::Pagamento dos servidores do Estado será efetuado nesta segunda e terça-feira ::Disputa pelo Campeonato de Veteranos acontece neste domingo em Monteiro ::Em delação, sócio da Parazul confirma crimes na exploração da Turmalina Paraíba ::Festa do Bode Rei começa nesta sexta-feira em Cabaceiras ::Aesa prevê máxima de 33ºC e mínima de 20ºC para o Cariri neste fim de semana ::Prefeita de Monteiro decreta Luto Oficial pela morte de ex-vereador ::Câmara de Monteiro emite nota de pesar pelo falecimento de ex-vereador ::João Henrique deve deixar o Democratas após 12 anos e diz: “não sou valorizado” ::Rômulo tem audiências com ministro das Cidades, Casa Civil e Meio Ambiente ::Acidente mata duas mulheres entre São José dos Cordeiros e Serra Branca Malves Supermercados

Pagamento dos servidores do Estado será efetuado nesta segunda e terça-feira

Banner Coringa Banner Coringa

Disputa pelo Campeonato de Veteranos acontece neste domingo em Monteiro

Em delação, sócio da Parazul confirma crimes na exploração da Turmalina Paraíba

Pagamento dos servidores do Estado será efetuado nesta segunda e terça-feira Pagamento dos servidores do Estado será efetuado nesta segunda e terça-feira

“No final de 2013 e durante 2014 houve produção de grande quantidade de turmalina paraíba na mina da empresa Parazul Mineração”. “No início de 2014, a Parazul produziu em torno de dez quilos da raríssima pedra”. “A mina da Parazul era guarnecida por seguranças armados, em regra policiais militares do Rio Grande do Norte”. E, sim, “o afegão Zaheer Azizi (ainda foragido) também investiu na Parazul e é sócio oculto da mineradora Terra Branca”.

Essas informações fazem parte da delação premiada de Ranieri Addário, obtida pelo Ministério Público Federal em Patos (PB) e já homologada pelo juízo da 14ª Vara da Justiça Federal. Addário é sócio da empresa Parazul Mineração Comércio e Exportação Ltda – ME, exploradora de mina de turmalina paraíba, localizada no distrito de São José da Batalha, no município de Salgadinho, na região do Cariri, na Paraíba.

Réu em ação penal, Ranieri confirmou que os sócios e investidores da mina tinham pleno conhecimento de que a Parazul Mineração não possuía autorização do Departamento Nacional de Produção Mineral (DNPM) ou do Ministério de Minas e Energia para lavrar. Também sabiam que a empresa não possuía licença do órgão ambiental para efetuar a exploração do minério.

Ranierri Addário confirmou que Sebastião Lourenço Ferreira é sócio de fato da empresa Parazul e também lavrou turmalina paraíba na mina titularizada pela empresa. Addário deu detalhes do processo de venda de cotas da empresa: Sebastião Ferreira detém 20% das cotas da Parazul, dos quais 10% foram adquiridos da parcela pertencente ao sócio de Raniere Addário, Ubiratan Batista de Almeida, por U$S 250 mil e os outros 10% foram adquiridos ao próprio Ranieri, por R$ 1 milhão mais o direito de resultado da mina pelo prazo de seis meses de exploração.

Ranieri Addário também informou que possui uma conta em Hong Kong e que usou essa conta para negociar, em setembro de 2014, toda a venda da produção de turmalina paraíba para o investidor José Miranda Costa. Addário fechou um contrato de empréstimo com Miranda para obter um milhão e quinhentos mil dólares americanos. Na delação, Ranieri informou que Ubiratan Batista de Almeida, outro sócio da Parazul, também fez contrato idêntico com Costa, que passou a administrar a mina e teria exclusividade para a compra de toda a produção.

Addário reconheceu que não declarou à Receita Federal os valores recebidos pela exploração da turmalina paraíba e acredita que a Parazul não declarou à Receita os lucros da exploração da pedra preciosa. Ele acrescentou que também houve exploração esporádica de tantalita (mineral composto de ouro, nióbio e tântalo) e caulim, na área da Parazul, sem autorização de lavra ou licença ambiental.

Ranieri ainda contou sobre conversa que manteve com o sócio Ubiratan em que este lhe disse que teria que pagar propina a servidores públicos do DNPM, em Brasília, a fim de regularizar a área da empresa Parazul.

