::Superintendente do Detran vai a Monteiro e oficializa municipalização do trânsito ::Trócolli adere a Ricardo e defende centro para recuperação de dependentes químicos ::Índios Fulni-ô estarão no município de Zabelê neste dia 23 ::Aesa prevê sol para o Cariri nesta terça ::Polícia apreende carga de uísque roubada e avaliada em R$ 800 mil Cabedelo ::Centenas de pessoas participam da Cavalgada da Integração do Cariri; fotos ::Programa Mais Médicos tem 240 profissionais atuando na Paraíba ::Ministério explica andamento das obras da Transposição, em Monteiro ::Governador decreta situação de emergência em 170 municípios da Paraíba ::Polícia aprende armas em Monteiro e outras cidades Malves Supermercados

Superintendente do Detran vai a Monteiro e oficializa municipalização do trânsito

Superintendente do Detran vai a Monteiro e oficializa municipalização do trânsito Superintendente do Detran vai a Monteiro e oficializa municipalização do trânsito Superintendente do Detran vai a Monteiro e oficializa municipalização do trânsito

Foi entregue oficialmente na manhã desta segunda-feira (20), na cidade de Monteiro, o certificado de municipalização do trânsito da cidade. Uma cerimônia simbólica foi realizada no Gabinete da Prefeita Edna Henrique, representada no ato pelo vice-prefeito Cajó Menezes.

A solenidade contou com a presença do Superintendente do DETRAN da Paraíba, Aristeu Chaves, do Assessor Jurídico do Conselho Estadual de Transito (CETRAN), Dr. João Furtado, da Superintendente da MONTRAN, Beatrice Moreira, além dos Vereadores Bero de Bertino, Raul Formiga e Toinho de Nequinho, secretários municipais, imprensa local e agentes de trânsito.

O certificado de municipalização é o documento através do qual o município passa oficialmente a responder por toda a fiscalização, aplicação de multas e organização estrutural do trânsito de uma cidade. Para o superintendente do Detran na Paraíba, Aristeu Chaves, Monteiro saiu na frente de todas as cidades do Cariri e hoje é uma das poucas na Paraíba a ter o trânsito municipalizado e com uma organização de fazer inveja a qualquer município do Estado.

“A sinalização, organização da autarquia de trânsito municipal e a estrutura disponibilizada pela Prefeitura de Monteiro garante ao trânsito da cidade uma fluidez e segurança que poucos municípios do Estado possuem”, reiterou Aristeu.
O Assessor Jurídico do CETRAN, Dr. João Furtado, destacou que ficou encantado com a organização do trânsito de Monteiro desde quando veio fazer a fiscalização obrigatória do Conselho. “Em quase todos os itens que avaliamos, Monteiro estava bem à frente de nossas exigências e possui uma das melhores estruturas de trânsito da Paraíba, incontestavelmente”, concluiu.

A Superintendente da Autarquia Municipal de Trânsito e de Transporte, Beatrice Moreira, recebeu das mãos do Superintendente Aristeu Chaves a cópia do Diário Oficial, tornando pública a municipalização do trânsito de Monteiro.

Ela afirmou que há um ano, a Prefeitura de Monteiro vem trabalhando fortemente na educação de toda a população e agora chegou a hora de fazer valer o que reza o Código Nacional de Trânsito, garantindo assim um trânsito seguro para todas as famílias monteirenses e assegurando uma dinâmica cada vez melhor para as gerações futuras.

Cajó Menezes, vice-prefeito de Monteiro, lembrou que esta solenidade é o coroamento de um árduo trabalho pensado e enfrentado inicialmente pela prefeita Edna Henrique e que paulatinamente coloca a cidade em outro patamar de desenvolvimento.

“É a etapa final de um processo arrojado, que começou com uma visita da Prefeita Edna à Arcoverde, passou por várias outras etapas, como capacitação, campanhas, implantação de semáforos e de sinalizações verticais e horizontais, tudo para atender um anseio que partiu da população. De forma pioneira, o município de Monteiro cumpriu suas etapas através do poder público e agora nos chega o reconhecimento final”, pontuou Cajó.

Dos 223 municípios da Paraíba, apenas 23 tem seu trânsito municipalizado até o momento.

