Cariri Ligado
::Prefeito de Juazeirinho volta atrás e decide que vai disputar a reeleição ::Política ou politicagem? ::Prefeita de Monteiro prestigia entrega de título de cidadania ao presidente do TJPB ::Pureza e Fonseca – Por Zelito Nunes ::Deputado Rômulo Gouveia participa de Convenção em Santa Cecilia, no Cariri ::Campeonato Rural de Monteiro terá segunda rodada neste final de semana ::União política pode resultar em candidatura única a prefeito de Amparo ::Conheça a história do paraibano preso pela PF por ligação com o Estado Islâmico ::Convenção do PSDB homologa candidatura de Artur Dunga em Boqueirão ::“Política nunca mais, só arrumei problemas e inimizades”, diz Fred Marinheiro Malves Supermercados

Prefeito de Juazeirinho volta atrás e decide que vai disputar a reeleição

Banner Coringa Banner Coringa

Política ou politicagem?

Por Luanna Brandão

luanabrandaonovaRedes sociais infladas de entendedores de política, nas rodas de conversas, nas praças e bares não falam em outra coisa, as cidades respiram o clima pré-eleitoral, cada qual que discurse mais genialmente sobre “política”, mas será que sabem realmente a diferença sutil entre a política e a politicagem que estamos habituados a ver?

Política é uma atividade orientada para a tomada de decisões a fim de se alcançar determinado objetivo e pode ser tida também como a luta para a resolução de conflitos de interesse da comunidade. Politicagem, porém esta totalmente a margem desse conceito, tem como objetivo principal atender a interesses próprios e a realização de troca de favores. Conceituados os termos, eu te pergunto o que tem em sua cidade, política ou politicagem?

Ao passear pelas “timelines” do facebook, o que mais encontro são defensores cheios de afinco para defender seus próprios interesses, os mais variados tipos de comentários em defesa de pré-candidatos. Ao perceber esse tipo de comportamento, questiono-me o porquê de não se usar tanta energia para defender as políticas públicas e para exigir que esses pré-candidatos apresentem projetos realmente interessantes para todos. Quando a defesa parte da necessidade única de bajular para conseguir um apadrinhamento qualquer no futuro, pratica-se a politicagem que em nada acrescenta ao desenvolvimento dos municípios muito pelo contrario, apenas contribui para que a manutenção dos currais eleitorais esteja garantida por mais quatro anos.

Um eleitor consciente e cumpridor de seus deveres sabe que tem não necessidade de bajulação e que um candidato que tem projetos para a comunidade é melhor do que aquele que demonstrou um interesse grupal que beneficiará apenas seus aliados. Alguém que te oferece um provável emprego em uma instituição pública em troca de seu voto, pratica politicagem. Aquele que te mostra como melhorar o município com base em dados e que tem pelo menos uma idéia de como solucionar determinado problema que afeta o povo, faz uso da política.

Não desperdice sua energia e dignidade pensando apenas no interesse presente, no que você enquanto indivíduo pode ganhar com o êxito de determinado candidato, use-a com sabedoria, aproveite o espaço das redes sociais e rodas de conversa para cobrar, e exigir que algo relevante seja mostrado. Quando um gestor investe em políticas públicas, ele beneficiará a você e a mim, então cabe a nós avaliarmos se precisamos de alguém que pratique política ou politicagem.

Prefeita de Monteiro prestigia entrega de título de cidadania ao presidente do TJPB

Prefeito de Juazeirinho volta atrás e decide que vai disputar a reeleição Prefeito de Juazeirinho volta atrás e decide que vai disputar a reeleição

Foi realizada na noite desta quinta-feira (21), a sessão solene de entrega de título de cidadão ao Desembargador Marcos Cavalcanti de Albuquerque, Presidente do Tribunal de Justiça da Paraíba.

A sessão foi realizada na Câmara Municipal de Monteiro e contou com a presença de familiares do homenageado, autoridades do poder judiciário de todo o Cariri paraibano e do estado, vereadores, secretários municipais, autoridades das policias civil e militar, representantes das igrejas locais, funcionários do Tribunal de Justiça da Paraíba e a população em geral que lotou as dependências do auditório e dependências da Câmara.

Também estiveram presentes, a prefeita do município Edna Henrique, o vice-prefeito Cajó Menezes e o vice-presidente da Assembleia Legislativa da Paraíba, deputado estadual João Henrique.