Um ano da deflagração – Nas primeiras horas da manhã da quarta-feira, 27 de maio de 2015, após intensa investigação iniciada pelo MPF, em 2009, foi deflagrada a etapa ostensiva da Operação Sete Chaves, em que 130 policiais federais, acompanhados de fiscais do DNPM e da Receita Federal, cumpriram mandados de prisão, busca e apreensão, além de medidas de sequestro de bens móveis e imóveis, obtidos pelo Ministério Público Federal. Os mandados foram cumpridos simultaneamente nos estados da Paraíba, Rio Grande do Norte, Minas Gerais e São Paulo.

A operação desarticulou organização criminosa que agia na extração ilegal e comercialização da turmalina paraíba, uma das pedras preciosas mais valiosas do mundo. A turmalina era retirada ilegalmente do distrito de São José da Batalha, no cariri paraibano, e enviada à cidade de Parelhas, no Rio Grande do Norte, onde era “esquentada” com certificados de licença de exploração. De lá, as pedras seguiam para Governador Valadares, em Minas Gerais, onde eram lapidadas e enviadas para comercialização em mercados do exterior, como Bangkok, na Tailândia, Hong Kong, na China, Houston e Las Vegas nos Estados Unidos.

Quinze dias após a deflagração da Operação Sete Chaves, o MPF denunciou sete envolvidos denunciados pelos crimes de usurpação de matéria-prima pertencente à União, exploração de minério sem licença ambiental e por organização criminosa com emprego de arma de fogo e tentáculos internacionais (Processo n.º 0000247-03.2015.4.05.8205).

O Ministério Público Federal também requereu a fixação em R$ 60 milhões o valor mínimo para reparação dos danos causados com a exploração ilegal executada pela organização criminosa.

Acordo de colaboração – No acordo de delação premiada homologado, o MPF propôs ao réu colaborador a aplicação de penas no patamar mínimo em relação aos crimes cometidos, perfazendo uma pena privativa de liberdade total de 7 anos e 6 meses. Ranieri Addário também ficará isento da aplicação da pena de multa e o Ministério Público Federal vai se abster de cobrar quaisquer valores com o intuito de ressarcimento.

Conforme o acordo de colaboração, a prova obtida será utilizada validamente em ações penais, inquéritos policiais, procedimentos administrativos criminais, podendo ser emprestada também ao Ministério Público dos Estados, ao Banco Central do Brasil, ao Departamento Nacional de Produção Mineral e outros órgãos, inclusive de países e entidades estrangeiras.

Banner Prefeitura Educação

Festa do Bode Rei começa nesta sexta-feira em Cabaceiras

Pagamento dos servidores do Estado será efetuado nesta segunda e terça-feira Pagamento dos servidores do Estado será efetuado nesta segunda e terça-feira

A cidade de Cabaceiras, no Cariri paraibano, inicia nesta sexta-feira (27) a 18ª edição da Festa do Bode Rei, evento nacionalmente conhecido, que evidencia a produção caprina pela gastronomia e cultura. Até domingo (29), a expectativa é receber cerca de 20 mil visitantes no evento, que irá realizar exposições e feiras de animais, mostras de artesanato, apresentação de danças folclóricas, competições, palestras e cursos, além de shows.

O objetivo principal da festa é promover a cadeia produtiva da caprinovinocultura. Agregado à iniciativa, está o trade turístico, que também mostrará o turismo rural, cultural e ecológico, com foco no Lajedo de Pai Matheus. Segundo a Prefeitura Municipal, o evento gera 850 empregos diretos e indiretos.

O Sebrae apoia o evento desde o surgimento. Segundo o analista técnico do Sebrae, João Bosco da Silva, o momento também é de capacitação. “Estamos apoiando o evento, como todos os anos, com a parte de capacitação em empreendedorismo e caprinocultura. Disponibilizamos instrutores e a estrutura dessa parte, que vai atender as pessoas durante os três dias de evento. É importante pro produtor de caprino se capacitar e fazer contatos”, comentou.

Para a presidente da PBTur, Ruth Avelino, a festa agrega o incremento da comercialização do ovino, da caprinocultura ao caráter turístico. “Há quase duas décadas, o evento valoriza os recursos naturais existentes na localidade. São atrativos que fazem a diferença para quem busca um turismo ecológico ou rural”, explicou.

