::Militância do Deputado João Henrique percorre bairros de Monteiro; veja fotos ::NO BEM BOM: Detentos de Monteiro comem carne de primeira da “Friboi” ::Grupo político do médico Dr. Júnior recebe nova adesão em Ouro Velho ::Prefeito de Prata promove panfletagem de Ricardo Coutinho; confira imagens ::Cássio: “Chega de briga. Quero diálogo e paz” ::‘Fia’ entrou na campanha em Monteiro ::Lideranças de oposição em Santo André aderem à reeleição de Ricardo ::Assembleia firma convênio com a UEPB para o Proquale e faz inscrições na UFCG ::FOI PAU: Aécio e Dilma trocam farpas sobre corrupção durante debate ::Filhos de ex-superintendente de Polícia de Monteiro são encontrados mortos em AL Prefeitura de Prata

Militância do Deputado João Henrique percorre bairros de Monteiro; veja fotos

Banner Coringa Banner Coringa

NO BEM BOM: Detentos de Monteiro comem carne de primeira da "Friboi"

Grupo político do médico Dr. Júnior recebe nova adesão em Ouro Velho

Banner Segundo Wilson Ricardo

Prefeito de Prata promove panfletagem de Ricardo Coutinho; confira imagens

Cássio: “Chega de briga. Quero diálogo e paz”

Lideranças de oposição em Santo André aderem à reeleição de Ricardo

Porteiro do Hospital de Monteiro é acusado de agredir irmão de vítima de infarto

Lideranças de oposição da cidade de Santo André, no Cariri paraibano, estiveram reunidas nesta quarta-feira (17) com o governador Ricardo Coutinho (PSB) e anunciaram apoio à reeleição do socialista. Os vereadores João Batista (PR), Valdir Silva (PRTB), Francisco Fernandes (PSDC) e Fideles Messias (PSB) ressaltaram os avanços de gestão de Ricardo para o município e para o povo paraibano.

“Quando resolveu construir e pavimentar estradas que ligam os pequenos municípios com o resto da Paraíba, Ricardo deixou claro que governa para todos os paraibanos, e que não faz obras pensando na quantidade de eleitores de cada cidade”, disse João Batista.

O vereador disse ainda que o candidato de oposição e ex-governador Cássio Cunha Lima (PSDB) não entregou nenhuma obra na cidade. “Ele só quer conversa, tapinha nas costas, mas não leva nada para as cidades do interior. Ricardo não precisa usar o sorriso amarelo que Cássio usa, porque quando o governador se compromete, ele faz”, disparou.

O vereador Fideles Messias afirmou que Ricardo foi o único governador que olhou com atenção os municípios do Cariri, e que as lideranças da cidade que aderiram a outras candidaturas, não estão pensando no bem da cidade.

“A prefeita da minha cidade, que faz campanha para Cássio, não está com ele porque ele é o melhor para nossa região, mas porque ela quer um cabide de empregos, e isso Ricardo Coutinho não aceita. Independentemente da posição política adotada por ela, as obras seguem chegando em nosso município, beneficiando a população de Santo André”, criticou Messias.

Terceiro postagens – Câmara Monteiro

Assembleia firma convênio com a UEPB para o Proquale e faz inscrições na UFCG

quintans_proqualeA parceria entre a Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB) e a Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), para realização de cursos do Programa de Qualificação do Legislativo (Proquale), está consolidada. Os detalhes do acordo foram formalizados em reunião, nesta terça-feira (17), na Reitoria da UEPB, em Campina Grande.

Participaram do encontro o coordenador do Proquale, deputado Assis Quintans, a equipe do programa e o reitor da UEPB, Antonio Guedes Rangel Júnior.

Durante a reunião, o reitor informou que vai realizar levantamento dos servidores da Universidade que participarão dos cursos promovidos pelo Proquale. O convênio entre a ALPB e a UEPB será assinado nos próximos dias, após a minuta do acordo passar pelo crivo da Secretaria de Controle Interno do Poder Legislativo e, posteriormente ser encaminhado ao Tribunal de Contas do Estado da Paraíba (TCE-PB).

