::UEPB celebra convênio com Prefeitura de Sumé para formação de professores ::Prefeito e vereadores de SSU cumprem agenda em Campina e João Pessoa ::Oposição acusa Ricardo de criar milícia com MP da Guarda Militar ::OAB vai ao STF para obrigar Maia a analisar impeachment de Temer ::PM apreende arma e recupera moto roubada em Monteiro ::Anna Lorena nega rompimento e reafirma apoio a João Henrique ::Justiça Federal da PB implanta intimação por WhatsApp ::Aos 78 anos, Morre o ator Paulo Silvino ::Operação desarticula esquema de fraudes em licitações na Paraíba ::Governador cria Guarda Militar Temporária Malves Supermercados

COLUNA CARIRI – POR GEORDIE FILHO

(21/05/2017)

TREME, TEMER!

O homem da JSB, Joesley Batista, da marca Friboi, não teve pena de Michel Temer, atochou nele como faz a Véia de Cabaceiras em seus dias de aperreio, e depois pegou descendo para os Estados Unidos, de onde não arredou mais os pés até o dia de hoje. De besta parece que ele não tem é nada, pois por lá mora na avenida mais cara e badalada da terra do doido Donald Trump. Já Michel, o Temer, tremeu na base, mas não largou o ‘osso’ e decidiu continuar governando o país, mesmo aos trancos e barrancos, sem pena de nós mortais, os pobres brasileiros.

NO OSSO

Por falar em não largar o osso, alguns prefeitos do Cariri lamentam diuturnamente a crise financeira que, segundo eles, assola em seus municípios, mas como faz o Temer, não largam o osso. Pelo contrário, alugam carros de luxo para uso pessoal por valores exorbitantes, que somados ao ano dariam para comprar um novo, fazem contratos astronômicos para serviços não essenciais, diárias, gratificações, refeições nos mais caros restaurantes da Capital, dentre outros desmandos. O choro deles é grande, mas nenhum destes que vivem a lamentar larga o osso.

MARCHA PREFEITO

Um velho ditado não morre, e eis o que talvez jamais morrerá: “quem não chora não mama”. Foi com este ditado que prefeitos lotaram os corredores do Congresso Nacional ao longo desta semana, para cobrar dias melhores para seus municípios aos deputados, senadores e principalmente ao presidente Michel Temer, que é quem de fato bate a mão na mesa. O Cariri marcou presença em peso.

VELOZES E FURIOSOS

O título da nota pode até ser sarcástico, mas a Rua José Geovane e Silva, em Monteiro, fica localizada nas imediações do Bar Parada Obrigatória (bar da viúva) e Bar de Zé Vaqueiro, ambos por trás da casa do ex-prefeito Antônio Nunes. Parece algo normal, mas na rua trafegam muitos motoristas e motociclistas imprudentes, principalmente os alcoolizados que saem dos estabelecimentos. Por isso mesmo, os moradores da localidade estão fazendo um ‘abaixo-assinado’ para implantação de quebra-molas para evitar acidentes principalmente entre crianças e idosos. Como o vereador Cajó Menezes abraçou a causa, os moradores estão confiantes da solução do pleito.

CHEGOU O SÃO JOÃO

Se alguém duvida que o clima de São João chegou ao Cariri, veja a foto acima. O tampa e leitor João Paulo enviou a imagem do início das vendas de fogos artifícios na maior cidade da região, Monteiro. É o primeiro sinal de que o clima junino chegou, com venda dos famosos ‘peido de véia’, ‘buscapé’, ‘palitim’, ‘bujão’, ‘traque’, ‘chuvinha’, ‘vulcão’, ’12 tiros’, ‘cobrinha’ e até o famoso ‘bombril’.

UM HOMEM DO BEM

O Cariri tem muitos homens de bem, mas um deles se destaca, Chico Mariano, vice-prefeito de São Sebastião do Umbuzeiro. O homem, que em comentários gerais, só não é mais perfeito porque é justo com o correto, tem trânsito livre em todas as esferas institucionais, seja municipal, estadual ou federal. Estava ele em Zabelê, na Festa do Jegue, quando chega Cássio Cunha Lima, o avista de longe e parte para o abraço. A foto foi um registro feito pelo editor da coluna.

EM ZABELÊ

O jovem Dalyson Neves abraçou a Festa do Jegue de Zabelê com vontade e fez um belo evento, digno de aplausos. Acompanhado dos ex-prefeitos Lucivaldo Vaz e Íris Henrique, prestigiou todas as noites de shows, bem como a disputa entre os jegues na avenida principal da cidade. Consolida a continuação do governo Íris e Lucivaldo. Marcamos presença por lá e constatamos o fato.

PICADINHAS…

Programação do São João de Monteiro sai nesta quinta-feira (25). Soube que Figo vai até comprar um sapato novo para arrastar o pé até o dia amanhecer.

É mais fácil Galvão não narrar uma final da Copa do Mundo, que Walter Farias Júnior não bater o ponto em Zé Vaqueiro. Ele e João Paulo Kibas.

Paulo Almeida, o Cabeção, começou a engarrafar água do Rio São Francisco. Quem quiser comprar é só ir na Casa Progresso, em Monteiro.

Vavá da Luz vai lançar o Ingá Fest, com direito a desfile da Miss Ingá e tudo mais. Escalou Tião Lucena, Fred Meneses e Fernando Caldeira para jurados. Digo é nada!

Por falar em Tião, o homi tá na comunicação do Estado, fazendo o que mais sabe, e bem feito.

Júnior Nóbrega passou por cirurgia, tá ficando zero bala e quase pronto para aproveitar o São Joao de Prata e, em breve, voltar a administrar o município.

Sandro Môco, com a simplicidade que tem, nem parece ser prefeito. Quem conhece o homem sabe disso e tira o chapéu.

Efigênio Moura manda avisar que tem livro novo saindo do forno.

Informações dão conta de que o chifre voltou a comer no centro em Amparo. Os ‘pés de pano’ estão virados num din-din.

Fábio Brito botando pra torar no seu jornal ao vivo via Facebook.

Dr. Neto, de Sumé, esquece de tomar café da manhã, mas não passa batido sem acessar o queridinho da região.

Zé e Michel, os Silvestres, mandaram comprar uma viola nova para José Levino arrepiar o São João de Monteiro.

Governo na mão é quase tão forte que um rio cheio e dinheiro sobrando, não tem quem segure.

Aquele abraço para o mestre da imprensa do Cariri, indiscutível, que continua sendo Simorion Matos. O homi é bom.

Dizem que o mal do século é aquela doença, mas penso que seja a política. A danada acaba com quase tudo, saúde, honestidade e até amizade. Quem tiver pena de si, não entre.

Dia de segunda-feira o lixo mais coletado às margens do Rio Paraíba, onde chega a transposição em Monteiro, é preservativo. Ô povo danado!

Alguém ainda escuta falar nas reformas de Temer, a da Previdência e a Trabalhista? Como diz Fabiano Gomes, meu nome é xau!

ACESSE TAMBÉM: WWW.VITRINEDOCARIRI.COM.BR

Faça seu comentário



Possui atualmente : 1 comentário em COLUNA CARIRI – POR GEORDIE FILHO


  • Todo cuidado é pouco seu Chico Mariano,se o senhor apertou a mão de Cassio Cunha lima,olhe direitinho se as alianças estão nos dedos.