::Prefeitura de Zabelê prepara mega estrutura para receber cantor Thiago Brado ::Eleição para prefeito de Cabedelo será realizada dia 09 de dezembro ::Vazão do São Francisco para Boqueirão volta a ser impasse ::Preço da gasolina cai 2% nas refinarias a partir deste sábado ::PF cumpre mandado em Monteiro contra esquema de fraudes na previdência ::Prefeito de Coxixola decreta luto oficial pela morte do vereador Fábio Oliveira ::LUTO NO CARIRI: Vereador de Coxixola morre atropelado por carro na BR-412 ::Jovem é morto a tiros dentro de mercadinho em Monteiro ::Médico libera Jair Bolsonaro para debates ::STF decide pela proibição de pensões para ex-governadores da PB Malves Supermercados

Câmara aumenta para até oito anos prisão para bêbado que dirige e mata

(07/12/2017)
Câmara aumenta para até oito anos prisão para bêbado que dirige e mata Câmara aumenta para até oito anos prisão para bêbado que dirige e mata

A Câmara dos Deputados aprovou nesta quarta-feira (6) o aumento da pena para motoristas sob efeito de álcool ou drogas que provocar acidente com morte. Pelo texto, a punição para o crime será de reclusão de cinco a oito anos. O Projeto de Lei 5568/13, de autoria da deputada Keiko Ota (PSB-SP), já passou pelo Senado e agora segue para sanção presidencial.

O texto original da Câmara, aprovado em setembro de 2015, estabelecia pena de detenção de dois a quatro anos. Com o prazo alterado pelo Senado, a matéria precisou retornar para votação pelos deputados. A atual penalidade administrativa de suspensão ou proibição de se obter a permissão ou a habilitação para dirigir veículo automotor continua valendo.

No plenário, os deputados rejeitaram duas alterações ao texto feitas pelo Senado, uma delas a que acabava com o limite máximo de álcool a partir do qual o condutor flagrado pode ser condenado a pena de detenção de seis meses a três anos, multa e suspensão da carteira ou proibição de obtê-la. Atualmente, é prevista pena para o condutor flagrado dirigindo com concentração igual ou superior a 6 decigramas de álcool por litro de sangue ou igual ou superior a 0,3 miligrama de álcool por litro de ar nos pulmões.

As novas regras entrarão em vigor após 120 dias da publicação da lei.

Em respeito a legislação eleitoral o CARIRI LIGADO não publicará os comentários dos leitores. O espaço para interação com o público voltará a ser aberto logo que as eleições 2018 se encerrem.