prefeitura
::Monteirense Anniele Maracajá é destaque da Revista Sexy do mês de maio ::Bode na Rua 2019 será lançado no próximo sábado, em Gurjão ::Bandidos invadem residência e levam objetos e carro em cidade do Cariri ::IFPB de Monteiro oferece 20 vagas para Curso Técnico em Instrumento Musical ::Conselheiro do TCE-PB é alvo de nova fase da Operação Xeque-Mate ::Polícia desarticula quadrilha envolvida em tráfico de drogas em Juazeirinho ::Câmara de Monteiro recebe abertura da 7ª Semana de Enfermagem de Monteiro ::Agrovila começam a receber água 2 anos após retirada de terras para transposição ::Duas agências bancárias são explodidas na madrugada, na Paraíba ::Governo recua e publica novo decreto sobre armas Malves Supermercados

Bebianno nega que atacará Bolsonaro e diz que ‘o Brasil não merece isso’

(17/02/2019)
Bebianno nega que atacará Bolsonaro e diz que ‘o Brasil não merece isso’ Bebianno nega que atacará Bolsonaro e diz que ‘o Brasil não merece isso’

O ministro Gustavo Bebianno, da Secretaria-Geral da Presidência, diz que aguarda um desfecho de sua situação no governo para então “esclarecer a verdade”. Ele deve ser demitido por Jair Bolsonaro na segunda (18).

Bebianno tornou-se o centro de crise instalada no Palácio do Planalto depois que a Folha revelou a existência de um esquema candidaturas laranjas do PSL, presidido pelo ministro entre janeiro e outubro de 2018.

“Eu não vou sair com pecha de bandido, de patrocinador de laranjais ou de traidor”, diz Bebianno, que pretende dar entrevistas à imprensa depois de deixar o cargo.

Ele nega, no entanto, que sairá disparando contra o governo. Coordenador da campanha presidencial de Bolsonaro, o ministro seria o detentor de segredos importantes que, revelados, poderiam abalar a permanência dele no comando do país.

“Eu não vou fazer isso. O Brasil não merece. Eu não tenho nada a declarar sobre o presidente”, afirma.

Neste domingo (17), o jornal O Globo noticiou que ele teria dito que Bolsonaro é “uma pessoa louca, um perigo para o Brasil”.

Bebianno nega “veementemente. Nunca falei nada parecido sobre o presidente”.

“Estou triste com a situação, mas não chamei ele de louco nem nada. Agora é o momento de esfriar a cabeça, buscar o equilíbrio e olhar para o futuro, olhar para o país”, afirma.

Faça seu comentário



Possui atualmente : Nenhum comentário em Bebianno nega que atacará Bolsonaro e diz que ‘o Brasil não merece isso’