::Alunos de Camalaú participam da Semana Nacional de Ciência e Tecnologia no Cariri ::SUMÉ: Carreta tomba, atinge poste e deixa parte da cidade sem energia ::STF rejeita reclamação do MPPB e mantém liminar conquistada pela OAB-PB ::VI Semana Lecampo e III Seminário de Estágio Curricular Lecampo será realizado na UFCG em Sumé ::Eleitor tem até dezembro para justificar ausência no 1º turno ::As charges do dia… ::Projeto de Lei na cidade de Prata institui Dia Municipal do Poeta Zé Marcolino ::TCE expõe evolução de ferramentas para controle fiscal e social dos gastos ::Preso, Leto Viana renuncia e Cabedelo terá novas eleições ::Colisão entre carros é registrada em Monteiro Malves Supermercados

Avicultor do Cariri é destaque na produção de frango e ovos caipira

(15/11/2017)
Avicultor do Cariri é destaque na produção de frango e ovos caipira Avicultor do Cariri é destaque na produção de frango e ovos caipira

Um verdadeiro destaque o avicultor caipira Gilmar Pereira da Costa, residente e produtor no município de Serra Branca, com uma capacidade de produção de cerca de 6 mil galinhas caipira de postura, 4 mil frangos e produção de 4 mil ovos, que são distribuídos no mercado privado de cidades do Cariri Ocidental, a exemplo de Monteiro, Sumé e Serra Branca.

“A gente está localizado em Serra Branca, na Serra do Jatobá, com nosso processo de produção aonde parte desta produção vai para o mercado privado da região, e outra parte vai para a cooperativa que faz a distribuição e estamos tocando nosso negócio que está dando certo. Trabalhamos muito respeitando as questões do meio ambiente, respeitando as pessoas que trabalham com a gente com a dinâmica, onde tem funcionários que têm parte nas vendas e acredito que estamos fazendo um trabalho que começa na base da produção, passa pelo mercado, pela cooperativa, que só fortalece nós que somos criadores”, explica Gilmar.

O empreendedor explicou que os aviários já estão em processo de produção ampliada para atender o mercado privado que sempre tem maior procura durante os dois meses que finalizam o ano.

“Nós nunca trabalhamos com o mercado governamental, eu nunca coloquei nenhum produto em nenhum programa de governo municipal, nem estadual, nem a nível federal. A gente sempre trabalhou com o mercado privado, eu gosto mais do mercado privado porque ele existe todo dia durante os doze meses do ano, em que conseguimos produzir para esse mercado privado. As exigências são grandes, mas a gente consegue atende-las. O mercado governamental quando você chega em dezembro ele para, por exemplo, aí vem início das aulas e daqui que tenha licitação você para a sua produção afetando a dinâmica da geração de emprego. Ovo é perecível, a galinha está botando ovo hoje e quando for em dezembro ela não para, ela continua soltando ovo todos os dias e a gente precisa ter certo para onde vamos colocar essa produção”, afirma o avicultor caririzeiro.

Gilmar garante que a qualidade caipira vem sendo trabalhada, buscando atender a um público cada vez mais exigente em termos de qualidade da alimentação.

“A avicultura caipira a gente tem dado um espaço muito importante, por exemplo, hoje nós temos empresas que já produzem um núcleo caipira em que foi tirado tudo que você imagina em termo de produto de origem animal para a formulação das rações, então a gente tem um frango hoje que não recebe nenhum tipo de antibiótico, não recebe farinha de osso, nem farinha de carne, ou seja, estamos produzindo frango hoje conforme exigências de mercados europeu, mercado americano”, comemora Gilmar, que representa a empresa Aves da Serra.

Em respeito a legislação eleitoral o CARIRI LIGADO não publicará os comentários dos leitores. O espaço para interação com o público voltará a ser aberto logo que as eleições 2018 se encerrem.