Programação
Quinta-feira (26) – PARQUE DO BODE
8h – Recepção de animais
9h – Recepção das cabras inscritas no concurso da Cabra Leiteira
17h – Último prazo para recepção de Cabras que concorrerão ao concurso Leiteiro

Sexta-feira (27)
10h – Abertura da Expofeira de Caprinos e Ovinos – PARQUE DO BODE;
10h – Abertura da Expofeira de Artesanato – ARRAIAL POPULAR;
18h – Abertura do Espaço da Gastronomia Bodística;
18h30 – Apresentação da Quadrilha Arrocha Guri (Cabaceiras);
19h30 – Concurso da Garota Bode Rei;
21h – Arrasta-pé com TRIO CANARINHO, OS TRÊS DO NORDESTE e FILIPE SANTOS;

Sábado (28)
9h às 17h – Expofeiras de Caprinos e Ovinos e de Artesanato – PARQUE DO BODE;
6h – Primeira Ordenha do Concurso de Cabra Leiteira Municipal;
11h – Concurso e Coroação do Bode Rei;
12h – Desfile da Comitiva Real/Ruas da cidade;
15h – Fórmula Bode Mirim;
16h – Fórmula Bode Adulta;
17h – Desfile da Comitiva Real: Bode Rei e a Cabra Rainha pelas ruas da cidade;
18h – Segunda Ordenha do Concurso de Cabra Leiteira Municipal;
10h – Apresentação da Cia de Dança Arrocha Cariri (S. J. do Cariri) – ARRAIAL POPULAR;
10h30 – Apresentação do Grupo de Dança Dinâmica Cultural (João Pessoa)
11h às 18h – Arrasta-pé com FORRÓ DA ROLIÚDE, J. GOMES e TRIO ASA BRANCA;
18h – Chegada da Cavalgada e apresentações da “AVE MARIA SERTANEJA” e dos violeiros ERASMO FERREIRA E MIRO PEREIRA;
19h às 22h – Arrasta-pé com TUIAGUINHO SALLES E KARAS DE LAMPIÃO, DIMETROSE e BODE REI HALL (Estádio Municipal de Futebol);
22h shows com BONDE DO FORRÓ, KATIA SILENE e FORRÓ BAKANA;

Domingo (29)
9h às 17h – Expofeiras de Caprinos e Ovinos e de Artesanato – PARQUE DO BODE;
6h – Última Ordenha do Concurso de Cabra Leiteira Municipal;
9h30 – Gincana do Bode;
11h – Quadrangular de FutBode;
15h – Pega Bode;
16h30 – Premiação do Concurso Cabra Leiteira Municipal;
17h – Desfile da Comitiva Real pelas ruas da cidade;
17h30 – Enceramento da Expofeira de Animais;
10h – Apresentação da Quadrilha Xote Cariri (São João do Cariri) – ARRAIAL POPULAR;
10h30 – Apresentação do Grupo de Dança da cidade de Puxinanã;
12h20 às 23h20 – Arrasta-pé com LUCIA LEMOS, BERINHO DO ACORDION e SUSSA DE MONTEIRO, DOMINGOS ACYOLI e CHAPÉU DE PALHA.

Aesa prevê máxima de 33ºC e mínima de 20ºC para o Cariri neste fim de semana

Prefeita de Monteiro decreta Luto Oficial pela morte de ex-vereador

Câmara de Monteiro emite nota de pesar pelo falecimento de ex-vereador

Terceiro postagens – Câmara Monteiro

João Henrique deve deixar o Democratas após 12 anos e diz: “não sou valorizado”

Pagamento dos servidores do Estado será efetuado nesta segunda e terça-feira Pagamento dos servidores do Estado será efetuado nesta segunda e terça-feira

O deputado estadual e vice-presidente da Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB), João Henrique (DEM), deverá deixar o partido Democratas após 12 anos de atuação.

De acordo com informações, o parlamentar que é o único representante da sigla na ALPB, tem se queixado de nunca ter tido vez ou, muito menos, voz no Democratas cujas decisões são tomadas sempre sem consultas aos filiados.

“Nem para um seminário de três dias ocorrido neste fim de semana, eles me convidaram, mostrando o total desprezo para com o único representante na Assembleia da sigla”, pontuou João Henrique.

Em recente entrevista, o parlamentar revelou discordar da decisão do partido em apoiar o nome da pré-candidata a prefeita de João Pessoa, Cida Ramos (PSB) e, ainda se disse integrante da ala oposicionista na Assembleia Legislativa.

