::Deputado diz que oposição de Monteiro vive de politicagem e não tem projetos ::LASCÔ: Guilherme Fontes terá que pagar R$ 71 milhões à União por ‘Chatô’ ::Em Brasília, Ricardo defende que partido construa agenda positiva para o país ::Mulher pede para a Justiça obrigar o marido a mostrar mensagens do zap zap ::Sessão discute sobre prevenção e tratamento do câncer de mama na Paraíba ::Monteiro promoverá curso de unhas ::Heleno Lima, o perigoso, recebe voto de aplausos em São João do Cariri ::Gabinete de João Henrique desmente tentativa de reaproximação com Ricardo ::Morre em Sumé o professor Rafael ::DANOU-SE!: Vereadora tira calcinha na tribuna Prefeitura de Prata

Deputado diz que oposição de Monteiro vive de politicagem e não tem projetos

joaoentrevistaO deputado João Henrique (DEM) comentou na manhã desta quinta-feira, 27, uma notícia divulgada ontem sobre um possível encontro do deputado Carlos Batinga com o governador Ricardo Coutinho, no qual, segundo fontes ligadas a Batinga, o governador teria afirmado não aceitar qualquer tentativa de reaproximação política por parte do parlamentar democrata, por conta do seu apoio à candidatura do senador Cássio Cunha Lima ao governo.

“Não rompi com o governador em maio deste ano, conforme divulgam meus opositores. Demonstrei minha insatisfação com o governo deste março de 2011, através de ofício, por não concordar com alguns atos e comportamento de auxiliares do governo. Mesmo insatisfeito, no entanto, continuei votando favoravelmente as matérias de interesse da Paraíba, porque esta é a minha missão. Com a chegada do período eleitoral eu teria que fazer a minha opção, o que o fiz, porque não sou de ficar em cima do muro, conforme algumas pseudo lideranças que, por isto, não se elegem e têm que amargar uma suplência”, comentou João Henrique.

A respeito de informações de que teria se beneficiado da estrutura do governo, João Henrique afirmou: “Pelo contrário. Nós é que bancamos, na eleição de 2010, a campanha de governador em todo Cariri, e as lideranças políticas da região sabem disso, pena existir quem ignore. Fui eleito 3 vezes consecutivas e, agora em 2014, mesmo sem o governo, fui consagrado como o 3º deputado mais votado no estado, graças à confiança de mais de quarenta e cinco mil (45.178) paraibanos. Em Monteiro, minha terra natal, depois de derrotar meus adversários por duas vezes na disputa pela Prefeitura, elegendo a minha esposa Edna Henrique em 2008 e reelegendo em 2012, este ano derrotamos para deputado o nosso principal adversário por 1.000 votos, o qual não conseguiu eleger-se e ficou a reboque de uma suplência”.

Concluindo, João Henrique lamentou o que considera mesquinhez por parte dos seus adversários em Monteiro: “Eles deveriam estar preocupados com o abastecimento dágua na região, com o atraso no repasse de recursos da UPA e do SAMU. Poderiam incentivar e viabilizar parcerias entre o Estado e o Município, em vez de ficar fazendo politicagem”.

Banner Coringa Banner Coringa

LASCÔ: Guilherme Fontes terá que pagar R$ 71 milhões à União por ‘Chatô’

guilhermefontes

O Tribunal de Contas da União (TCU) negou recurso apresentado pelo ator e diretor Guilherme Fontes contra decisão que o condenou a ressarcir os cofres públicos por irregularidades no uso de dinheiro captado para a filmagem de “Chatô, o rei do Brasil”, longa-metragem dirigido por ele nos anos 1990. Fontes foi condenado a devolver R$ 66,2 milhões, além do pagamento de R$ 5 milhões em multas. Ele ainda pode recorrer na Justiça.