A prefeita Edna Henrique destacou o reconhecimento que Monteiro presta a quem contribui com seu desenvolvimento, assim como o desembargador.

“Reconhecer a parceria e o trabalho de quem contribui para o seu desenvolvimento tem sido marca histórica de Monteiro, através desta Casa (José Ferreira Tomé), que representa nosso povo”, disse.

Na continuidade a prefeita destacou a importância da cidadania: “Doutor Marcos, assim como o senhor, não tive a honra de nascer biologicamente nesta terra maravilhosa. Mas Deus, com sua infinita bondade, permitiu que na minha juventude conhecesse um monteirense nato, o hoje deputado e vice-presidente da Assembleia Legislativa da Paraíba, João Henrique, e com ele construísse uma família maravilhosa.

A bondade divina foi tão grande que me mandou para cá, de mala e cuia, a fim de que eu pudesse dedicar o melhor de mim pela terra que me acolheu e me abraçou.

Fui agraciada com o título de cidadania e os meus irmãos agora conterrâneos me elegeram por duas vezes como sua gestora, permitindo que eu pudesse fazer muito mais, retribuindo com trabalho e com amor tanta generosidade.

Faço este registro simbólico para demonstrar o quanto é grandioso o senso de reconhecimento desta comunidade.

Em nome do povo que tenho a honra de gerenciar, desejo lhe parabenizar pela homenagem que recebe neste instante e dizer-lhe que, para mim, é uma elevada honra tê-lo a partir de agora como irmão monteirense”.

SOBRE O HOMENAGEADO

O Desembargador Marcos Cavalcanti é natural de Mamanguape e antes de ocupar a atual função foi advogado, procurador, Promotor de Justiça do estado, Juiz de direito e Juiz eleitoral, passando pelas comarcas de Belém, Mamanguape, Campina Grande e João Pessoa.

Marcos Cavalcanti assumiu interinamente o Governo do Estado em Julho de 2015. É ainda professor da Faculdade de Direito da UEPB, Membro da Academia Paraibana de Letras e do Instituto Histórico e Geográfico da Paraíba.

Pureza e Fonseca - Por Zelito Nunes

Deputado Rômulo Gouveia participa de Convenção em Santa Cecilia, no Cariri

Campeonato Rural de Monteiro terá segunda rodada neste final de semana

União política pode resultar em candidatura única a prefeito de Amparo

Conheça a história do paraibano preso pela PF por ligação com o Estado Islâmico

Prefeito de Juazeirinho volta atrás e decide que vai disputar a reeleição Prefeito de Juazeirinho volta atrás e decide que vai disputar a reeleição

Antônio (Ahmed) Andrade dos Santos Júnior, um dos presos pela Polícia Federal, é um ex-cristão e ex-ateu que se radicalizou pela internet. Chegou a ser banido da mussala (sala de oração, para os muçulmanos) onde teve o primeiro contato com o Islã, em João Pessoa, na Paraíba, por suas declarações radicais e de apologia do Estado Islâmico. Pai de um menino de nove meses, de um casamento arranjado com uma brasileira que adotou o Islã como ele, Antônio, de 34 anos, também tinha problemas com a família por seu radicalismo. Ele aparece ao lado de outro preso, o paulista Vitor Magalhães, em uma foto tirada no Egito, ao lado de uma bandeira negra do grupo terrorista. Antônio e Vitor viajaram juntos ao Cairo, entre 2013 e 2014, onde passaram seis meses estudando religião em uma universidade particular.

Ao voltar do Egito, Antônio passou a defender abertamente o EI, segundo pessoas próximas a ele. Mas já teria se radicalizado pouco antes da viagem, por meio de contatos via internet, após se “reverter” (termo usado por muçulmanos para designar a conversão ao Islã) numa mussala de João Pessoa, aquela da qual foi banido mais tarde, por suas posições extremistas.

A mussala funciona dentro de uma academia de boxe, na periferia de João Pessoa, a Associação Beneficente Esportiva Muçulmana Mesquita’a Brothers, do ex-lutador e treinador de boxe Muhammad Al Mesquita. Batizado como cristão, Antônio treinou boxe na academia paraibana, da qual era vizinho, durante oito anos, antes de se “reverter” ao Islã.

