::Secretário representa prefeita de Monteiro em evento dos “Melhores do Cariri” ::Ricardo entrega Condomínio Cidade Madura de Campina Grande ::Realizada Conferência Municipal do CMDCA em Sumé ::Prefeitura de Camalaú abre inscrições para concurso público com 58 vagas ::Deputados mantêm veto a projeto que institui o Programa de Aposentadoria ::Paulino rompe com o governador e passa para oposição; Ricardo minimiza saída ::NEM DEFUNTO ESCAPA: Homem invade velório e atira no caixão de jovem em JP ::Deputado pede apoio da bancada federal para cobrar volta do subsídio do milho ::As Origens da Villa ::Gurjão inicia Programa de Inceminação Artificial em Bovinos Malves Supermercados

Secretário representa prefeita de Monteiro em evento dos “Melhores do Cariri”

fred_jr_queiroz_premioO desenvolvimento de Monteiro foi destaque em evento de premiação dos gestores caririzeiros ocorrido no último sábado (02), na cidade de Serra Branca. A gestão da prefeita Edna Henrique foi considerada destaque pelo desenvolvimento que promoveu no município nos últimos seis anos e sua premiação foi fruto da escolha de jornalistas que cobrem a região do Cariri. A gestora recebeu o troféu “Melhores do Cariri” pelas mãos de seu Secretário de Comunicação, Fred Menezes, que a representou na cerimonia ocorrida na Palhoça do Flamengo em Serra Branca.

A prefeita de Monteiro foi a responsável pela execução de um projeto arrojado, que transformou e destacou a cidade no cenário regional. Na gestão Edna Henrique, Monteiro ganhou uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA), a única instalada em toda a região até o momento, uma central do SAMU 192, modernizou e otimizou a mobilidade urbana, a partir da municipalização do trânsito, investiu fortemente na abertura de novas ruas e foi juntamente com seu esposo, o deputado João Henrique, a grande responsável pela articulação da instalação da Vara da Justiça Federal, o que projetou ainda mais a cidade e preparou o município para a futura implantação do curso de Direito.

Outro destaque de sua gestão foi o pagamento em dia dos funcionários municipais e fornecedores da Prefeitura, o que estimulou o comércio local. No turismo, a gestora também foi responsável pela formatação de um calendário de eventos, que movimenta durante todo o ano a maior cidade da região, com destaque para o São João de Monteiro que anualmente traz grandes atrações e projeta o município no circuito junino da Paraíba.

Para Fred Menezes, a gestão Edna Henrique modificou profundamente o destino de Monteiro e foi um divisor de progresso para a cidade. “Foi com muito orgulho e alegria que representei a prefeita Edna nesta solenidade, pois sou testemunha ocular do esforço que ela faz diariamente para desenvolver nosso município. O reconhecimento da imprensa regional, que é o elo entre a população e as instituições, é o coroamento de um trabalho que foi reconhecido pelo povo quando lhe outorgou a reeleição e dos números positivos da gestão Edna Henrique que por si só falam”, pontuou o auxiliar.

Fred Menezes também foi homenageado com o Troféu Melhores do Cariri por ter sido escolhido o secretário mais atuante do município. A votação foi realizada através dos sites De Olho no Cariri, Paraíba Mix e FestPB.

Banner Coringa Banner Coringa

Ricardo entrega Condomínio Cidade Madura de Campina Grande

Secretário representa prefeita de Monteiro em evento dos “Melhores do Cariri” Secretário representa prefeita de Monteiro em evento dos “Melhores do Cariri” Secretário representa prefeita de Monteiro em evento dos “Melhores do Cariri” Secretário representa prefeita de Monteiro em evento dos “Melhores do Cariri”

O governador Ricardo Coutinho entregou, nesta terça-feira (5), o Condomínio Cidade Madura de Campina Grande, o segundo construído na Paraíba destinado exclusivamente para pessoas idosas, um investimento superior a R$ 4 milhões. Na ocasião, ele anunciou que ainda este ano será construído mais um condomínio na cidade de Cajazeiras e que editais serão lançados para a construção de outros três nos municípios de Sousa, Patos e Guarabira.

“Gerar dignidade e respeito ao idoso é uma das metas desse governo”, afirmou o governador Ricardo Coutinho, ressaltando acreditar que um programa como o Cidade Madura venha a fazer parte do programa de Políticas Públicas do Governo Federal. “A Paraíba ousou ao criar o Cidade Madura trazendo respeito e felicidade para quem muito trabalhou e produziu e que atualmente não tem onde morar”, enfatizou.
O primeiro condomínio dessa modalidade foi construído em João Pessoa.

