::Ministro Celso de Mello antecipa aposentadoria para o dia 13 de outubro ::Em nota, Ricardo Coutinho afirma que está quite com a Justiça Eleitoral ::MPE reforça entendimento contrário à realização de carreatas, passeatas e comícios na Paraíba ::Secretaria Municipal de Saúde de Monteiro informa sobre 04 novos casos de Covid ::Homem que morreu após fugir de bloqueio e atropelar policial nem Monteiro estava com arma ilegal ::Cidades da Comarca de Serra Branca não terão carreatas e comícios enquanto estiverem na bandeira amarela ::Defensoria Pública da Paraíba prevê concurso público em 2021 e revela déficit de 107 vagas ::TSE confirma liminar e mantém prefeito de Taperoá no cargo ::Governo do Estado publica regras para retorno às aulas presenciais na Paraíba ::Lei torna obrigatório teste de Covid-19 em doadores de sangue na Paraíba Malves Supermercados

‘Clone’ do antigo Jeep rende processo contra a Mahindra

(17/06/2020)
‘Clone’ do antigo Jeep rende processo contra a Mahindra ‘Clone’ do antigo Jeep rende processo contra a Mahindra

Fora do mercado brasileiro há anos, a indiana Mahindra segue vendendo veículos em vários outros países. Mas não vem tendo vida fácil nos Estados Unidos, onde acaba de perder uma batalha judicial. O motivo do litígio, que já dura alguns anos, é o modelo Roxor: o Grupo FCA (Fiat Chrysler Automobiles) alega que ele é uma cópia dos clássicos modelos Jeep CJ.

Em novembro de 2019, um juiz já havia expedido uma determinação favorável à FCA, impedindo as vendas do Mahindra Roxor em seis regiões dos Estados Unidos. Agora, a Comissão de Comércio Internacional do país emitiu uma decisão semelhante, na qual consta uma ordem judicial de exclusão do produto. A decisão, porém, ainda precisa ser ratificada pelo governo local, o que deve ocorrer em até 60 dias.

A Comissão entendeu que o Roxor é realmente muito parecido com os antigos modelos CJ da Jeep. A FCA mencionou que o modelo é semelhante à linha CJ até na grade dianteira com aberturas verticais. A diferença é que, nos veículos da Jeep, esse componente tem sete orifícios, enquanto no utilitário indiano são apenas quatro.

A Mahindra já providenciou mudanças frontais para a linha 2020 do Roxor, que incluem uma grade com diferente trama de fendas. Porém, não parece ser o suficiente para afastar o modelo do Jeep CJ: afinal, há vários outros componentes semelhantes entre eles, como faróis, capô e para-lamas dianteiros e traseiros.

Faça seu comentário



Possui atualmente : Nenhum comentário em ‘Clone’ do antigo Jeep rende processo contra a Mahindra