— Ele ficou aqui como aluno por oito anos e chegou a competir. Eu praticamente o criei. Era um menino muito bom. Eu lhe falava sobre religião, mas ele ria. Era completamente ateu. Um dia, me pediu para se reverter. Eu disse a ele que ele precisava estudar mais o Islã antes disso. Nós tivemos muitas conversas. Uma noite, bem tarde, ele me ligou e disse que estava pronto. Então, ele fez a shahada (declaração de conversão ao Islã) — conta Muhammad Al Mesquita. — Só que, depois disso, ele começou a mudar muito. Passou a seguir pessoas na internet, a ler textos que não eram bons. Eu dizia para ele: “Ahmed, cuidado!”
SUSPEITO FAZIA BICOS

Mas Antônio já não o ouvia.

— Ele começou a ter pensamento próprio. Então, um dia eu o proibi de voltar à academia e à mussala. Um dia ele me ligou e eu lhe pedi que não me procurasse mais, se ainda tivesse aquelas ideias, porque não eram ideias boas, não eram de fé. Eu descobri que ele não era do bem, não era grato pelo que fiz por ele.

Muhammad diz que recebeu a visita de agentes da Polícia Federal três vezes em sua academia:

— Eu sofro muito porque procuro passar a eles a mensagem sagrada, o caminho de Deus e da paz. Mas esses covardes estão acabando com nossa fé. O verdadeiro Islã não é isso. Não tem nada a ver com terrorismo.

Após ser banido da mussala, Antônio parecia revoltado. Foi procurar o Centro Islâmico de João Pessoa, fundado por João (de Deus) Cabral, ex-pastor evangélico que adotou o Islã em 2008. Ele chegou a frequentar a mussala por cerca de três anos, mas Cabral também começou a ficar preocupado com suas declarações radicais e sua conduta. Depois de um tempo, se afastou.

— Nunca mais conversei com ele, exatamente por conta dessas ideias — disse, por telefone, Cabral, que hoje vive em Dubai. — O Islã repudia quaisquer atos de violência.

Cabral publicou na internet uma nota: “Qualquer pessoa que tenha visitado ou mantido relacionamento com nosso centro e que por suas posições se coloca ou tenha se colocado, em qualquer tempo, a favor dos infames atos terroristas, é considerada por nós ‘persona non grata’, devendo responder individualmente por suas posições.”

Antônio passou a visitar a mussala apenas ocasionalmente, em festas religiosas, a última delas no feriado de Eid, quando os muçulmanos celebram o fim do mês sagrado do ramadã, no dia 7 de julho. Ele vive num bairro da periferia de João Pessoa com os pais, aposentados, a mulher, uma jovem revertida pela internet há três anos, e o filho. São casados há dois anos. Uma jovem brasileira que adotou o Islã e frequentava a mesma mussala diz que Antônio tinha discussões com a mãe por causa de suas ideias radicais.

— Quando começava a falar sobre essas ideias radicais, nós o cortávamos. Mas ele era cabeça dura — diz a jovem muçulmana.

Antônio fazia bicos em João Pessoa e nunca se fixou em nenhum emprego. Ele chegou a se mudar para São Paulo e a trabalhar com refugiados sírios em uma ONG da comunidade islâmica.

O Globo

Convenção do PSDB homologa candidatura de Artur Dunga em Boqueirão

"Política nunca mais, só arrumei problemas e inimizades", diz Fred Marinheiro

Prefeito de Juazeirinho volta atrás e decide que vai disputar a reeleição Prefeito de Juazeirinho volta atrás e decide que vai disputar a reeleição

“Política nunca mais!”. Foram essas palavras que o político do município de Juazeirinho, Fred Marinheiro, proferiu na manhã desta quinta-feira (21).

“Realmente, decidi me afastar totalmente. Já dei a minha contribuição como homem público. Só arrumei problemas e inimizades. Fiz uma reunião com a minha família e decidimos: ‘POLÍTICA NUNCA MAIS!!!’”, afirma categoricamente o ex-prefeito.

Médico de profissão, Fred disputou quatro eleições e ganhou todas. Em 1992 e 1996, foi eleito vereador e chegou a ocupar a presidência da Câmara.

Até os diais atuais, ele é o vereador mais votado da história do município com 703 votos conquistados em 1996.

Em 2000, após rachar com a família e aliar-se ao maior adversário do clã Marinheiro, dr Genival Matias (in memorian), Fred venceu a eleição para prefeito.

