prefeitura
::Monteiro promove seu primeiro Encontro LGBTS na próxima terça-feira ::Problema em barragem suspende novamente bombeamento do Eixo Leste da Transposição ::Mais um prefeito adere ao projeto do governador João Azevedo ::Em postagem, Patrícia Rocha confirma pedido de demissão: ‘decisão pensada e amadurecida’ ::Ciro diz que educação é “espancada” e chama Bolsonaro de “idiota” ::Secretaria de Estado da Saúde emite alerta contra sarampo ::OPERAÇÃO BOTIJA: Homem é preso acusado de tráfico de drogas em Juazeirinho ::Detran-PB reinicia vistorias do transporte escolar ::Prefeito Sandro Môco cumpre agenda em João Pessoa ::Pesquisa revela que prefeita de Ouro Velho tem quase 88% de aprovação popular Malves Supermercados

Aulas são suspensas na Paraíba em dia de mobilização pela educação

(13/08/2019)
Aulas são suspensas na Paraíba em dia de mobilização pela educação Aulas são suspensas na Paraíba em dia de mobilização pela educação

Instituições públicas de ensino da Paraíba paralisaram as atividades nesta terça-feira (13), em protesto contra os cortes na educação e em defesa das aposentadorias. Estão sem aulas universidades e algumas escolas da rede pública.

De acordo com o o Sindicato dos Professores da Universidade Federal da Paraíba (AdufPB), todos os campi da instituição aderiram à paralisação e estão com as aulas suspensas nesta terça-feira.

A Universidade Federal de Campina Grande (UFCG) também está sem aulas. Todos os professores aderiram à paralisação durante uma assembleia realizada na última quinta-feira (8). Os servidores técnico-administrativos da UFCG também suspenderam as atividades.

Os técnicos administrativos, professores e alunos da UEPB também aderiram a uma paralisação nesta terça-feira. A suspensão das atividades é contra o projeto Futura-se, do Governo Federal, a reforma da previdência e a contra os cortes na educação.

A paralisação foi confirmada em João Pessoa e Campina Grande pela coordenação do Sindicato dos Trabalhadores Federais na Educação Básica, Profissional e Tecnológica da Paraíba (SINTEFPB). Porém, não foi informado quantos campi devem aderir (dos 21 que existem do IFPB no estado). Em Sousa, o campus do IFPB não terá aulas suspensas.

As escolas municipais da capital, de acordo com o Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Município de João Pessoa, também não terão aulas nesta terça-feira. No entanto, segundo a assessoria de imprensa da Secretaria de Educação, a orientação é manter as atividades. Se não houver aula, o dia da atividade deverá ser reposto.

Também vão paralisar atividades as escolas estaduais de todo o estado, de acordo com o Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras em Educação do Estado da Paraíba (SINTEP-PB). No entanto, conforme a Secretaria de Estado da Educação, haverá aula normal e as escolas que forem participar do ato devem repor o dia letivo.

Em Campina Grande, segundo a assessoria de imprensa da Secretaria de Educação do Município, a paralisação fica a critério das escolas. Algumas escolas e creches já informaram que vão parar e outras que haverá aula normalmente.

Faça seu comentário



Possui atualmente : 2 comentários em Aulas são suspensas na Paraíba em dia de mobilização pela educação


  • Aqui na minha querida Paraíba é perfeitamente normal as universidades públicas passarem vários meses em greve. Já vi a algum tempo uma greve de 6 meses na estadual. Após a greve o reitor faz uma reunião combina os alunos apresentarem trabalhos escritos em grupo para colocar nas notas das provas. Termina a reunião todos satisfeitos batendo palmas felizes. Na minha querida Zabelê temos vários formandos dessas faculdades. Todos desempregados. não conseguem fazer sucesso no mercado de trabalho.

  • NA EMPRESA PRIVADA SE FALTAR AO TRABALHO OU SE TEM ATESTADO OU CORTA O PONTO.MOVIMENTO POLÍTICO.