De acordo com o tribunal, o ator e sua empresa, a Guilherme Fontes Filmes, se valeram de leis de incentivo à cultura para captar R$ 8,6 milhões para a produção do filme, que nunca foi entregue. O ator chegou a apresentar uma versão de “Chatô” ao Ministério da Cultura, mas ela não foi considerada pelo TCU como prova de conclusão do trabalho.

A corte determinou a ele que devolva à União os R$ 8,6 milhões corrigidos, que hoje somam R$ 66,2 milhões. Além disso, por ir

regularidades verificadas no uso dos recursos, Fontes e sua empresa foram multados em R$ 2,5 milhões cada. Portanto, o valor total do ressarcimento é de 71,2 milhões, e o prazo para pagamento é de 15 dias após notificação.

Em 2012, Fontes já havia sido condenado pelo Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro (TJ-RJ) a pagar uma indenização de mais de R$ 2,5 milhões à Petrobras Distribuidora e à Petrobras S/A, com correção monetária e juros. O ator recebeu das empresas recursos para realizar o filme.

“Chatô, o rei do Brasil” foi baseado no livro de mesmo nome, escrito por Fernando Morais. A obra conta a história de Assis Chateaubriand, jornalista e empresário que nos anos 1920 fundou os Diários Associados, grupo de mídia que engloba jornais, emissoras de rádio e de TV.

Procurado pelo G1, o ator Guilherme Fontes sugeriu que irá recorrer da decisão. “Este é o segundo processo sobre o mesmo assunto. Já ganhei o primeiro e cedo ou tarde ganharei este também”, afirmou. “Insistir que o filme não existe é de uma maluquice sem tamanho”.

“Aos amigos e aos fãs respondo mais uma vez: lutarei contra toda e qualquer violência contra minha pessoa. E esta me parece ser mais uma. Mas vamos falar de flores: antes do Natal iniciaremos o lançamento do filme. A partir de dezembro inicio o primeiro dos 10 previews oficiais que faremos em todo o Brasil. O filme mais falado e aguardado de todos os tempos, contra tudo e contra todos, vai acontecer. E desculpe estou muito feliz com isso”, disse ele em nota.

Em Brasília, Ricardo defende que partido construa agenda positiva para o país

Deputado diz que oposição de Monteiro vive de politicagem e não tem projetos Deputado diz que oposição de Monteiro vive de politicagem e não tem projetos Deputado diz que oposição de Monteiro vive de politicagem e não tem projetos

O governador Ricardo Coutinho (PSB), membro da executiva nacional do PSB, participou da reunião nesta quinta-feira (27), em Brasília, em que o partido decidiu por ampla maioria adotar uma posição de independência propositiva em relação ao governo Federal. Ricardo afirmou que o partido aponta para uma linha esperada e construída no sentido de se mobilizar na construção de uma agenda positiva para o país que não pode ficar limitado a escândalos de corrupção.

Em sua fala, Ricardo destacou que é necessário retirar o Brasil dessa dicotomia nefasta de uma oposição ressentida com a derrota e que tenta a todo o custo inviabilizar o país. “O partido não pode se tornar um apêndice de uma oposição atrasada, de origem Udenista, e que não têm o que contribuir para o Brasil. É necessário uma apuração rigorosa do caso da Petrobrás pela Polícia Federal e a Justiça, mas não dá para limitar a pauta da oposição, do governo e do Congresso a isso”.

Ele acrescentou que, por outro lado, demonstra que o partido socialista tem diferenças com o atual governo e apresenta para a sociedade e para o próprio governo um conjunto de medidas nas áreas da reforma política, pacto federativo, política econômica, saúde, educação e segurança que podem aproximá-los ou distanciá-los.

“O PSB que tem a 4ª maior bancada no Congresso Nacional terá um papel importante nesta difícil conjuntura que será de dialogar com o país sem necessariamente ser uma oposição ou situação. É uma posição difícil que exigirá muito diálogo interno e responsabilidade para construir uma agenda para que o Brasil siga adiante”, completou Ricardo.