Segundo a presidente da Companhia Estadual de Habitação Popular (Cehap), Emília Correia Lima, o Cidade Madura já é referência em todo o Brasil. “A forma como o governador Ricardo Coutinho vem tratando os idosos está chamando a atenção de vários estados que querem vir a Paraíba conhecer o programa. Com essas construções, nosso Estado está ensinando o país como fazer políticas públicas”, disse Emília Lima.

A secretária de Estado do Desenvolvimento Humano, Aparecida Ramos, por sua vez, afirmou que uma só palavra define o Cidade Madura: dignidade. Ela disse ainda que a forma como o governador Ricardo Coutinho vem promovendo as políticas públicas já se tornou referência nacional.

O Cidade Madura é um programa habitacional criado pelo Governo do Estado, por meio da Cehap, com a finalidade de promover acesso à moradia digna e adequada às necessidades das pessoas com idade igual ou superior a 60 anos. São casas construídas nos moldes de um condomínio fechado, cercadas de uma ampla infraestrutura. O diferencial que o programa é voltado para idosos independentes.

Investimento – A obra tem 40 unidades residenciais, com 54 metros quadrados de área cada. O investimento total no condomínio de Campina Grande foi de R$ 4,047 milhões, com recursos do Tesouro Estadual e Fundo de Combate e Erradicação da Pobreza (Funcep). Assim, Campina Grande torna-se o segundo município do Brasil a ganhar um condomínio residencial público fechado e exclusivo para idosos.

Coordenado pela Secretaria de Estado do Desenvolvimento Humano (Sedh), o Cidade Madura tem áreas de convivência social e lazer de acordo com as diretrizes da Política Estadual para a Pessoa Idosa do Estado da Paraíba.

São contempladas pessoas independentes para a realização das atividades de vida diária, ou com deficiência, com renda mensal de até cinco salários mínimos, preferencialmente sós ou com seus companheiros ou cônjuges.

As casas são totalmente adaptadas às necessidades das pessoas idosas, com atenção à segurança dos moradores em cada cômodo. O condomínio tem guarita de vigilância, praça, pista de caminhada, redário, sala de atendimento médico, centro de vivência e horta comunitária. A área é toda urbanizada dentro das normas de acessibilidade.

Os moradores foram escolhidos após um completo estudo social realizado pela Secretaria Estadual do Desenvolvimento Humano, por meio de assistentes sociais e psicólogos. Os moradores não podem modificar, emprestar, locar ou ceder os imóveis, e pagarão apenas as despesas referentes às áreas comuns. As casas pertencem ao Governo da Paraíba, não existindo direitos reais e sucessórios sobre elas. A concessão só será rescindida se o idoso manifestar interesse, perder sua autonomia ou falecer. O imóvel, então, é cedido para outra pessoa idosa.

O primeiro Cidade Madura foi inaugurado em João Pessoa, o segundo, em Campina Grande e o terceiro já está sendo construído no município de Cajazeiras e deverá ser entregue no segundo semestre deste ano. O Governo do Estado contemplará ainda os municípios de Patos, Sousa e Guarabira com o programa.

Realizada Conferência Municipal do CMDCA em Sumé

Secretário representa prefeita de Monteiro em evento dos “Melhores do Cariri” Secretário representa prefeita de Monteiro em evento dos “Melhores do Cariri”

A Secretaria Municipal de Assistência Social e o Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA) realizaram na manhã de terça-feira (05), a III Conferência dos Direitos da Criança e do Adolescente.

A reunião aconteceu na Câmara de Vereadores e teve a participação da secretária de Assistência Social, Brígida Xavier, secretária de Administração, Ana Paula, as equipes do CREAS, CRAS, Serviços de Convivência, Conselho Tutelar, professores, diretores, alunos e a Polícia Militar.

A Conferência é um Fórum Municipal de debates entre governo e sociedade civil sobre a defesa dos direitos da criança e do adolescente, convocado pelo Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA), que tem por finalidade propiciar uma reflexão em âmbito municipal, visando reconhecer, valorizar e promover a ampliação da participação da sociedade civil no controle social e no apoio institucional preconizado pelo Estatuto da Criança e do Adolescente.

Durante a sessão, o Regimento Interno foi submetido à aprovação, em seguida aconteceu a palestra com a conferencista do Conselho Estadual, Ana Targino. Logo após, foram discutidos cinco eixos temáticos. Para cada eixo, foram apresentadas propostas que serão encaminhadas à Conferência Estadual e trabalhadas para que possam ser colocadas em prática no município.

Quatro delegados foram escolhidos para representar o município durante a Plenária Estadual: a presidente do CMDCA, Brígida Xavier, a professora do CDSA, Sheylla Galvão, o adolescente Douglas Renato e o conselheiro tutelar, José Erinaldo da Silva.

