoverá curso de formação para alfabetizadores

Pascar abre concurso para escolha do Mascote do Projeto Solo na Escola

sumeestradaplacaO Programa de Ações Sustentáveis para o Cariri – PASCAR, do Centro de Desenvolvimento Sustentável do Semiárido, da Universidade Federal de Campina Grande está realizando o concurso cultural “Escolha o nome da mascote do Projeto Solo na Escola/UFCG”. Trata-se de uma ação de incentivo destinada a toda comunidade estudantil do Cariri paraibano.

O objetivo do concurso é incentivar e destacar a capacidade criativa e inovadora dos estudantes, com a finalidade de criar um nome para nossa mascote, que será a porta-voz nas ações do Projeto Solo na Escola/UFCG e terá a responsabilidade, no futuro, de dedicar seus esforços junto a agentes multiplicadores da Educação em Solos para promover o uso correto e sustentável do solo, visando a conservação dos solos, a produção de alimentos saudáveis, a proteção da saúde humana e do meio ambiente.

Podem participar do concurso estudantes que compõem a comunidade estudantil do ensino formal (Fundamental e Médio) da rede pública e privada do Cariri Paraibano.

As inscrições devem ser entregues na sede do Laboratório de Solos, LASOL/CDSA/UFCG, na Rua Luiz Grande, SN, Bairro Frei Damião, CEP: 58.540-000 Sumé/PB, até o dia 24 de novembro de 2014, seguindo as normas que estão no edital do concurso cultural (disponível no sítio eletrônico do CDSA: www.cdsa.ufcg.edu.br).

O candidato vencedor será premiado com um telefone celular. O resultado será divulgado no sítio eletrônico do CDSA. A premiação será na II Feira de Solos, que acontecerá na Praça José Américo, no Dia Mundial do Solo, 5 de dezembro.

Cine Congo e Feira Literária acontecem neste final de semana no Cariri

cinecongoOs 600 lugares reservados para exibição de filmes em plena praça pública da cidade do Congo, no Cariri paraibano, serão pouco diante da nova janela aberta na 6ª edição do CineCongo. Este ano, o evento gratuito terá transmissão pela internet, por meio do site oficial, a principal novidade desta edição.

Nesta quinta-feira, o festival começou às 19h, com apresentações culturais em homenagem ao Dia da Consciência Negra, na Praça do Cinema. Na sequência, a exibição do curta cearense de ficção Desencontro Marcado (2013) e do documentário Cidade de Deus – 10 Anos Depois (2014).

“Nossa proposta não é apresentar uma enxurrada de filmes, até porque temos a preocupação é com a formação de público para o cinema. Por isso, articulamos os filmes de forma que eles dialoguem entre si”, comentou o diretor do festival, José Dhiones.

O evento polariza a região e atrai caravanas de cidades circunvizinhas. Pelo menos seis já confirmaram presença (Coxixola, Caraúbas, São José dos Cordeiros, Serra Branca, Camalaú e Monteiro), principalmente para as atividades desenvolvidas pela manhã e à tarde, na Mostra Infantil, voltada para os alunos de escolas públicas.

A programação segue até o próximo domingo, quando serão conhecidos os vencedores, na categoria Melhor Filme das Mostras Competitivas Brasil, Nordeste, Paraíba, Cariri e Júri Popular.

EM BOQUEIRÃO: A FLIBO

A Feira Literária de Boqueirão (Flibo) chega à 5ª edição refletindo o bom momento da literatura em prosa na Paraíba e investindo na formação de público: com o tema ‘Traçando caminhos para uma sociedade leitora’ e homenagem à escritora Maria Valéria Rezende, o evento organizado pela Associação Boqueirãoense de Escritores (Abes) abre hoje uma programação que se estende até o sábado com minicursos, oficinas, palestras, apresentações musicais e exposições na pequena cidade da região metropolitana de Campina Grande.

“A abertura do evento vai ser diferente dos outros anos, já que transferimos a marcha literária para a quinta-feira”, afirma Mirtes Waleska Sulpino, coordenadora geral da Flibo, referindo-se ao cortejo das escolas que parte do Clube Municipal, às 8h30, em direção à Praça da Abes, onde está instalada a tenda que abriga a programação principal da Flibo.

