prefeitura
::Monteiro confirma mais cinco casos de coronavírus ::Veneziano viabiliza mais de R$ 13 mi para investimentos no combate à covid-19 ::Prefeito Éden Duarte entrega obra de reforma e ampliação da sede da Filarmônica Municipal ::Irmã do deputado João Henrique morre vítima de Covid-19 ::Câmara Municipal de Monteiro retoma sessões ordinárias com todas as medidas de prevenção ::Ricardo Coutinho e mais sete se tornam réus em processo da ‘Calvário’ ::Advogados destacam sucesso da Caravana de Vacinação da CAA-PB em cidades do Cariri ::Inmet alerta para perigo de baixa umidade em 69 cidades da Paraíba ::Ouro Velho é o único município do Cariri sem casos de Covid-19 ::Eleições devem ter horário de votação ampliado e podem sofrer com falta de mesários Malves Supermercados

Feminicídios representam 8% das mortes violentas de mulheres em janeiro de 2020, na PB

(25/02/2020)
Feminicídios representam 8% das mortes violentas de mulheres em janeiro de 2020, na PB Feminicídios representam 8% das mortes violentas de mulheres em janeiro de 2020, na PB

Doze mulheres foram vítimas de mortes violentas em janeiro de 2020 na Paraíba, sendo uma por motivação de gênero. O número de feminicídios representa 8,3% dos crimes violentos letais intencionais que aconteceram contra mulheres no primeiro mês do ano. O número de feminicídios em janeiro igualou dois meses de 2019 (fevereiro e julho).

Em relação a janeiro de 2019, quatro mulheres foram assassinadas, sendo dois feminicídios. Os assassinatos foram cometidos pelo companheiro ou ex-companheiro das vítimas.

No ano inteiro de 2019, o número de feminicídios representou 52% do total de mulheres assassinadas na Paraíba. O número de feminicídios – 38 – foi superior ao de homicídios dolosos de mulheres, que não têm relação com o gênero – 32 casos. Além disso, os dados também mostram que duas mulheres morreram por latrocínio, quando acontece o roubo seguido de morte, e outra por lesão corporal seguida de morte. No total, 73 mortes de mulheres em 2019.

Em 2018, esse percentual foi de 40,5%. De acordo com o Núcleo de Análise Criminal e Estatística, foram registrados 84 Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLI) com vítimas do sexo feminino, sendo 34 desses, feminicídios – quatro a menos que no ano de 2019.

O mês com o maior número de feminicídios foi o de abril. Seis mulheres foram mortas por seus companheiros ou ex-companheiros. Igualando a abril, o mês de outubro também registrou 6 feminicídios. Em 2019, não houve um mês do ano que uma mulher não tenha sido morta por questões de gênero.

Faça seu comentário



Possui atualmente : Nenhum comentário em Feminicídios representam 8% das mortes violentas de mulheres em janeiro de 2020, na PB