sao joao
::EM MONTEIRO: Batinga, João e Ricardo realizam grande arrastão e comício nesta sexta ::População comparece a inauguração da Academia da Saúde na Vila Santa Maria ::Após ação dos Bombeiros, PM e apoio da Prefeitura, incêndio é controlado em Coxixola ::Tribunal de Contas aprova contas de 2017 da prefeitura de Zabelê ::Água da Transposição volta a ser bombeada para a Paraíba ::“Sou cobrada mesmo, por obras que se arrastam há anos”, diz prefeita de Monteiro ::Mais de 60% dos paraibanos aprovam governo de Ricardo Coutinho ::Próximo presidente terá que fazer a reforma da Previdência, diz Temer ::Presidente da Câmara de Monteiro parabeniza prefeita por entrega de academia da saúde ::Boqueirão deve voltar a ter água da transposição em 20 dias, diz DNOCS Malves Supermercados

Candidatos gastam R$ 8,5 milhões em menos de um mês de campanha

(14/09/2018)
Candidatos gastam R$ 8,5 milhões em menos de um mês de campanha Candidatos gastam R$ 8,5 milhões em menos de um mês de campanha

Os cinco candidatos ao governo da Paraíba já gastaram mais de R$ 8,5 milhões em menos de um mês de campanha no estado. Juntos, todos os postulantes possuem patrimônio avaliado em pouco mais de R$ 10 milhões. O levantamento levou em consideração as informações disponibilizadas pela plataforma do Divulgacand, até as 9h desta sexta-feira (14).

De acordo com os dados repassados pelos próprios postulantes à Justiça Eleitoral, José Maranhão (MDB) aparece até o momento como o que mais gastou nas eleições deste ano. O emedebista declarou despesas de R$ 3.455.710,36.

O candidato do PSB, João Azevêdo, aparece em segundo lugar no ranking de gastos com a campanha. Segundo a prestação de contas, o socialista já contratou despesas no valor de R$ 3.377.631,33. Em seguida vem o candidato do PV, Lucélio Cartaxo, com R$ 1.679.575,60, Tárcio Teixeira, do PSol, com R$ 2.737,76, e Rama Dantas, do PSTU, com R$ 997,16.

A campanha eleitoral deste ano teve início no dia 16 de agosto. A novidade deste ano é a proibição de doações de empresas para os candidatos. Por conta da nova regra, muitos candidatos recorreram às vaquinhas virtuais para tocar a campanha.

Em respeito a legislação eleitoral o CARIRI LIGADO não publicará os comentários dos leitores. O espaço para interação com o público voltará a ser aberto logo que as eleições 2018 se encerrem.