Também foi criada uma comissão para trabalhar na construção do Plano Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente. A secretária Brígida Xavier ressaltou que a Ação Social está sempre buscando fortalecer esses direitos e garantir o acesso das famílias, através dos trabalhos desenvolvidos no CRAS, CREAS, Serviços de Convivência e CMDCA.

Banner Segundo Wilson Ricardo

Prefeitura de Camalaú abre inscrições para concurso público com 58 vagas

Secretário representa prefeita de Monteiro em evento dos “Melhores do Cariri” Secretário representa prefeita de Monteiro em evento dos “Melhores do Cariri”

A Prefeitura Municipal de Camalaú, no Cariri da Paraíba, iniciou nesta terça-feira (05), as inscrições para o concurso público para preencher 58 vagas nas áreas de saúde, educação e administração, com salários que vão de 788,00 a 1.512,00. As inscrições se estenderam até o dia 26 de maio, e podem ser feitas através da internet. Confira o edital aqui .

As taxas de inscrições de R$ 50,00 para cargos de nível fundamental completo, R$ 57,00 para cargos de nível médio e R$ 70, 00 para cargos de nível superior, devem ser pagas mediante Boleto Bancário.

As provas serão aplicadas no dia 21 de junho de 2015 em Camalaú, com locais e horários vindos no cartão de inscrição.

As oportunidades disponíveis no edital do concurso são para as seguintes funções: Enfermeiro, Fisioterapeuta, Nutricionista, Odontólogo Endodontista, Odontólogo Cirurgião, Odontólogo Periodontista, Professor de Língua Portuguesa, Porteiro, Professor de Língua Inglesa, Professor de História, Professor de Geografia, Professor Ciências, Professor de Artes, Professor de Educação Física, Psicólogo, Técnico de Saúde Bucal, Professor Fundamental I, Professor de Matemática, Auxiliar de Serviços Gerais e Agente Administrativo.

Para mais informações acesse o site: www.apiceconsultoria.com.

Deputados mantêm veto a projeto que institui o Programa de Aposentadoria

Secretário representa prefeita de Monteiro em evento dos “Melhores do Cariri” Secretário representa prefeita de Monteiro em evento dos “Melhores do Cariri”

O Plenário da Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB) aprovou a manutenção de um dos vetos em pauta do Governador do Estado durante a sessão ordinária desta terça-feira (5). Por unanimidade foi mantido o veto 26/2015, de autoria do Tribunal de Contas do Estado (TCE) que dispõe sobre a instituição do Programa de Aposentadoria Incentivada (PAIN) para os servidores efetivos do TCE.

O Projeto de número 26/2015 veta totalmente o Projeto de Lei de número 11/2015 que cria o PAIN. A justificativa para o veto é por inconstitucionalidade, inclusive partindo de informações prestadas pelo próprio TCE. A votação foi aberta e os deputados acataram a decisão do próprio TCE mantendo o veto por unanimidade.

Requerimentos sobre empreendedorismo

Um dos requerimentos aprovados durante a sessão foi o de número 673/2015 de autoria do deputado Charles Camaraense. O projeto solicita a criação da Frente Parlamentar do Empreendedorismo. Para o autor do projeto, o que justifica a criação da Frente Parlamentar é a necessidade de discutir questões sobre o empreendedorismo na Paraíba e os possíveis incentivos para quem deseja empreender no interior do Estado.

Ele afirma ainda que um dos papeis da Frente será levantar dados sobre o interior do Estado, onde se encontra o maior déficit de emprego e renda. “A frente vai nos ajudar a enxergar o empreendedorismo no interior do Estado. Para isso, vamos contar com o apoio de diversas entidades como a Femicro e o Sebrae para subsidiar e fortalecer as diversas ações que vamos propor, também com foco no interior do Estado”, disse o parlamentar.

Outro requerimento que dispõe sobre o apoio às micro e pequenas empresas no Estado é o de número 677/2015, de autoria do deputado Buba Germano, que solicita a implantação do roteiro turístico “Nas Trilhas dos Potiguaras” que vai abarcar os municípios de Marcação, Baia da Traição e Rio Tinto. “Inspirado numa ideia do secretário Ivan Burity de resgatar a história dos potiguares, queremos oferecer um tipo de turismo ecológico e sustentável . A partir desta propositura queremos sentar com o Governo para ouvir as comunidades indígenas, discutir melhorias e atrair investimentos para essas áreas”, justificou o parlamentar.

Paulino rompe com o governador e passa para oposição; Ricardo minimiza saída

Secretário representa prefeita de Monteiro em evento dos “Melhores do Cariri” Secretário representa prefeita de Monteiro em evento dos “Melhores do Cariri”

O ex-governador Roberto Paulino (PMDB) anunciou nessa segunda-feira (4) rompimento político ao governador Ricardo Coutinho (PSB). O peemedebista, que apoiou o chefe do executivo no segundo turno das eleições de 2014, refutou as críticas desferidas por Ricardo Coutinho nesse final de semana ao seu filho, o deputado estadual Raniery Paulino (PMDB), e declarou que agora passa a fazer parte da oposição ao Governo Estadual.

