::Polícia Federal deflagra operação no Cariri ::Campanhas de Ricardo e Cássio ao governo custaaram R$ 30 milhões, diz TRE-PB ::Menor diz que matou mais 2 pessoas além de jovem executado em vídeo ::PMDB pretende lançar candidatura pela Prefeitura de Monteiro, dividindo a oposição ::Senador paraibano e ex-candidato a governador é indicado para o TCU ::As charges do dia… ::ONG lança campanha educativa sobre o trânsito ::Bandidos fazem o rapa na agência dos Correios de Livramento e levam refém ::Ex-prefeito de Juazeirinho é cotado para assumir setor jurídico da Câmara ::AS BANDIDAS: Polícia continua a procura de acusadas roubar lojas no Cariri Prefeitura de Prata

Polícia Federal deflagra operação no Cariri

Banner Coringa Banner Coringa

Campanhas de Ricardo e Cássio ao governo custaaram R$ 30 milhões, diz TRE-PB

cassioericardodebatecorreioOs candidatos que chegaram ao segundo turno das eleições para o governo da Paraíba declararam ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE-PB), nesta terça-feira (25), um gasto total superior a R$ 30,8 milhões nas campanhas de Cássio Cunha Lima (PSDB) e Ricardo Coutinho (PSB). A prestação de contas final das receitas e despesas de campanha mostra que eles gastaram mais do que os R$ 27 milhões arrecadados por ambos.

O governador reeleito Ricardo Coutinho, da coligação “A Força do Trabalho”, gastou R$ 14.115.123,59 e arrecadou R$ 13.017.971,77. Já o candidato derrotado, senador Cássio Cunha Lima, gastou R$ 16.690.620,40 e arrecadou R$ 15.121.899,72.

A maior despesa da campanha de Ricardo Coutinho foi com o pagamento de multas eleitorais, que somam R$ 2,986 milhões, seguida de R$ 1.133.216,77 com cessão ou locação de veículos. A maior fonte de recursos foi de pessoas jurídicas, R$ 6.644.148,03 no total. As receitas provenientes de pessoas físicas somaram R$ 359.100.

Na prestação de contas de Cássio Cunha Lima, o maior aporte de receitas foi de recursos de partido político, R$ 10.940.130. O total doado por pessoas físicas ficou em R$ 375.150. De pessoas jurídicas, o montante foi de R$ 3.753.650,98.

Menor diz que matou mais 2 pessoas além de jovem executado em vídeo

execucao_1O adolescente de 16 anos que aparece em um vídeo executando o jovem Marcos Vinícius Monteiro Caixeta, 18 anos, disse à Polícia Civil que já matou outras duas pessoas. Segundo o delegado Kelyton Manoel Dias, titular da Delegacia de Apuração de Atos Infracionais (Depai) de Goiânia e responsável pelo caso, a revelação foi feita durante uma conversa informal. A polícia apura a veracidade desses homicídios.

“Ele disse que certa vez, quando estava passando férias na casa da avó, no Pará, matou uma pessoa, mas não deu muitos detalhes. Na mesma conversa, ele disse que em meados do ano passado estava usando drogas na Avenida 85, quando outro usuário se aproximou, houve uma briga e ele assassinou o rapaz a facadas”, disse Dias ao G1.

Na tarde de terça-feira (25), a polícia levou o rapaz até o local onde Marcos foi morto, em uma estrada de terra próxima a Senador Canedo, na Região Metropolitana de Goiânia, para colher mais detalhes do homicídio. A frieza dele impressionou até mesmo o delegado.

“O comportamento dele é normal, frio, tranquilo. Chama bastante atenção o fato de uma pessoa tão jovem ter tanto desapego com a vida dessa forma. O que para gente às vezes é tragédia, para ele é uma coisa normal”, descreve.

A polícia segue em busca dos dois outros suspeitos que aparecem no vídeo da execução de Marcos. Segundo o menor apreendido informou, trata-se de um homem, que estava dirigindo o carro, e outro menor. Nenhum deles teve as idades reveladas. Enquanto isso, o adolescente segue detido na Depai, em Goiânia.