Quatro anos mais tarde, em 2004, tornou-se o único prefeito reeleito da história do município ao derrotar o agora adversário, dr Genival.

Voltou em 2012, mas com problemas na Justiça Eleitoral, não conseguiu registro de sua candidatura a prefeito pela oposição.

No entanto, ardiloso e matreiro, Fred empurrou o pleito com a barriga e jurando de pé junto que era candidato para, na véspera da votação, retirar o nome e ser substituído pela esposa, Carleusa Marques, que derrotou o então prefeito, Bevilacqua Matias, que concorria a reeleição.

Carleusa renunciou ao cargo definitivamente em maio de 2015 e Fred decidiu “pendurar as chuteiras”, politicamente falando.

Heleno Lima

Após assembleia, professores da UFCG paralisam atividades próximo dia 11

Prefeito de Juazeirinho volta atrás e decide que vai disputar a reeleição Prefeito de Juazeirinho volta atrás e decide que vai disputar a reeleição

Os professores da Universidade Federal de Campina Grande paralisarão suas atividades em 11 de agosto, Dia Nacional de Luta em Defesa da Educação Pública, e participarão da construção de uma greve geral para barrar os ataques do governo interino aos direitos dos trabalhadores. Estas foram as principais deliberações da assembleia geral da categoria, que ocorreu de forma simultânea, nessa quinta-feira (21), nos campi da UFCG em Campina, Sumé e Cuité.

As decisões da assembleia da ADUFCG estão alinhadas às deliberações do recente 61º CONAD do ANDES-SN, realizado no período de 30/06 a 03/07, em Boa Vista (RR), incluindo a luta pelo Fora Temer!, contra o ajuste fiscal e a retirada dos direitos dos trabalhadores e trabalhadoras e cortes nas políticas sociais, pela auditoria da dívida pública e contra a política de conciliação de classes.

A decisão de paralisar no dia 11 de agosto foi aprovada na assembleia da ADUFCG, após a diretoria da entidade apresentar como justificativa para a iniciativa sua aprovação no II Encontro Nacional de Educação e a sua ratificação no 61º CONAD, como uma forma de luta contra aos inúmeros ataques contra a educação pública e gratuita, entre eles o PL 867/2015, da “Escola Sem Partido”, além da iniciativa atender a necessidade de intensificação do combate a privatização da educação pública, com a construção de um projeto classista e democrático de educação, que se contrapõe totalmente ao atual Plano Nacional de Educação privatista.

Com a aprovação da paralisação em agosto, os professores também criaram uma comissão de mobilização que preparará uma jornada de debates, nos três turnos, sobre os impactos das iniciativas do governo interino contra a educação e os professores, envolvendo também os trabalhadores da educação estadual e municipal. A primeira reunião da comissão ocorrerá segunda-feira (25/07), a partir das 17h, no Auditório da ADUFCG.

A decisão da ADUFCG engajar-se na construção da Greve Geral foi aprovada por ampla maioria da assembleia, após vários professores realizarem análises sobre a atual conjuntura política, listando os inúmeros e constantes ataques aos direitos dos trabalhadores que estão sendo aprofundados e ampliados pelo governo interino e também a aprovação dessa iniciativa pelo 61º CONAD.

Os professores da UFCG aprovaram a construção da greve geral, ratificando o posicionamento do ANDES-SN, que se expressou na orientação sobre o tema definido no último CONAD da seguinte forma: “Fora Temer, contra o ajuste fiscal e a retirada dos direitos dos trabalhadores e trabalhadoras e cortes nas políticas sociais. Pela auditoria da dívida pública. Contra a política de conciliação de classe. Rumo à greve geral!”. Também foi aprovada a realização de articulações para que as centrais CUT e CTB realizem em suas bases iniciativas para a construção da greve.

Arnaldo Albino e a onça

Por Nal Nunes

nalnunesnova2A Fazenda Carnaíba sempre foi uma reserva importante ( fauna e flora) e das únicas existentes nesses confins degradado pelo clima e pelo governo. Carnaíba fica no Moxotó Pernambucano, aqui no vizinho Distrito de Jabitacá ( antiga Varas) município de Iguaraci, Pernambuco.

Pois é, Carnaíba é como se fosse o nosso Pantanal Mato-grossense. Lá tem macaco em abundância, saguim, mocó, asa branca, papagaio, tatu, rolinha cascável ( em extinção), azulão, pinta silva, canário, e até onça já foram vista várias vezes por lá.