No final de semana em passagem pela cidade de Solânea, no Brejo paraibano, o governador afirmou que o deputado Raniery Paulino “está buscando se autovalorizar”, o que segundo ele é “lamentável. O parlamentar no segundo turno das eleições do ano passado assumiu a postura de neutralidade e a manteve em seu novo mandado na Assembleia Legislativa.

Roberto Paulino afirmou que o deputado em nenhum momento quis aderir ao governo e sofreu pressões durante e depois o período eleitoral. “Ele recebia muitas mensagens que não eram nada republicanas. Eu só lamento ter chegado a esse ponto”, disse.

O ex-governador, que liderou a campanha no segundo turno de Ricardo Coutinho em Guarabira, no Brejo, acusou o grupo do governador de promover ataques ‘zenobistas-girassóis’ contra a sua família, em referencia ao prefeito do município.

“Não tenho medo de cara feia, não tenho medo de governo. Estou contra o prefeito e contra o governo”, confirmou.

Ricardo comenta

O governador Ricardo Coutinho (PSB) comentou, nesta terça-feira (5), as declarações de Roberto Paulino (PMDB) anunciando a adesão à oposição ao Governo Estadual. O socialista minimizou o rompimento político de Paulino, que o apoio no segundo turno das eleições de 2014. “Cada um sabe o seu caminho, o nosso caminho é continuar trabalhando pela Paraíba, nosso caminho é só esse”, disse.

Segundo ele, Paulino e o filho, o deputado estadual Raniery Paulino (PMDB), ‘destoavam’ nas posições políticas assumidas no estado. “O que eu sei é que o filho destoava do pai, pregava que apoiava o Governo e o filho simplesmente tinha uma postura completamente contrária a ele. Eu não vou entrar nesse mérito”, afirmou.

O peemedebista anunciou o rompimento após o governador criticar Raniery Paulino. No final de semana em passagem pela cidade de Solânea, no Brejo paraibano, o governador afirmou que o deputado Raniery Paulino “está buscando se autovalorizar”, o que segundo ele é “lamentável.

O parlamentar no segundo turno das eleições do ano passado assumiu a postura de neutralidade e a manteve em seu novo mandado na Assembleia Legislativa.

NEM DEFUNTO ESCAPA: Homem invade velório e atira no caixão de jovem em JP

Terceiro postagens – Câmara Monteiro

Deputado pede apoio da bancada federal para cobrar volta do subsídio do milho

joaohenriquegrandetribunaO deputado estadual João Henrique (DEM) cobrou através de requerimentos aprovados pela Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB) que a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), através do presidente Rubens Rodrigues dos Santos, renove o subsídio do milho, objeto da portaria interministerial nº 710/14, importante instrumento regulatório de defesa.

O parlamentar justifica que a agricultura familiar e pecuarista da Paraíba, bem como na região Nordeste do país, vem enfrentando dificuldades para manter a alimentação dos seus rebanhos em razão do valor do milho, cotado no balcão da CONAB a R$ 39,90. O preço do milho subsidiado ficaria em média R$ 20,00 por saca de 60 kg.

O deputado João Henrique afirmou que é necessária a união de forças para que o pleito dos agricultores paraibanos seja atendido e apela para que a bancada federal paraibana cobre uma solução imediata da Conab.

“Este quadro que ora se registra no nosso meio rural tem suscitado inúmeras reclamações e produzido reivindicações, vez que seus bens de produção dependem substancialmente da aquisição do milho na forma subsidiada. Independente do quadro político que a sociedade vive hoje, ações urgentes do poder central deveria acolher as dificuldades dos trabalhadores e produtores”, pontuou o deputado.

João Henrique destacou que são necessárias ações eficazes e emergentes dos representantes do Congresso Nacional para que se resgate a situação de equilíbrio entre os meios de produção, seja a pecuária ou a agricultura tradicional dos contemporâneos, que vê no milho a sua fonte principal de subsistência para manter sua família e gerar investimentos.

Os requerimentos aprovados pelo voto unânime dos parlamentares no plenário da Assembleia Legislativa da Paraíba, serão encaminhados à Conab e ao Ministério da Agricultura, direcionado ao gabinete da ministra Kátia Abreu.

