prefeitura
::Promessa cumprida: Funcionários da Prefeitura de Monteiro sacam primeira parcela do 13º ::Homicídios na PB caem 21,8% nos primeiros seis meses de 2019 ::Prefeito Éden Duarte realiza mais um ciclo de plenárias do ODM ::Professores convocam greve nacional para 13 de agosto ::PF desarticula grupo suspeito de praticar roubo a bancos no RN e PB ::Mãe nega que tenha agredido e acorrentado filho no Cariri ::Polícia Militar reforça ações e operações nos próximos 15 dias na Paraíba ::Lucélio Cartaxo é transferido de João Pessoa para São Paulo ::EXCLUSIVO – Polícia Civil cumpre mandados de prisão no Cariri ::Eclipse lunar acontece nesta terça e poderá ser visto em toda Paraíba Malves Supermercados

Exército mira em operação venda ilegal de armas em 8 cidades da PB

(09/04/2019)
Exército mira em operação venda ilegal de armas em 8 cidades da PB Exército mira em operação venda ilegal de armas em 8 cidades da PB

O Exército Brasileiro, por meio do Sistema de Fiscalização de Produtos Controlados (SisFPC) inicia hoje (9), na Paraíba e demais estados do Brasil, a Operação Alta Pressão VIII. Além da capital João Pessoa, mais sete municípios são alvos da operação no estado. As informações são do sargento França, do 71º Batalhão de Infantaria Motorizado.

O militar informou que ação tem o objetivo de fiscalizar o comércio de armas de fogo, munições e insumos, em lojas e clubes de tiro cadastrados junto ao Exército, para evitar ou coibir o uso desses produtos controlados por partes de ilícitos.

Para que um produto seja “controlado pelo Exército”, ele precisa ter poder de destruição ou outra propriedade de risco. Além disso, é necessário que o uso seja restrito a pessoas físicas e jurídicas legalmente habilitadas.

A primeira operação do gênero ocorreu em 2015. De lá para cá, foi possível constatar uma significativa redução no comércio indevido de armas e munições no âmbito regional e nacional. Todas as atividades têm contado com a participação de militares do Exército e de diversos Órgãos de Segurança Pública.

Na Alta Pressão VII, em outubro de 2018, foram apreendidas 41.288 munições, 1.135 armas de fogo, 172 armas de pressão entre elas 22 airsoft e duas lunetas de uso restrito em todo o país. Ao todo, 95 empresas foram autuadas por irregularidades administrativas no trato com Produtos Controlados pelo Exército (PCE).

Faça seu comentário



Possui atualmente : Nenhum comentário em Exército mira em operação venda ilegal de armas em 8 cidades da PB