Arnaldo Albino que, hoje conta suas histórias lá no céu, disse que durante uma caçada na Serra da Carnaíba, deparou-se com uma onça que se fazia acompanhar de 6 filhotes. No grande susto ao topar com a mais temida dos felinos, Arnaldo Albino de imediato engatilho a espingarda 28 e praguejou:

– Eu vou lhe matar agorinha!

A onça temendo que o mal maior acontecesse, ergue as patas em sinal de clemência, tremendo e lacrimejando falou:

Seu Arnaldo! Pelo amor de Deus não faça uma desgraça dessa comigo não!

O senhor não tá vendo que eu tenho 6 filhinho prá criar?

Seu Arnaldo, penalizado com o drama daquela pobre mãe de família, baixou a espingarda, atendeu a súplica e saiu caminhando. Quando já estava avistando o rancho, momento em que havia passado o susto e, também caindo a ficha, comentou consigo mesmo:

-Mais eu nunca tinha visto uma onça falar!!!!!?

Bolinha que tava ali escutando a conversa, balançou o rabo e disse:

-Nem eu também seu Arnaldo!

Mosquito comum pode transmitir a zika

Prefeito de Juazeirinho volta atrás e decide que vai disputar a reeleição Prefeito de Juazeirinho volta atrás e decide que vai disputar a reeleição

O mosquito “Culex quinquefasciatus”, conhecido como muriçoca ou pernilongo doméstico, também pode transmitir o vírus da Zika. A descoberta, inédita, é anunciada pela Fiocruz no Rio de Janeiro neste momento. A pesquisadora da Fiocruz Pernambuco Constância Ayres conseguiu encontrar, pela primeira vez, pernilongos carregando o vírus na natureza.

Até o momento, cientistas acreditavam que o Aedes aegypti era o principal vetor do vírus no Brasil. Em junho, Ayres disse à BBC Brasil que outras espécies de mosquito também transmitiam Zika em outros países.

Segundo a Fiocruz, a pesquisa ainda está em andamento e será preciso determinar qual é exatamente o papel do pernilongo na epidemia brasileira.

“Já sabemos que ele transmite. O que ainda não sabemos é a capacidade dele como vetor”, disse Ayres durante a coletiva de imprensa.

A descoberta poderia mudar a estratégia brasileira de combate à doença, que causa malformações graves em bebês. Só em Recife, onde a pesquisa foi feita, a população do Culex é 20 vezes maior do que a de Aedes aegypti. O pernilongo também age em locais como lixo e esgoto, diferentemente do Aedes.

A Fiocruz afirma, no entanto, que até que se compreenda a importância do pernilongo na epidemia, política de controle da Zika continuará focada no controle do Aedes aegypti.

A Fundação também diz que ainda não detectou o vírus em mosquitos Culex no Rio de Janeiro, e mantém a afirmação de que o risco de propagação da Zika na Olimpíada é baixo.

PT nacional manda rever vetos a alianças na Paraíba

Prefeito de Juazeirinho volta atrás e decide que vai disputar a reeleição Prefeito de Juazeirinho volta atrás e decide que vai disputar a reeleição

A direção nacional do PT enviou ofício à Executiva Estadual do partido na Paraíba recomendando a revisão da decisão de vetar alianças com outras legendas nas eleições municipais deste ano. Segundo o documento, a ordem do PT no estado contraria entendimento da direção nacional, que determinou o diálogo e a análise caso a caso das alianças nos municípios.

Nessa terça-feira (19) o PT da Paraíba ampliou os vetos a alianças com legendas que apoiaram o impeachment da presidente Dilma Rousseff, com exceção do PSB e do PR. Na lista dos partidos proibidos estão o PSDB, DEM, PPS, SD, PMDB, PP, PTB, PSC, PSD e PRB.

A presidente do PT na Paraíba, Giucélia Figueiredo, afirmou nesta quinta-feira (21) que já recebeu o ofício da direção nacional e irá cumprir a recomendação analisando caso a caso.

Segundo ela, essa foi uma reivindicação feita por alguns diretórios municipais à direção nacional. Ela informou que na próxima segunda-feira (25) será realizada uma reunião com os membros da Executiva, às 18h, na sede do partido em João Pessoa, para deliberar sobre o assunto.