Banner Coringa Banner Coringa

Trócolli adere a Ricardo e defende centro para recuperação de dependentes químicos

Índios Fulni-ô estarão no município de Zabelê neste dia 23

Banner Segundo Wilson Ricardo

Aesa prevê sol para o Cariri nesta terça

Superintendente do Detran vai a Monteiro e oficializa municipalização do trânsito Superintendente do Detran vai a Monteiro e oficializa municipalização do trânsito Superintendente do Detran vai a Monteiro e oficializa municipalização do trânsito

A previsão do tempo para a região do Litoral é de céu nublado com temperaturas variando entre a mínima de 24°C e a máxima de 30°C nesta terça-feira (21). De acordo com a Agência Executiva de Gestão das Águas do Estado da Paraíba (Aesa), neste feriado nacional de Tiradentes, também são esperadas chuvas rápidas.

Segundo a meteorologista da Aesa, Carmem Becker, chuvas de maior intensidade podem ocorrer no Litoral a partir da próxima semana. “Estamos observando alguns fenômenos meteorológicos e até esta segunda-feira não há previsão de grandes precipitações, a menos que as condições do tempo se alterem. Mas entre a última semana do mês de abril e a primeira de maio é comum termos o retorno de chuvas em boa parte do Estado, principalmente no setor leste”, informou.

No Brejo, Agreste, Cariri e Sertão, a previsão para a terça-feira é de sol entre nuvens e a temperatura máxima deve alcançar os 35°C. “A circulação de ventos em altos níveis está contribuindo para o aumento na nebulosidade em parte do Estado. Há possibilidade de ocorrência de chuvas em pontos isolados no Alto Sertão no final de tarde e início da noite”, informou a meteorologista Marle Bandeira.

Outras informações sobre tempo e clima na Paraíba estão disponibilizadas na internet, no site www.aesa.pb.gov.br. Também estão disponíveis dados atualizados sobre os 124 açudes monitorados pela Aesa. Atualmente, apenas um está sangrando; 50 estão com capacidade armazenada superior a 20% do volume total; 34 com menos de 20% e 39 com menos de 5% do volume total.

Polícia apreende carga de uísque roubada e avaliada em R$ 800 mil Cabedelo

Superintendente do Detran vai a Monteiro e oficializa municipalização do trânsito Superintendente do Detran vai a Monteiro e oficializa municipalização do trânsito

A Polícia Civil da Paraíba, por meio da equipe de investigação da Delegacia de Roubos e Furtos de Veículos e Cargas de João Pessoa, apreendeu nesta segunda-feira (20) uma carga de uísque avaliada em cerca de R$ 800 mil. A carga foi encontrada em um galpão localizado às margens da BR-230, entre os municípios de João Pessoa e Cabedelo. Dois homens que se encontravam no galpão foram levados para a Delegacia, mas não souberam informar a origem da carga, alegaram apenas que estariam sendo pagos para tomar conta do depósito.

Segundo o delegado Nélio Carneiro, da Delegacia de Roubos e Furtos de Veículos e Cargas, as investigações começaram há uma semana, após a informação de que caminhões estavam tendo suas cargas roubadas no Estado de Pernambuco. “A polícia pernambucana informou que estava acontecendo uma série de roubo de cargas naquele Estado e começamos a investigar. Conseguimos apurar que uma quadrilha havia interceptado um caminhão numa rodovia de Pernambuco e o motorista teria sido obrigado a trazer a carga para um galpão aqui na Paraíba”, esclareceu o delegado.

Ainda segundo o delegado Nélio Carneiro, o paradeiro do motorista do caminhão é desconhecido. Ele teria sido ameaçado pelos bandidos, deixado a carga no galpão na madrugada do domingo e seguido viagem com o caminhão descarregado. Como a carga só foi encontrada horas depois, não foi possível identificar o paradeiro do motorista.

“Na manhã desta segunda-feira, a polícia chegou ao galpão, onde se encontravam dois vigias, que foram levados para prestar depoimento, mas não souberam informar a origem dos produtos. Ainda estamos levantando mais informações e a suspeita é de que haja uma quadrilha especializada em roubo e contrabando de uísque agindo entre os Estados de Pernambuco, Paraíba e Rio Grande do Norte”, disse.

Os primeiros levantamentos feitos na carga apreendida dão conta de que as garrafas de uísque possuem o número de lote intacto. Com isso, a polícia poderá chegar à identificação do proprietário dos produtos e, consequentemente, à sua origem.

