prefeitura
::Michel Temer vai ficar sozinho em sala ::Ex-secretária de comunicação da PMJP e Governo da PB assume gerência de Marketing da Energisa ::Municípios fazem blitz para coibir animais soltos nas ruas após recomendação do Ministério Público ::Sumé sedia nesta sexta-feira Encontro Regional do Programa Mais Médicos ::Ingressos para a Paixão de Cristo em Nova Jerusalém são vendidos em Monteiro ::Michel Temer e Moreira Franco são presos pela Lava Jato do RJ ::Carro de caririzeiro pega fogo em cima de viaduto, em Campina Grande ::Polícia prende mais um acusado de envolvimento com morte de vereador no Cariri ::Espetáculo da Paixão de Cristo em Monteiro este ano apresenta diversas inovações ::Wellington assume liderança do PR e diz que partido não faz parte da base de Bolsonaro Malves Supermercados

Michel Temer vai ficar sozinho em sala

Michel Temer vai ficar sozinho em sala Michel Temer vai ficar sozinho em sala

Preso nesta quinta-feira (21) em São Paulo, pela Força-Tarefa da Lava Jato no Rio, o ex-presidente Michel Temer chegou à Superintendência da PF no Rio por volta das 18h38. O ex-presidente ficará sozinho na sala do corregedor da PF, no terceiro andar do prédio. É uma das poucas no edifício que tem banheiro privativo.

Na porta do prédio havia um grande número de jornalistas e alguns manifestantes com cartazes aguardando a chegada de Temer. Alguns manifestantes chegaram a dar tapas e socos em viaturas do comboio da PF.

Por volta das 19h30, o cômodo onde Temer ficará preso ainda estava sendo montado. O espaço terá área de cerca de 20 metros quadrados, com ar condicionado. Há também um frigobar.

Temer foi trazido de São Paulo em um avião da Polícia Federal, do aeroporto de Cumbica, em Guarulhos e desembarcou na Base Aérea do Galeão. O juiz da 7ª Vara Criminal Federal Marcelo Bretas aceitou o pedido da defesa para que o ex-presidente fique preso em uma sala da Superintendência da Polícia Federal, no Centro do Rio.

O ex-ministro da Casa Civil Moreira Franco, também preso na Estrada do Galeão pela Força-Tarefa da Lava Jato no final da manhã desta quinta-feira (21) foi levado para a delegacia da PF no Aeroporto Tom Jobim, o Galeão.

Em seguida, encaminhado no mesmo comboio de Temer para a Superintendência da PF e, posteriormente, para a Unidade Especial Prisional da PM, em Niterói. No local está preso desde novembro do ano passado o ex-governador Luiz Fernando Pezão.

Inicialmente, o juiz Marcelo Bretas, da 7ª Vara Federal Criminal, tinha determinado que Temer ficasse preso na Unidade Prisional Especial da PM, em Niterói. O magistrado, porém, acabou atendendo pedido da defesa, alegando isonomia com o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, e permitiu sua prisão em uma sala na Polícia Federal.

A PF cumpriu ao longo do dia 10 mandados de prisão. Os mandados foram expedidos pelo juiz Marcelo Bretas, da 7ª Vara Federal Criminal do Rio, responsável pela Lava Jato no Rio de Janeiro.

As prisões de Moreira e Temer são preventivas e tiveram como base a delação de José Antunes Sobrinho, dono da Engevix.

O empresário disse à Polícia Federal que pagou R$ 1 milhão em propina, a pedido do coronel João Baptista Lima Filho (amigo de Temer), do ex-ministro Moreira Franco e com o conhecimento do presidente Michel Temer. A Engevix fechou um contrato em um projeto da usina de Angra 3. A investigação é um desdobramento das operações Radioatividade, Pripyat e Irmandade.

De acordo com a investigação, que apura os crimes de corrupção, peculato e lavagem de dinheiro, pagamentos ilícitos foram feitos por determinação de José Antunes Sobrinho para o grupo criminoso liderado por Michel Temer, assim como possíveis desvios de recursos da Eletronuclear para empresas indicadas pelo grupo.

