prefeitura
::Prazo para pagamento do IPTU 2019 com desconto se encerra nesta sexta-feira ::Prefeita de Monteiro entrega reforma e modernização do açougue público ::Prefeitura de Sumé investe em segurança e saúde nas festas juninas ::Moro diz não ter nada a esconder e que mensagens podem ter sido alteradas ::Secretária de Saúde de Prata aciona vereador Bobô na Justiça ::Prefeitura do Cariri abre processo seletivo com 15 vagas para o Mais Educação ::Prazo para pagamento do IPVA de placa com final 6 termina no dia 28 de junho ::São João de Monteiro terá superestrutura de segurança ::Bandidos assaltam agência bancária em Ouro Velho ::Governo sanciona lei que acaba com salsicha na merenda escolar Malves Supermercados

Exército mira em operação venda ilegal de armas em 8 cidades da PB

(09/04/2019)
Exército mira em operação venda ilegal de armas em 8 cidades da PB Exército mira em operação venda ilegal de armas em 8 cidades da PB

O Exército Brasileiro, por meio do Sistema de Fiscalização de Produtos Controlados (SisFPC) inicia hoje (9), na Paraíba e demais estados do Brasil, a Operação Alta Pressão VIII. Além da capital João Pessoa, mais sete municípios são alvos da operação no estado. As informações são do sargento França, do 71º Batalhão de Infantaria Motorizado.

O militar informou que ação tem o objetivo de fiscalizar o comércio de armas de fogo, munições e insumos, em lojas e clubes de tiro cadastrados junto ao Exército, para evitar ou coibir o uso desses produtos controlados por partes de ilícitos.

Para que um produto seja “controlado pelo Exército”, ele precisa ter poder de destruição ou outra propriedade de risco. Além disso, é necessário que o uso seja restrito a pessoas físicas e jurídicas legalmente habilitadas.

A primeira operação do gênero ocorreu em 2015. De lá para cá, foi possível constatar uma significativa redução no comércio indevido de armas e munições no âmbito regional e nacional. Todas as atividades têm contado com a participação de militares do Exército e de diversos Órgãos de Segurança Pública.

Na Alta Pressão VII, em outubro de 2018, foram apreendidas 41.288 munições, 1.135 armas de fogo, 172 armas de pressão entre elas 22 airsoft e duas lunetas de uso restrito em todo o país. Ao todo, 95 empresas foram autuadas por irregularidades administrativas no trato com Produtos Controlados pelo Exército (PCE).

Faça seu comentário



Possui atualmente : Nenhum comentário em Exército mira em operação venda ilegal de armas em 8 cidades da PB