Centenas de pessoas participam da Cavalgada da Integração do Cariri; fotos

Programa Mais Médicos tem 240 profissionais atuando na Paraíba

Terceiro postagens – Câmara Monteiro

Ministério explica andamento das obras da Transposição, em Monteiro

Governador decreta situação de emergência em 170 municípios da Paraíba

Polícia aprende armas em Monteiro e outras cidades

Superintendente do Detran vai a Monteiro e oficializa municipalização do trânsito Superintendente do Detran vai a Monteiro e oficializa municipalização do trânsito

Quinze armas de fogo foram apreendidas, da noite da última sexta-feira (17) até a madrugada desta segunda (20), nas cidades de João Pessoa, Campina Grande, Itapororoca, Monteiro, Esperança e São Miguel de Taipu. Nas ações, a Polícia Militar conseguiu deter 16 suspeitos por porte ilegal de arma.

Em Campina Grande, uma viatura realizava rondas no Distrito de São José da Mata quando desarticulou um possível ponto de apoio de bandidos suspeitos de ações contra caixas eletrônicos. Os policiais se depararam com um suspeito fugindo depois de perceber a perceber a presença da PM, próximo ao campo de Angola.

Durante a perseguição, a viatura encontrou no quintal da casa onde o homem entrou um revólver calibre 32, uma espingarda, um fuzil, munições de vários calibres, três bananas de dinamite, uma caixa de grampos, uma alavanca de ferro, capa de colete balístico, uma farda de uso restrito, capuzes, drogas e um carro com registro de roubo. O suspeito conseguiu fugir por um matagal e todo material foi entregue na Central da Polícia Civil, em Campina Grande.

Na Capital, cinco armas de fogo foram apreendidas durante ações nos bairros dos Bancários, Tambauzinho, Funcionários II, Mandacaru e Costa do Sol, sendo três delas com apoio do helicóptero Acauã, que perseguiu os suspeitos orientando as viaturas à realizarem a captura dos envolvidos e a apreensão das armas. Oito pessoas foram detidas.

A atuação da Polícia Militar se deu por meio da intensificação das blitzen, rondas e abordagens. As ações continuarão em todo Estado por causa do feriado desta terça-feira, 21 de abril.

Policiais Civis do Cariri participam de curso de tática e abordagem

Banner boca escancarada

Ronaldo anuncia data da 16ª edição do Bode na Rua na cidade de Gurjão

Festival de Cultura Popular do Cariri repete o sucesso dos anos anteriores

Superintendente do Detran vai a Monteiro e oficializa municipalização do trânsito Superintendente do Detran vai a Monteiro e oficializa municipalização do trânsito Superintendente do Detran vai a Monteiro e oficializa municipalização do trânsito Superintendente do Detran vai a Monteiro e oficializa municipalização do trânsito

A VI edição do Festival de Cultura Popular do Cariri – Zabé da Loca, promovido pela Prefeitura de Monteiro desde o ano de 2010, mais uma vez movimentou o município durante os dois primeiros dias do evento, contando com uma presença efetiva da população local e de toda a região do Cariri paraibano.

O evento foi aberto na noite da sexta-feira, 17, com show do cantor Alexandre Pé de Serra na Praça de Alimentação do Parque das Águas, onde lançou o CD “Duetos”, e ainda contou com a participação de artistas locais e da região, a exemplo de Nanado Alves, Osmando Silva, Thainá Campos, César Amaral, Mike José e Fernando Marques (Vozes do Forró).

Na manhã do sábado, dia 18, o Festival de Cultura Popular do Cariri prosseguiu nas proximidades do Centro Cultural Alexandre da Silva Brito com o projeto CULTURA NA FEIRA. As apresentações chamaram às atenções dos feirantes que se faziam presentes a feira livre do município, pois tiveram a oportunidade de assistir os Meninos de Zabé, Pai Vicente, João Badalo, João de Amélia, Zé Preto (Mazurca), Grupo de Ciranda, Banda de Pífano Mané de Joana, Banda de Pífano Zeca do Pio X e Ríver Douglas e os Bacamarteiros de Camalaú.

Já na noite do sábado foi realizada a III Noite da Poesia Sertaneja no Teatro Jansen Filho, quando foi homenageado o poeta Espedito Pedro da Silva, mais conhecido por Espedito de Mocinha.

Espedito de Mocinha foi saudado por diversos poetas, poetisas e repentistas que ocuparam o palco para enaltecer o seu desempenho na preservação da cultura nordestina.