Segundo a Força-Tarefa, Temer é chefe de uma organização criminosa que atua há 40 anos no Rio de Janeiro. “Michel Temer é o líder da organização criminosa a que me referi, e o principal responsável pelos atos de corrupção aqui descritos”, afirmou o juiz Marcelo Bretas, da 7ª Vara Federal Criminal, na sentença.

Temer falou por telefone ao jornalista Kennedy Alencar, da CBN, no momento em que havia sido preso. O ex-presidente afirmou que a prisão “é uma barbaridade”. A defesa dele disse que a prisão é um “grave atentado ao Estado democrático de Direito” e carece de provas.

Já a defesa de Moreira se pronunciou em nota. “A defesa de Wellington Moreira Franco vem manifestar inconformidade com o decreto de prisão cautelar. Afinal, ele encontra-se em lugar sabido, manifestou estar à disposição nas investigações em curso, prestou depoimentos e se defendeu por escrito quando necessário. Causa estranheza o decreto de prisão vir de juiz de direito cuja competência não se encontra ainda firmada, em procedimento desconhecido até aqui”.

Banner Coringa Banner Coringa

Ex-secretária de comunicação da PMJP e Governo da PB assume gerência de Marketing da Energisa

Municípios fazem blitz para coibir animais soltos nas ruas após recomendação do Ministério Público

Michel Temer vai ficar sozinho em sala Michel Temer vai ficar sozinho em sala

Os municípios de Itabaiana, Mogeiro, Salgado de São Félix e Juripiranga vão realizar blitz para apreender animais soltos nas ruas. Os Municípios decidiram atender recomendação do Ministério Público para coibir a circulação aleatória de animais nas vias públicas locais. Essas blitz  deverão ser contínuas.

Diante disso, a Promotoria de Justiça de Itabaiana determinou o arquivamento do inquérito civil público instaurado para acompanhar o acatamento da recomendação por parte dos prefeitos.

Segundo a promotora de Justiça Miriam Pereira Vasconcelos, várias mortes haviam sido registradas por força de colisão de veículos com animais soltos. Por isso, a Promotoria realizou audiência pública com a participação de grande número de proprietários de animais e foi expedida a recomendação pela promotora Miriam Vasconcelos, que fez advertências a cada órgão e aos proprietários dos animais.

Entre as medidas recomendadas, também estão a realização de campanha pedagógica e ações repressivas. Participaram da audiência o Comandante do 8º Batalhão de Polícia Militar, Comando Regional do Corpo de Bombeiros de Campina Grande, Batalhão de Polícia Militar, dentre outras autoridades.

De acordo com a promotora, os municípios editaram leis que versam sobre a proibição e circulação de animais soltos sem guia com a previsão de apreensão e multa para os proprietários. O MP destacou a necessidade de conscientizar a população sobre a responsabilidade dos donos em relação aos animais.

“Deve-se ressaltar que a fiscalização deve ser contínua e permanente, pois as pessoas ainda não perceberam o quão grave são as consequências da conduta de deixar bichos soltos nas ruas sem guia, principalmente, para os condutores de veículo automotor, além de que a cidade fica suja com os dejetos dos animais, o que configura risco à saúde da população”, disse a promotora.

Banner asfalto

Sumé sedia nesta sexta-feira Encontro Regional do Programa Mais Médicos

Ingressos para a Paixão de Cristo em Nova Jerusalém são vendidos em Monteiro

Michel Temer e Moreira Franco são presos pela Lava Jato do RJ

Michel Temer vai ficar sozinho em sala Michel Temer vai ficar sozinho em sala Michel Temer vai ficar sozinho em sala

O ex-presidente Michel Temer foi preso em São Paulo na manhã desta quinta-feira (21) pela força-tarefa da Lava Jato do Rio de Janeiro. Os agentes também prenderam o ex-ministro Moreira Franco no Rio. A PF cumpre mandados contra mais seis pessoas, entre elas empresários e o coronel João Batista Lima Filho, amigo de Temer.

