::Contas das prefeituras de Prata e São João do Cariri estão na pauta do TCE ::TCU aceita legalidade de contratação de advogados por inexigibilidade ::Veneziano agradece apoios pela conquista do 1º lugar para o Senado ::Bandidos roubam celular e moto de vítima no Cariri ::Ricardo Coutinho faz mudanças em cargos do governo ::Wellington vê tempos difíceis mas ainda acredita na vitória de Haddad ::Justiça Eleitoral divulga Carta à Nação Brasileira sobre urnas ::MP recomenda retirada de barracas e entulhos das vias públicas de Serra Branca ::Petrobras reduz preço de gasolina nas refinarias a partir desta terça-feira ::Fernando Haddad chama Bolsonaro de ‘soldadinho de araque’ Malves Supermercados

Estela Bezerra descarta presidência da Assembleia Legislativa

(11/10/2018)
Estela Bezerra descarta presidência da Assembleia Legislativa Estela Bezerra descarta presidência da Assembleia Legislativa

A deputada estadual Estela Bezerra (PSB) descartou a intenção de disputar a presidência da Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB). Ela disse em entrevista à TV Correio, nesta quinta-feira (11), que está focada no segundo turno da eleição presidencial.

“Não pretendo disputar a eleição da Assembleia Legislativa. Como uma boa brasileira, vou focar na eleição presidencial.” Ela disse, ainda, que existe uma “ansiedade está pautando a eleição da Casa”, neste momento.

Estela criticou Bolsonaro ao dizer que o segundo turno tem dois lados: um deles é Haddad com o combate à corrupção e o outro, do candidato militar, é a ideia do armamento e da violência.

A deputada também comentou sobre a derrota de Cássio Cunha Lima (PSDB), Zé Maranhão (MDB) e de Lucélio Cartaxo (PV) citando que os eleitores “expurgaram algumas lideranças”.

Após ser questionada se disputaria a presidência da ALPB e descartar a hipótese, Estela também descartou pretensão de ser líder da base governista na Casa. “Estou com poucas pretensões. Minha ambição é ser bem avaliada na política e ter um país que possa crescer.”

Em respeito a legislação eleitoral o CARIRI LIGADO não publicará os comentários dos leitores. O espaço para interação com o público voltará a ser aberto logo que as eleições 2018 se encerrem.