prefeitura
::Zabelê está entre os 10 municípios com melhor índice de transparência pública na PB ::Incêndio destrói loja em Monteiro ::Curta-metragem gravado no Cariri é selecionado pra Mostra nacional do SESC ::Lucélio Cartaxo tem melhora em quadro de saúde e deixa UTI ::SUMÉ: Éden confirma que disputará reeleição ::Adriano Galdino rechaça fala de Bolsonaro: “desserviço às relações federativas” ::Caminhoneiros se mobilizam após nova tabela de frete rodoviário ::Homem morre após colidir moto na traseira de caminhão no Cariri ::Governadores do NE cobram posicionamento de Jair Bolsonaro ::Programa de pós-graduação em ciências da nutrição da UFPB realiza pesquisa em Sumé Malves Supermercados

COLUNA OLHO VIVO

(05/11/2015)

BATINGA E JOÃO HENRIQUE: QUEDA E CRESCIMENTO

Por Simorion Matos
simorionOs dois principais líderes políticos de Monteiro vivenciam momentos bem distintos de queda e ascensão, no que se refere ao somatório de votos, segundo dados divulgados pela imprensa.

Em 2006, Batinga recebeu para deputado estadual, em Monteiro, 6.381 votos. Na eleição seguinte, em 2010, ele recebeu 6.576 votos em Monteiro.

E na última eleição, em 2014, a votação de Carlos Batinga caiu para 6.349 votos. Em resumo, nas 3 eleições que disputou para deputado estadual, 2014 foi a campanha em que Batinga foi menos votado.

Na eleição de 2006, Monteiro tinha 21.338 eleitores e no ano passado, em 2014, Monteiro tinha 24.194 votos. Enquanto entre 2006 e 2014 o eleitorado monteirense cresceu cerca de 3.000 votantes, a votação do ex-deputado Carlos Batinga diminuiu.

Se a votação de Batinga caiu em Monteiro, o deputado João Henrique aumentou consideravelmente a sua votação. Na campanha de 2006, João Henrique recebeu na sua terra natal, 4.958 votos. Na eleição seguinte, em 2010, o deputado aumentou para 5.342 votos. E na eleição passada, em 2014, João Henrique obteve em Monteiro 7.335 votos. Então, entre 2006 e 2014, o deputado João Henrique aumentou em 2.377 votos a sua votação.

PMDB EM FAIXA PRÓPRIA

No moído da política monteirense, comenta-se fortemente que o lançamento de uma candidatura própria do PMDB à Prefeitura de Monteiro é uma decisão pessoal do senador José Maranhão.

Por isto estaria sendo intensificada a presença da ex-prefeita Lourdinha Aragão no município, participando de reuniões e fazendo visitas.

UNIVERSIDADE SUGERE QUE TODAS AS MULHERES SÃO GAYS E BISSEXUAIS

A coisa agora ficou preta. De acordo com um estudo feito pela Universidade de Essex, no Reino Unido, o sexo feminino pode ser classificado apenas por dois gêneros sexuais: lésbica ou bissexual. As informações são do site do jornal britânico Daily Mail.

A pesquisa, conduzida pelo Dr. Gerulf Rieger, do Departamento de Psicologia, foi feita com 345 mulheres. “Mesmo que a maioria das mulheres se identifique como hétero, nossa pesquisa demonstra claramente que, quando se trata do que as excita, elas são bissexuais ou gays, mas nunca heterossexuais”, disse o doutor.

Ao assistirem vídeos de homens e mulheres atraentes e nus, essas mulheres foram analisadas e, de acordo com a dilatação de suas pupilas, foi concluído que as que se dizem heterossexual se excitaram pelos vídeos de ambos os sexos, enquanto as mulheres que se classificaram como lésbicas sentiram-se atraídas mais pelas imagens femininas, não demonstrando desejo com os vídeos do sexo oposto. “Isso nos mostra que a forma como as mulheres se apresentam em público não significa que sabemos algo sobre suas preferências sexuais.”, concluiu.

Vôte!!!!!!!!!!!!

FILIAÇÕES TUCANAS

O vice-prefeito Cajó Menezes, o vereador Leco de Chuta e a pré-candidata a vereadora Rosemere Matos já estão filiados ao PSDB e deverão ser reforços tucanos pelas eleições do próximo ano em Monteiro.

UMAS & OUTRAS

Estávamos em Arcoverde, participando do Congresso de Violeiros que era organizado anualmente pelo professor, advogado e poeta José Rabelo, numa roda de cerveja e de glosas que animava o barzinho em frente à Faculdade, promotora do evento.

De repente passa em frente ao bar uma morena muito bonita e nova, de óculos escuros, bem vestida e super produzida, dirigindo um possante carro do ano.

Ao perceber que todos ficaram admirados com a beleza da moça, Manoel Filó informou:

– Essa é a esposa de Doutor Fulano. Ele comprou esse carro zerinho e deu de presente a ela.

O poeta Pedro Amorin olhou bem desconfiado, coçou o vasto bigode e comentou:

– O cabra casado com uma lazarina dessa, comprar um carro novo e dar a ela, é o mesmo que dar-lhe de presente um balaio de rôla dura.

Faça seu comentário



Possui atualmente : Nenhum comentário em COLUNA OLHO VIVO