::Projeto realiza troca gratuita de lâmpadas em Ouro Velho ::Homem é assassinado a tiros em palhoção de festas no Cariri ::Prefeita Anna Lorena é novamente convidada para missão na Alemanha ::Maranhão destina emenda de R$ 400 mil reais para hospital de Goiás ::Seduc de Monteiro reúne diretores de escolas para debater entrada de alunos no Ensino Médio ::MPF-PB pede sequestro de cinco bens e fiança de quase R$ 550 mil a ex-prefeito ::Prefeita de Monteiro anuncia pagamento dos salários de novembro, dezembro, 13º e 14º dos servidores ::Modelo de gestão da prefeita Anna Lorena tem 86% de aprovação em Monteiro ::Segundo dia do Enem 2018 tem 24,7% de candidatos faltosos na Paraíba ::Governo Adriano Wolff tem 87% de aprovação, aponta pesquisa Malves Supermercados

Comarca de Monteiro teve mais processos físicos arquivados que distribuídos em 2017

(02/02/2018)
Comarca de Monteiro teve mais processos físicos arquivados que distribuídos em 2017 Comarca de Monteiro teve mais processos físicos arquivados que distribuídos em 2017

A Comarca de Monteiro, situada na região do Cariri paraibano, baixou um total de 1.428 processos, no período compreendido entre janeiro e dezembro de 2017, o que representou mais do que o número de feitos distribuídos no mesmo ano (1.062). Os dados são oriundos do Sistema de Controle de Processos do Poder Judiciário do Estado da Paraíba e mostram, também, que o desempenho da Comarca foi superior em relação ao ano de 2016.

Conforme o Sistema, que verifica a situação de processos físicos, durante 2017, houve um total de 760 audiências, contra 591, realizadas em 2016. Também o número de decisões emitidas cresceu ao longo dos dois anos. Foram 974 em 2017, 399 a mais que em 2016, cujo total foi 575.

Atualmente, a Comarca de Monteiro possui três Varas, que somam 3.654 processos. Está respondendo pela 1ª Vara o magistrado Vladimir José Nobre de Carvalho. A 2ª e a 3ª Vara estão sob a responsabilidade da juíza Francilene Lucena Melo Jordão.

Com Gabriela Parente

Faça seu comentário



Possui atualmente : 1 comentário em Comarca de Monteiro teve mais processos físicos arquivados que distribuídos em 2017


  • Vale salientar amigo, que os processos, a mais de dois anos, são quase que em sua totalidade eletrônicos, protocolados via sistema PJE, desta forma, os processos físicos SEMPRE serão mais arquivados que ajuizados, pois a sua forma for física está em vias de extinção, tornou-se ultrapassada.

    Essa foi uma tentativa pífia do nosso presidente de manipular as informções a seu favor e a favor do Tribunal de justiça.

    OBS: Os 3 juízes citados são substituitos e comparacem a comarca de Monteiro, não mais que uma vez por semana, basta consultar o site do Tribunal de Justiça para verificar.

    Att,