A reunião da executiva nacional do PSB foi liderada pelo presidente Carlos Siqueira e contou com a presença dos três governadores eleitos Ricardo Coutinho (Paraíba), Paulo Câmara (Pernambuco) e Rodrigo Rollemberg (Brasília), dos seis senadores eleitos, deputados federais e prefeitos membros da executiva nacional.

Ao final do encontro foi divulgado um documento que define que o partido adotará uma postura de independência propositiva em relação ao governo Dilma Rousseff e a disposição de adotar medidas que se aproximem do programa partidário e sejam positivas e de interesse do Brasil. O partido também decidiu não ocupar cargos de confiança no atual governo Dilma, como forma de garantir a unidade, independência e identidade política.

Banner Segundo Wilson Ricardo

Mulher pede para a Justiça obrigar o marido a mostrar mensagens do zap zap

whatsapppDesconfiada de traição, uma mulher entrou na justiça de Santa Catarina para tentar obrigar o marido a mostrar as mensagens de Whatsapp. O caso inusitado apareceu no plantão de fim de semana do juiz Alexandre Morais da Rosa, na 4ª vara criminal do TJSC.

De acordo com o magistrado, o processo é de violência doméstica e corre em segredo de justiça. “Houve uma discussão com agressões, por parte do marido, porque a mulher queria saber com quem ele estava falando nas mensagens do celular”, explicou o juiz, em entrevista ao Correio.

Hoje, o WhatsApp tem mais de 600 milhões de usuários em todo o mundo, o suficiente para ser protagonista de muitas brigas, como a que ocorreu em Santa Catarina. Na Itália, por exemplo, o aplicativo é citado em 40% das provas de infidelidade, em processos de divórcio e adultério. Os dados são da Associação Italiana de Advogados Matrimoniais (AMI).

“Os amantes agora podem trocar fotos picantes de si mesmo e temos visto adúlteros usando o serviço para manter três ou quatro relações simultâneas”, comentou o presidente da entidade, Gian Ettore Gassani, ao The Times.

Sessão discute sobre prevenção e tratamento do câncer de mama na Paraíba

Deputado diz que oposição de Monteiro vive de politicagem e não tem projetos Deputado diz que oposição de Monteiro vive de politicagem e não tem projetos Deputado diz que oposição de Monteiro vive de politicagem e não tem projetos

A Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB) realizou sessão especial, na tarde desta quinta-feira (27), para debater sobre o câncer de mama no Estado. A discussão teve como tema: “Problemas e Soluções – Quem Tem Peito Vai”.

A sessão foi proposta pela deputada Daniella Ribeiro (PP) e teve a participação de mastologistas, representantes de ONGs e de mulheres que foram vítimas do câncer.

De acordo com Daniella Ribeiro, é importante discutir problemas existentes no rastreamento da doença e no tratamento, em busca de soluções.

“Temos debatido o tema e orientado as mulheres, pois não podemos parar e ficar satisfeitas. Apontamos políticas públicas e debatemos soluções, cumprindo a nossa função na Casa Legislativa”, ressaltou a deputada.

No início da sessão, a mastologista Eulina Helena Ramalho proferiu palestra e mostrou as dificuldades enfrentadas em todas as etapas do câncer de mama.

“As mulheres necessitam ter acesso a informações sobre a doença, pois ainda temos muitos problemas. O Sistema Único de Saúde oferece o tratamento, mas precisa repassar mais informações às vítimas para que elas saibam onde podem se tratar”, disse a médica.

O procurador da República, José Godoy Bezerra de Souza, parabenizou o Poder Legislativo pela dedicação no combate à doença. “Sabemos da necessidade e das dificuldades existentes para lutar contra o câncer, que ainda mata tantas mulheres. Parabenizo a ALPB e me comprometo a continuarmos juntos no enfrentamento da doença”, destacou.