“Nós da UEPB, ficamos felizes com a iniciativa promovida pela Assembleia Legislativa e pelo interesse em buscar as universidades públicas como parceiras. Vamos poder qualificar melhor os nossos servidores, por meio de cursos com qualidade comprovada em áreas de interesse da universidade”, disse o professor Rangel Júnior.

O coordenador Assis Quintans afirmou que a Mesa Diretora da ALPB tinha o interesse em disponibilizar os cursos do Proquale para instituições de ensino superior desde o seu início, no segundo semestre de 2013. “Existia a recomendação da Mesa Diretora da Casa de Epitácio Pessoa para pudéssemos avançar com o programa para além das câmaras e prefeituras municipais, beneficiando estudantes e servidores das universidades públicas. A UEPB abre as portas para novas parcerias que ainda estão por vir”, disse.

Sumé e Monteiro – Nesta quarta-feira (17), a comissão do Proquale se dirigiu a dois municípios do Cariri paraibano. A primeira parada foi em Sumé, no Centro de Desenvolvimento Sustentável do Semiárido – Campus de Sumé – da Universidade Federal de Campina Grande (UFCG). Lá foram realizadas as primeiras inscrições em universidades públicas. A ouvidora da ALPB, Liliane Targino, acompanhou todo o processo.

Na oportunidade, o coordenador Assis Quintans destacou a parceria já formalizada entre a reitoria da UFCG e a ALPB, que possibilitará a qualificação para servidores e também para alunos da graduação em Gestão Pública. “O objetivo é melhorar o aprendizado desses alunos, por meio de capacitações que tem a ver com a futura área de atuação deles e melhorar a prestação de serviços à população realizada pelos servidores”, disse Quintans.

Em seguida, a Comissão do Proquale se dirigiu ao Campus VI da UEPB, em Monteiro, para apresentar as atividades do programas, bem como a grade curricular dos cursos oferecidos. Todos os campi da Universidade Estadual da Paraíba serão visitados pelos membros do Poder Legislativo.

Cursos – Os cursos são realizados pela Fundação Getúlio Vargas (FGV) em parceria com a Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB). Ao todo, são 13 capacitações oferecidas: Direito Civil, Direito Tributário, Gestão de Projetos, Auditoria Contábil, Gestão e Avaliação de Políticas Publicas, Controladoria, Gestão de Pessoas na Administração Pública, Gestão de Qualidade Projetos Públicos, Gestão de Serviço Público, Licitações e Controle Administrativo, Gestão Organizacional Finanças de Setor Público, Gestão Tributária, Responsabilidade na Gestão Pública.

Inscrições – As inscrições para os servidores e alunos de universidades públicas conveniadas que tiverem interesse em participar dos cursos serão iniciadas nos próximos dias. Já os membros das câmaras municipais poderão se inscrever no site http://www.al.pb.gov.br/cursosfgv.

FGV online – Os cursos do FGV Online são veiculados via internet. São utilizados recursos multimídias para fomentar a busca de informações, a reflexão sobre elas e a reconstrução do conhecimento, além de aperfeiçoar a interação entre alunos e deles com o professor-tutor, responsável pelo suporte acadêmico à turma.

FOI PAU: Aécio e Dilma trocam farpas sobre corrupção durante debate

Porteiro do Hospital de Monteiro é acusado de agredir irmão de vítima de infarto

Os candidatos à Presidência Aécio Neves (PSDB) e Dilma Rousseff (PT) trocaram críticas sobre corrupção nesta quarta-feira (17) durante debate organizado pela Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB). Os dois acusaram o partido do outro de conivência com irregularidades e, junto com outros candidatos, lembraram de casos envolvendo a Petrobras, o mensalão petista e tucano, além da construção de um aeroporto público em Minas.

