::Jogos Escolares Monteirenses movimentam alunos da rede municipal, estadual, federal e particular ::Sumé promove atividades de prevenção ao Câncer de Mama e outras doenças ::Carro roubado em Monteiro é encontrado abandonado ::Prefeituras da PB irão receber adicional de R$ 132,4 mi em suas contas ::Em carta aos evangélicos, Haddad pede apoio e se diz alvo de mentiras ::Com resultado das eleições, George Aquino mostra força para 2020 ::Alunos de Camalaú participam da Semana Nacional de Ciência e Tecnologia no Cariri ::SUMÉ: Carreta tomba, atinge poste e deixa parte da cidade sem energia ::STF rejeita reclamação do MPPB e mantém liminar conquistada pela OAB-PB ::VI Semana Lecampo e III Seminário de Estágio Curricular Lecampo será realizado na UFCG em Sumé Malves Supermercados

Açude do Boqueirão sobe mais de 2 milhões de m³ em janeiro

(01/02/2018)
Açude do Boqueirão sobe mais de 2 milhões de m³ em janeiro Açude do Boqueirão sobe mais de 2 milhões de m³ em janeiro

O nível do açude Epitácio Pessoa, que fica localizado na cidade de Boqueirão, continua subindo. Segundo levantamento feito pela Agência Executiva de Gestão das Águas da Paraíba (Aesa) somente no mês passado o ganho foi 2.556.125 m³. O reservatório abastece Campina Grande e outras 18 cidades do compartimento da Borborema e está com 10,28% da capacidade máxima (42.326.032 m³).

De acordo com o presidente da Aesa, João Fernandes da Silva, desde o encontro das águas do rio São Francisco com o açude Epitácio Pessoa, em abril do ano passado, o aporte foi de mais de 30 milhões de metros cúbicos.

“O nível vem subindo gradativamente graças ao Velho Chico e ao trabalho que vem sendo feito pelo Governo do Estado. Estamos em contato com o Ministério da Integração Nacional e com a Agência Nacional das Águas para garantir uma boa vazão. Além disso intensificamos a fiscalização no curso do rio Paraíba”, informou.

Na manhã desta quinta-feira (1), a vazão medida pela plataforma de coleta de dados do Portal das Águas, em Monteiro, foi 3,57 m³/s. Este monitoramento é feito em tempo real pela Aesa, que utiliza cinco plataformas instaladas ao longo do curso do rio Paraíba. Os dados estão disponíveis no site da Aesa.

Açudes – Dos 127 reservatórios monitorados pela Aesa, 63 estão com menos de 5% da capacidade. Outros 33 estão com menos de 20%, 29 açudes têm mais que 20% e 2 estão sangrando. Os níveis de cada barragem também estão no site da Aesa.

Em respeito a legislação eleitoral o CARIRI LIGADO não publicará os comentários dos leitores. O espaço para interação com o público voltará a ser aberto logo que as eleições 2018 se encerrem.