Cariri Ligado
::Ricardo confirma João Azevedo como pré-candidato a governador pelo PSB ::Tribunal derruba decisão de juiz que proibiu e libera reajuste de combustíveis ::TCE aprova contas de dois prefeitos e quatro Câmaras ::PRA TIRAR O PÉ DA LAMA: Mega-sena acumula de novo e vai a R$ 105 milhões ::Micro revestimento asfáltico já é realidade no município de Prata ::Ricardo inaugura obras que beneficiam mais de 130 mil habitantes do Cariri ::Prefeitura de Monteiro e açougueiros unem-se para melhorias no Açougue Municipal ::Prefeito Éden Duarte busca projetos de novos assentamentos rurais para Sumé ::Polícia prende suspeito de roubo qualificado em Boa Vista ::Prazo de pagamento do IPVA com placa final 7 se encerra dia 31 de julho Malves Supermercados

Ricardo confirma João Azevedo como pré-candidato a governador pelo PSB

Lígia Feliciano participa de lançamento do Programa Aprova Paraíba Lígia Feliciano participa de lançamento do Programa Aprova Paraíba

O governador Ricardo Coutinho (PSB) disse, nesta quarta-feira (26), que o nome do secretário de Infraestrutura, Recursos Hídricos, Meio Ambiente, Ciência e Tecnologia, João Azevedo (PSB), está posto para avaliação como pré-candidato ao Governo do Estado em 2018. A informação foi confirmada pelo deputado estadual Ricardo Barbosa (PSB).

Segundo Barbosa, durante discurso de inauguração de obras hídricas no Cariri do estado, Ricardo ressaltou as qualidades do auxiliar e disse que “estava colocando o nome de João para avaliação” dos aliados.

“O governador abriu com uma fala dizendo que tinha escolhido exatamente aquele instante, e a região do Cariri, e que estava colocando para avaliação daqueles companheiros o nome do secretário João Azevedo, externando que João era o grande responsável por esse avanços, pelas conquistas materializadas no campo da infraestrutura em toda a Paraíba”, contou o deputado.

O evento teve a participação de diversos prefeitos, deputados estaduais, auxiliares do governo e lideranças da região. De acordo com o parlamentar, todos os prefeitos em suas falas demonstraram apoio ao nome de João e aprovaram sua pré-candidatura.

Estiveram presentes na reunião além de Ricardo e João Azevedo, o presidente da Assembleia Legislativa, Gervásio Maia, os deputados Adriano Galdino e Ricardo Barbosa, os prefeitos Givaldo Limeira (Coxixola), Adriano Wolff (São Sebastião do Umbuzeiro), Souzinha (Serra Branca), Éden Duarte (Sumé), Júnior Quirino (Congo), Júnior Nóbrega (Prata), Silvano Dudu (Caraúbas), Ronaldo Queiroz (Gurjão), Célio Barbosa (São João do Tigre), Josa (Parari), Jefferson Roberto (São José dos Cordeiros, além dos ex-prefeitos Romualdo Quirino, Jacinto Bezerra e Fernando Queiroz, o líder monteirense, Juraci Conrado, vereadores, e várias outros representantes políticos.

Banner Coringa Banner Coringa

Tribunal derruba decisão de juiz que proibiu e libera reajuste de combustíveis

O desembargador Hilton Queiroz, presidente do Tribunal Regional Federal da Primeira Região (TRF-1), derrubou nesta quarta-feira (26) a decisão judicial que havia suspendido o aumento no preço dos combustíveis.

Com a decisão do desembargador, volta a valer o decreto do presidente Michel Temer que elevou a alíquota de PIS/Cofins sobre a gasolina, o diesel e o etanol.

A tributação sobre a gasolina subiu R$ 0,41 por litro; a tributação sobre o diesel, R$ 0,21 por litro; e o imposto sobre o etanol, R$ 0,20 por litro.

Hilton Queiroz atendeu a recurso da Advocacia Geral da União (AGU), que representa o governo federal no Judiciário.

O órgão argumentou que, sem o aumento do imposto, o governo perderia R$ 78 milhões por dia, prejudicando o equilíbrio nas contas públicas e a retomada do crescimento econômico.

“Trata-se de medida imprescindível para que seja viabilizada a arrecadação de aproximadamente R$ 10,4 bilhões de reais entre os meses de julho a dezembro de 2017”, argumentou a AGU no recurso, acrescentando que a verba é importante para cumprir a meta fiscal deste ano, que prevê déficit (despesas maiores que as receitas) de R$ 139 bilhões.