Segundo as estimativas do Instituto Nacional do Câncer (Inca), 750 mulheres paraibanas foram ou devem ser diagnosticadas com câncer de mama apenas neste ano. Em João Pessoa são 250. “O diagnóstico precoce é a principal arma no combate à doença”, ressaltou Daniella Ribeiro.

Monteiro promoverá curso de unhas

Heleno Lima, o perigoso, recebe voto de aplausos em São João do Cariri

helenolimafiscalisaA Câmara de Vereadores aprovou um voto de louvor para o jornalista, Heleno Lima, que faz a cobertura jornalística diária da região do Cariri.

Devido a sua destacada atuação na cobertura jornalística da região, tanto online, quanto impresso e radiofônico, Heleno também foi contemplado com um voto de aplauso recentemente pela Câmara Municipal de Santo André.

Já no Curimataú, onde apresenta o programa jornalístico TRIBUNA LIVRE nas tarde de sábados pela 89,1 FM ao lado do amigo e sócio, Ernandes Gouveia, Heleno também recebeu menção honrosa da Câmara de Cuité e, além disso, junto com o seu companheiro, foi contemplado com um Título de Cidadão neste município.

Além de Heleno, o legislativo sãojoãoense também deu votos de louvor para outras personalidades, que serão homenageados neste sábado (29) durante sessão especial marcada para o clube Municipal a partir das 19 horas.

Terceiro postagens – Câmara Monteiro

Gabinete de João Henrique desmente tentativa de reaproximação com Ricardo

Morre em Sumé o professor Rafael

Deputado diz que oposição de Monteiro vive de politicagem e não tem projetos Deputado diz que oposição de Monteiro vive de politicagem e não tem projetos

Faleceu na madrudaga desta quinta-feira (27), no Hospital Alice de Almeida, na cidade de Sumé, o professor e desportista Robson Rafael, aos 57 anos de idade, vítima de um câncer no fígado.

Referência no esporte regional, Robson Rafael exerceu várias atividades profissionais, sendo coordenador de esporte da 5ª Região de Ensino, Diretor de Esportes da Prefeitura de Sumé, Diretor do Ginásio de Esportes O Netão e esteve à frente por muitos anos de uma escolinha de futebol para crianças.

Amante do esporte, Robson Rafael também comandou o programa esportivo Papo de Craque, na Rádio Cidade de Sumé.

O corpo de Robson Rafael está sendo velado no Cemitério Municipal e o seu sepultamente acontece no final da tarde desta quinta-feira.

Todas as Escolas de Sumé, estadual, municipal e particulares suspenderam as aulas no dia de hoje.

Prefeitura emite nota de pesar

É com profundo pesar que a Prefeitura Municipal de Sumé comunica o falecimento do seu funcionário e amigo, professor Robson Rafael, 57 anos.

Com os sentimentos de solidariedade à família e amigos do professor, a Prefeitura informa que seu corpo está sendo velado na Central de Velórios do Município e o seu sepultamento ocorrerá hoje (27) às 17h.

Robson faleceu na madrugada desta quinta-feira, no Hospital de Sumé, acometido de um câncer. Atualmente, ele coordenava o Programa Esporte e Lazer da Cidade (PELC), nos últimos cinco anos coordenou o Departamento de Cultura e Esporte do município e por muitos anos lecionou a disciplina de Educação Física em muitas escolas da cidade, estando no momento aposentado do cargo.

Robson sempre se dedicou ao desenvolvimento do esporte de Sumé, bem como da região do Cariri, manteve escolas de futebol e de outros esportes para crianças e jovens, onde, além das modalidades esportivas, incentivava seus alunos aos estudos, às boas maneiras e à disciplina.

Pessoa muito presente na comunidade sumeense e dedicado aos problemas sociais da cidade. Exerceu suas funções com dedicação e zelo, deixando o exemplo da determinação, garra e solidariedade.

Robson era casado e pai de uma filha.

