::Prefeitura de Zabelê prepara mega estrutura para receber cantor Thiago Brado ::Eleição para prefeito de Cabedelo será realizada dia 09 de dezembro ::Vazão do São Francisco para Boqueirão volta a ser impasse ::Preço da gasolina cai 2% nas refinarias a partir deste sábado ::PF cumpre mandado em Monteiro contra esquema de fraudes na previdência ::Prefeito de Coxixola decreta luto oficial pela morte do vereador Fábio Oliveira ::LUTO NO CARIRI: Vereador de Coxixola morre atropelado por carro na BR-412 ::Jovem é morto a tiros dentro de mercadinho em Monteiro ::Médico libera Jair Bolsonaro para debates ::STF decide pela proibição de pensões para ex-governadores da PB Malves Supermercados

Cartaxo cobra Oposição: ‘Quer participar ou vencer eleição?’

(04/01/2018)
Cartaxo cobra Oposição: ‘Quer participar ou vencer eleição?’ Cartaxo cobra Oposição: ‘Quer participar ou vencer eleição?’

O prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo (PSD), cobrou, nesta quinta-feira (04), uma definição dos partidos que fazem oposição em relação às eleições deste ano e disputa pelo Governo do Estado. Segundo ele, não é possível “empurrar com a barriga” a decisão sobre o candidato que representará o grupo.

“O ano de 2018 não é para especulação, é para decisão”, frisou o prefeito, reforçando sua tese ao fato da campanha eleitoral ser mais curta este ano. “Pela primeira vez teremos uma campanha de 45 dias para o Governo, em um estado com 223 municípios. Não dá para ficar postergando”, destacou.

No entanto, o prefeito salientou que os partidos possuem autonomia e responsabilidades. “Oposição precisa definir se quer participar ou vencer as eleições”, disse.

Sobre declarações do senador José Maranhão, em relação a inexistência de uma aliança da Oposição, Cartaxo afirmou que o PMDB ocupa importantes espaços na Prefeitura de João Pessoa. Ele convocou os líderes partidários para que cada um analise e exponha “verdadeiramente” suas pretensões.

Em respeito a legislação eleitoral o CARIRI LIGADO não publicará os comentários dos leitores. O espaço para interação com o público voltará a ser aberto logo que as eleições 2018 se encerrem.