Ao acolher o pedido da AGU, Hilton Queiroz afirmou que a decisão de Borelli era “duvidosa” e concordou com os argumentos do governo quanto às contas públicas.

“No momento ora vivido pelo Brasil, de exacerbado desequilíbrio orçamentário, quando o governo trabalha com um bilionário déficit, decisões judiciais, como a que ora se analisa, só servem para agravar as dificuldades da manutenção dos serviços públicos e do funcionamento do aparelho estatal, abrindo brecha para um completo descontrole do país e até mesmo seu total desgoverno”, escreveu o desembargador.

O decreto de Temer
O decreto sobre os combustíveis foi assinado pelo presidente Michel Temer na semana passada.

Com a decisão, a tributação sobre a gasolina subiu R$ 0,41 por litro; a tributação sobre o diesel, R$ 0,21 por litro; e o imposto sobre o etanol, R$ 0,20 por litro.

De acordo com a equipe econômica, o aumento da tributação sobre os combustíveis irá gerar, durante o restante do ano de 2017, receita adicional de R$ 10,4 bilhões para o governo.

Suspensão da medida
Nesta terça, o juiz substituto Renato Borelli, da 20ª Vara Federal de Brasília (primeira instância), determinou a suspensão do decreto do governo, sob o argumento de que o reajuste nos impostos deveria ter sido proposto ao Congresso, para entrar em vigor somente 90 dias após aprovação.

No recurso, a AGU alegou que a lei que regula os impostos prevê o reajuste das alíquotas do PIS/Confins por decreto.

TCE aprova contas de dois prefeitos e quatro Câmaras

Banner educação

PRA TIRAR O PÉ DA LAMA: Mega-sena acumula de novo e vai a R$ 105 milhões

Micro revestimento asfáltico já é realidade no município de Prata

Ricardo inaugura obras que beneficiam mais de 130 mil habitantes do Cariri

Lígia Feliciano participa de lançamento do Programa Aprova Paraíba Lígia Feliciano participa de lançamento do Programa Aprova Paraíba Lígia Feliciano participa de lançamento do Programa Aprova Paraíba Lígia Feliciano participa de lançamento do Programa Aprova Paraíba Lígia Feliciano participa de lançamento do Programa Aprova Paraíba Lígia Feliciano participa de lançamento do Programa Aprova Paraíba Lígia Feliciano participa de lançamento do Programa Aprova Paraíba Lígia Feliciano participa de lançamento do Programa Aprova Paraíba Lígia Feliciano participa de lançamento do Programa Aprova Paraíba Lígia Feliciano participa de lançamento do Programa Aprova Paraíba

O governador Ricardo Coutinho entregou, nesta quarta-feira (26), o Sistema de Captação Subterrânea do Rio Paraíba que vai levar as águas do Projeto de Integração do São Francisco (Pisf) para 13 cidades do Cariri e também inaugurou a adutora de Coxixola garantindo segurança hídrica para o município. As duas obras representam um investimento de cerca de R$ 4 milhões. Diversos prefeitos, deputados estaduais, auxiliares do Governo e lideranças da região estiveram presentes. Veja fotos no slide acima.

Após inaugurar o Sistema de Captação Subterrânea e a adutora de Coxixola, o governador Ricardo Coutinho ressaltou que as duas obras são essenciais e representam um salto no desenvolvimento do Cariri. “Essas obras são fundamentais para a segurança hídrica da região. Estamos vendo aqui a complementação da transposição na Paraíba, obras que fazem parte de um conjunto de ações complementares que o Governo do Estado fez para receber e levar as águas do São Francisco. Só hoje estamos beneficiando mais de 130 mil pessoas. O Cariri hoje tem uma nova realidade, com segurança hídrica e mais desenvolvimento e perspectiva de futuro”, observou.

Ricardo Coutinho lembrou ainda que o Governo do Estado trouxe duas coisas essenciais para a Coxixola, água e estrada, já que a cidade era uma das 54 que estavam em isolamento asfáltico na Paraíba. “Esta cidade não tinha estrada e não tinha abastecimento de água. Trouxemos os dois para promover o desenvolvimento do município. A obra da adutora começamos antes da chegada das águas do São Francisco, mas não tínhamos conseguido inaugurar porque o açude lá do Congo tinha secado, mas agora essa obra pode ser entregue ao povo”, frisou.