Todos que fazem a Prefeitura Municipal de Sumé lamentam profundamente a sua morte

Francisco Duarte da Silva Neto – Prefeito
Éden Duarte Pinto de Sousa – Vice-prefeito
27/11/2014

DANOU-SE!: Vereadora tira calcinha na tribuna

Grupo explode caixas eletrônicos de Correios e agência bancária no Cariri

bancocamalauexplosaoCriminosos explodiram caixas eletrônicos de um prédio dos Correios e de uma agência bancária no município de Barra de São Miguel, no Cariri paraibano, nesta quinta-feira (27). De acordo com o relatório do Centro Integrado de Operações Policiais (Ciop), testemunhas informaram que o crime aconteceu por volta das 2h (horário local).

Segundo relatório da Polícia Militar, vários indivíduos se aproximaram dos locais em caminhonetes e motocicletas. As dinamites foram implantadas no caixa eletrônico de um banco privado, em seguida, na agência dos Correios, ainda de acordo com a polícia.

A polícia não informou se algum dinheiro foi levado dos equipamentos. Até as 7h (horário local), policiais militares continuavam realizando buscas em toda a região, mas nenhum suspeito tinha sindo localizado nas rondas.

De acordo com o levantamento do Sindicato dos Empregados em Estabelecimentos Bancários da Paraíba, já foram registrados 109 ataques a bancos este ano no estado. Foram 51 explosões, 24 arrombamentos e 14 assaltos.

Prefeitura de Ouro Velho antecipa pagamento do mês de Novembro

MONTEIRO: Prefeitura e SESI promoverão cinema de graça a partir desta sexta

cine_culturaA cidade de Monteiro será palco no final desta semana de mais uma edição do Projeto Cine SESI Cultural que é realizado em uma parceria entre o SESI e a Prefeitura Municipal.

O projeto exibirá produções cinematográficas voltadas para todos os públicos, principalmente para a família. Nessa edição, as exibições acontecerão de 28 a 30 de Novembro, na Praça João Pessoa, e ainda distribuição de pipocas gratuitas.

Três filmes serão exibidos:

CINE HOLLIÚDY- As mirabolantes histórias do proprietário de um cinema, parta salvá-lo da falência após a chegada da televisão

A BUSCA- A busca de um médico pelo seu filho que desaparece misteriosamente no dia do seu aniversário.

A ERA DO GELO 4- Um trio de animais pré-históricos embarcam em uma aventura, em desenho animado, após seu continente ficar sem rumo no mar.

As exibições acontecerão sempre a partir das 18h30, na sexta-feira, 28, contará com a participação da Banda Filarmônica Sebastião de Oliveira Brito.

PF deflagra operação no Cariri por fraude de quase R$ 500 mil na Previdência Social

Campanhas de Ricardo e Cássio ao governo custaram R$ 30 milhões, diz TRE-PB

cassioericardodebatecorreioOs candidatos que chegaram ao segundo turno das eleições para o governo da Paraíba declararam ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE-PB), nesta terça-feira (25), um gasto total superior a R$ 30,8 milhões nas campanhas de Cássio Cunha Lima (PSDB) e Ricardo Coutinho (PSB). A prestação de contas final das receitas e despesas de campanha mostra que eles gastaram mais do que os R$ 27 milhões arrecadados por ambos.

O governador reeleito Ricardo Coutinho, da coligação “A Força do Trabalho”, gastou R$ 14.115.123,59 e arrecadou R$ 13.017.971,77. Já o candidato derrotado, senador Cássio Cunha Lima, gastou R$ 16.690.620,40 e arrecadou R$ 15.121.899,72.

A maior despesa da campanha de Ricardo Coutinho foi com o pagamento de multas eleitorais, que somam R$ 2,986 milhões, seguida de R$ 1.133.216,77 com cessão ou locação de veículos. A maior fonte de recursos foi de pessoas jurídicas, R$ 6.644.148,03 no total. As receitas provenientes de pessoas físicas somaram R$ 359.100.