Após os minicursos, oficinas e palestras ministradas pela manhã e à tarde nas escolas, a tenda é cenário para a conferência de abertura da escritora Maria Valéria Rezende, homenageada desta edição. A conferência da autora de Quarenta Dias (Alfaguara) tem o título de ‘Pra que serve literatura?’ e será mediada por Roberto Menezes, às 20h.

“Escolhemos Maria Valéria Rezende pela importância da obra e pela atuação à frente do Clube do Conto da Paraíba”, justifica Mirtes Waleska Sulpino. “Além disso, o trabalho de Valéria como educadora de jovens e adultos se identifica muito com o nosso trabalho, que não visa ao lucro, mas sim à formação do leitor”. Até o sábado passam pela Flibo nomes como Rinaldo de Fernandes e Débora Ferraz.

com JP

DEU NO BOIGA DO TIÃO LUCENA: "Lasquei-me nas Casas Bahia"

TCU vê superfaturamento de R$ 42 mi nas obras da transposição na Paraíba TCU vê superfaturamento de R$ 42 mi nas obras da transposição na Paraíba

O que vou contar aconteceu comigo e foi indagorinha.

Por conta do calor de torrar que faz em João Pessoa, resolvi comprar um aparelho de ar condicionado desses mais modernos, o famoso Split, aquele que gela sem fazer zoada.

Andei por vários locais de venda e parei nas Casas Bahia do Manaíra Shopping, onde adquiri vistoso Split da Sansung de nove mil BTUS.

Paguei o objeto e o levei para casa.

Ia, finalmente, escapar do calor, dormir debaixo daquele friozinho gostoso fabricado pela máquina.

Chamei o instalador, o rapaz veio, abriu a caixa onde estava guardado o dito cujo e, surpresa, o Split estava sem gás. Saiu da fábrica vazando, o que significa dizer que a Sansung não é nenhuma Brastemp.

Contrariado, peguei a nota fiscal e fui às Casas Bahia com o intuito de trocar o aparelho defeituoso, como me dá direito o Código de Defesa do Consumidor.

Mas não consegui. A moça que me atendeu, identificada como supervisora da loja, informou solene que eu teria de abrir uma ordem de serviço endereçada à Sansung e ficar esperando pela visita do técnico da dita cuja, que terá cinco dias úteis para aparecer.

Como estamos no meio de uma sexta e teremos pela frente um sábado e um domingo, significa dizer que o técnico só vai aparecer por aqui na próxima sexta-feira.

E vou rezar para estar vivo até lá, porque, com esse calor, é bem capaz de, quando ele chegar,encontrar dormindo na cama do casal, abraçadinhos como anjos, dois torresmos crocantes no lugar dos corpos de Tião Bonitão e Dona Cacilda.

Claro que não vou deixar por isso mesmo.Já acionei meu advogado das causas impossíveis, Dr. Max Saeger, para acionar as Casas Bahia na Justiça.

O Split foi comprado lá quando o saudoso Samuel Kein ainda era vivo. O homem morreu ontem e já começaram a bagunçar a loja dele.

Por Tião Lucena
Foto de Chico Pinto

“Bandido tem que ser tratado como bandido”, dispara Virgolino

Campeonato de Veteranos de Monteiro prossegue neste final de semana

MP realiza audiência em Coxixola e debate baixo índice de seu IDEB

TCU vê superfaturamento de R$ 42 mi nas obras da transposição na Paraíba

A ausência de medição das escolas do ensino fundamental de Coxixola no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) foi um tema bastante discutido durante a audiência pública, visto que um dos objetivos do MPEduc é identificar e buscar soluções para elevar o baixo Ideb das escolas do município. Desde 2005 o Ideb do 9º ano (escola estadual) é divulgado. No entanto, a “pequena notável”, como a cidade se autodenomina, quer que a nota do ensino fundamental da rede municipal também seja conhecida.