As obras vão garantir abastecimento de água com qualidade para as cidades do Congo, Coxixola, Sumé, Monteiro, Prata, Ouro Velho, Amparo, Serra Branca, São José dos Cordeiros, São João do Cariri, Parari, Gurjão, Livramento e o distrito de Santa Luzia do Cariri, beneficiando mais de 130 mil habitantes.

“Hoje é um dia de grande alegria para a região. A adutora de Coxixola vai acabar com o problema da falta de água na cidade. E o Sistema de Captação Subterrânea vai levar as águas do São Francisco para 13 cidades da região, melhorando a vida do povo e promovendo o crescimento do Cariri”, enfatizou o secretário de Infraestrutura, Recursos Hídricos, Meio Ambiente, Ciência e Tecnologia, João Azevedo.

De acordo com o presidente da Companhia de Águas e Esgotos da Paraíba (Cagepa), Hélio Cunha Lima, o Sistema de Captação Subterrânea era uma obra necessária para que as águas da transposição do Rio São Francisco que passam pelo Rio Paraíba fossem levadas para cidades do Cariri. “Esta obra vai aproveitar as águas do São Francisco para abastecer a região. O investimento gira em torno de R$ 1,4 milhão e é mais uma obra do Governo do Estado que visa promover a segurança hídrica para toda a Paraíba”, falou.

O prefeito de Coxixola, Givaldo Limeira, agradeceu por todas as ações realizadas pelo Governo do Estado no município. “Esta gestão já investiu aproximadamente R$ 17 milhões no nosso município, isso mostra como o Governo tem olhado pelo povo de Coxixola. Sou muito agradecido pela estrada, pela adutora e por tudo que foi feito nesta cidade”, disse.

“Estou feliz demais porque agora teremos água constante nas nossas residências. Sem água a dificuldade é grande, já que até as tarefas mais simples se tornam mais demoradas. O povo do Cariri sofre muito com a seca e são iniciativas como estas do governador que tornam nossa vida melhor”, falou a diarista Rosa Maria.

Alessandro de Sousa é morador de Sumé, umas das cidades que receberá as águas captadas do rio São Francisco pelo Sistema de Captação Subterrânea. Ele fez questão de agradecer pela obra entregue pelo Governo do Estado. “É uma grande obra que vai favorecer os moradores de Sumé, Congo, Ouro Velho e outras cidades aqui da região. Quero agradecer ao governador e todos que fizeram com que essa obra se tornasse realidade e trouxesse água para o povo do Cariri”, comemorou.

Prefeitura de Monteiro e açougueiros unem-se para melhorias no Açougue Municipal

Lígia Feliciano participa de lançamento do Programa Aprova Paraíba Lígia Feliciano participa de lançamento do Programa Aprova Paraíba Lígia Feliciano participa de lançamento do Programa Aprova Paraíba Lígia Feliciano participa de lançamento do Programa Aprova Paraíba Lígia Feliciano participa de lançamento do Programa Aprova Paraíba Lígia Feliciano participa de lançamento do Programa Aprova Paraíba

Na manhã desta quarta-feira, 26, estiveram reunidos na Câmara Municipal, a prefeita do municipio de Monteiro, Anna Lorena, os secretários de Agricultura Alfredo Viana e de Administração Tânia Silva juntamente com todos os comerciantes do Açougue Público Municipal.

O intuito da reunião foi o pacote de melhorias para implantação no local. Dentre os tópicos apresentados pela prefeita foi a regularização dos impostos que estão em atraso por parte de alguns profissionais. A prefeita propôs que seja feito o mais rápido possível o levantamento das dívidas para que sejam negociadas e ainda apresentou a possibilidade de anistiar tais valores, porém, todo o trâmite terá que ser levado para votação do Poder Legislativo da cidade.

Outro ponto abordado foi no quesito da regularização trabalhista, no que diz respeito ao recolhimento da previdência. Foi explicado no momento a necessidade de que todos estejam dentro da lei, e foi sugerida mais uma reunião, desta feita, com o SEBRAE Cariri para que todos possam ter suas empresas regularizadas, podendo assim, usufruir futuramente dos benefícios de aposentadoria, seguro maternidade e auxílio doença.

