prefeitura
::Polícia prende acusado de tentativa de homicídio no Cariri ::Neta de Pinto do Acordeon é vítima de racismo e agressão física em JP ::Crise na Avianca atinge a Paraíba e mais de 50 voos são cancelados ::Inmet faz alerta para chuvas intensas em 98 cidades da Paraíba ::Mano Walter é a primeira atração confirmada no São João de Ouro Velho ::Encenação da Paixão de Cristo encanta e emociona o público em São João do Cariri ::Mulher é morta a tiros em festa; marido é suspeito do crime ::Inovando, Paixão de Cristo – A Ceia do Senhor em Monteiro registra recorde de público ::Em Monteiro: Lançamento do livro ‘Pedro Jeremias’ na Casa Progresso ::Prefeita de Monteiro vem sendo vitima de Fake News e sofre agressões de adversários Malves Supermercados

Aliado de Renan, Maranhão comandará sessão que elegerá presidência da Casa

(01/02/2019)
Aliado de Renan, Maranhão comandará sessão que elegerá presidência da Casa Aliado de Renan, Maranhão comandará sessão que elegerá presidência da Casa

Uma resolução publicada nesta sexta-feira (1) beneficia a candidatura de Renan Calheiros (MDB-AL) à presidência do Senado. O texto garante que um aliado do senador alagoano, José Maranhão (MDB-PB), presida a sessão que definirá o comando da Casa.

O regimento do Senado dava margem para que David Alcolumbre (DEM-AP), adversário de Renan, ficasse à frente da reunião, por ser o único integrante remanescente da Mesa Diretora de 2018 que não tomará posse para um novo mandato nesta sexta – o dele vai até 2022.

Mas houve questionamento a essa possibilidade, pelo fato de Alcolumbre ser suplente, e também por ele estar concorrendo à Presidência da Casa.

A resolução publicada hoje proíbe tanto candidatos à presidência como suplentes de presidir a sessão, e define que quem vai comandá-la é o senador mais velho – Maranhão, que tem 85 anos.

A disputa pela presidência do Senado tem hoje 9 pré-candidatos – um número que, caso se confirme, será recorde desde a redemocratização. Declaram que vão concorrer os senadores Alvaro Dias (Pode-PR), Ângelo Coronel (PSD-BA), Davi Alcolumbre (DEM-AP), Esperidião Amin (PP-SC), Major Olímpio (PSL-SP), Renan Calheiros (MDB-AL), Reguffe (sem partido-DF) e Tasso Jereissati (PSDB-CE).

Faça seu comentário



Possui atualmente : Nenhum comentário em Aliado de Renan, Maranhão comandará sessão que elegerá presidência da Casa