“Nós recebemos e vamos realizar na próxima segunda-feira reunião da Executiva Estadual e iremos analisar caso a caso cada município que resolveu fazer aliança com os partidos vetados. O que a nacional recomendou que nós fizéssemos foi a análise de caso a caso e vamos fazer”, contou.

Apesar de seguir a orientação da direção, ela afirmou que os vetos continuam mantidos e adiantou ser difícil que aconteça alteração na decisão.

“Na minha compreensão nós iremos manter o veto a alianças com os partidos considerados por nós golpistas. Não posso antecipar o que vai acontecer, mas se depender desta presidente não haverá mudanças”, disse.

Ela explicou ainda que cada caso passará pelo julgamento da executiva e 17 membros tem direito a voto.

Adolescente é detido com cerca de 1 quilo de maconha no Cariri

Fernando confirma apoio dos 9 vereadores para pré-candidatura governista

Prefeito de Juazeirinho volta atrás e decide que vai disputar a reeleição Prefeito de Juazeirinho volta atrás e decide que vai disputar a reeleição

O prefeito Fernando Queiroz reuniu nesta quarta-feira (20) os atuais vereadores e líderes políticos que dão sustentação a sua gestão em São José dos Cordeiros. O encontro teve como objetivo discutir o pleito eleitoral que se aproxima e os prováveis nomes que representarão o grupo nestas eleições.

A definição dos pré-candidatos a prefeito e vice não foi fechada, mas segundo o prefeito Fernando Queiroz a discussão foi muito produtiva e até o próximo encontro os nomes deverão ser escolhidos e divulgados. Os 9 vereadores que compõe a atual Câmara de São José dos Cordeiros confirmaram a união do grupo e que apoiarão os candidatos indicados.

Na reunião desta quarta-feira (20) ficou acertado que as convenções do PSB e partidos aliados acontecerão no próximo dia 2 de agosto, no Clube Asa Branca. Fernando revelou ainda que na próxima semana outro encontro será agendado e nele provavelmente os nomes dos pré-candidatos do grupo já serão definidos e aclamados.

Fernando disse ainda que seu agrupamento político já possui 20 pré-candidatos a vereador, dos quais 18 deverão ser confirmados em convenção.

“Nós não temos pressa, pois priorizamos desde o início de nossa gestão o trabalho. Quem tem o que mostrar não teme a população e muito pelo contrário a tem como maior aliada. Por isso, vamos definir com calma os candidatos a prefeito e vice do nosso grupo, a fim de estarmos antenados com a vontade popular e afinados com o desenvolvimento de nossa São José dos Cordeiros”, destacou Fernando.

CDSA participa da preparação da 3ª Semana de Semana de Popularização da Ciência

Prefeito de Juazeirinho volta atrás e decide que vai disputar a reeleição Prefeito de Juazeirinho volta atrás e decide que vai disputar a reeleição

O Centro de Desenvolvimento Sustentável do Semiárido da Universidade Federal de Campina Grande, Campus de Sumé, está discutindo a proposta da 3ª Semana de Popularização da Ciência no Semiárido, que deve acontecer no primeiro semestre de 2017 nas cidades paraibanas de de Sumé, Zabelê e Monteiro.

A 3ª Semana será realizada através de parceria entre a UFCG/Campus Sumé, o Instituto Nacional do Semiárido (INSA), o Instituto Federal da Paraíba (IFPB), a Universidade Estadual da Paraíba/Campus Monteiro e Município de Zabelê.

O objetivo da Semana é sensibilizar estudantes, professores e a comunidade em geral do Semiárido para o conhecimento e estudo da ciência contextualizada, promovendo processos de educação científica e tecnológica com participação de estudantes, professores de escolas públicas, gestores, técnicos de instituições públicas, organizações sociais e de comunidades tradicionais.

Representantes de algumas entidades parceiras nessa ação como o INSA e Universidade Federal Rural de Pernambuco, na quinta-feira (20), após reunião realizada no IFPB/Monteiro, estiveram visitando o CDSA/UFCG para conhecer as instalações, projetos e ações do Centro e foram recebidos pela professora Alecksandra Lacerda que está representando o CDSA na construção da agenda de execução da 3ª Semana de Popularização da Ciência.

“A intenção de associação a esse grupo junto com o INSA e UFRPE tem como meta estabelecer um conjunto de ações para focar a popularização da ciência. Estivemos numa reunião em Monteiro para construir um diálogo conjunto e fortalecer essa perspectiva de divulgação da ciência e o papel de cada parceiro é observar o que cada instituição pode colaborar para a realização do evento em questão”, disse a professora Alecksandra.