Na oportunidade Anna Lorena ainda declarou que serão feitas o mais rápido possível as obras revitalização do prédio que funciona o histórico Açougue Municipal, a parte interna ficará a cargo dos comerciantes que terão que zelar pelo ambiente.

Após todas estas medidas serem postas em prática, a Vigilância Sanitária prestará seus serviços de prevenção e orientação às práticas de higiene e saúde inerentes aos serviços prestados no local.

Esta ação conjunta entre prefeitura, secretarias, instituições e os próprios profissionais vem assinalar a promessa de investimentos de recursos humanos e financeiros garantidos pela prefeita Anna Lorena, para que a qualidade de vida, trabalho e prestação de serviços na cidade sejam de excelência.

Banner Câmara

Prefeito Éden Duarte busca projetos de novos assentamentos rurais para Sumé

O prefeito Éden Duarte esteve na terça-feira (25/07), na sede do (Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra), em João Pessoa, reunido com o superintendente-adjunto, Wilson Chaves, para tratar da implantação de novos assentamentos rurais no Município de Sumé.

Sabendo da importância dos assentamentos na construção de novas oportunidades de geração de emprego e renda na zona rural, Éden tem formado parcerias com alguns órgãos ligados ao setor de regularização fundiária para possibilitar o acesso à terra dos trabalhadores rurais sem-terra do município.

Na ocasião, o prefeito mostrou dados do IBGE que mostram que Sumé tem um potencial considerável para implantação de novos assentamentos, 71% das áreas rurais estão concentradas em 6,57% das propriedades, dado que reflete a procura de agricultores sem-terra por aquisição de propriedades.

O superintendente do Incra afirmou que a Prefeitura pode contribuir com a elaboração e implantação de projetos de assentamentos.

Anteriormente, a Prefeitura de Sumé já havia promovido reunião pública com técnicos do Interpa para falar sobre a forma de aquisição e distribuição de terras para os agricultores que necessitem.

O objetivo agora é fortalecer a parceria mantida com o Incra para possibilitar aos agricultores o acesso à terra através de assentamentos.

Neste sentido, a Prefeitura disponibiliza técnicos capacitados para contribuir com a implantação de novos assentamentos e poder gerar emprego e renda na zona rural.

Polícia prende suspeito de roubo qualificado em Boa Vista

Prazo de pagamento do IPVA com placa final 7 se encerra dia 31 de julho

Para evitar multa e ganhar desconto, os proprietários de veículos com placa final 7 deverão efetuar o pagamento do Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) até o dia 31 de julho.

Os contribuintes terão três opções de pagamento: a primeira é à vista em cota única que garante desconto de 10%; a outra é o parcelamento em três vezes sem desconto, sendo a primeira com vencimento também no dia 31 de julho; e a terceira é o pagamento total do IPVA apenas no dia 31 de agosto, mas sem desconto de 10%.

Também no último dia útil do mês de julho se vence o pagamento do parcelamento da placa final 6 (segunda mensalidade) e a terceira e última parcela para quem dividiu a placa final 5 em três vezes.

Emissões de boleto – Os boletos do IPVA somente serão impressos via portais da Secretaria de Estado da Receita www.receita.pb.gov.br ou do Detran-PB http://www.detran.pb.gov.br.

Para imprimir, o contribuinte vai precisar digitar apenas os números da placa do veículo e do Renavam impressos no documento CRV (Certificado de Registro de Veículo). O boleto do IPVA poderá ser ainda emitido nas repartições fiscais ou nas unidades do Detran-PB do Estado.

Onde pagar – Além dos guichês das agências do Banco do Brasil (BB), associados e dos caixas de autoatendimento, os contribuintes poderão ainda pagar de forma mais prática no mobile banking – aplicativo disponível pelo BB para aparelhos móveis como smartphones.

Refis do IPVA até dia 31 – Já os contribuintes que estão com o pagamento do IPVA atrasado até 31 de dezembro de 2016 poderão renegociar as dívidas do tributo com desconto de até 100% das multas de mora e de ofício.

O interessado poderá procurar, inicialmente, as repartições fiscais do Estado como as Recebedorias de Renda das cidades de João Pessoa, Campina Grande, Guarabira, Patos e Sousa e de outras 19 coletorias espalhadas por todas as regiões do Estado para fazer a adesão ao Refis do IPVA.