Vídeo
O adolescente foi apreendido na noite de segunda-feira (24), após ser flagrado fazendo manobras arriscadas em uma motocicleta, em Goiânia. Ao verificar o celular dele, os policiais encontraram o vídeo do assassinato. O garoto também confessou o ato: “Eu que matei ele. O crime cobra caro. Enquanto uns matam, outros morrem”.

No vídeo, os suspeitos estão no carro com a vítima. O trio zomba do rapaz ao conduzi-lo até o local onde ocorre a execução: “Chegou sua hora. Olha a missão hoje”.

Após atirar, o adolescente ainda pisa na cabeça da vítima. Outro criminoso se aproxima de Marcos e atira mais cinco vezes. O menor detido ainda diz: “Desgraçado, vai com Deus”. A polícia acredita que o motivo do crime é o fato de a vítima ter denunciado um criminoso para a polícia.

Corpo
O crime ocorreu no último sábado (22), mas o corpo só foi localizado dois dias depois, em uma estrada de terra entre Leopoldo de Bulhões e Bonfinópolis por um morador da região que passava pelo local. Desde então, a vítima estava no no Instituto Médico Legal (IML) de Anápolis como indigente.

Além do delegado Kelyton Dias, o menor também reconheceu o corpo de Marcos no IML. A identificação se baseou nos traços do rosto e nas roupas, que eram as mesmas usadas pela vítima no momento da execução.

Segundo a família de Marcos, o jovem estava desaparecido desde o dia do crime. Uma prima de Marcos, que não quis se identificar, contou que o rapaz é usuário de drogas. Ela diz que não imaginava que ele pudesse ser assassinado. “A gente quer justiça. Ele não merecia morrer desse jeito, mesmo sendo usuário”, diz a parente.

Banner Segundo Wilson Ricardo

PMDB pretende lançar candidatura pela Prefeitura de Monteiro, dividindo a oposição

Senador paraibano e ex-candidato a governador é indicado para o TCU

Polícia Federal deflagra operação no Cariri Polícia Federal deflagra operação no Cariri

Com o encerramento do prazo para inscrição de nomes indicados para o cargo de ministro do Tribunal de Contas da União (TCU), o senador paraibano Vital do Rêgo foi o único inscrito para a vaga do ministro José Jorge, obrigado a se aposentar porque completou 70 anos no último dia 18. Com isso, o parlamentar é o indicado à vaga pela bancada do PMDB.

O anúncio foi feito pelo presidente do Senado, Renan Calheiros, na noite desta terça-feira (25).

Renan afirmou que o nome de Vital do Rêgo será submetido à análise da Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ). Se aprovado, ainda terá de passar pela análise do Plenário do Senado. O TCU é um órgão de controle externo, auxiliar do Congresso Nacional.

Vital do Rêgo é relator da Lei de Diretrizes Orçamentárias e analisa mais de 1.600 emendas parlamentares. Ele prometeu empenho no sentido de apresentar o texto final da LDO até a próxima quinta-feira (27) na Comissão de Planos, Orçamentos Públicos e Fiscalização, para discussão e votação.

A LDO dá origem à Lei Orçamentária Anual (LOA). Do total de emendas apresentadas ao projeto da LDO 2015, 1.235 são emendas que alteram partes do texto. As outras 418 são emendas ao chamado Anexo de Metas e Prioridades, que foi incluído na proposta do Executivo para que deputados, senadores, comissões e bancadas estaduais do Congresso possam determinar que ações, programas e obras têm de ser priorizadas pelo Governo Federal no próximo ano.

Além da LDO, Vital trabalha na relatoria do Código Penal e do Código de Processo Civil.

ONG lança campanha educativa sobre o trânsito

alcimarongDurante o mês de dezembro, o Instituto de Acesso à Cidadania Ednice Maria Batista da Silva estará dialogando com a população paraibana, através da campanha “Não espere perder um familiar, mude sua atitude no trânsito”. Como foco educativo, a ONG pretende abrir caminhos para mudanças culturais na concepção de trânsito em nosso país, trabalhando a valorização da vida humana no cotidiano urbano.