O debate, exibido pela rede de emissoras católicas, também contou com a participação de Marina Silva (PSB), Pastor Everaldo (PSC), Luciana Genro (PSOL), Eduardo Jorge (PV), Levy Fidelix (PRTB) e Eymael (PSDC), que discutiram temas sociais, econômicos e que envolvem propostas sensíveis a religiosos, como o aborto e a criminalização da homofobia.

O tema da corrupção foi levantado por Aécio, quando questionado por Pastor Everaldo sobre a Petrobras. O tucano respondeu que os brasileiros estavam “envergonhados e indignados”, em referência à prisão do ex-diretor Paulo Roberto Costa. O tucano disse que, desde o primeiro debate, cobrou explicações de Dilma.

“Como presidente da República, [Dilma] sempre fez questão de mostrar de forma muito clara quem é que mandava naquela empresa. De lá para cá, outra gravíssima denúncia surgiu, que fez que o mensalão parecesse coisa pequena”, disse, em referêcia às denúncias de pagamento de propina a políticos com contratos superfaturados na estatal.

Dilma pediu direito de resposta e rebateu o tucano dizendo tem tolerância zero com a corrupção. Disse que quem investigou a Petrobras foi a Polícia Federal de seu governo e citou medidas para combater irregularidades.

“Nunca escolhemos engavetador geral da República. Se hoje se descobre atos de corrupção ilícitos é porque não varremos para baixo do tapete”, respondeu.

Marina Silva não participou do embate sobre a corrupção, porque os candidatos que respondiam eram escolhidos por sorteio.

Ao dialogar com Aécio sobre a Petrobras e o mensalão, Pastor Everaldo disse que “vemos aí milhões indo pelo ralo da corrupção. Alguns que foram presos levantam o braço e manifestam como se fossem heróis”.

“A população brasileira concorda com isso? A pessoa rouba o seu suor, o seu trabalho, você dá o sangue e depois é roubado, e ainda sai com punho erguido dizendo que é um herói brasileiro. Esta é uma situação que envergonha o brasileiro, envergonha a cada um de nós”.

Luciana Genro, quando questionada por Aécio sobre educação, mencionou escândalos envolvendo o PSDB, como o mensalão mineiro,com supostos desvios de dinheiro público para bancar a candidatura de Eduardo Azeredo ao governo de Minas em 1998. Falou sobre compra de votos para aprovar a emenda da reeleição de Fernando Henrique Cardoso, suspeitas de corrupção nas privatizações, além da construção de aeroporto público perto da fazenda de Aécio.

“O senhor fala como se no governo do PSDB nunca tivesse havido corrupção, quando na realidade nós sabemos que o PSDB foi o precursor do mensalão e o PT deu continuidade a essa prática de aparelhamento do Estado que o PSDB já havia implementado”, disse Luciana Genro. “O senhor falando o PT é como o sujo falando do mal lavado”, afirmou depois.

Aécio replicou dizendo que que Luciana “voltava às suas origens” e “servia como linha auxiliar do PT”. “Linha auxiliar do PT uma ova, candidato Aécio, porque o PT aprendeu com o senhor, aprendeu com o seu partido”, treplicou Luciana, que também chamou o tucano de “fanático das privatizações” e “fanático da corrupção”.

Aécio obteve direito de resposta e afirmou que “aquele que se dispõe a governar o Brasil tem que ouvir impropérios, e aqueles que são irrelevantes, acusações absolutamente irresponsáveis e levianas não devem gastar um tempo tão escasso como o que temos para falar de Brasil”.