Ana Paula Santos, pesquisadora do INSA e responsável pela gestão da área de popularização da ciência do órgão destacou a importância desta parceria para a realização da Semana de Popularização da Ciência no Cariri paraibano. Ela informou que no dia 24 de agosto o grupo de parceiros estará reunido novamente para definir algumas ações para um evento preparatório da Semana e que deverá ser realizado em novembro próximo. Também destacou durante a visita, outras possibilidades de fortalecimento da parceria já mantida com a UFCG/CDSA em projetos de pesquisa nas áreas de desertificação, de biodiversidade e de recursos hídricos visando avançar um pouco mais em projetos que melhorem a vida da população da região do Cariri/Semiárido.

“Precisamos conhecer o nosso local, o nosso entorno e o que vem sendo realizado pela população, nos aproximar mais desse conhecimento popular porque a população tem seus fazeres, tem práticas existentes, práticas milenares e precisamos articular o conhecimento científico com este conhecimento e a divulgação popular da ciência tem sua importância nesse sentido”, disse Ana Paula.

Antônio Carlos Miranda, professor e pesquisador da UFRPE (área de física e astronomia) enfatizou que a visita na UFCG/Sumé permitiu conhecer as parcerias para e a discussão de uma programação conjunta de divulgação científica provavelmente na Expocaatinga, evento realizado no CDSA. Ele realiza um evento de popularização da ciência duas vezes por ano e aposta no sucesso da 3ª Semana de Popularização da Ciência . “Vejo que o trabalho que se faz aqui com a agricultura familiar, a agroecologia é um trabalho de qualidade e isso me deixa empolgado”, frisou.

Wanderley Diagnóstico inaugura unidade em Monteiro com grande estrutura

PF prende 10 por suspeita de elo com Estado Islâmico; teve prisão na Paraíba

Prefeito de Juazeirinho volta atrás e decide que vai disputar a reeleição Prefeito de Juazeirinho volta atrás e decide que vai disputar a reeleição

A duas semanas do início da Olimpíada do Rio, a Polícia Federal (PF) realizou na manhã desta quinta-feira (21) uma operação sigilosa de combate ao terrorismo que prendeu 10 pessoas em 10 estados, informou o ministro da Justiça, Alexandre de Moraes, em entrevista coletiva concedida em Brasília.

Foram as primeiras prisões no Brasil com base na recente lei antiterrorismo, sancionada em março pela presidente afastada, Dilma Rousseff. Também foram as primeiras detenções por suspeita de ligação com o grupo terrorista Estado Islâmico, que atua no Oriente Médio, mas tem cometido atentados em várias partes do mundo.

As prisões, segundo o Ministério da Justiça, ocorreram no Amazonas, no Ceará, na Paraíba, em Goiás, no Mato Grosso, em Minas Gerais, no Rio de Janeiro, em São Paulo, no Paraná e no Rio Grande do Sul, informou a assessoria do Ministério da Justiça. O governo e PF não divulgaram os nomes dos suspeitos.

O suposto chefe do grupo, informou Moraes, é do Paraná. Um dos presos foi detido na área rural do município gaúcho de Rolante, em uma localidade chamada de Açoita Cavalo. Ele tem 26 anos.

De acordo com a Polícia Federal, o juiz Marcos Josegrei da Silva, da 14ª Vara da Justiça Federal do Paraná, expediu 12 mandados de prisão temporária por 30 dias, sendo que as detenções podem vir a ser prorrogadas por mais um mês.

Em entrevista coletiva concedida em Brasília no final da manhã desta quinta, Alexandre de Moraes anunciou que a PF já havia cumprido 10 dos 12 mandados de prisão. Ele destacou que os dois alvos da operação batizada de “hashtag” que ainda não tinham sido presos estavam no “radar” dos policiais e que, provavelmente, seriam detidos em breve. Cada um dos suspeitos foi preso em um estado diferente.

“Hoje, culminou na primeira operação onde uma suposta celula terrorista no Brasil foram presos 10 indivíduos. Isso é muito importante, que passaram a partir do nosso rastreamento de simples comentários sobre o Estado Islâmico”, relatou Alexandre de Moraes na entrevista concedida na sede do Ministério da Justiça.

[+]   POSTAGENS