O deputado disse ainda que pensa em deixar a legenda por considerar não ser valorizado pelos dirigentes da sigla. No entanto, só faria isso se fosse de extrema necessidade, pois nutre amizade e apreço pelo presidente estadual do partido, Efraim Morais. Porém, deixou claro que as opiniões dele e de Efraim estão em pólos opostos.

“A gente respeita os Democratas, mas estamos fora do ninho. Não apoiamos o candidato oficial que o partido escolheu em João Pessoa e não pretendo discutir isso. Não há sentido. Faço oposição ao Governo do Estado e não sei comer em dois pratos. Em relação a Efraim, não há distanciamento, mas politicamente estamos em pólos opostos. Vamos aguardar o futuro, não gosto de mudar de partido, mas depois que sair a reforma política veremos, se o fizer será por extrema necessidade”, explicou João Henrique.

Rômulo tem audiências com ministro das Cidades, Casa Civil e Meio Ambiente

Pagamento dos servidores do Estado será efetuado nesta segunda e terça-feira Pagamento dos servidores do Estado será efetuado nesta segunda e terça-feira Pagamento dos servidores do Estado será efetuado nesta segunda e terça-feira

O deputado federal Rômulo Gouveia (PSD) teve uma série de audiência com ministros nesta quarta-feira (25) e, ao lado do prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues, tentou liberar recursos para a ‘Rainha da Borborema’ e dá prosseguimento a projetos que estão nos ministérios.

Primeiro, o deputado esteve com o ministro das Cidades, Bruno Araújo. Gouveia e Romero apresentaram ao ministro as parcerias que a pasta tem com a Prefeitura de Campina Grande e aproveitaram para solicitar a liberação de recursos para a cidade. Gouveia também apresentou demandas de outras cidades da Paraíba como João Pessoa.

Rômulo também esteve com o ministro-chefe da Casa Civil, Eliseu Padilha, onde apresentou outras demandas da Paraíba, reafirmando a prioridade do Estado com as obras da Transposição.

Rômulo e Romero ainda estiveram com o ministro do Meio Ambiente, Sarney Filho, para tratar da crise hídrica que Campina Grande enfrenta. Técnicos da Agência Nacional das Águas -ANA também participaram da audiência e discutiram sobre a revitalização do Açude Epitácio Pessoa – Boqueirão. Outro pleito apresentado foi a criação do Jardim Botânico de campina Grande.

Gouveia ainda recepcionou os estudantes paraibanos que participam do programa Estágio Participação e Empreendedorismo da Câmara: Ruana Barbosa, Andreza Fernanda e Bruno Barbosa, de João Pessoa, além de Lucas Amaral, de Campina Grande. Todos são estudantes de direito e Gouveia destacou a importância da participação dos jovens no dia a dia da Câmara.

Acidente mata duas mulheres entre São José dos Cordeiros e Serra Branca

Polícia prende quarto suspeito de assalto a idoso de 73 anos em Monteiro

Banner Efigenio

Sudema realiza Projeto de Restauração e Regularização Ambiental do Novo Cariri

Fernando Queiroz é eleito referência no desenvolvimento econômico no Cariri

Pagamento dos servidores do Estado será efetuado nesta segunda e terça-feira Pagamento dos servidores do Estado será efetuado nesta segunda e terça-feira

Chegando ao oitavo e último ano de gestão, o prefeito de São José dos Cordeiros, Fernando Queiroz, coleciona diversos prêmios como destaque pela administração que realizou a frente do município. Sua gestão agora foi premiada através do Troféu Melhores do Cariri como a referência no “Desenvolvimento Econômico” da região.

A escolha se deu a partir do voto dos jornalistas que cobrem o dia-a-dia do Cariri e que apontou o prefeito Fernando Queiroz como um impulsionador da economia local a partir do turismo, do melhoramento da infra-estrutura e acesso ao município e do fortalecimento da cadeia produtiva rural.

Fernando Queiroz foi o principal articulador junto ao Governo do Estado para conclusão da estrada que interliga a cidade a Serra Branca. Antes disso, o prefeito idealizou e criou o Festival do Mel, hoje considerado o maior evento apícola da Paraíba e um dos maiores do Nordeste, que fortaleceu não apenas a cadeia produtiva do mel na cidade, mas inseriu São José dos Cordeiros no roteiro turístico do Estado. O prefeito realiza ainda parcerias com associações, a exemplo da Associação de Caprinos e Ovinos do município, fortalecendo a produção e incentivando seus produtores de leite.