Após a apresentação do projeto MPEduc, feita pelo procurador da República Renan Paes Felix, foi dada oportunidade de fala aos presentes. Na ocasião, o assessor técnico da Secretaria de Educação municipal Fabiano Araújo pediu a palavra, esclarecendo que, desde que houve o primeiro cálculo do Ideb, o município nunca conseguiu a divulgação do índice das escolas até o 5º ano por ter uma população muito pequena. Segundo Fabiano Araújo, em toda a rede municipal há apenas 200 alunos matriculados, sendo que metade desses estuda na zona urbana e a outra metade está distribuída na zona rural. “Em 2013, a escola urbana de Coxixola só tinha dez alunos matriculados no 5º ano”, informou. De acordo com o IBGE, a população estimada de Coxixola para 2014 é de apenas 1.874 habitantes.

Conforme a secretária de Educação municipal, Maria Orfélia Gonçalves das Neves, em 2013, o município chegou a entrar com um processo no Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), responsável pela divulgação do Ideb, solicitando que fosse feita uma aplicação supletiva da avaliação com os alunos do ensino fundamental da zona rural e urbana juntos, para completar o número mínimo de participantes exigido pelo MEC, e assim, obter o primeiro Ideb da história do município. “Todos os alunos do 5º ano foram reunidos, a prova foi feita e mesmo assim o Inep não divulgou o índice”, lamentou a secretária.

Audiência positiva – O procurador da República Renan Paes Félix explicou aos presentes que o Município de Coxixola havia sido escolhido por ser de pequeno porte, o que possibilitará o melhor acompanhamento das escolas, como também por não ter obtido o índice em 2013. “A audiência foi bastante positiva, pois, além de ter sido uma oportunidade para apresentar o projeto MPEduc à comunidade, serviu também para ouvir a população a respeito da situação atual da educação no Município de Coxixola”, avaliou o procurador.

A audiência foi realizada na Câmara de Vereadores de Coxixola e teve 75 participantes, dentre pessoas da comunidade, alunos, professores, vereadores e representantes do Ministério Público Federal, Ministério Público Estadual, Secretaria de Educação do município, Secretaria de Educação Estadual, Conselhos de Alimentação Escolar, Fundeb e Tutelar. Também participaram o prefeito, Givaldo Limeira de Farias, vice-prefeito e presidente da Câmara.

MPEduc – O projeto Ministério Público pela Educação é fruto de parceria entre Ministério Público Federal e Ministério Público dos Estados e tem por objetivos garantir o direito à educação básica de qualidade aos alunos; identificar e buscar soluções para elevar o baixo Índice de Desenvolvimento da Educação Básica de grande parte dos municípios e escolas brasileiras; acompanhar a execução de políticas públicas na área da educação; e verificar a existência e a efetividade dos conselhos sociais com a atuação na área de educação.

Ouro Velho comemora Festa de Nossa Senhora das Graças, padroeira do município

Três pessoas são presas por furto de água do açude de Boqueirão

Chapa "Trabalho e Compromisso" vence a eleição para a diretoria do CDSA em Sumé

Governo do Estado anuncia calendário de pagamento de novembro e 13º Salário

saquebancoO Governo do Estado divulgou nesta quinta-feira (20) o calendário de pagamento dos funcionários públicos para os dois últimos meses do ano. A folha de pessoal de novembro começa a ser paga na sexta-feira (29). Já o 13º Salário será repassado aos servidores a partir de 15 de dezembro. A programação de datas também inclui o 14º e 15º salários da Educação.

De acordo com informações da Secretaria de Estado da Administração, no próximo dia 29 o pagamento folha de pessoal do mês de novembro começa a ser repassado aos servidores, sendo primeiro para os inativos e depois para os ativos. Ela está estimada em cerca de R$ 280 milhões. O 13º Salário está programado para cair na conta bancária dos funcionários em 15 de dezembro. O benefício liberado deverá ser em torno de R$ 150 milhões no total.

Também foi definida no calendário a data de 18 de dezembro para o repasse do 14º e 15º salários do pessoal da Educação. O montante previsto é de R$ 100 milhões. Já o último provento do ano será efetuado em 28 de dezembro, estimado em um total de R$ 280 milhões.