Filhos de ex-superintendente de Polícia de Monteiro são encontrados mortos em AL

Porteiro do Hospital de Monteiro é acusado de agredir irmão de vítima de infarto Porteiro do Hospital de Monteiro é acusado de agredir irmão de vítima de infarto

Três irmãos foram encontrados mortos na noite dessa terça-feira (16) dentro de um apartamento localizado no bairro do Pinheiro, na cidade de Maceió, em Alagoas. Segundo levantamentos da Polícia Civil, Felipe Vasconcellos, 20 anos, teria matado as duas irmãs Amanda Vasconcelos, 23, e Maria Clara Vasconcelos, 19, após um surto psicótico. As vítimas eram filhos do delegado Kelsen Vasconcelos, coordenador da 2ª Região Integrada de Segurança Pública de Campina Grande-PB, e ex-superintendente de Polícia Civil da cidade de Monteiro, no Cariri paraibano.

Segundo informações do delegado de Homicídios da Polícia Civil de Maceió, Ronilson Medeiros, o crime teria acontecido de madrugada, mas a polícia só foi acionada no inicio da noite quando a mãe das vítimas, que é técnica de enfermagem, chegava em casa e encontrou o apartamento com sangue e os corpos dos filhos espalhados pelos cômodos do imóvel.

Ao analisar a cena do crime, o delegado concluiu que Felipe Vasconcellos – que tinha personalidade bipolar e passou por tratamento até os 18 anos – ao surtar pegou uma faca e foi até o quarto de Maria Clara Vasconcellos, a imobilizou enquanto dormia e desferiu golpes no pescoço dela. A jovem veio a óbito no local. Logo em seguida, Amanda Vasconcelos foi atacada pelo irmão. Ela ainda entrou em luta corporal com ele, mas foi morta.

Medeiros ainda informou que após matar as irmãs, Felipe Vasconcellos desferiu um golpe de faca no próprio pescoço e escreveu no chão do apartamento a palavra socorro, com sangue.

Os corpos foram levados para o Instituto de Medicina Legal (IML) de Maceió. Eles são velados e sepultados em Alagoas nesta quarta-feira (17).

Monteiro realiza reunião para discutir Conferência Municipal de Educação

Governo realiza manutenção em dois açudes do Cariri

Porteiro do Hospital de Monteiro é acusado de agredir irmão de vítima de infarto Porteiro do Hospital de Monteiro é acusado de agredir irmão de vítima de infarto

Após concluir as obras de restauração de 14 barragens, a Secretaria Estadual dos Recursos Hídricos, do Meio Ambiente e da Ciência e Tecnologia (Serhmact) iniciou a segunda etapa do Programa de Recuperação de Barragens Públicas, lançado em 2011, pelo Governo do Estado. Uma delas é a de Camalaú (foto).

Neste segundo lote serão recuperadas 27 barragens, que foram construídas há mais de três décadas e que precisam de manutenção em suas estruturas, segundo o engenheiro, Francisco Leunam Holanda Lins, responsável pelo programa.

Francisco Leunam informou que para esta segunda etapa estão previstos recursos financeiros na ordem de R$ 7,3 milhões. “Ao final do programa, 41 barragens públicas estarão recuperadas, totalizando um investimento de mais de R$ 10 milhões”, finalizou.

Barragens que passarão por manutenção:

Acauã, em Itatuba
Araçagi, em Esperança
Araçagi, em Araçagi
Caraibeiras, em Picuí
Várzea Grande, em Picuí
Canafístula, em Borborema
Cosme da Rocha e Barragem dos padres, em Matinhas
Poleiros, em Barra de Santa Rosa
São Salvador, em Sapé
Natuba, em Natuba
Milhã, em Puxinanã
Barragem Vidéo, Serra Vermelha e Condado, em Conceição
Cachoeira dos Alves e Capim Grosso dos Martins, em Itaporanga
Riacho das Moças, São Francisco e Bastiana, em Teixeira
Cachoeira dos Cegos, em Catingueira
Vazante, em Ibiara
Albino, em Imaculada
Capoeira, em Santa Teresinha
Jenipapeiro, em Olho Dágua
Manoel Marcionilo, em Taperoá
Camalaú, em Camalaú (foto).

