::CHUPA CABRA: Polícia investiga possível clonagem de cartões em Monteiro ::Prefeitura de Camalaú libera estádio municipal para treinos e amistosos ::Cássio consegue mais 5 mil toneladas de milho para a Conab da Paraíba ::Presidente da Aesa diz que vai recorrer de decisão da volta do racionamento em CG ::TCE mantém suspensos editais e contratos de prefeituras em ações do Fundef ::Justiça Federal determina retorno do racionamento de água em CG ::Cabaceiras está na rota do turismo no Brasil ::Monteiro sedia III Encontro de Bandas e Fanfarras Maestro Ronaldo Simões ::Pesquisa revela vitória de Lula em todos cenários em 2018 ::Sumé se consolida com a oferta de implantes dentários gratuitos Malves Supermercados

Aniversário de Maranhão atrai oposição; senador é tratado como candidato

(15/09/2017)
Aniversário de Maranhão atrai oposição; senador é tratado como candidato Aniversário de Maranhão atrai oposição; senador é tratado como candidato

O senador e presidente estadual do PMDB na Paraíba, José Maranhão, reuniu, nesta sexta-feira (15), no Restaurante Bastos Gold, na orla de Tambaú, em João Pessoa, os principais líderes da oposição no estado, a exemplo do senador Cássio Cunha Lima (PSDB), do prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo (PSD), do prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues (PSDB), do vice-prefeito de João Pessoa, Manoel Junior (PMDB), além de deputados federais, estaduais prefeitos e vereadores.

Nos bastidores, aliados do presidente do PMDB diziam abertamente que ele será candidato ao Governo.

O tesoureiro do.PMDB, Antônio Souza, inicialmente quis minimizar a pré-candidatura, dizendo que era apenas uma festa de amigos, mas depois soltou: “Ele está pronto e deve mesmo ser candidato ao Governo”.

O secretário da Juventude, Diego Amarante, foi mais incisivo ao afirmar que a partir de agora o senador vai percorrer todo o estado como pré-candidato e, ainda, renovando os diretórios do partido.

Wscom

Faça seu comentário



Possui atualmente : Nenhum comentário em Aniversário de Maranhão atrai oposição; senador é tratado como candidato