Com base em números do Ministério das Cidades, são 40 mil vítimas fatais por ano nas ruas e estradas brasileiras. Essa “guerra” nas vias urbanas em nosso país tem como alvo principal pessoas entre 18 e 34 anos, causando impacto e mudando a trajetória de diversas famílias. Assim, a preservação da vida vem conquistando uma nova pauta entre os grandes temas no século XXI.

Para o fundador da ONG, Alcimar Martins, “A mistura de direção, embriaguez, e alta velocidade está transformando trânsito em sinônimo de morte no Brasil. Precisamos de leis mais rígidas, todavia, necessitamos mudar a mente de nossa população.”

O instituto tem como finalidade colocar em linguagem acessível à sociedade campanhas de Organizações Civis, além da constante fiscalização na aplicação das leis de trânsito. Nesses termos, a concepção da ONG coloca em debate nos diversos espaços sociais, o aprimoramento legislativo sobre o tema, com foco na eficácia das normas junto aos condutores e educadores em geral.

“Nossa perspectiva atual é criar canais de diálogo pra avançarmos na aprovação do Projeto de Lei nº 5568/2013, que tem como relator o Dep. Hugo Leal. Estamos atuando em diversas frentes, e tenho certeza da longa caminhada que estamos iniciando”, conclamou o idealizador da campanha, Alcimar Martins.

Breve Histórico

O Instituto de Acesso a Cidadania tem na sua origem a marca dos seus objetivos. No dia 19 de Janeiro de 2014, a senhora Ednice Maria Batista da Silva sofreu trágico acidente de trânsito no Cariri paraibano. Para Alcimar, filho da vítima, a fundação da ONG foi o caminho para superação, “uma vida que está mudando o destino de muitas”, finalizou Martins.

Terceiro postagens – Câmara Monteiro

Bandidos fazem o rapa na agência dos Correios de Livramento e levam refém

Ex-prefeito de Juazeirinho é cotado para assumir setor jurídico da Câmara

beviiApesar da indefinição quanto a nova composição da mesa diretora da Câmara de Vereadores, alguns nomes já estão sendo ventilados para ocuparem alguns cargos no legislativo como, por exemplo, o ex-prefeito, Bevilacqua Matias (2009 – 2012), cotado para assumir o setor jurídico da Casa José Cosme de Oliveira.

Bevilacqua é um dos articuladores desta eleição que ocorre no dia 1º de dezembro (segunda-feira) e nutre a esperança de que o seu grupo possa vencer e comandar o parlamento a partir de primeiro de janeiro de 2015.

Recentemente, ele conseguiu fechar um importante acordo com a vereadora, Níbia Costa (PTB) e, ela, por sua vez, já costurou um acordo com a colega, Sandra Paulino (PTB).

Além do ex-prefeito, os nomes do suplente de vereador, Cícero Silva (PR) e do advogado, Sebastião Brito, estão sendo cotados para assumirem a chefia de gabinete e a tesouraria da Câmara, respectivamente, caso o grupo de oposição vença a eleição.

Aliás, Sebastião vem trabalhando nos bastidores e, constantemente, é visto participando de reuniões com Wellington da Costa Assis, ex-presidente da Câmara e marido de Níbia e o vereador, Admilson de Pituta (PSD), além do próprio Bevilacqua.

Heleno Lima

AS BANDIDAS: Polícia continua a procura de acusadas roubar lojas no Cariri

João Henrique, Edmilson Soares e Branco Mendes confirmam apoio a Galdino

Destino Paraíba’ é divulgado em Vitória e Rio de Janeiro nesta terça e quarta

Polícia Federal deflagra operação no Cariri Polícia Federal deflagra operação no Cariri

O ‘Destino Paraíba’ está sendo apresentado a mais de 50 agentes de viagens de Vitória (ES) nesta terça-feira (25), em um processo de capacitação promovido pela Tourlines Operadora. A consultora de Marketing da Empresa Paraibana de Turismo (PBTur), Débora Luna, vai apresentar aos profissionais os principais roteiros que podem ser feitos pelos turistas clientes das agências de viagens, além de entregar todo o material institucional.