Além da dupla de violeiros Carlinhos da Prata e Zé de Jabitacá, participaram da homenagem as poetisas Agda Moura (Santa Cruz do Capibaribe), Lara Moura (Santa Cruz do Capibaribe), Ismênia Thereza, Elânia Lima, os poetas Júnior Cordel, Felipe Morais, Gaudêncio Pereira e Clóvis Ferreira.

Bastante emocionado o poeta Espedito de Mocinha subiu ao palco do teatro Jansen Filho para receber das mãos do secretário de Cultura, Alexandre César, uma placa comemorativa oferecida pela Prefeitura de Monteiro, registrando oficialmente a homenagem ao poeta monteirense e reconhecendo o seu trabalho pela cultura.

A III Noite da Poesia Sertaneja foi apresentada pelo poeta e declamador Felisardo Moura, que também recitou versos de autoria do homenageado e de diversos poetas da região.

Monteiro recebe certificado de municipalização do trânsito nesta segunda

Superintendente do Detran vai a Monteiro e oficializa municipalização do trânsito Superintendente do Detran vai a Monteiro e oficializa municipalização do trânsito

O superintendente do Departamento Estadual de Trânsito, Aristeu Chaves, atual vice-presidente do Conselho Estadual de Trânsito – CETRAN e o assessor jurídico do órgão, João Furtado, estarão em Monteiro nesta segunda-feira, 20, para fazer a entrega do Certificado de Municipalização do Trânsito.

Monteiro foi à cidade que recebeu a melhor nota entre os demais municípios avaliados pelo CETRAN em dezembro de 2014, estando apto a ser incluído no Sistema Nacional de Trânsito, o que deve ocorrer na próxima segunda-feira durante solenidade que acontecerá às 10 horas no gabinete da prefeita Edna Henrique.

Segundo Beatrice Moreira, superintendente da MONTRAN – Superintendência de Transportes e Trânsito de Monteiro -, com o recebimento do certificado o município de Monteiro estará autorizado a regulamentar e fiscalizar o trânsito, orientando os condutores de veículos e pedestres.

Beatrice informou que neste mês de abril será intensificada uma campanha educativa e explicativa junto aos condutores de veículos e, só após esta ação, os agentes de trânsitos passarão a punir com multas os infratores.

“O trânsito de Monteiro ficou moderno, bem sinalizado e nosso desafio agora será organizá-lo. O foco é conscientizar motoristas e estudantes quanto à importância de mantermos um trânsito legal, mas quando a informação não educar, teremos a partir de agora os meios coercitivos para garantir a segurança de todos e o fluxo organizado de nossas vias públicas”, pontuou Beatrice.

A superintendente da MONTRAN ainda destacou a coragem da prefeita Edna Henrique em tomar a decisão de investir na Mobilidade Urbana, investindo mais de R$ 200 mil numa área complexa e que poucos gestores tem a coragem de enfrentar, apesar de ser uma necessidade de todas as cidades com o porte de Monteiro e até outras menores, pois é necessário que a Mobilidade Urbana seja discutida com antecedência.

RC inaugura 44 km de rodovias e beneficia mais de 145 mil pessoas no Brejo

Superintendente do Detran vai a Monteiro e oficializa municipalização do trânsito Superintendente do Detran vai a Monteiro e oficializa municipalização do trânsito Superintendente do Detran vai a Monteiro e oficializa municipalização do trânsito Superintendente do Detran vai a Monteiro e oficializa municipalização do trânsito

O governador Ricardo Coutinho inaugurou, neste sábado (18), obras de três rodovias no Brejo paraibano, totalizando R$ 6 milhões de investimentos, 44 quilômetros de extensão que beneficiam mais de 145 mil paraibanos. A agenda de trabalho começou por Alagoa Grande, onde Ricardo entregou a restauração da PB-075 (21 quilômetros) que beneficia 107,5 mil habitantes de Alagoa Grande, Alagoinha e Cuitegi, além dos usuários da rodovia que trafegam para outros municípios da região e para o Rio Grande do Norte. Na obra executada sob a supervisão do Departamento de Estradas de Rodagem (DER), o Governo do Estado investiu R$ 2,7 milhões.

