::Cássio diz que PSDB errou e cita vitória de Bolsonaro como falência do sistema político ::Prefeitura de Sumé paga segunda parcela do 13° dos servidores municipais ::Quatro cidades do Cariri estão entre os menores PIBs da Paraíba ::Prefeito Éden Duarte recebe neste sábado Prêmio Referência por excelência em gestão ::Centro de Reabilitação de Monteiro recebe prêmio de excelência de prestação de serviço ::Prefeitura de Camalaú antecipa repasse do Duodécimo à Câmara de Vereadores ::Câmara de Monteiro aprova contas de 2014 da ex-prefeita Edna Henrique ::DPVAT: valor do seguro obrigatório vai cair 63,3% em 2019 ::Comissão do Congresso aprova bloqueio de verbas para Canal Vertente Litorânea ::Marielle foi morta por milicianos por causa de terras, diz secretário do RJ Malves Supermercados

Açude de Boqueirão perde volume pela primeira vez após transposição

(08/01/2018)
Açude de Boqueirão perde volume pela primeira vez após transposição Açude de Boqueirão perde volume pela primeira vez após transposição

Pelo terceiro dia seguido o volume do açude Epitácio Pessoa, conhecido como açude de Boqueirão baixou o nível de água. Mesmo tendo as recargas através da transposição das águas do Rio São Francisco, o manancial está perdendo volume. Essa foi a primeira vez que houve perda de volume desde que o reservatório começou a receber as águas do São Francisco, em 18 de abril de 2017.

Uma manutenção na obra causou a redução, segundo informou a Agência Executiva de Gestão das Águas da Paraíba (Aesa).

Segundo os dados da Aesa, o volume começou a diminuir desde a última sexta-feira (5), quando açude estava com 39,769 milhões de m³ de água (9,66%). No sábado (6) o volume caiu para 39,694 milhões de m³ (9,94%). No domingo (7) o nível caiu mais uma vez para 39,619 milhões de m³ (9,62%). Nesta segunda-feira (8), o volume se manteve até 11h (horário local).

O gerente de monitoramento e hidrometria da Aesa, Alexandro Magno, confiurmou que em três dias o açude teve uma perda de pelo menos 2 cm no nível de água, o que equivale a cerca de 150 mil de m³ de água. Segundo ele, a administração do Projeto do Rio São Francisco informou que teve que desligar uma bomba de uma das estações elevatórias para montagem de outra do sistema e por isso, reduziu a vazão por cerca de cinco dias.

O açude de Boqueirão é usado para o abastecimento de Campina Grande e outras 18 cidades do Agreste paraibano, atendendo a uma população de cerca de 1 milhão de pessoas. O açude de Boqueirão tem capacidade para armazenar 911,686 milhões de m³ e não chega ao volume máximo desde 2011.

Faça seu comentário



Possui atualmente : 1 comentário em Açude de Boqueirão perde volume pela primeira vez após transposição