::Prefeitura de Sumé investe na sinalização das ruas da cidade ::Na Paraíba, Ciro Gomes chama Temer de chefe de quadrilha e diz que vai revogar lei trabalhista ::Reinaldo diz que Câmara de Cabaceiras encerrou ano com ótima produtividade ::Secom-PB registra queixa na polícia contra fake news ::Vereadores prestigiam e tem papel fundamental durante Copa Dr. Chico ::Vice-prefeito agradece a todos que colaboraram com Copa Dr. Chico, em Monteiro ::Com Feitosão lotado, Sítio do Meio é campeão da Copa Dr. Chico de Futebol Amador de Monteiro ::Ao lado de Lorena, Wellington Roberto cumpre agenda em Monteiro ::PREPARE O BOLSO: Água da transposição vai começar a ser cobrada em 2018 ::Barracos de acampamento de Sem Terras são incendiados no Cariri Malves Supermercados

Câmara aumenta para até oito anos prisão para bêbado que dirige e mata

(07/12/2017)
Câmara aumenta para até oito anos prisão para bêbado que dirige e mata Câmara aumenta para até oito anos prisão para bêbado que dirige e mata

A Câmara dos Deputados aprovou nesta quarta-feira (6) o aumento da pena para motoristas sob efeito de álcool ou drogas que provocar acidente com morte. Pelo texto, a punição para o crime será de reclusão de cinco a oito anos. O Projeto de Lei 5568/13, de autoria da deputada Keiko Ota (PSB-SP), já passou pelo Senado e agora segue para sanção presidencial.

O texto original da Câmara, aprovado em setembro de 2015, estabelecia pena de detenção de dois a quatro anos. Com o prazo alterado pelo Senado, a matéria precisou retornar para votação pelos deputados. A atual penalidade administrativa de suspensão ou proibição de se obter a permissão ou a habilitação para dirigir veículo automotor continua valendo.

No plenário, os deputados rejeitaram duas alterações ao texto feitas pelo Senado, uma delas a que acabava com o limite máximo de álcool a partir do qual o condutor flagrado pode ser condenado a pena de detenção de seis meses a três anos, multa e suspensão da carteira ou proibição de obtê-la. Atualmente, é prevista pena para o condutor flagrado dirigindo com concentração igual ou superior a 6 decigramas de álcool por litro de sangue ou igual ou superior a 0,3 miligrama de álcool por litro de ar nos pulmões.

As novas regras entrarão em vigor após 120 dias da publicação da lei.

Faça seu comentário



Possui atualmente : Nenhum comentário em Câmara aumenta para até oito anos prisão para bêbado que dirige e mata