Toda a infra-estrutura do município foi organizada, a exemplo da reforma de praças, esgotamento sanitário e outras obras, e está a caminho um Centro de Comercialização, que já é chamado do Shopping de São José dos Cordeiros, que deverá aquecer ainda mais a economia local. Para o prefeito Fernando Queiroz: “É gratificante receber mais esse prêmio e apenas a confirmação de que nosso trabalho rendeu muitos frutos, o que é atestado pelos próprios Cordeirenses que vêem na prática a melhoria de sua qualidade de vida e da atuação da gestão de São José dos Cordeiros. Avançamos muito nos últimos anos e essas conquistas precisam ser preservadas”, pontuou.

Vice-prefeito de Monteiro enaltece trabalhadores rurais no seu dia

Prefeita Edna Henrique emite mensagem no Dia dos Trabalhadores Rurais

Pagamento dos servidores do Estado será efetuado nesta segunda e terça-feira Pagamento dos servidores do Estado será efetuado nesta segunda e terça-feira

A prefeita Edna Henrique enviou mensagem nesta quarta-feira, 25, a todos os Trabalhados Rurais do município pela passagem do Dia do Trabalhador Rural.

Confira abaixo a mensagem na íntegra:

Nesta quarta-feira (25) comemora-se o Dia do Trabalhador Rural, um dia mais que especial. Pois é por meio deste tão honrado trabalho que podemos ter em nossa mesa alimentos que fazem tão bem à nossa saúde, é também por meio deles que temos uma boa parcela do desenvolvimento econômico da cidade.

Reconhecer o trabalho do homem do campo é relembrar a história da nossa cidade que nasceu de uma fazenda, então, nada mais justo que homenageá-los em seu dia e agradecer pelo seu árduo trabalho.

Foi sempre pensando neste braço da nossa economia que nosso intuito é cada vez mais melhorar a vida e condições de trabalho do povo do campo através de ações vindas da nossa administração como perfuração de poços, recuperação de estradas, abertura e limpeza de cacimbas, distribuição de sementes, investimentos em máquinas e também com uma de nossas mais recentes ações: a ampliação da feira de gado, que pretendemos ampliar ainda mais, e a aprovação do projeto de implantação do Mercadão da Agricultura.

Pensando também na qualidade de vida dos mesmos que também implantamos também vários PSFs para que a sua saúde esteja sempre em dias. Pensamos também na educação com através de melhorias nas escolas rurais.

Todos estes investimentos e melhorias são benefícios para o campo e consequentemente para a cidade, pois o produtor que vive bem produz melhor e ajuda na economia do campo e da cidade. É por todo este trabalho que nós merecidamente oferecemos nossos parabéns para o Trabalhador Rural no seu dia e desejamos a benção de Deus e prosperidade para todos!

Monteiro, 25 de maio de 2016

Edna Henrique

Projeto do CDSA discute com Cagepa a distribuição de Jogo digital sobre preservação e uso adequado da água

aguaUma reunião marcada para o próximo dia 7 de junho entre a presidência da CAGEPA e a equipe do projeto Água “Educar para não faltar: Uma intervenção nas escolas do semiárido”, do Centro de Desenvolvimento Sustentável do Semiárido da UFCG, tratará sobre a distribuição do jogo Áqua pela companhia. O jogo eletrônico Áqua, que já está com seu “design” avançado, trata sobre economia, armazenamento e reuso da água.

Outros materiais lúdicos do projeto serão estórias em quadrinhos com foco na “água” e capacitação dos professores para trabalharem esses materiais junto aos seus alunos. Na reunião de junho, tem como objetivo e coletar mais informações, além de mostrar os resultados para que sejam iniciados os testes dos materiais lúdicos do projeto já nos meses de julho e agosto. Em outubro deste ano o jogo será apresentado em Brasília.

A intenção também, disse o professor Irivaldo Oliveira, “é fazer um acordo com a Secretaria de Educação do Estado e dos municípios da região para a distribuição gratuita dos materiais”.

O jogo, será um aplicativo para dispositivos móveis com características interativas. A concepção do jogo foi discutida entres integrantes da comunidade acadêmica da UFCG, entidades civis organizadas e governamentais. O projeto é desenvolvimento em parceria entre o CDSA e Atelier de Computação e Cultura/PET Computação da UFCG, através do professor Marcelo Barros.