As Origens da Villa

Por Wanderley Barreto

saojoaodocariri2A história da “Mãe do Cariri”, Villa Real de São João do Cariry, remonta ao Brasil Colônia, exatamente a 1669, ano no qual o Alferes José Alves Martins fez a doação de uma Sesmaria, que viera a receber o nome de Sítio São João. Eis a gênese de nossa cidade, ou melhor, de nossa futura cidade, pois que neste momento existira apenas uma mera área habitacional.

Decorridos 81 anos, mais precisamente ao ano de 1750, nas proximidades do sítio São João – o mesmo situava-se onde atualmente é o sítio Curral do Meio – é criada a Freguesia de Nossa Senhora dos Milagres, tendo por sede a Igreja de Nossa Senhora dos Milagres, templo este construído pelos sacerdotes e demais membros da Companhia de Jesus, os Jesuítas, os quais deixaram sua marca indelével na colossal estrutura daquele Santuário.

No ano de 1776, 26 anos após a criação da Freguesia de N. S. dos Milagres, dá-se o processo de elevação a categoria de Julgado com o nome de Cariri Velho ou Cariri de Fora, sendo jurisdicionada a comarca da Cidade de Nossa Senhora das Neves – atual João Pessoa.

Passados 22 anos, especificamente no ano de 1798, a Freguesia de N. S. dos
Milagres recebe outro nome, qual seja: Villa de São Pedro, em homenagem a Pedro de Bragança, que subiu ao Trono à época como Pedro III, 19º duque de Bragança, esposo da então Rainha de Portugal, D. Maria I de Portugal.

Em 1803, mais precisamente aos 5 dias do mês de Maio – data esta que se comemora a institucionalização político-administrativa da nobre Villa – a então Villa de São Pedro passa por outra mudança, pois que nessa data acontece a instalação oficial da Villa Real de São João do Cariry, em homenagem ao Príncipe João Rafael de Bragança, que mais tarde assumiria o Trono Real com o título de D. João VI. Alguns anos mais tarde, mais precisamente em 1854, a Villa Real é elevada a categoria de Comarca.

Nossa história não é rica apenas no que diz respeito aos aspectos que permeiam a sua formação, os seus nomes, enfim, aos detalhes que compõe o seu processo de surgimento e desenvolvimento enquanto cidade, assim se fazendo necessário pontuar sobre: sua imensa área territorial, que chegando a atingir 1/3 do território do Estado da Parahyba, teve sob seus domínios cidades de grande porte na atualidade, a exemplo de: Campina Grande. Contudo, sua localização geográfica não colaborou satisfatoriamente para seu desenvolvimento enquanto polo comercial.

Além de sua extensão territorial, se faz mister salientar o celeiro de homens cultos que fora esta cidade, ao ponto de ser chamada de “Atenas do Cariri Velho”, sendo ainda sede de um dos primeiros e mais importantes colégios de ensino secundário do interior do Estado Parahyba, diga-se de passagem, colégio este fundado pelo Dr. Francisco Aprígio de Vasconcelos Brandão, o qual era avô do grande jornalista Assis Chateaubriand, que há quem diga que este teve parte de sua formação no referido colégio.

Indo além dos aspectos territoriais e educacionais, nos deparamos com a marca cultural que se sedimenta na tradição religiosa advinda desde seu surgimento, sobretudo com a construção da Igreja de N. S. dos Milagres. Tal templo é característica marcante de nossa cidade, pois desde a origem deste culto, que a cidade tornou-se lugar de peregrinação dos fieis no período de festividade da Padroeira, celebrado ao mês de setembro de cada ano.

Os aspectos outrora elencados – datas, antigos nomes dado a cidade, seu desenvolvimento político-estrutural (julgado, Villa, etc), território, religiosidade – nos fala um pouco sobre nossa cidade, bem como nos dá a tarefa de ir à busca de mais informações a respeito da mesma, pois que nossa história é linda e gloriosa, afinal de nós que se originou toda uma região – cariri -, e, consequentemente, uma cultura, por assim dizer.

Deste modo, digo, com essas poucas e humildes palavras – passivas de erros, visto ao número limitado de informações bibliográficas que tive acesso – , é que exteriorizo os meus mais sinceros e elevados votos de parabéns aos concidadãos e a nossa querida e amada Villa Real de São João do Cariry.

Que D’us, o Soberano Grande Arquiteto do Universo, nos encaminhe para o desenvolvimento e o sucesso da nossa querida cidade. Parabéns Villa Real!

