prefeitura
::Acidente envolvendo ônibus da banda Aviões deixa um homem morto, no Cariri ::Paraibano acerta resultado do ‘Dia de Sorte’ e leva quase R$ 3 milhões ::STF adiará julgamento de suspeição de Moro no caso Lula ::Segundo dia de atrações do São João de Monteiro lota praça de eventos ::Moro cancela ida à Câmara para falar sobre conversas publicadas por site ::Famup defende políticas públicas de convivência com seca ::Sítio São Francisco abre os festejos juninos em Monteiro ::Monteiro abre São João com novo cenário; monteirenses e turistas aprovam a novidade ::Vereadores de Monteiro prestigiam abertura do São João e entrega de obras ao lado da prefeita Lorena ::Brasil goleia Peru por 5×0 e avança para as quartas da Copa América Malves Supermercados

COLUNA OLHO VIVO

(08/10/2015)

INFERNO ASTRAL DE DILMA ROUSSEF

Por Simorion Matos
simorionO governo da presidenta Dilma Roussef vive realmente um inferno astral. Além dos elevadíssimos índices de rejeição popular, a presidenta sofre quase que diariamente derrotas no parlamento e nos órgãos de controle.

A reprovação unânime das contas de 2014 no TCU mostra a fragilidade do governo, pois até o ministro e ex-senador Vital do Rego, que era tido como dilmista juramentado, votou pela rejeição das contas da ex-amiga.

O governo vem apelando de todas as maneiras para tentar mudar o quadro, rateando cargos e promovendo reuniões constantes com os partidos da base aliada, mas a situação se complica cada vez mais.

VEREADOR NO PREJU

Tomar posições políticas sem combinar com os eleitores pode causar prejuízos.

O vereador monteirense Nem de Júlia deixou recentemente a base aliada da prefeita Edna HHHenrique e, por conta disso, está perdendo apoios consideráveis que poderão ter influência na sua campanha do próximo ano.

Uma pessoa muito ligada ao vereador, inclusive do seu círculo familiar, teria afirmado esta semana durante almoço em um restaurante da cidade, que só votará em candidato ligado ao deputado João Henrique, descartando dessa forma votar novamente nele.

O prejuízo de Nem de Júlia poderá ser maior se vier a se confirmar o ingresso na atividade política de possível candidata indicada e apoiada por uma liderança que durante muitos anos recebeu expressiva votação para vereador nas regiões de Jabitacá, Queimadas, Pocinhos, Serra Branca, Minas e Marinheiro, exatamente o setor onde o parlamentar atua politicamente.

PT: ONTEM E HOJE

Após a votação das contas de 2014 da presidenta Dilma Roussef, o PT se apressou em afirmar que a decisão unânime do TCU teria motivação política. O discurso das lideranças petistas e da própria chefa da nação, tenta desqualificar um parecer técnico muito bem fundamentado.

Para o PT, quem não comungar com as suas práticas e não referendar seus pensamentos e suas ações, está contra o Brasil. É um discurso totalmente diferente do que fazia quando não estava no comando do poder.

CONVENÇÕES PARA RENOVAÇÃO DOS DIRETÓRIOS

O deputado João Henrique (DEM) e a prefeita Edna Henrique (PSDB) definiram que as duas legendas deverão realizar no mês de novembro as convenções para renovação dos diretórios municipais de Monteiro.

A Comissão Provisória do DEM em Monteiro é válida até 19/11 e a do PSDB está ativa até 30/12. Os dois partidos estão registrando várias filiações com vistas às eleições municipais do próximo ano.

UMAS & OUTRAS

Numa cantoria com João Furiba, o velho Pinto do Monteiro dizia que ainda estava em condições de namorar e casar. Furiba, provocando e mentindo sobre a idade, despejou:

“Deixe pra mim, que só tenho
dezoito anos de idade.”

Pinto, deu resposta pronta:

“Isso aí não é verdade.
Você quer ser inocente.
Tem vinte anos que canta,
quinze que bebe aguardente,
trinta que engana o povo,
quarenta e cinco que mente”

Um repentista terminou a sextilha com esta deixa:

“Abraão saudou Jesus
na casa do Pai Eterno”

Pinto respondeu bem a seu modo:

“Vá mentir lá no inferno,
cantador intrometido,
que quando Abraão viveu
Jesus não tinha nascido,
e quando Jesus nasceu
Abraão tinha morrido”

O cantador conterrâneo Lino Pedra Azul, num desafio com Pinto, concluiu assim uma sextilha:

“Não é pinto nem é galo,
como se tornou capão?”

O velho Pinto, impiedoso, respondeu:

“Como me tornei capão,
te dou resposta pequena:
pelaram a parte precisa,
cortaram e se deu a cena,
mas tua mãe, quando soube,
chorou um ano com pena.”

Faça seu comentário



Possui atualmente : Nenhum comentário em COLUNA OLHO VIVO