::Polícia procura por homem suspeito de furar olho de jumento por ciúmes ::Família fica ferida após explosão provocada por vazamento de gás ::Monteiro e outras seis cidades receberão veículos adaptados para deficientes ::Operação desarticula quadrilha de roubo de locadoras de veículos ::Polícia Federal faz busca e apreensão no apartamento de Gilberto Kassab ::TJPB determina retorno de Berg Lima à Prefeitura de Bayeux ::Municípios do Cariri são contemplados com equipamentos agrícolas ::As charges do dia… ::Governador eleito da PB, vice, senadores, deputados e suplentes são diplomados ::Clientes do Banco do Brasil poderão usar WhatsApp para fazer saques Malves Supermercados

Conselho da OAB-PB elege dirigentes da Subseção do Cariri

(30/04/2018)

O Conselho da Ordem dos Advogados do Brasil, seccional Paraíba, elegeu na manhã desta segunda-feira, 30, a diretoria provisória para o ano de 2018 da nova subseção da OAB-PB na região do Cariri, com sede em Monteiro.

A advogada Dra. Taua Domiciano foi escolhida para presidir a subseção, tendo como vice-presidente, o advogado Dr. Inácio Maracajá. O secretário-geral será Dr. Jarbas Murilo, o adjunto será Dr. Miguel Rodrigues e a tesoureira será Dra. Lorena Caiafo.

.

Faça seu comentário



Possui atualmente : 2 comentários em Conselho da OAB-PB elege dirigentes da Subseção do Cariri


  • De acordo com declarações do Governador do estado, nesta dia 30, afirma Ricardo Coutinho que o duodécimo do TJPB aumentou 79% e serão repassados nada mais nada menos que 596 milhões, anotem aí 596 milhões. Para que? para prestar um serviço dessa natureza a população?

  • A OAB, subseção do Cariri Paraibano está muito bem representada pelo ilustre Dr. Maracajá, tomara que, com a força que tem a OAB continue na luta para resolver o estado lastimável que se encontra a justiça daqui. Situação de calamidade pública, inexplicável, UM FÓRUM DE UMA COMARCA SEM JUIZ. Imaginem um hospital sem médico? Imaginem uma escola sem professor? Meu Deus, a que ponto chegamos. UMA COMARCA SEM JUIZ. O Tribunal de Justiça da Paraíba não toma uma decisão, e é porque o usuário da justiça paga custas caríssimas. Um verdadeiro absurdo!!!!!