Preso, Temer foi levado para o Aeroporto de Guarulhos, onde vai embarcar em um voo e será levado ao Rio de Janeiro em um avião da Polícia Federal. O ex-presidente deve fazer exame de corpo de delito do IML em um local reservado e não deve ser levado à sede da PF de São Paulo, na Lapa.

Os mandados foram expedidos pelo juiz Marcelo Bretas, da 7ª Vara Federal Criminal do Rio, responsável pela Lava Jato no Rio de Janeiro. A prisão de Temer é preventiva. Ao todo são dez mandados de prisão: duas temporárias e oito preventivas. Agentes também cumprem 26 mandados de busca e apreensão no Rio de Janeiro, em São Paulo, no Paraná e no Distrito Federal.

Temer falou por telefone ao jornalista Kennedy Alencar, da CBN, no momento em que havia sido preso. O ex-presidente afirmou que a prisão “é uma barbaridade”.

Desde quarta-feira (20), a PF tentava rastrear e confirmar a localização de Temer, sem ter sucesso. Por isso, a operação prevista para as primeiras horas da manhã desta quinta-feira atrasou.

O MDB, partido do ex-presidente, divulgou uma nota. “O MDB lamenta a postura açodada da Justiça à revelia do andamento de um inquérito em que foi demonstrado que não há irregularidade por parte do ex-presidente da República, Michel Temer e do ex-ministro Moreira Franco. O MDB espera que a Justiça restabeleça as liberdades individuais, a presunção de inocência, o direito ao contraditório e o direito de defesa”, diz o texto.

Inquéritos contra Temer
Temer é um dos alvos da Lava Jato do Rio. A prisão teve como base a delação de José Antunes Sobrinho, dono da Engevix. O empresário disse à Polícia Federal que pagou R$ 1 milhão em propina, a pedido do coronel João Baptista Lima Filho (amigo de Temer), do ex-ministro Moreira Franco e com o conhecimento do presidente Michel Temer. A Engevix fechou um contrato em um projeto da usina de Angra 3.

Além deste inquérito, o ex-presidente Michel Temer responde a nove inquéritos. Cinco deles tramitavam no Supremo Tribunal Federal (STF), pois foram abertos à época em que o emedebista era presidente da República e foram encaminhados à primeira instância depois que ele deixou o cargo. Os outros cinco foram autorizados pelo ministro Luís Roberto Barroso em 2019, quando Temer já não tinha mais foro privilegiado. Os inquéritos foram enviados à primeira instância.

Michel Temer (MDB) foi o 37º presidente da República do Brasil. Ele assumiu o cargo em 31 de agosto de 2016, após o impeachment de Dilma Rousseff, e ficou até o final do mandato, encerrado em dezembro do ano passado. Temer é o segundo ex-presidente do Brasil preso por crime comum.

Eleito vice-presidente na chapa de Dilma duas vezes consecutivas, Temer chegou a ser o coordenador político da presidente, mas os dois se distanciaram logo no começo do segundo mandato.

Formado em direito, Temer começou a carreira pública nos anos 1960, quando assumiu cargos no governo estadual de São Paulo. Ao final da ditadura, na década de 1980, foi deputado constituinte e, alguns anos depois, foi eleito deputado federal quatro vezes seguidas. Chegou a ser presidente do PMDB por 15 anos.

Carro de caririzeiro pega fogo em cima de viaduto, em Campina Grande

Banner Câmara

Polícia prende mais um acusado de envolvimento com morte de vereador no Cariri

Espetáculo da Paixão de Cristo em Monteiro este ano apresenta diversas inovações

O tradicional espetáculo da Paixão de Cristo, encenado todos os anos no município de Monteiro, acontecerá nos próximos dias 18 e 19 e conta com uma série de inovações.