A operadora tem forte presença de mercado na capital capixaba e fará a divulgação do ‘Destino Paraíba’ também em seu domínio nos newsletters e mídias sociais, o que vai ampliar o leque de pessoas que poderão conhecer os roteiros. “Estamos mostrando todo o nosso potencial de sol e mar, assim como roteiros que podem ser feitos pelo interior da Paraíba, como no Vale dos Dinossauros [Sousa] ou Lajedo do Pai Mateus [Cabaceiras]”, disse Débora Luna.

Após o encerramento da capacitação em Vitória, a consultora da PBTur segue para o Rio de Janeiro, onde participará de nova capacitação junto a cerca de 60 agentes de viagens cariocas, nesta quarta-feira (26). O evento está sendo organizado pela Urbi ET Orbi Agência de Viagens e Turismo, uma das empresas mais conceituadas da região fluminense.

Além da apresentação do potencial turístico da Paraíba, a ação permitirá que o Destino passe a ser divulgado nos catálogos da Urbi ET Orbi, com ofertas de pacotes turísticos durante a temporada de verão 2014/2015.

Maior ação – A presidente da PBTur, Ruth Avelino, afirmou que a participação do ‘Destino Paraíba’ nos dois eventos encerra as ações de capacitação e treinamento junto aos agentes de viagens no Brasil e no exterior este ano. A executiva enfatizou que 2014 marcou como uma das maiores ações junto ao trade turístico. Nos últimos três anos e meio, foram capacitados mais de 15 mil agentes e operadores de turismo nacionais e internacionais.

“Fizemos ações em todos os destinos onde a Paraíba já conta com forte potencial de vendas, mas também em novos mercados como o Chile e Uruguai, que devem ser os principais emissores de turistas nas próximas temporadas, assim como consolidamos a presença dos nossos roteiros junto às operadoras de Portugal e Argentina”, afirmou a presidente da PBTur.

Governador exonera comandantes e faz mudanças na Polícia Militar da PB

ricardorc

O governador da Paraíba, Ricardo Coutinho (PSB), exonerou 11 oficiais da Militar dos cargos comissionados que ocupavam, conforme portarias publicadas na edição desta terça-feira (25) do Diário Oficial do Estado.

Foram exonerados: coronel Jefferson Pereira (comandante de Policiamento Regional da Polícia Militar da 1ª Reisp); coronel Lívio Delgado (comandante do 2º Batalhão da Polícia Militar); tenente coronel Eneas da Cunha Rolim (comandante do 3º Batalhão); major Jurandy Pereira (comandante do 13º Batalhão); major Antonio Guedes Neto (comandante do 6º BPM); major Jerônimo Pereira da Silva (comandante do Batalhão de Operações Especiais); major Nicolau Franca (comandante do 14º BPM); major João Batista Leite Guimarães (subcomandante do 10º Batalhão da Polícia Militar); major Carlos Magno (comandante da Companhia Independente de Alhandra); capitão Adalireno Samaroni (comandante da Companhia Independente de Queimadas); e, capitão Kelton da Silva (comandante da Companhia Independente de Bayeux).

Destes oficiais, seis foram remanejados e nomeados comandantes de outros batalhões e companhias. O coronel Lívio Delgado assume o Comando de Policiamento Regional da Polícia Militar da 1ª Reisp, enquanto o coronel Eneas da Cunha Rolim vai para o 6º BPM. O major Antonio Guedes Neto, por sua vez, foi transferido para o 13º Batalhão e o major João Batista Leite de Guimarães agora é subcomandante do 2º BPM. Os capitães Adalireno Samaroni e Kelton da Silva Pontes assumem, respectivamente, o subcomando do 10º Batalhão e o comando da Companhia Independente de Bayeux.

O Diário Oficial do Estado traz ainda as nomeações do coronel Francisco Rubens de Andrade Campos, que comandará o 3º BPM; major Gilberto Felipe da Silva, que assumirá o 2º Batalhão; major Otávio José de Melo, que vai comandar o Batalhão de Operações Especiais; major Rômulo Ferreira de Araújo, que ficará com o 14º BPM; e os capitães Sérvio Túlio e Luciana Firme, que assumem, respectivamente, os comandos das Companhias Independente de Bayeux e Queimadas.