Gurjão inicia Programa de Inceminação Artificial em Bovinos

FATALIDADE EM SUMÉ: Idosa morre após acidente na cozinha de casa

Banner boca escancarada

Prefeitura implanta coleta seletiva de lixo com o Projeto Prata Limpa

MEC diz que esgotou a verba para novos contratos do Fies em 2015

Secretário representa prefeita de Monteiro em evento dos “Melhores do Cariri” Secretário representa prefeita de Monteiro em evento dos “Melhores do Cariri”

O ministro da Educação, Renato Janine Ribeiro, afirmou na tarde desta segunda-feira (4) que o MEC já esgotou a verba de 2015 para novos contratos do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies). Ele disse que a abertura de uma segunda edição do programa, no segundo semestre deste ano, não está garantida, e explicou que, no caso dos estudantes que não puderam se inscrever no primeiro semestre, seria “inútil” reabrir as inscrições, que foram encerradas na última quinta (30). Segundo o MEC, o montante destinado para novos contratos do Fies neste ano era de R$ 2,5 bilhões.

No mesmo dia, a Justiça Federal de Mato Grosso determinou que esse prazo fosse prorrogado por tempo indeterminado, para garantir que estudantes que tiveram problemas técnicos com o site pudessem se inscrever. “Entendemos que, não havendo mais recursos, a reabertura do sistema seria meio inútil. De qualquer forma, nós ainda não fomos notificados, mas vamos recorrer”, afirmou ele em entrevista coletiva que aconteceu às 16h em Brasília. Segundo reportagem do Jornal Nacional, o MEC foi notificado pela Justiça da decisão por volta das 19h desta segunda (assista à reportagem acima).

Apesar da decisão judicial, desde que o sistema foi fechado para novos contratos, após a quinta-feira, ele não voltou a ser reaberto. No site aparece o frase “o prazo para inscrição no Fies encerrou dia 30.4.2015″. Para quem já tem contrato, a renovação pode ser feita até 29 de maio.

Sobre a possibilidade de abrir o Fies para novos contratos no segundo semestre, Janine disse que ainda não sabe o que vai ocorrer. “Depende da disponibilidade orçamentária”, disse. “Estamos trabalhando nisso, mas não podemos prometer algo que não temos certeza.”

Segundo o secretário-executivo do MEC, Luiz Cláudio Costa, a verba do Fies para novos contratos neste ano é de R$ 2,5 bilhões. Ele afirmou que, “mesmo em ano de ajuste fiscal, há compromisso do governo com a educação”.

Metade da demanda atendida
No primeiro semestre de 2015, o Fies teve um total de 252.442 novos contratos com o processo concluído pelo site oficial. “Esse número pode mudar porque haverá casos, talvez, de alunos que não cumprem requisitos, quando forem ao banco. Pode haver queda, mas acreditamos que pode ser muito pequena”, explicou o ministro.

No total, o sistema recebeu cerca de 500 mil pedidos de novos contratos, uma demanda maior que no ano passado, segundo Luiz Cláudio, quando foram cerca de 480 mil candidatos.

“Na próxima edição, queremos que todos saibam quantas vagas serão. Ele vai saber que o curso X na instituição X tem tantas vagas. Ele vai concorrer de forma transparente pela sua nota do Enem”, explicou Costa.

Zona Franca do Semi-Árido será salvação econômica da Paraíba, diz a UBAM

leonardosantanapequenaO presidente da União Brasileira de Municípios (UBAM), Leonardo Santana, destacou a importância da proposta de sua autoria, para a criação e instalação da Zona Franca do Semi-Árido, lançada desde 2008, que tramita no congresso nacional, através de uma Proposta de Emenda Constitucional, a PEC 19/2011.

Já aprovada na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara dos Deputados, a proposta seguirá ainda esse ano para ser votada em plenário. Garantiu o dirigente municipalista, que pediu uma audiência ao presidente da casa, Deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ), objetivando obter o apoio para realização de um amplo debate, através de seminários que estão sendo realizados em todos os Estados do Nordeste.

Segundo Leonardo, que tem mantido um imenso esforço na representação em favor das prefeituras, mantendo uma repleta agenda de visita aos Municípios que compõem o polígono das secas, a instalação da Zona Franca se constitui na maior conquista para o Semi-Árido nordestino e será a “salvação econômica e social” dos municípios, que há tantos anos sofre a carência de atenção governamental, os quais conseguirão a tão necessária independência, que os impede de crescer, devido ao frágil pacto federativo, que continua fazendo do governo da União um cruel concentrador de tributos e, ao mesmo tempo, impondo aos pequenos entes as maiores responsabilidades sociais.

Ele informou que um dos maiores objetivos da Zona Franca do Semi-Árido é a interiorização do desenvolvimento, considerando que o projeto prevê a instalação de nove pólos industriais em cidades com localização estratégica, em áreas distantes das capitais, devendo as mesmas expandirem os investimentos para todos os pequenos e esquecidos Municípios.

Na Paraíba, o projeto poderá sofrer algumas modificações, com a instalação de dois pólos industriais, sendo que o maior será instalado entre os Municípios de Campina Grande e Soledade e outro nas proximidades de Cajazeiras, interligados por linha férrea, com a construção de portos secos, mesmo assim com escoação da produção para o porto de Cabedelo e Suape, em Pernambuco.