“Utilizaremos em nossa arquitetura inicial um sistema web de acesso que se comunicará com servidor específico para gerência do banco de dados. Usuários de dispositivos móveis acessarão outro servidor específico que irá comunicar-se com o banco de dados, semelhante ao sistema do Caça Aedes”.

O aplicativo para dispositivos móveis será responsável por enviar os dados disponibilizados pela população, para o servidor específico. Através da internet, o servidor será responsável por gravar as informações no banco de dados. A comunicação será bidirecional para permitir o envio de informações (Por exemplo, envio de fotos e vídeos) e recebimento (Recompensas por notificações validadas, informações do jogador, notificações etc).

Para utilização do sistema web e do aplicativo, será necessário um cadastro prévio dos usuários; no caso do sistema móvel qualquer usuário terá a opção de realizar esse cadastro; já no servidor web, referindo-se aos usuários como agentes da Vigilância das Águas de Campina Grande e as empresas participantes, só quem poderá realizar cadastro de novos usuários é o administrador do sistema; tanto os dados dos jogadores quanto os do sistema web são armazenados na mesma tabela do banco de dados.

Prefeitura de São João do Tigre divulga programação do São João 2016

Jean Wyllys é condenado pela Justiça do Distrito Federal

Pagamento dos servidores do Estado será efetuado nesta segunda e terça-feira Pagamento dos servidores do Estado será efetuado nesta segunda e terça-feira

A Justiça do Distrito Federal condenou o deputado federal Jean Wyllys (PSOL-RJ) a pagar indenização de R$ 40 mil à procuradora do DF, Beatriz Kicis Torrents de Sordi, por uma publicação feita em rede social no ano passado.

A foto foi considerada ofensiva pelos desembargadores da 5ª Turma Cível do Tribunal de Justiça do DF, que atenderam ao pedido da administradora do grupo Revoltados Online, Beatris Kicis, e determinaram a retirada da publicação. O deputado ainda pode recorrer da decisão.

Em sua página do Facebook, Jean Wyllys publicou uma imagem na qual a legenda faz insinuações ofensivas aos fotografados, entre eles a procuradora. O deputado também foi condenado a pagar multa diária de R$ 500,00 caso não retire a foto da internet.

Segundo a acusação, a imagem foi registrada em selfie, no dia 27 de maio de 2015, quando o Movimento Social Foro de Brasília, do qual ela faz parte, entregou, ao presidente afastado da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha, um pedido de impeachment da presidente Dilma Rousseff.

Dias depois, Jean Wyllys compartilhou a foto publicada por outro deputado em sua página da rede social com os seguintes dizeres: “Levanta a mão quem quer receber uma fatia dos 5 milhões” e “E agora? Será que os pretensos guerreiros contra a corrupção repudiarão sua selfie mais famosa?”.

Segundo a procuradora, a manifestação ofensiva do réu teria lhe causado danos morais, pois difamou sua reputação. Ela pediu a condenação do deputado no dever de indenizar-lhe em R$ 300 mil pelos prejuízos morais sofridos.

Em contestação, Jean Wyllys afirmou que agiu acobertado pela imunidade parlamentar e que a crítica dirigiu-se a Eduardo Cunha e demais deputados da oposição, e não à autora, que sequer é figura pública. Defendeu que a postagem seria manifestação de sua liberdade de expressão, razões pelas quais não estaria caracterizado o dano moral pleiteado.

Para os integrantes da 5ª Turma, “em que pese o parlamentar tenha a prerrogativa da imunidade material em seu favor, ao postar na sua rede social a fotografia alterada, com frase pejorativa e ofensiva, há excesso nos limites da sua garantia constitucional, pois a ofensa passou a se dirigir a todos os integrantes da foto, inclusive a autora, e não somente ao presidente da Câmara dos Deputados”.

Segundo a decisão, “não estão protegidas pelo manto da imunidade material parlamentar as ofensas dirigidas a terceiros que não são congressistas e que não estão comprovadamente envolvidos em esquemas de corrupção, por não se encaixarem no requisito indispensável para essa prerrogativa; qual seja, manifestações associadas ao desempenho do mandato”.

 

Tabajara de Monteiro Realiza Amistoso Para Comemorar 53 anos de Fundação

[+]   POSTAGENS