prefeitura
::Saiba quem é a namorada de Lula, a socióloga Rosângela da Silva, a ‘Janja’ ::3° Seminário de Educação Inclusiva reúne mais de 15 cidades do Cariri em Gurjão ::Festa do Bode Rei contará com sistema de monitoramento por câmeras e Delegacia Móvel ::Criminosos roubam carro e agridem proprietário no Cariri; veículo é localizado ::PREVIDÊNCIA: Governo quer estimular concorrência entre bancos na capitalização ::Ex-presidente Lula vai casar ::DEU NO BOIGA DO TIÃO: Chola, tocador, comprador de ovos, cachaceiro e agora personal ::Programação do São João de Taperoá, PB, tem Walkyria Santos e Sâmya Maia ::Banda Gente Boa lança EP gravado no Teatro Jansen Filho em Monteiro ::Desculpem o desabafo – Por Tião Lucena Malves Supermercados

Aesa explica como será calculado o valor da taxa de água da transposição

(23/01/2019)
Aesa explica como será calculado o valor da taxa de água da transposição Aesa explica como será calculado o valor da taxa de água da transposição

O presidente da Agência de Gestão das Águas do Estado da Paraíba (Aesa), Porfírio Loureiro, em entrevista à Rádio Campina FM, disse que entre os meses de maio e junho será possível ser definido o valor da taxa de segurança hídrica das águas da transposição.

Segundo ele, o valor ainda está em negociação e, após a reunião realizada pelo Comitê Gestor, será possível ter uma base para calcular o valor que será definido para a Paraíba.

– A taxa de segurança hídrica tem dois pontos: ela tem um preço fixo, que é com a manutenção do canal, e o variável, que é com relação a energia, que consome 80% do valor. O preço que a Paraíba vai pagar, será definido a partir de uma resolução, que vai começar a ser construída através dessa primeira reunião do comitê gestor. Depois disso, os estados vão fazer seus contrapontos e aí a Agência Nacional das Águas edita uma resolução do valor para 2019 – contou.

Ele ressaltou que a precificação estabelecida para 2018 foi muito alto, pois o preço da energia também estava elevado, mas como houve um decréscimo neste é esperado um valor menor para poder ser calculado quanto o consumidor final vai pagar pela água do São Francisco.

Porfírio lembrou que o preço da água do São Francisco vai ser distribuído para todos os municípios, até aqueles que não recebem a transposição. A cobrança será feita na conta da Cagepa e a lógica será de que, para quem consome muita água, o valor seja mais alto do que o que consome menos.

– A tarifa de segurança hídrica vai ser definida a partir de um percentual e esse vai depender do valor que o Estado vai ter que pagar todo mês. Após isso, vamos dividir por todos os consumidores da Cagepa, que será dividido por faixa – disse.

Faça seu comentário



Possui atualmente : 1 comentário em Aesa explica como será calculado o valor da taxa de água da transposição


  • Que absurdo aumentar taxa de água. Agente já paga caro por uma que chega nas torneiras que é pura lama.