”Desde 2008, estamos lutando por esse projeto, e temos certeza que o momento atual nos sinaliza a concretização desse grande sonho de transformar o Nordeste numa Região mais justa e totalmente desenvolvida, para diminuir as diferenças sociais e evitar que os prefeitos continuem de pires na mão pedindo as esmolas do governo federal”, disse o presidente da UBAM.

Paraíba registra 5,4 mil casos de dengue, segundo Ministério da Saúde

dengueO Ministério da Saúde divulgou nesta segunda-feira (4) que a Paraíba registrou a notificação de 5.427 casos de dengue entre 1º de janeiro e 18 de abril deste ano. O quadro na vizinhança do estado, no entanto, preocupa: os três estados que fazem divisa com a Paraíba somam 54.053 casos.

No Nordeste, o maior estado com maior número de registros é Pernambuco, onde o número chega a 24.340, seguido da Bahia (20.746), Ceará (20.913) e Rio Grande do Norte (12.394), onde o quadro já é considerado epidêmico, com 363,6 casos para cada 100 mil habitantes.

Segundo a gerente executiva de Vigilância em Saúde da Secretaria Estadual de Saúde, Renata Nóbrega, a situação nos estados vizinhos faz aumentar a necessidade de monitoramento dos casos suspeitos na Paraíba. Segundo ela, o número de notificações este ano já aumentou em relação ao ano passado e a SES observa um maior comprometimento dos profissionais de saúde em fazerem os registros. “Precisamos monitorar especialmente os casos graves, mas os números em geral ajudam para que as ações de vigilância sejam intenstificadas”, explica.

A Secretaria também divulgou um balanço da doença nesta segunda-feira, mas em relação ao período que segue até 27 de abril. De acordo com o relatório, foram notificados 6.052 casos suspeitos de dengue, sendo 641 descartados. Uma morte foi confirmada, registrada em Alhandra, e outras seis estão sob investigação. Também foram notificados seis casos suspeitos de Febre Chikungunya, mas cinco já foram descartados e um continua sob investigação.

Reconheça os sintomas
Diagnosticar a dengue com rapidez é uma das chaves para combater a doença com maior eficácia. O primeiro passo para isso é conhecer como a infecção se manifesta.

Se os sintomas forem reconhecidos, é fundamental procurar um médico o mais rápido possível. Em geral, a doença tem evolução rápida.

Por isso, saber antes pode fazer a diferença entre a ocorrência de um mal menor e consequências mais graves, principalmente no caso de crianças.

Existem quatro tipos do vírus da dengue: O DEN-1, o DEN-2, o DEN-3 e o DEN-4. Eles causam os mesmos sintomas. A diferença é que, cada vez que você pega um tipo do vírus, não pode mais ser infectado por ele. Ou seja, na vida, uma pessoa só pode ter dengue quatro vezes.

70% a 90% das pessoas que pegam a dengue pela primeira vez não têm nenhum sintoma. Nos casos mais graves, a doença pode ser hemorrágica ou fulminante, levando à morte.

Os principais “sinais de alerta” da doença são dor intensa na barriga, sinais de desmaio, náusea que impede a pessoa de se hidratar pela boca, falta de ar, tosse seca, fezes pretas e sangramento.

Diagnóstico precoce
É essencial fazer tanto um diagnóstico clínico – que avalia os sintomas – como o exame laboratorial de sorologia, que verifica a contagem de hematócritos e plaquetas no sangue.

A contagem de hematócritos acima do normal e de plaquetas abaixo de 50 mil por milímetro cúbico de sangue pode ser um indício de dengue.

O exame de sangue, por si só, não determina se o paciente está com dengue ou não. É preciso diagnosticar também os sintomas. Esses dois fatores vão determinar as condições do paciente.

O período crítico da doença é quando a febre do paciente diminui. Se a febre passar e o paciente tiver muita dor na barriga, ele está num estado grave mesmo sem sangramento. Esse poder ser um problema no atendimento primário nos hospitais porque geralmente as pessoas com febre são atendidas prioritariamente.

Deputado João Henrique apresenta projeto Código do Consumidor

Secretário representa prefeita de Monteiro em evento dos “Melhores do Cariri” Secretário representa prefeita de Monteiro em evento dos “Melhores do Cariri”

O Projeto de Lei 145/2015 que dispõe sobre a inclusão de atividades pedagógicas destinadas a divulgar o Código de Defesa do Consumidor nas escolas particulares da Paraíba, de autoria do deputado estadual João Henrique (DEM), foi aprovado por unanimidade pela Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB).