Paixão de Cristo – A Ceia do Senhor conta primeiramente com o retorno do diretor monteirense Rodrigo Leal, que incrementou a apresentação com seis novas cenas que acrescentam inúmeras surpresas, levando ainda mais emoção aos expectadores.

Outra grande novidade é o local da peça. Escolhido a dedo, o cenário será no Açude Parque da Cidade, próximo a Academia da Saúde no centro. Utilizando todos os recursos do local, Rodrigo agregará os elementos terra, água e fogo e cenas com passagens por entre o público.

Usando da nordestinidade, apesar de ser um espetáculo que tem uma representação tradicional da história, uma das cenas, já adianta o diretor, conterá uma característica bem conhecida pelas pessoas que prestigiarão o momento.

Em entrevista o diretor, que já realizou este trabalho por diversos anos, ainda pontua: “Serão 22 cenas com 8 cenários e mais de 100 participantes, entre atores e produção, para este espetáculo. Temos diversas novidades e assim levaremos essa mensagem de amor e compaixão aos monteirenses e tudo isto está sendo possível graças a visão da prefeita Anna Lorena, que sempre busca o melhor pra Monteiro, juntamente com a Secretaria de Cultura, que têm se desdobrado para que possamos emocionar com uma das mais belas histórias da humanidade”.

Serviço
Evento: Paixão de Cristo – A Ceia do Senhor
Data: Dias 18 e 19 de Abril – 20:30h
Local: Açude Parque da Cidade
Realização: Prefeitura de Monteiro – Secretaria Municipal de Cultura e Turismo
Parceria: Sebrae

Wellington assume liderança do PR e diz que partido não faz parte da base de Bolsonaro

IPVA poderá ser pago nas casas lotéricas a partir de abril, na Paraíba

Michel Temer vai ficar sozinho em sala Michel Temer vai ficar sozinho em sala

A Secretaria de Estado da Receita vai ampliar e facilitar o pagamento do IPVA (Imposto Sobre a Propriedade de Veículos Automotores) para os contribuintes paraibanos. A partir da segunda quinzena do mês de abril, o cidadão poderá efetuar o pagamento tanto nas lotéricas como em toda a rede bancária, por meio de Ficha de Compensação. Ela poderá ser emitida no portal da Receita Estadual (www.receita.pb.gov.br), como também do Detran-PB. Atualmente, o pagamento é feito apenas no Banco do Brasil.

O secretário de Estado da Receita, Marialvo Laureano, antecipou a novidade à presidente do Sindicato dos Empresários Lotéricos do Estado da Paraíba, Marlene Falcão, e aos membros da diretoria da entidade de classe e aos proprietários de lotéricas, que fizeram uma visita ao gabinete da Receita Estadual nesta quarta-feira (20). A pauta da audiência do segmento era justamente o pagamento dos impostos estaduais nas loterias, incluindo o IPVA. “Já estamos trabalhando essa ampliação com o gerente executivo de Arrecadação e de Informações Fiscais da Receita Estadual, Leonilson Lins de Lucena, para que essa ampliação seja efetivada até o mês de abril”, adiantou. O gerente também participou da reunião com a entidade.

O secretário Marialvo Laureano surpreendeu positivamente o segmento com o comunicado de que até o final do mês de abril os contribuintes poderão realizar o pagamento do IPVA nas casas lotéricas. Elas vão também desafogar as filas bancárias. Na Paraíba, existem mais de 300 lotéricas. “A presidente Marlene Falcão e os proprietários de lotéricas comemoraram a medida e agradeceram pela proatividade da Receita Estadual em ampliar o pagamento dos impostos estaduais para o segmento. As casas lotéricas, que funcionam como correspondentes bancários, são parceiros da Secretaria de Estado da Receita e esta ampliação vem também para facilitar a vida do cidadão, que ganhará centenas de pontos de pagamento do seu tributo”, comentou.