Na prestação de contas de Cássio Cunha Lima, o maior aporte de receitas foi de recursos de partido político, R$ 10.940.130. O total doado por pessoas físicas ficou em R$ 375.150. De pessoas jurídicas, o montante foi de R$ 3.753.650,98.

Menor diz que matou mais 2 pessoas além de jovem executado em vídeo

execucao_1O adolescente de 16 anos que aparece em um vídeo executando o jovem Marcos Vinícius Monteiro Caixeta, 18 anos, disse à Polícia Civil que já matou outras duas pessoas. Segundo o delegado Kelyton Manoel Dias, titular da Delegacia de Apuração de Atos Infracionais (Depai) de Goiânia e responsável pelo caso, a revelação foi feita durante uma conversa informal. A polícia apura a veracidade desses homicídios.

“Ele disse que certa vez, quando estava passando férias na casa da avó, no Pará, matou uma pessoa, mas não deu muitos detalhes. Na mesma conversa, ele disse que em meados do ano passado estava usando drogas na Avenida 85, quando outro usuário se aproximou, houve uma briga e ele assassinou o rapaz a facadas”, disse Dias ao G1.

Na tarde de terça-feira (25), a polícia levou o rapaz até o local onde Marcos foi morto, em uma estrada de terra próxima a Senador Canedo, na Região Metropolitana de Goiânia, para colher mais detalhes do homicídio. A frieza dele impressionou até mesmo o delegado.

“O comportamento dele é normal, frio, tranquilo. Chama bastante atenção o fato de uma pessoa tão jovem ter tanto desapego com a vida dessa forma. O que para gente às vezes é tragédia, para ele é uma coisa normal”, descreve.

A polícia segue em busca dos dois outros suspeitos que aparecem no vídeo da execução de Marcos. Segundo o menor apreendido informou, trata-se de um homem, que estava dirigindo o carro, e outro menor. Nenhum deles teve as idades reveladas. Enquanto isso, o adolescente segue detido na Depai, em Goiânia.

Vídeo
O adolescente foi apreendido na noite de segunda-feira (24), após ser flagrado fazendo manobras arriscadas em uma motocicleta, em Goiânia. Ao verificar o celular dele, os policiais encontraram o vídeo do assassinato. O garoto também confessou o ato: “Eu que matei ele. O crime cobra caro. Enquanto uns matam, outros morrem”.

No vídeo, os suspeitos estão no carro com a vítima. O trio zomba do rapaz ao conduzi-lo até o local onde ocorre a execução: “Chegou sua hora. Olha a missão hoje”.

Após atirar, o adolescente ainda pisa na cabeça da vítima. Outro criminoso se aproxima de Marcos e atira mais cinco vezes. O menor detido ainda diz: “Desgraçado, vai com Deus”. A polícia acredita que o motivo do crime é o fato de a vítima ter denunciado um criminoso para a polícia.

Corpo
O crime ocorreu no último sábado (22), mas o corpo só foi localizado dois dias depois, em uma estrada de terra entre Leopoldo de Bulhões e Bonfinópolis por um morador da região que passava pelo local. Desde então, a vítima estava no no Instituto Médico Legal (IML) de Anápolis como indigente.

Além do delegado Kelyton Dias, o menor também reconheceu o corpo de Marcos no IML. A identificação se baseou nos traços do rosto e nas roupas, que eram as mesmas usadas pela vítima no momento da execução.

Segundo a família de Marcos, o jovem estava desaparecido desde o dia do crime. Uma prima de Marcos, que não quis se identificar, contou que o rapaz é usuário de drogas. Ela diz que não imaginava que ele pudesse ser assassinado. “A gente quer justiça. Ele não merecia morrer desse jeito, mesmo sendo usuário”, diz a parente.