O PL foi estruturado com base na Lei Nº 8.078, de 11 de setembro de 1990 e obriga as escolas a fixarem em suas dependências recursos de direito de conhecimento sobre a Lei 9.870 de 23 de novembro de 1999 que trata de mensalidades escolares, adotando outras providências.

O projeto aprovado no plenário da ALPB foi publicado na terça-feira (28) no Diário do Poder Legislativo (DPL). E, de acordo com a justificativa do parlamentar, a ampla divulgação do Código de Defesa do Consumidor (CDC) possibilita o conhecimento de seus objetivos e amplia a discussão sobre a importância da transparência e harmonia nas relações de consumo.

O projeto que segue para a sanção do Governo do Estado determina que as Escolas Particulares da Paraíba devem adotar, inclusive, atividades pedagógicas, destinadas a divulgar o Código de Defesa do Consumidor. No entanto, as atividades pedagógicas devem ser trabalhadas dentro de um caráter interdisciplinar com alusão ao Código de Defesa do Consumidor, discutidas e avaliadas pela equipe pedagógica de modo a ser aplicada sem interromper as atividades curriculares normais.

O deputado João Henrique lembra que são direitos dos pais e estudantes em relação às escolas particulares, entre outros dispositivos, os seguintes:

a) Ser informados de forma clara os valores das mensalidades, com antecedência mínima de 45 dias antes da data final para a matrícula, afixando nas suas dependências em local de fácil visibilidade;

b) Ser informado que a escola só pode rever os valores das mensalidades somente uma vez por ano;

c) Ser dada ciência que o aluno em débito com a escola não poderá ser desligado antes;

d) Ser informado que se o aluno estiver com as mensalidades atrasadas, não poderá ser humilhado e nem ameaçado;

e) Estar ciente que é proibida a retenção de documentos escolares ou a aplicação de qualquer outra penalidade pedagógica, por motivo de atraso no pagamento das mensalidades.

Saúde de Sumé é escolhida a melhor do Cariri

Secretário representa prefeita de Monteiro em evento dos “Melhores do Cariri” Secretário representa prefeita de Monteiro em evento dos “Melhores do Cariri”

A administração municipal de Sumé é mais uma vez premiada pelas ações e melhorias que são implantadas na cidade pela gestão do prefeito doutor Neto. No último sábado (02), o prefeito recebeu o prêmio “Gestor Referência no Cariri na Área da Saúde”. Doutor Neto foi escolhido por um grupo de jornalistas do Cariri selecionados pela organização do evento.

A premiação aconteceu no município de Serra Branca e o evento foi uma promoção dos sites De Olho no Cariri, Paraíba Mix e Fest PB, respectivamente dos jornalistas Klebson Wanderley, Júnior Queiroz e Felipe Camarão.

De acordo com os organizadores do evento, ao receber o prêmio, doutor Neto foi o prefeito mais aplaudido da solenidade, em reconhecimento pelos serviços que tem prestado na área da Saúde com atuação em todo o Cariri, a exemplo do Consórcio Intermunicipal de Saúde do Cariri Ocidental (Cisco).

A premiação da Saúde de Sumé ainda foi mais além. Também foi destaque o secretário de Saúde, Antônio Carlos Sarmento, eleito por votação popular, via internet, como o secretário mais atuante do município.

Além dos prêmios recebidos no último sábado (02), a administração de Sumé já havia sido premiada, recentemente, com duas escolhas de destaque nacional, uma na Saúde e outra na Assistência Social.

Na Saúde, o secretário Antônio Carlos, recebeu o prêmio Inovar, no Estado do Rio de Janeiro, pelos serviços ofertados na área enquanto secretário municipal.

Quesitos como redução da mortalidade infantil, Índice de Desenvolvimento Humano Municipal, campanhas de vacinação e cumprimentos de metas do Plano Municipal de Saúde foram preponderantes para a escolha de Sumé, que esteve entre um seleto grupo de 50 município brasileiros melhores avaliados.

Semana passada foi a vez da escolha da Assistência Social de Sumé, eleita pela segunda vez consecutiva com o Prêmio Nacional Sustentabilidade Social, estando colocada entre 50 municípios brasileiros melhores avaliados.

Sumé foi escolhida pelo trabalho realizado pela secretária Brígida Xavier e sua equipe à frente da Assistência Social do município. A premiação à Brígida será entregue entre os dias 15 e 18 de maio, na cidade de Foz do Iguaçu, no Estado do Paraná.

Também foram escolhidos como mais atuantes no Troféu Melhores do Cariri, os vereadores José Deocleciano (Dró), Donzília Martiniana e Jeffeson Menezes.

Tiroteio durante bingo gera tumulto e deixa duas pessoas feridas em Boqueirão

[+]   POSTAGENS