No último mês de fevereiro, a Receita Estadual ampliou também o pagamento do principal tributo do Estado, o ICMS, por meio de Ficha de Compensação, para toda a rede bancária do Estado, como forma de facilitar o serviço de pagamento dos empresários do Estado.

Banner Zabele

Policial Militar caririzeiro é baleado no Pernambuco

Edna Henrique se reúne com ministro e apresenta pleitos que atendem municípios do Cariri

Michel Temer vai ficar sozinho em sala Michel Temer vai ficar sozinho em sala

A deputada federal Edna Henrique (PSDB-PB) participou de uma reunião extremamente produtiva em Brasília, nesta terça-feira (19) com o ministro do Desenvolvimento Regional, Gustavo Henrique Rigodanzo, para solicitar agilidade no processo de pagamentos de convênios aos municípios de Brejo dos Santos, Cabedelo, Camalaú, Campina Grande, Riacho de Santo Antônio, Salgadinho, Salgado de São Félix e Santa Luzia.

Na ocasião, a parlamentar salientou que esses municípios dependem quase que exclusivamente do FPM, receita, esta, insuficiente para programar uma politica de investimentos.

Celeridade na conclusão do Eixo Norte da Transposição
Ainda na reunião, a deputada solicitou celeridade na conclusão da obra do Eixo Norte da Transposição do Rio São Francisco que já contabiliza sete anos de atraso em sua entrega. Edna Henrique informou que na previsão inicial, o sertão paraibano deveria estar recebendo a água desde o ano de 2012.

“O Eixo Norte da Transposição do Rio São Francisco vai beneficiar diretamente a população dos municípios paraibanos de Monte Horebe, São José de Piranhas e Cajazeiras, no Sertão que clamam pela urgência na conclusão dessa importante obra. Essas cidades serão contempladas com a água que vai sair do reservatório Boi II, em Brejo Santo (CE), até o reservatório Engenheiro Ávidos em Cajazeiras”, pontuou a deputada.

Inclusão de municípios no “Programa Água para Todos”
Finalizando a reunião, Edna Henrique também solicitou a inclusão dos municípios de Brejo dos Santos, Cabedelo, Camalaú, Cruz do Espírito Santo, Monteiro, Riacho de Santo Antônio, Salgadinho, Salgado de São Félix, Santa Luzia, São João do Cariri, Serra Branca, Sousa e Zabelê no “Programa Água para Todos”.

Ela destacou que os problemas de abastecimento de água nestes municípios prejudicam a população e o desenvolvimento local. “Essas cidades enfrentam uma situação gravíssima de falta d’água para o consumo humano, devido à seca que se arrasta desde 2012, fator que já provocou uma perda significativa na economia, haja vista suas principais atividades econômicas ser a agricultura e pecuária, o que promove a geração de emprego e renda”, salientou Edna.

Todos os pleitos foram protocolados através de ofícios e a deputada classificou a reunião como bastante proveitosa e reiterou que continuará fiscalizando, colocando-se sempre à disposição na cobrança por melhorias para os municípios paraibanos.

“A visita ao Ministro do Desenvolvimento Regional, Gustavo Henrique e sua equipe foi muito produtiva. Levamos pleitos da nossa querida Paraíba, como a inclusão dos municípios nos programas hídricos, de habitação, também a liberação de recursos de convênios e a aceleração das obras da transposição do Rio São Francisco Eixo Norte, entre outras propostas para o desenvolvimento do nosso estado. Desde já nosso agradecimento ao ministro pela acolhida e receptividade de toda equipe”, finalizou.

Educação do Campo realiza III Ciclo de Debate do Nupeforp

Governo da Paraíba cria programa de transporte escolar para alunos da zona rural

Banner Prata

IBOPE: Aprovação do governo Bolsonaro cai 15 pontos

Reforma da previdência dos militares prevê economia líquida de R$ 10,45 bilhões em dez anos

Michel Temer vai ficar sozinho em sala Michel Temer vai ficar sozinho em sala

O governo apresentou, nesta quarta-feira (20), a proposta de reforma do regime de aposentadoria dos militares e um plano de reestruturação de carreira do setor. A economia líquida deve superar R$ 10 bilhões no período de dez anos, informa o Ministério da Economia. Além disso, o projeto aumenta o tempo de serviço na ativa e também a alíquota de contribuição da categoria.