O calendário anunciado reforça o compromisso do Governo do Estado com o pagamento da folha sempre dentro do mês trabalhado. Ainda segundo informações da Secretaria de Administração, o prêmio disponibilizado aos policiais que cumprirem as metas estabelecidas pelo Governo do Estado está previsto para ser efetuado em janeiro. Isso porque os números referentes aos índices de 2014 só são fechados no último dia do ano.

Confira abaixo o calendário dos pagamentos:

29/11 – folha de novembro
15/12 – segunda parcela do 13º Salário
18/12 – 14º e 15º salários da Educação
28/12 – folha de dezembro

Município de Monteiro receberá peça teatral sobre educação no trânsito

TCU vê superfaturamento de R$ 42 mi nas obras da transposição na Paraíba TCU vê superfaturamento de R$ 42 mi nas obras da transposição na Paraíba

A cidade de Monteiro receberá neste domingo, 23, na Praça Parque das Águas, um espetáculo produzido especialmente para a campanha de educação para o trânsito na Paraíba. O espetáculo itinerante de teatro de rua, tem como título “Cordel do Carro Encantado”.

O projeto foi proposto pelo Departamento Estadual de Trânsito (DETRAN-PB), “Cidade para as pessoas: Proteção e Prioridade ao Pedestre”, levando a sociedade a refletir sobre de que maneira cada um pode contribuir para a construção de um trânsito melhor, mais seguro e mais humano.

O Cordel do Carro Encantado, de autoria de Tarcísio Pereira, é encenado por atores do grupo Quem Tem Boca é Pra Gritar, com direção de Mirtthya Guimarães e supervisão de Humberto Lopes, especializado em técnicas de Teatro de Rua.

O espetáculo tem 35 minutos de duração e pretende despertar o público para a conscientização das regras do trânsito. Para tanto, foi concebida uma dramaturgia que conta a história de um acidente automobilístico em que tudo se sabe menos quem foi o carro culpado pela colisão.

Na comédia, todos os personagens são carros e motos, os atores interpretam os veículos numa espécie de trama policial para se descobrir qual o carro foi responsável pela fatalidade no trânsito. Uma peça cheia de surpresas, música e alegria, em ritmo de cordel, onde todas as falas são rimadas do início ao fim.

A exibição do espetáculo é fruto de mais uma parceria entre a Prefeitura Municipal de Monteiro, e o Campus VI da UEPB, a encenação começa as 19h30.

Aguinaldo Ribeiro cobra votação de PEC

aguinaldoribeirocobraO deputado federal Aguinaldo Ribeiro (PP-PB), participou ao lado dos deputados federais pernambucanos Gonzaga Patriota (PSB) e Luciana Santos (PC do B) de audiência em Brasília, com o ministro das Relações Institucionais Ricardo Berzoini com o intuito de cobrar, a votação da PEC – Proposta de Emenda à Constituição nº 02/03.

A PEC que é de autoria de Gonzaga Patriota, visa acrescentar os artigos 90 e 91 ao Ato das Disposições Constitucionais Transitórias, da Constituição Federal, lançando mão de um permissivo constitucional para que os servidores públicos concursados, que estejam cedidos há mais de 10 anos ininterruptamente para outros órgãos, possam optar pela efetivação no órgão cessionário, em cargo de atribuições semelhantes e do mesmo nível de escolaridade, especialidade ou habilitação profissional do cargo efetivo ocupado no órgão de origem.

A proposta obriga os servidores públicos requisitados que estão cedidos há mais de 10 anos ininterruptamente, a optarem no prazo de 30 dias, após a sua promulgação, por permanecer onde estão trabalhando ou retornarem ao órgão de origem. De acordo com Patriota, esta iniciativa irá abrir muitas vagas para abrigar os concurseiros.

“A PEC do nosso companheiro pernambucano Gonzaga Patriota é exatamente para que os servidores públicos concursados que preencheram todos os requisitos constitucionais e, que estão há mais de 10 anos cedidos e servindo em outros órgãos públicos, por cessão, sejam obrigados a optar à continuar nesse órgão de destino ou retornarem ao seu órgão de origem, permitindo assim, a abertura de concurso para ocupação dessas vagas que estão presas”, explicou o ex-ministro das Cidades, relatando que Ricardo Berzoini mostrou-se sensível a reivindicação dos três parlamentares.

[+]   POSTAGENS