Quatro homens são presos após praticarem roubo no Congo

Porteiro do Hospital de Monteiro é acusado de agredir irmão de vítima de infarto

Na madrugada desta quarta-feira (17), quatro homens armados assaltaram o posto de combustível Paz Lucas, localizado no Congo. Os acusados fugiram num veículo modelo Celta preto com destino a estrada que liga a cidade a Camalaú.

A polícia montou uma barreira na saída de Camalaú e conseguiu abordar o veículo usado no roubo, a guarnição solicitou que os acusados parassem e descessem do veículo mas o carro disparou em alta velocidade.

Os acusados retornaram a cidade do Congo e foi iniciada uma perseguição que terminou nas proximidades do Sítio Madeira, quando os policiais atiraram nos pneus do veículo. Foram encontrados os objetos roubados no posto: 02 energéticos vulcano, 01 redbull, 01 garrafa de wísque rad label, 37 chocolates, 01 celular da vítima, além de R$165,00 (cento e sessenta e cinco reais) em dinheiro.

Durante a perseguição um dos acusados informou que jogou a arma usada no roubo dentro de um açude nas proximidades. Os envolvidos no roubo à mão armada foram: Everson Cordeiro, 21 anos, residente em Monteiro, David Everton da Silva, 20 anos, residente na Vila Nova do Açude, além de dois menores de 16 anos.

A vítima(frentista) e uma testemunha que se encontrava no Posto no momento do assalto, reconheceram de imediato os quatro acusados,além das câmeras de monitoramento terem filmado toda a ação dos meliantes. Todos os envolvidos foram encaminhados a 14ª DSPC de Monteiro onde será lavrado o flagrante pela prática de Roubo pela autoridade de Plantão.

A operação foi comandada pelo Sargento Célio e Sargento Rogério com o apoio de outros policiais.

De Olho no Cariri

Agricultores de Boa Vista iniciam recebimento do programa Garantia-Safra

Cássio passa com Caravana da Vitória em seis cidades

Porteiro do Hospital de Monteiro é acusado de agredir irmão de vítima de infarto Porteiro do Hospital de Monteiro é acusado de agredir irmão de vítima de infarto Porteiro do Hospital de Monteiro é acusado de agredir irmão de vítima de infarto

O senador Cássio Cunha Lima (PSDB), candidato da Coligação “A Vontade do Povo”, fez campanha na tarde/noite desta terça-feira (16) em seis cidades do Vale do Piancó. Iniciou o circuito de visitas pela cidade de Serra Grande e passando por São José do Caiana, Igaracy, Aguiar, Itaporanga e Pedra Branca.

Em Serra Grande, Cássio tem o apoio do prefeito Jairo Halley e dos ex-prefeitos Vidal e Bosco, que acompanharam o senador em uma carreata e depois em comício-relâmpago, realizado no centro da cidade, com a presença de centenas de pessoas que seguem a sua candidatura.

Cássio lembrou que, quando era governador da Paraíba, conseguiu empréstimo junto à CAF (Central Andina de Fomento) para a construção de diversos trechos de estradas no Estado.

A estrada que liga Itaporanga a São José do Caiana e Serra Grande estava no cronograma traçado pelo DER (Departamento de Estradas de Rodagem). “Obra se faz com duas coisas: projeto e dinheiro, e foi isso o que eu deixei pronto”, lembrou o senador.

Já em São José do Caiana, Cássio tem o apoio do vice-prefeito Alcides e do ex-prefeito José Leite. No centro da cidade, o senador e candidato a governador pelo PSDB falou para a população da cidade e lembrou que o governo do Estado fechou 230 escolas em toda a Paraíba.

Coincidentemente, ele estava em frente à escola Isabel Lopes, fechada pelo governo sob o argumento de que não havia alunos suficientes nas salas de aula. “Não se fecha escolas. Quando o governo fecha uma escola, tranca a porta para o futuro da juventude”, lamentou o senador, sob aplausos.