Os proprietários terão quatro opções de renegociação até o dia 31 de julho, data limite de adesão ao Refis. Na primeira ele terá 100% de desconto das multas de mora e de ofício e de 80% dos juros de mora (Selic), quando os pagamentos dos débitos forem à vista. Se o pagamento for parcelado até em seis vezes mensais e sucessivos, o desconto será de 80% das multas de mora e de ofício, além de 60% dos juros de mora (Selic).

Os contribuintes têm ainda mais duas opções de parcelamento para renegociar o pagamento do IPVA de anos anteriores: com desconto de 60% das multas de mora e de ofício e de outros 40% dos juros de mora para quem dividir em até 12 parcelas mensais e sucessivas o tributo atrasado e com desconto de 40% das multas de mora e de ofício e de 20% dos juros de mora para parcelamento em 18 meses.

Nas três opções o menor valor de cada parcela mensal não pode ser inferior a R$ 50,00 por veículo automotor.

REQUINTES DE CRUELDADE: Jovem é amordaçado e executado com 3 tiros

Banner Ecos TV

Liberado pagamento de julho dos servidores da Prefeitura de Ouro Velho

Secretaria de Esportes divulga tabela da 1ª rodada do Campeonato Ruralzão 2017

Foi divulgada neste final de semana a tabela do Campeonato Rural 2017 de Monteiro, popularmente conhecido como ” Ruralzão”.

A tabela foi elaborada após reunião realizada no último sábado, 22, com representantes de todas as equipes, sob a coordenação do secretário de Esportes Rostand Chaves e do vice-prefeito Celecileno Alves, que na ocasião representou a prefeita Anna Lorena.

Este ano a competição terá a participação de 40 equipes e mais uma vez será coordenada pela Secretaria de Esportes de Monteiro.

A premiação deve ser anunciada nos próximos dias e será disponibilizada com recursos próprios da Prefeitura Municipal de Monteiro que também patrocina a inscrição das equipes e a taxa de arbitragem.

“Todo o investimento será feito com recursos próprios. Trata-se do maior campeonato de futebol amador do Cariri paraibano, com 40 equipes e mais de 900 atletas.”, disse a prefeita Anna Lorena.

“Cada jogo é uma festa. O campeonato traz lazer, saúde, confraternização e aquece a economia local, desde os árbitros, donos de lanchonetes, vendedores ambulantes, proprietários de veículos de frete e muito mais”, lembrou o secretário Rostand Chaves.

O evento conta também com o apoio da Câmara Municipal de Monteiro, do deputado estadual João Henrique e do comércio local.

Confira como fica a 1ª rodada da competição:

.

FOGO PAGÔ - Por Zelito Nunes

Lígia Feliciano participa de lançamento do Programa Aprova Paraíba Lígia Feliciano participa de lançamento do Programa Aprova Paraíba Lígia Feliciano participa de lançamento do Programa Aprova Paraíba

Beatriz Aragão foi professorinha primária por toda a sua vida. Aposentada, mora hoje na cidade de São José do Egito e é irmã de Antonio de Catarina, bebe umas caninhas, por que ninguém é de ferro, e sempre gostou de forró, para dar vazão à sua alma festeira.

Uma vez, chegando num lugarejo chamado Ponta Direita, perto do Bomfim, distrito de São José do Egito, estava havendo lá um autêntico forró de sala de reboco, com direito a sanfona de fole rasgado e batuque de melê.

O sanfoneiro, um dos piores da região, só conhecia uma música que se intitulava “Fogo Pagô”, grande sucesso do nosso cancioneiro regional, de um compositor chamado Rivaldo Serrano, gravada na época pelo inesquecível Luiz Gonzaga.

A música tratava da trágica morte pelas mãos assassinas de um menino malvado, de um tipo de rolinha que habita os pés-de-serra e que os sertanejos chamam de cascavel porque quando levanta vôo suas asas emitem um barulho igual ao guizo da temível serpente. Chamam também de Fogo-Pagô, por causa do seu canto triste.

Os versos diziam mais ou menos assim:

“Teve pena da rolinha
que o menino matou
mas depois que torrou a bichinha
e comeu com farinha, gostou…”

O sanfoneiro repetia sempre a mesma coisa pela noite à dentro, quando Beatriz, já impaciente, mandou parar a sanfona;

– Ô, meu amigo, quer dizer que se esse menino não tivesse matado esse passarinho, não ia ter forró aqui hoje ?