Quintans e Hervázio devem reassumir está semana uma cadeira na ALPB

Fábio Bernardo vai participar da bancada do Rádio Verdade, da Arapuan FM

fabaoO jornalista, radialista e atual assessor de imprensa da Companhia de Água e Esgotos da Paraíba (Cagepa), Fábio Bernardo, anunciou nesta segunda-feira (24), que passará a ocupar a bancada do programa Rádio Verdade, da Arapuan FM a partir da próxima segunda-feira (1).

Com experiência no rádio e no jornalismo impresso, Fábio Bernardo chegará a Arapuan para ocupar a vaga aberta com a saída do radialista Petrônio Torres. O anuncio ocorreu pelas mídias sociais on-line.

Confira a postagem:

“Atendendo convite do amigo e empresário João Gregório, acertei hoje os últimos detalhes para iniciar uma nova etapa em minha trajetória profissional. No próximo dia 1º, estarei me incorporando à equipe de jornalismo do Sistema Arapuan de Comunicação. Me juntarei aos competentes Nilvan Ferreira, João de Sousa Costa, Fábio Augusto Galdino, Fernando Braz e DJ Brazinha na bancada do Rádio Verdade. Obrigado Deus por me proporcionar mais essa conquista profissional!!! Conto, desde já, com o apoio dos amigos

SÓ TINHA NINJA: Quadrilha frauda vestibulares no país há mais de 20 anos

Polícia Federal deflagra operação no Cariri Polícia Federal deflagra operação no Cariri

O delegado da Polícia Civil Jeferson Botelho disse que a quadrilha presa neste domingo (23), durante o vestibular de medicina da Faculdade de Ciências Médicas em Belo Horizonte, atua há mais de 20 anos no país, praticando fraude em processos de seleção. A declaração foi dada nesta segunda-feira (24), em Teófilo Otoni, no Vale do Mucuri. Segundo o delegado, o grupo fraudou ainda o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2012, 2013 e 2014.

Trinta e três pessoas foram detidas pela Polícia Civil na Operação Hemostase II, durante o processo seletivo da Faculdade de Ciências Médicas, na capital mineira, no domingo (23). Investigadores ainda fizeram diligências em Teófilo Otoni, no Vale de Mucuri, e em Governador Valadares, no Leste de Minas, além da cidade do Guarujá, no litoral de São Paulo. A investigação é feita há oito meses. A quadrilha é suspeita de vender resultados de provas do Enem e do processo seletivo da faculdade de medicina para candidatos através de micropontos eletrônicos e um moderno sistema de transmissão de dados.

De acordo com o delegado Antônio Júnio Dutra Prado, coordenador do Grupo de Combate às Organizações Criminosas da Polícia Civil, que atua junto ao Ministério Público de Minas Gerais, a quadrilha tem, entre seus membros, especialistas em várias áreas de conhecimento, que eram usados para fazerem as provas rapidamente, sair no tempo mínimo e passarem os resultados para os candidatos que ainda estavam participando dos exames. Segundo investigações da polícia, o grupo cobrava entre R$ 70 mil e R$ 200 mil dos candidatos.

A polícia informou que o grupo detido inclui 11 integrantes da quadrilha e 22 candidatos que faziam a prova. A investigação aponta que a quadrilha era chefiada por dois mineiros: Áureo Moura Ferreira, que mora em Teófilo Otoni, e Carlos Roberto Leite Lobo, empresário que reside em Guarujá. Um policial civil de Governador Valadares, na Região Leste de Minas Gerais, também está preso.

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) disse, na tarde desta segunda-feira (24) que não foi comunidado oficialmente desta suspeita de fraude pela Polícia Federal, órgão que investiga casos de fraude no Enem. A Operação Hemostase II foi deflagrada pela Polícia Civil de Minas.

Suspeita engoliu microponto eletrônico
A Polícia Civil contou com a ajuda da Faculdade de Ciências Médicas para prender os suspeitos da fraude. Vários policiais à paisana acompanharam os candidatos. A escola só foi avisada da ação momentos antes da abertura dos portões.

“No dia do vestibular, a polícia compareceu ao campus onde estava sendo realizada a prova e aí sim falou que já existia uma investigação em curso e que o nosso vestibular era alvo (…). Nós colocamos à disposição toda a nossa estrutura e ao final do processo confirmou-se a suspeita”, disse o vice-diretor da faculdade, Marcelo Miranda.