Na primeira solenidade, em Alagoa Grande, o governador destacou a importância da participação popular na realização da obra. “Estamos entregando aqui uma estrada estratégica, pavimentada há mais de 31 anos no Governo Burity I, o asfalto já não existia mais. Então nós priorizamos essa obra, uma das demandas do Orçamento Democrático Estadual. Quero compartilhar com vocês a pavimentação de mais uma estrada”, comemorou Ricardo.

Ele ainda lembrou que mais de 1.000 quilômetros de estradas já foram pavimentados ou recuperados e que mais de 1.000 quilômetros de rodovias serão pavimentados. A meta é deixar a Paraíba com uma das melhores malhas viárias do país. “A Paraíba escolheu o trabalho”, completou.

O deputado João Bosco Carneiro Júnior, representando a Assembleia Legislativa, agradeceu pela restauração da PB-075 que trouxe inúmeros benefícios para a região. “Pela primeira vez, temos um asfalto apropriado para o grande fluxo de veículos pesados na região”, observou. O parlamentar também agradeceu por outras obras em Alagoa Grande que recebe mais de R$ 26 milhões em investimentos, incluindo a barragem Pitombeiras, em construção.

Em Serra da Raiz, o governador Ricardo Coutinho afirmou que governa para toda a população. O vereador Carlos André elencou diversas obras que o Governo do Estado levou para a cidade, como a pavimentação, entrega de ônibus escolar, delegacia da Polícia Civil, ações do Empreender Paraíba, entre outros benefícios. A vice-prefeita de Serra da Raiz, Wilma da Silva, também agradeceu os investimentos na cidade.

Em Duas Estradas, houve a inauguração da pavimentação da Rodovia PB-069 ligando o município a Serra da Raiz e também a inauguração da restauração da PB-085 (Duas Estradas-Lagoa de Dentro-Jacaraú), numa extensão de 19 quilômetros. Nessa obra, foram investidos R$ 2,5 milhões. O município de Duas Estradas também ganhou pavimentação na sua travessia.

Ainda em Duas Estradas, o governador destacou a importância da pavimentação da travessia urbana e da rodovia, que traz mais conforto e segurança para as pessoas. “Foi pensando nisso que adotamos o maior programa de pavimentação viária do país”, ressaltou Ricardo. O prefeito Edinho da Farmácia agradeceu a realização de obras.

O superintendente do DER, Carlos Pereira, destacou que mais recursos estão previstos para o programa Caminhos da Paraíba para garantir mais de 1.000 quilômetros de pavimentação, na próxima etapa.

A população das três cidades contempladas com a obra comemorou o novo asfalto. Em Alagoa Grande, o moto-taxista Sinésio Correia, afirmou que a estrada estava muito esburacada e isso causava muitos transtornos. “Estudantes, caminhoneiros, motoristas em geral e a gente moto-taxista sofreu com o estado da estrada. Em alguns trechos, estava havendo até assaltos. Agora, o Governo presenteou a todos nós com esse asfalto de primeira”, lembrou.

Em Alagoinha, o motorista de ônibus Claudino Rufino Chaves, também destacou os benefícios. “O prejuízo era grande com os buracos na estrada. A viagem demorava mais, os carros estavam sempre tendo peças danificadas. Há mais de dois meses, a situação é outra. Com o novo asfalto, a vida da gente voltou ao normal. Os estudantes não sofrem mais como antes nem se atrasam na ida para a escola”, observou Claudino.

A vice-governadora Lígia Feliciano disse que o dia foi de muito trabalho, com uma agenda positiva de inaugurações “Há ação do Governo em toda região e no Estado todo, nas áreas de infraestrutura viária, recursos hídricos e outros setores. São ações e obras de um Governo que se preocupa e trabalha muito para melhorar a vida dos paraibanos”, avaliou.

O deputado Hervázio Bezerra comentou que o Governo do Estado tem executado e entregue obras que são demandas da população nas plenárias do Orçamento Democrático Estadual. “Essa estrada PB-075 era cheia de buracos e esse problema agora foi solucionado, o tráfego voltou ao seu fluxo normal”, pontuou.

Para o deputado Gervásio Maia Filho, a região do Brejo paraibano, a exemplo das demais regiões, tem recebido obras que facilitam a vida das pessoas. “A previsão é de que nós tenhamos mais obras pela frente. Que o Governo do Estado realize novas obras, além das que vem inaugurando a cada semana e são muitas. Então, estamos muito satisfeitos”, destacou o deputado.