Ao longo de uma década, a expectativa do governo é:

– economizar R$ 97,3 bilhões com a reforma dos militares

– gastar R$ 86,65 bilhões com a reestruturação do setor

– obter uma economia líquida de R$ 10,45 bilhões

Em 20 anos, a economia estimada é de R$ 33,65 bilhões, informou o governo.

O processo de reestruturação de carreiras prevê as seguintes mudanças, dentre outras:

– no “adicional de habilitação”, que é uma parcela remuneratória mensal devida aos militares por conta de cursos realizados com aproveitamento;

– no “adicional de disponibilidade” (por conta de disponibilidade permanente e dedicação exclusiva);

– também serão implementadas alterações na ajuda de custo de transferência de militares para a reserva (de quatro a oito vezes o valor do soldo, total a ser pago uma única vez).

Os policiais militares e os bombeiros também serão incluídos na reforma das regras de aposentadoria dos militares. Segundo estimativas do Ministério da Economia, isso gerará aos estados e ao Distrito Federal uma economia de R$ 52 bilhões em dez anos.

Mudanças nas aposentadorias

A proposta de reforma do regime de aposentadoria dos militares aumenta o tempo de serviço na ativa e também a alíquota de contribuição da categoria.

Entre as mudanças que o governo propõe, estão:

– elevação da alíquota previdenciária de 7,5% para 8,5% em 2020 para 9,5% em 2021 – e para 10,5% de 2022 em diante.

– aumento do tempo para o militar passar para a reserva, de 30 para 35 anos na ativa;

– taxação de 10,5% nas pensões recebidas por familiares de militares.

STJ decide que homem deve pagar R$ 120 mil por transmitir HIV a ex-esposa

Em decisão inédita, o Superior Tribunal de Justiça (STJ) decidiu que um homem deve indenizar a ex-mulher, com quem manteve união estável por 15 anos e teve três filhos, em R$ 120 mil por danos morais em decorrência de tê-la infectado com o vírus HIV.

O caso, que tramitou sob sigilo, foi julgado ontem (19) na Quarta Turma do STJ. O relator, ministro Luís Felipe Salomão, destacou que a responsabilidade civil do homem decorre do fato de que ele sabia ser soropositivo e de que adotava comportamento de risco, mantendo relações extraconjugais, sem o conhecimento da companheira.

“O parceiro que suspeita de sua condição soropositiva, por ter adotado comportamento sabidamente temerário (vida promíscua, utilização de drogas injetáveis, entre outras), deve assumir os riscos de sua conduta”, disse Salomão durante o julgamento.

O ministro afirmou ter sido provado que o homem foi o responsável por transmitir o HIV e por isso deve indenizar a ex-esposa tendo em vista a “lesão de sua honra, intimidade e, sobretudo, de sua integridade moral e física”.

A mulher já havia conseguido o direito à indenização por danos morais na primeira instância da justiça de Minas Gerais, no valor de R$ 50 mil. No segundo grau, o valor foi aumentado para R$ 120 mil. Ele recorreu ao tribunal superior com o objetivo de aumentar o valor e também obter uma pensão mensal para compensar danos materiais provocados pela separação.

Por unanimidade, a Quarta Turma confirmou o valor de R$ 120 mil para a indenização, mas negou o pedido pela pensão mensal, por entender que para analisar a solicitação seria necessário um reexame de provas não permitido pela jurisprudência do STJ.

Prefeitura de Ouro Velho realiza limpeza no açude pertencente ao Estado

7ª Conferencia Municipal de Saúde acontece nesta quinta-feira em Monteiro

[+]   POSTAGENS