Na cidade de Igaracy, Cássio chegou no início da noite e promoveu uma caminhada até a praça central, onde fez um comício para milhares de pessoas. As ruas da cidade foram tomadas pela população, que fez um verdadeiro carnaval com a passagem da caravana.

Em todas as cidades por onde passou Cássio esteva acompanhado dos deputados Branco Mendes e Antônio Minera,l e dos candidatos Pedro Cunha Lima (deputado federal), Dinaldinho Wanderley (estadual) e diversas lideranças políticas da região.

Ricardo caminha pelo comércio de JP

Porteiro do Hospital de Monteiro é acusado de agredir irmão de vítima de infarto Porteiro do Hospital de Monteiro é acusado de agredir irmão de vítima de infarto

O governador e candidato à reeleição Ricardo Coutinho (PSB) mudou a rotina do comércio de João Pessoa nesta segunda-feira (16), ao realizar uma caminhada junto com a militância da coligação ‘A Força do Trabalho’. Nas lojas, Ricardo foi cumprimentado, abraçado e posou para fotos com comerciantes, vendedores e clientes.

“Não tem como não votar nesse homem. Seu governo tem feito de tudo para que o comércio da cidade esteja sempre em alta”, afirmou o vendedor José Queiroz, que trabalha há mais de 22 anos em uma loja de móveis na Praça José Américo. Ele disse que mora em Santa Rita, cidade onde o governador tem realizado obras importantes, como reforma de escolas, saneamento e o Hospital Metropolitano.

A caminhada começou na Praça José Américo, em frente ao Paço Municipal, e terminou na Avenida Visconde de Pelotas, próximo ao Ponto Cem Réis. No trajeto, Ricardo, acompanhando do presidente da Câmara de Vereadores, Durval Ferreira (PP), entrou em algumas lojas e ouviu propostas e reivindicações das pessoas.

O fato mais inusitado ocorreu em uma loja de produtos eletrônicos na Avenida General Osório, quando vendedor Ricardo Vagner ficou emocionado ao ver o governador, e não pensou duas vezes para lhe dar um abraço de gratidão.

“O senhor é um homem de bem, e merece todo o nosso reconhecimento por ter moralizado o serviço público e respeitado o nosso dinheiro. Aqui é um beijo de carinho, não é um beijo de Judas”, observou o vendedor.

Ricardo Vagner acrescentou que as repartições públicas, na gestão do socialista, estão funcionando de verdade, diferente do passado, quando os políticos não respeitavam a máquina pública.

No final da caminhada, Ricardo comentou que era muito gratificante o reconhecimento da população pelas ações e programas do seu governo voltadas para o aquecimento da economia e a geração de emprego e renda da cidade. “Fico muito feliz em conversar com esses trabalhadores, ouvir suas sugestões, ouvir eles falarem do nosso governo com otimismo e confiança”, enfatizou.

Ibope divulga nova pesquisa; Dilma tem 36%, Marina 30% e Aécio 19%

Presidential candidate for the Brazilian Socialist Party Marina Silva (L) greets Workers' Party candidate and current President Dilma Rousseff (C) alongside Brazilian Social Democracy Party candidate Aecio Neves before a television debate in Sao Paulo, Brazil on July 26, 2014. Brazilian general elections will take place next October 5. AFP PHOTO / Miguel SCHINCARIOLPesquisa Ibope divulgada nesta terça-feira (16) mostra que a candidata Dilma Rousseff (PT) lidera com 36% das intenções de votos para presidente da República. A candidata pelo PSB, Marina Silva, aparece com 30% das intenções e Aécio Neves (PSDB) tem 19% das intenções. A pesquisa foi encomendada pela TV Globo e pelo jornal O Estado de S. Paulo.

A pesquisa anterior, encomendada pela Confederação Nacional da Indústria (CNI) ao Ibope, mostrava Dilma com 39% das intenções de voto, seguida por Marina, com 31% e Aécio, com 15%.