Também participaram das solenidades, o deputado federal Damião Feliciano; o secretário de Estado do Governo, Efraim Morais; secretário executivo da Comunicação, Célio Alves; diretor de Obras do DER, Hélio Cunha Lima; a prefeita de Alagoinha, Alcione Beltrão; entre outras lideranças da região.

Bandidos vindos da favela da Rocinha são presos assaltando em Monteiro

Polícia desvenda furto de combustível na obra da transposição no Cariri

CACHACEIROS DE LUTO: Carreta cheia de cachaça tomba na pista

DE BANANEIRAS A BARBACENA

Por Ramalho Leite

ramalhopequenanovChegou às minhas mãos um exemplar de “Conegundes, operário da liberdade e da cidadania” publicado sob os auspícios da Fundação Ulisses Guimarães, e que trata da trajetória política do bananeirense Manoel Conegundes da Silva, que pelos idos de 1950 largou o Colégio Pio XI em Campina Grande e partiu para as Minas Gerais onde terminou o colegial e graduou-se em matemática. Imiscuiu-se na política estudantil e recebeu do seu colega Sebastião Nery esse depoimento: “…de 1952 a 1954, na Faculdade de Filosofia de Belo Horizonte, se tivéssemos feito uma eleição para escolher o bom, o melhor entre nós, ninguém ganharia dele.Tinha uma cabeça, uma vocação, um amadurecimento político surpreendente”.

Conegundes, ao sair de Bananeiras, onde nascera em 1930, deixou a cidade dominada pelos Rocha, herdeiros de Estevam José da Rocha – O Barão de Araruna, que depois acolheram os Bezerra Cavalcanti em seu seio e passaram a dominar a cidade. Na Constituinte de 1934 o representante de Bananeiras era o coronel José Antonio da Rocha. Na de 1947, dois deputados constituintes foram eleitos: Clovis Bezerra Cavalcanti e Pedro de Almeida, este casado com uma Rocha. Sem esquecer o pedaço que pertencia aos Coutinho e aos Lucena, que no frigir dos ovos, mesmo desunidos politicamente, formavam um mesmo bloco familiar. Havia até um ditado popular: “aqui, quem não é Coutinho, é coitado; quem não é Cavalcanti é cavalgado; quem não é Bezerra é boi!” Eram rapadura do mesmo tacho…

O movimento militar de 1964 já encontrou Conegundes professor de matemática da Escola Preparatória de Cadetes do Ar em Barbacena, cidade dominada desde seus primórdios por duas famílias, Bias Fortes e Andradas, os últimos, descendentes do Patriarca da Independência. Eles se revezavam no comando da política local e deram até governadores a Minas. A vez de um Andrada, contudo, na Presidência da República, dentro do esquema “café com leite”, foi tolhida pela Revolução de 30.
Nesse clima de acirrada disputa foram arrancar Conegundes da sua cátedra para organizar o MDB na região e enfrentar as duas famílias, agora sob o manto do mesmo partido, a ARENA, utilizando-se do artifício da sub-legenda. Para enfrentar esse poderio econômico e político, Conegundes se valeu das regras impostas pelo regime e iniciou sua participação na política.

Seria alvo de perseguição e prisões. Em uma delas, seu “carcereiro” mandou que ditasse o que quisesse para o escrivão e fosse para casa. A decisão do delegado não foi acatada pelo Comandante da PM local, e junto a outras autoridades de Barbacena, foi levado para o Quartel do Exército.O ex-governador Bias Fortes ligou para o general Mourão Filho e reclamou que “em Barbacena só vão presos os amigos de Bias Fortes”. Em função dos companheiros de cárcere, Conegundes recebeu alvará de soltura e seu nome começou a ganhar as ruas e a simpatia dos mineiros.

A partir de 1970 Conegundes participou de todas as eleições, sendo o mais votado para deputado estadual em Barbacena, derrotando os maiorais da terra, mas não logrando a conquista do mandato.Essa vitória ocorreria em dose dupla,em 1982, com a sua eleição para deputado e a conquista da prefeitura local por um seu correligionário e companheiro dos revezes anteriores.O cenário político de Barbacena e a história de Conegundes ao enfrentar oligarquias fortes política e economicamente, em muito se assemelham com a que travei na sua cidade natal. Se Conegundes tivesse exercitado seus predicados em Bananeiras, talvez eu tivesse lhe cedido o espaço que conquistei a duras penas. Mas ele preferiu a Serra da Mantiqueira e se tornou “um paraibano que orgulha Minas Gerais”, para repetir Sebastião Nery, e a Paraíba também, acrescento eu.