Na operação, os policiais usaram coletes semelhantes aos dos fiscais de prova. À medida que os suspeitos terminavam os testes eram levados pelos agentes disfarçados de funcionários a uma sala reservada. Eles foram identificados a partir da lista de inscritos. Assim que todos foram reunidos, a polícia deu voz de prisão e apreendeu os equipamentos eletrônicos. Segundo a faculdade, uma das candidatas chegou a engolir o microponto eletrônico que estava em seu ouvido, na tentativa de escapar do flagrante. Segundo o delegado Antônio Prado, ela foi encaminhada para um hospital para exames e liberada na sequência.

Todos os suspeitos detidos dentro das salas de aula foram eliminados do vestibular. Segundo a faculdade, a operação não atrapalhou o andamento do processo seletivo e, por isso, ele não será cancelado.

A Polícia Civil já vinha investigando a possibilidade de fraude no vestibular há oito meses, segundo o vice-diretor. A desconfiança começou a partir da deflagração da Operação Hemostase I, em dezembro de 2013, quando foi descoberto esquema de venda de vagas em cursos de medicina em Minas Gerais e no Rio de Janeiro. “Nós procuramos nos informar se o nosso vestibular então teria sido vítima, se a fraude que foi concretizada em outros concursos teria ocorrido aqui”, disse Miranda. Na época, não foram constatadas fraudes na Faculdade de Ciências Médicas.

Ricardo se reúne com Banco Mundial para obras de saneamento e abastecimento

Polícia Federal deflagra operação no Cariri Polícia Federal deflagra operação no Cariri

O governador Ricardo Coutinho se reuniu nesta segunda-feira (24), em Brasília, com a diretora do Banco Mundial para o Brasil, Deborah Wetzel. A reunião teve o objetivo de tratar de uma nova parceria de financiamento na ordem de 125 milhões de dólares para aplicação em obras de saneamento, abastecimento e para fortalecimento da Agência Executiva de Gestão das Águas do Estado (Aesa) para o Estado.

Durante o encontro, Ricardo Coutinho destacou que as obras de saneamento e abastecimento vão incluir os municípios que compõem a bacia do rio Piancó, que serão beneficiados com a 3ª entrada na Paraíba da obra de transposição das águas do Rio São Francisco. “Essa obra já foi garantida na última audiência com a presidenta Dilma Rousseff e precisamos de uma Aesa moderna e equipada para fazer a gestão das águas e avançarmos no saneamento e preservação ambiental desses rios”, argumentou.

O chefe do executivo estadual destacou que em pouco mais de três anos já foram recuperadas na Paraíba 27 barragens e que o Governo do Estado está construindo 730 km de adutoras, mas que é preciso dobrar o saneamento e melhorar os sistemas de abastecimentos e rede de distribuição nos municípios diante da longa estiagem vivenciada. “Espero continuar firmando parcerias com o Banco Mundial garantindo mais investimentos, oportunidades de empregos e melhor qualidade de vida para as populações rurais”, disse o governador.

A diretora do Banco Mundial, Deborah Wetzel, considerou os projetos de saneamento e abastecimento importantes para os Estados nordestinos diante do quadro climático do país e que é interesse do banco continuar firmando parcerias com o Governo do Estado, a exemplo do Cooperar e obras de segurança hídrica. “Sabemos que a questão da segurança hídrica e a inclusão produtiva são elementos importantes”, avaliou.

O governador Ricardo Coutinho, o secretário de Estado dos Recursos Hídricos, Meio Ambiente e Ciência e Tecnologia, João Azevedo, e o procurador Geral do Estado, Gilberto Carneiro, também discutiram sobre o financiamento no valor de 80 milhões de dólares para a nova etapa do projeto Cooperar.

De acordo com a diretoria do Banco Mundial, o empréstimo para o projeto Cooperar já foi aprovado pela Comissão de Financiamentos Externos (Cofiex), do Ministério do Planejamento, em Brasília, e deverá ser liberado em breve.