Na pesquisa divulgada nesta terça-feira, o candidato Pastor Everaldo (PSC) marcou um 1% das intenções de voto estimuladas. Luciana Genro (PSOL), Eduardo Jorge (PV), Zé Maria (PSTU), Eymael (PSDC), Levy Fidelix (PRTB), Mauro Iasi (PCB) e Rui Costa Pimenta (PCO) têm juntos 1%. Votos nulos ou brancos somam 7% e os indecisos são 6%.

Em um possível segundo turno entre Marina e Dilma, Marina teria 43% dos votos e Dilma, 40%, o que configuraria um empate técnico devido à margem de erro da pesquisa, que é dois pontos percentuais, para mais ou para menos. Brancos e nulos somariam 11% e 6% não sabem ou não responderam.

Em um segundo turno entre Dilma e Aécio, Dilma sairia vencedora com 44% contra 37% dos votos. Brancos e nulos, 12% e indecisos, 6%. Entre Marina e Aécio, Marina sairia vencedora com 48% dos votos contra 30%. Brancos ou nulos somariam 15% e não sabem ou não responderam, 8%.

Quanto a rejeição aos candidatos, Dilma tem o maior índice, 32%; Aécio tem 19%, Pastor Everaldo, 17%; Marina, 14%; Levy Fidelix, 12%; Zé Maria, 12%; Eymael, 11%; Luciana Genro, 11%; Mauro Iasi, 10%; Rui Costa Pimenta, 10%; Eduardo Jorge, 9%.

A avaliação do governo Dilma foi considerada ótima ou boa por 37% dos entrevistados. Os que responderam regular somam 33%. Já os que consideram o governo ruim ou péssimo foram 28% e 1% não soube responder.

O Ibope ouviu 3.010 eleitores em 204 municípios do país entre os dias 13 e 15 de setembro. O nível de confiança é 95%. A pesquisa foi registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o protocolo BR-00657/2014.

“Meu dinheiro é honesto, pode cheirar”, diz candidato a governador

TSE confirma, por 6 votos a 1, registro da candidatura de Cássio

cassiovotapsdbPresidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), o ministro Dias Toffoli proclamou, na noite desta terça-feira (16) o resultado favorável da corte ao registro do senador Cássio Cunha Lima (PSDB), candidato a governador da Paraíba pela Coligação A Vontade do Povo. No placar final, prevaleceram votos contra .

Quatro ministros já tinham se manifestado favoravelmente à candidatura de Cássio, na sessão do último dia 11. O relator do caso, Gilmar Mendes, num consubstanciado voto, não reconheceu o Recurso Ordinário movido pela Coligação A Força do Trabalho e outros. Mendes foi acompanhado pelo próprio presidente do TSE, Dias Toffoli, João Otávio de Noronha e Tarcísio Vieira.

Na sessão desta terça, a ministra Luciana Lóssio emitiu seu voto favorável a Cássio, seguindo o relatório do ministro Gilmar Mendes. Luiz Fux, sem ressalvas, disse acompanhar o voto do relator. Já a ministra Maria Thereza Rocha de Assis Moura abriu divergência, por entender que o prazo para inelegibilidade deve contar a partir do segundo turno da eleição.

Com a decisão quase que por unanimidade, o registro da candidatura do senador Cássio Cunha Lima supera todas as manobras jurídicas da oposição, no sentido de levar a eleição deste ano para o tapetão. Da região do Vale do Piancó e de Itaporanga, onde cumpriu agenda de campanha, no circuito de visitas a seis municípios nesta terça-feira, Cássio Cunha Lima comemorou a consolidação de sua vitória.

- Vence a democracia! Vence a soberana vontade do povo e seu direito sagrado de se manifestar nas ruas. Vamos à vitória! – celebrou o candidato tucano ao Governo do Estado.

Polícia Militar prende mais dois envolvidos em roubo de moto no Cariri

[+]   POSTAGENS