PMDB pretende lançar candidatura pela Prefeitura de Monteiro, dividindo a oposição

Senador paraibano e ex-candidato a governador é indicado para o TCU

Deputado diz que oposição de Monteiro vive de politicagem e não tem projetos Deputado diz que oposição de Monteiro vive de politicagem e não tem projetos

Com o encerramento do prazo para inscrição de nomes indicados para o cargo de ministro do Tribunal de Contas da União (TCU), o senador paraibano Vital do Rêgo foi o único inscrito para a vaga do ministro José Jorge, obrigado a se aposentar porque completou 70 anos no último dia 18. Com isso, o parlamentar é o indicado à vaga pela bancada do PMDB.

O anúncio foi feito pelo presidente do Senado, Renan Calheiros, na noite desta terça-feira (25).

Renan afirmou que o nome de Vital do Rêgo será submetido à análise da Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ). Se aprovado, ainda terá de passar pela análise do Plenário do Senado. O TCU é um órgão de controle externo, auxiliar do Congresso Nacional.

Vital do Rêgo é relator da Lei de Diretrizes Orçamentárias e analisa mais de 1.600 emendas parlamentares. Ele prometeu empenho no sentido de apresentar o texto final da LDO até a próxima quinta-feira (27) na Comissão de Planos, Orçamentos Públicos e Fiscalização, para discussão e votação.

A LDO dá origem à Lei Orçamentária Anual (LOA). Do total de emendas apresentadas ao projeto da LDO 2015, 1.235 são emendas que alteram partes do texto. As outras 418 são emendas ao chamado Anexo de Metas e Prioridades, que foi incluído na proposta do Executivo para que deputados, senadores, comissões e bancadas estaduais do Congresso possam determinar que ações, programas e obras têm de ser priorizadas pelo Governo Federal no próximo ano.

Além da LDO, Vital trabalha na relatoria do Código Penal e do Código de Processo Civil.

ONG lança campanha educativa sobre o trânsito

alcimarongDurante o mês de dezembro, o Instituto de Acesso à Cidadania Ednice Maria Batista da Silva estará dialogando com a população paraibana, através da campanha “Não espere perder um familiar, mude sua atitude no trânsito”. Como foco educativo, a ONG pretende abrir caminhos para mudanças culturais na concepção de trânsito em nosso país, trabalhando a valorização da vida humana no cotidiano urbano.

Com base em números do Ministério das Cidades, são 40 mil vítimas fatais por ano nas ruas e estradas brasileiras. Essa “guerra” nas vias urbanas em nosso país tem como alvo principal pessoas entre 18 e 34 anos, causando impacto e mudando a trajetória de diversas famílias. Assim, a preservação da vida vem conquistando uma nova pauta entre os grandes temas no século XXI.

Para o fundador da ONG, Alcimar Martins, “A mistura de direção, embriaguez, e alta velocidade está transformando trânsito em sinônimo de morte no Brasil. Precisamos de leis mais rígidas, todavia, necessitamos mudar a mente de nossa população.”

O instituto tem como finalidade colocar em linguagem acessível à sociedade campanhas de Organizações Civis, além da constante fiscalização na aplicação das leis de trânsito. Nesses termos, a concepção da ONG coloca em debate nos diversos espaços sociais, o aprimoramento legislativo sobre o tema, com foco na eficácia das normas junto aos condutores e educadores em geral.

“Nossa perspectiva atual é criar canais de diálogo pra avançarmos na aprovação do Projeto de Lei nº 5568/2013, que tem como relator o Dep. Hugo Leal. Estamos atuando em diversas frentes, e tenho certeza da longa caminhada que estamos iniciando”, conclamou o idealizador da campanha, Alcimar Martins.

Breve Histórico

O Instituto de Acesso a Cidadania tem na sua origem a marca dos seus objetivos. No dia 19 de Janeiro de 2014, a senhora Ednice Maria Batista da Silva sofreu trágico acidente de trânsito no Cariri paraibano. Para Alcimar, filho da vítima, a fundação da ONG foi o caminho para superação, “uma vida que está mudando o destino de muitas”, finalizou Martins.

[+]   POSTAGENS