COLUNA CARIRI

TODO CUIDADO É POUCO

Por Geordie Filho
jegueestradazabeleeeeO descaso segue constante com os animais soltos na estrada que liga os municípios de Monteiro e Zabelê, colocando em risco a vida de quem trafega por lá. O alerta vem uma semana antes da maior festa do município de Zabelê, a Corrida de Jegue, que terá início na próxima sexta-feira (25), deixando a estrada bastante movimentada com grande fluxo de veículos. O flagrante da foto ao lado mostra vários jumentos soltos pela rodovia e foi feito esta semana.

TRÂNSITO EM MONTEIRO
Por mais que a população de Monteiro tenha sempre reclamado que o trânsito do município era uma esculhambação e que a situação só piorava a cada ano, parte dela não colabora com quem está tentando organiza-lo. A Prefeitura abraçou a causa e tomou a iniciativa de municipalizar o trânsito, instalou semáforos, placas de sinalização, colocou agentes nas ruas para conscientizar a população, dentre outras ações, mas algumas pessoas insistem em não respeitar as novas regras. Dia desses uma agente de trânsito chegou a ser covardemente agredida por um motociclista que não aceitava seguir as normas de trânsito.

O DILEMA DE BATINGA
Aliados do suplente de deputado Carlos Batinga andam eufóricos com a esperança de que ele poderá assumir o cargo na Assembleia Legislativa a qualquer momento. As informações dão conta de que o deputado Manoel Ludgégio deverá tirar uma licença, abrindo vaga para Batinga.

JOGO BAIXO
O prefeito de Prata, Júnior Nóbrega, foi o primeiro gestor do município que nos últimos 30 anos destinou recursos para reforma do matadouro público da cidade. Mas, a oposição do município achou ruim e passou a criticar o matadouro nas redes sociais, espalhando notícias de que o local estava entregue às baratas. Porém, a realidade é outra.

CAVALGADA DA INTEGRAÇÃO
A tradicional Cavalgada da Integração do Cariri acontece este fim de semana em Monteiro. O evento que já é tradicional na região e um dos maiores do Nordeste, ocorrerá na região do sítio Ipueira Funda, com um percurso de 28 km. Terá ainda show do cantor Dejinha de Monteiro e Forró Quente. A novidade é que mulher não paga, mesmo sendo feia.

PICADINHAS…

Leitor denuncia que estão fuma fumando crack em frente ao antigo clube da banda Metrópole, ao lado do colégio estadual, em Monteiro.

Fiasco o protesto contra Dilma na Paraíba. João Pessoa e Campina Grande não conseguiram reunir 500 pessoas contra a presidente.

Sou a favor da redução da maioridade penal. Adolescentes não podem continuar matando, assaltando, sequestrando e pintando o sete, sem que lhes caiba nenhuma punição severa.

Em Amparo estão terceirizando chifre.

Pro desespero da oposição, Dr. Júnior voltou a atender pacientes em Ouro Velho. O tiro saiu pela culatra.

Semana que vem tem a Festa do Jegue de Zabelê. A branquinha vai dar na canela.

A Festa do Bode Rei de Cabaceiras só prestava quando o prefeito era Arnaldo Júnior.

Aristeu Chaves dando show a frente do Detran-PB. O homi é bom!

Festival do umbu de Sumé rendeu muita pinga no bucho.

Fred Menezes mostrando como se faz bem feito na comunicação de Monteiro.

O ano mal começou e já estamos quase na sua metade. Daqui uns dias já é São João.

Essa semana foi a missa de um ano do falecimento de Dula Menezes, um grande amigo.

As chuvas caindo e os açudes secando. Tem quem entenda?

As oposições nos municípios irão pirar caso o mandato de prefeito seja prorrogado por mais dois anos.

Hoje é dia de buchada de bode no bar do Mauro.

Dizem que aquele vereador veste a calcinha da mulher nas horas vagas.

Galeguinho quer ser prefeito de Serra Branca. E Dudu deixa?

Zequinha do Congo pode ser candidato a vice-prefeito em Sumé na chapa de Quintans.

ACESSE TAMBÉM: WWW.VITRINEDOCARIRI.COM.BR

[+]   POSTAGENS