Produtores do Cariri querem aumento da compra direta de leite de cabra

Lígia Feliciano participa de lançamento do Programa Aprova Paraíba Lígia Feliciano participa de lançamento do Programa Aprova Paraíba

O deputado federal Benjamin Maranhão (SD) se reuniu com lideranças e produtores rurais do Cariri paraibano para tratar três temas: regularização fundiária, renegociação de dívidas com o Banco do Nordeste e compra direta de leite de cabra. A Paraíba produz 13 mil litros diários de leite caprino, mas existe um limite de aquisição de 13 litros por dia por produtor no Programa de Aquisição de Alimentos (PAA). O parlamentar já marcou audiências nos órgãos responsáveis para tratar dos problemas apresentados.

No Desenvolvimento Social e Combate à Fome abordará o Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) e a possibilidade de ampliar a quantidade de leite de cabra adquirido por meio da compra direta. “Nós vamos propor que esse limite seja de 150 litros de leite por dia por produtor, com prioridade para os que produzem uma média de 50 litros por dia e a eliminação do limite financeiro semestral de R$ 4 mil por produtor”, disse Benjamin.

Segundo o ex-deputado Francisco de Assis Quintans, que participou da reunião, a revisão das regras é fundamental para a sobrevivência de centenas de famílias paraibanas. Ele destaca que os produtores vêm investindo muito em tecnologia para aumentar a produção de leite e isso tem que ser levado em conta na hora da aquisição do produto.

No Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA) e no Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) tratará da regulamentação fundiária das propriedades. Já no Banco do Nordeste, o parlamentar falará sobre a resistência da instituição bancária em conceder aos proprietários os benefícios que estão na lei.

Além de Benjamin e Quintas, participaram da reunião Elias Freire, liderança da região e ex-candidato a prefeito de Sumé; vereador Aluízio Salvador; o ex-vereador Vicente Lourenço e o zootecnista Wellington Correia. “Atendemos ao convite de Elias e fomos a Região para discutir toda essa problemática e para tentar encontrar soluções. Defendemos e trabalhamos para o fortalecimento do setor produtivo, que gera emprego e renda para muitos paraibanos”, comentou.

Banner Prata

UFCG Sumé: Laboratório de Hidráulica recebe estudantes do Campus de Pombal

Projeto Fest Bar de Zabelê desenvolve intercâmbio com músicos

Escola de São José dos Cordeiros promove Dia D da Alimentação Saudável

RC entregará sistema de captação de água e adutora no Cariri nesta 4ª

Lajedo de Pai Mateus será cenário de supersérie da Globo

Lígia Feliciano participa de lançamento do Programa Aprova Paraíba Lígia Feliciano participa de lançamento do Programa Aprova Paraíba

O município de Cabaceiras, no Cariri paraibano, será cenário de mais uma produção audiovisual. Conhecido como a Rolíude Nordestina, o município já foi cenário de diversas produções, com destaque para o Filme O Auto da Compadecida, dirigido por Guel Arraes.

Dessa vez, o Lajeado de Pai Mateus – uma elevação rochosa do município – será o cenário das gravações das primeiras cenas da nova supersérie da Globo, “Onde Nascem os Fortes”, cuja estreia está prevista para abril de 2018.

A trama que conta com direção de José Luiz Villamarim e autoria de George Moura e Sérgio Goldenberg, trata-se de uma história de amor que terá as contradições do Brasil como contexto, numa terra onde quem vence é o mais forte e não a lei. No centro do enredo, um casal de gêmeos vítima de uma emboscada, na qual o homem morre e a mulher decide lutar para descobrir e punir os criminosos; todos eles, poderosos da região.

Dois triângulos amorosos farão parte da trama: da mocinha Pâmela Tomé (Maria), com Gabriel Leone (Hermano) e Lee Taylor (Simplício); e o dos vilões Alexandre Nero, Patrícia Pillar e Fábio Assunção (Ramiro Curió). Também estão certos no elenco Alice Wegmann, Débora Bloch, Irandhir Santos e Jesuíta Barbosa.

José Luiz Villamarim pretende contar ainda com José Dumont. O ator, paraibano, está ausente do vídeo desde “Velho Chico” (2016). Dumont estreou na Globo em 1981, no especial “Morte e Vida Severina”. Passou pela Manchete no início da década de 90, em “Pantanal” e “Mandacaru”. Após uma segunda passagem pela emissora carioca, foi para a Record, regressando em 2015 para “I Love Paraisópolis”.

[+]   POSTAGENS