prefeitura
::Sumé promove 6ª Conferência Municipal de Saúde ::ANA regulariza mais 400 usuários que utilizam água de Boqueirão para irrigação ::Bandeira tarifária da conta de luz continua verde em março ::TCE-PB aprova contas de 2017 da Câmara de São Sebastião do Umbuzeiro ::Bolsonaro autoriza PB contratar empréstimo de US$ 50 milhões ::Prefeito de São João do Cariri pede licença do cargo para tratamento de saúde ::Raio atinge cerca e acaba matando quatro bois em fazenda no Sertão do Estado ::IMPERDÍVEL: Banda Magníficos lançará novo projeto no próximo dia 14 ::INSS divulga regras do novo pente-fino; veja que benefícios serão revistos até 2021 ::Prefeita participa das comemorações dos 76 anos de instalação do Banco do Brasil em Monteiro Malves Supermercados

Bolsonaro tem alta da UTI e reassume Presidência da República

(30/01/2019)

O presidente Jair Bolsonaro recebeu alta da UTI do Hospital Albert Einstein, em São Paulo. Ele continua internado – mas reassumiu as funções de presidente da República.

Menos de 48 horas depois da cirurgia de retirada da bolsa de colostomia, feita na segunda-feira (28), o presidente Jair Bolsonaro reassumiu o governo. No entanto, o dia ainda foi de repouso, sem decisões ou assinatura de documentos.

“O presidente está preservado de falar porque, ao falar, há possibilidade de que gases, de que ar entre na sua cavidade abdominal e isso vai provocar dores e vai dificultar a cicatrização, particularmente no que toca a cicatriz externa”, explicou Otávio do Rêgo Barros, porta-voz da Presidência.

O boletim médico divulgado no fim da tarde desta quarta-feira (30) informou que “Jair Bolsonaro recebeu alta da Unidade de Terapia Intensiva nesta manhã e segue apresentando boa evolução clínico-cirúrgica, sem sangramentos ou disfunções orgânicas. O presidente permanece sem febre ou outros sinais de infecção”.

O hospital divulgou uma foto do equipamento usado para a fisioterapia motora. O presidente faz movimentos com as pernas, como se estivesse numa bicicleta. O exercício é importante para reativar as funções do intestino.

O presidente Bolsonaro também deu os primeiros passos no corredor, de manhã e à tarde. Caminhou 140 metros no total. Ele continua sendo hidratado e recebendo nutrientes junto com o soro injetado na veia. O jejum oral só deve ser quebrado daqui a quatro dias. Primeiro, o presidente poderá tomar líquidos e, três dias depois, dependendo da reação do organismo, começará uma dieta pastosa.

Mais cedo, havia a possibilidade de os ministros do Meio Ambiente, de Minas e Energia e Desenvolvimento Regional irem para São Paulo para despachar com o presidente no hospital, sobre as ações emergenciais em Brumadinho, mas, por determinação médica, essa hipótese foi descartada.

Bolsonaro continuará a receber visitas apenas da família e de assessores que já estão em São Paulo. Se houver contato com os ministros, será à distância.

“Os ministros farão, se necessário, as suas consultas por meio de videoconferência ou audioconferência. Testamos os dois sistemas e funcionaram perfeitamente. Aí ele vai absorver a informação e vai escrever a orientação dele”, disse o porta-voz.

Faça seu comentário



Possui atualmente : Nenhum comentário em Bolsonaro tem alta da UTI e reassume Presidência da República