O secretário João Azevedo avaliou que os investimentos nos arranjos produtivos e no combate à pobreza rural pelo projeto Cooperar trouxe bons resultados com investimentos de R$ 57,5 milhões na implementação de 500 subprojetos e a meta do Governo do Estado é avançar ainda mais nessa nova etapa do programa.

Também participaram da audiência na sede do Banco em Brasília, o diretor operacional do Banco Mundial no Brasil, Bóris Utria, o diretor Paul Kris e o consultor especialista em águas e recursos hídricos, Tadeu Abicalil.

Prefeitura de Monteiro realiza abertura de capacitação do Brasil Alfabetizado

Polícia Federal deflagra operação no Cariri Polícia Federal deflagra operação no Cariri Polícia Federal deflagra operação no Cariri

A Prefeitura de Monteiro, através da Secretaria Municipal de Educação abriu nesta segunda-feira, 24, mais uma capacitação voltada para alfabetizadores e coordenadores do programa Brasil Alfabetizado no município.

Este ano, a abertura da capacitação aconteceu no Teatro Jansen Filho e contou com a presença dos alfabetizadores, dos coordenadores, de membros da Secretaria de Educação, além de autoridades locais.

Estiveram presentes o Vice-Prefeito Cajó Menezes, representando a Prefeita Edna Henrique, secretários municipais, vereador Raul Formiga, a representante da Empresa Instituto Saber de Cajazeiras, que ministrará a capacitação, Márcia Alves Fernandes, o representante da UEPB Professor José Luiz Cavalcanti , um dos palestrantes e a Presidente do Conselho Municipal de Educação.

O Vice-prefeito Cajó Menezes destacou a importância do programa em levar o saber as pessoas que não tiveram a oportunidade de freqüentar uma escola e o Brasil Alfabetizado tem levado as residências educadores capacitados para ensinar.

“A gestão municipal tem mantido uma preocupação especial em educar as pessoas que não tiveram oportunidade de aprender a ler e escrever. A Prefeitura deseja reduzir consideravelmente o número de pessoas ainda não alfabetizadas no município”, concluiu Cajó.

Na abertura, houve uma apresentação cultural com o grupo de dança BRISART da Escola Municipal Brisa Nunes e palestra com o Professor José Luiz.

No decorrer da semana, as atividades vão acontecer no prédio do antigo Centro Diocesano, localizado no Alto de São Vicente, e será disponibilizado transporte todos os dias para os participantes.

Detento manda recado desaforado para o 'cagão' da Cadeia Pública de Sumé

EXCLUSIVO: Vereador Paulo Sérgio pode deixar a vida pública

Polícia Federal deflagra operação no Cariri Polícia Federal deflagra operação no Cariri

Na manhã desta segunda-feira (24), recebemos a informação de que o vereador monteirense Paulo Sérgio estaria pensando seriamente em deixar a vida pública. Mais quais os motivos? Um deles é o acúmulo de atividades na vida empresarial que estariam impossibilitando o mesmo de dar seguimento as suas atividades legislativas. Outro motivo seria os conselhos de amigos próximos ao vereador para que o mesmo deixasse o meio político, dedicando-se mais a família e aos negócios particulares. Procurado, o vereador não afirmou, mas também deixou o que antes era tratado aos risos, hoje um assunto levado com mais seriedade.

- O que posso afirmar, é que nos últimos dias tenho pensado com mais tranquilidade sobre o assunto. Nos últimos anos, amigos mais próximos têm me aconselhado a viver com mais tranquilidade, viver mais pra família. O ritmo político ultimamente tem sido frenético. E temos deixado muito coisa de lado em prol do legislativo, e dos compromissos que temos com amigos e correligionários. Mas não é uma decisão fácil, sei da responsabilidade, das pessoas que de mim dependem. Politicamente vivo um bom momento, mas nossa vida particular tem que ser vista com mais carinho, e digo que a porcentagem que antes era zero, hoje subiu para os 50% – falou Paulo Sérgio.

Nos bastidores da politica monteirense, sabe-se que Paulo Sérgio é um dos nomes fortes para concorrer a poder municipal em 2016. Conhecendo o vereador, e o momento empresarial que vive, a possibilidade de deixar a vida pública é uma decisão que pode mesmo ser anunciada em breve.

[+]   POSTAGENS