prefeitura
::Bolsonaro deve ir a Sertânia-PE no próximo dia 1º de outubro ::Sumé registra 15 casos positivos de coronavírus e 1 óbito nesta terça-feira ::Área com seca na PB aumenta mais de 20% em agosto, diz ANA ::Secretaria Municipal de Saúde de Monteiro informa sobre 03 novos casos de Covid ::Profissionais de saúde e segurança devem ser os primeiros a tomar a vacina contra covid-19 na PB, decide comissão da ALPB ::Registros de queimadas na Paraíba aumentam 21% este ano em relação ao ano passado ::TJPB mantém condenação de ex-prefeito do Cariri por irregularidades em obra de UBS ::Detran-PB leiloa 1.260 veículos pela internet em outubro ::João assina ordens de serviço e autoriza obra de adequação do abatedouro de Monteiro ::Em Serra Branca: Justiça Eleitoral rejeita denúncia de Souzinha contra Flávio Torreão Malves Supermercados

Filho do ex-diretor do Campus da UFCG de Sumé é executado

(20/01/2014)

canielo_filho-300x218

O fisiculturista paraibano Mateus Loreto Caniello, 24 anos, foi assassinado a tiros na madrugada desta segunda-feira (20), na praia de Pipa, litoral Sul do Rio Grande do Norte. Ele teria viajado para Pipa a lazer. Mateus é filho do secretário de Planejamento da prefeitura de Campina Grande e professor da da Universidade Federal de Campina Grande (UFCG), Marcio Caniello, ex-diretor do CDSA< Campus de Sumé.

O delegado Wellington Guedes, titular da Delegacia de Polícia Civil de Pipa, informou que o jovem estava na rua quando um Celta se aproximou. Um homem desceu do veículo, atirou quatro vezes em Mateus e fugiu.

“Foi um crime com características de execução. Ainda estamos colhendo informações, mas uma das linhas de investigação é que a morte esteja relacionada com o tráfico de drogas”, explica o delegado. Welington Guedes acrescenta que a vítima respondia a um processo por tráfico de drogas na Comarca de Cabedelo, município da região metropolitana de João Pessoa.

Mateus Caniello era praticante de fisiculturismo e no ano passado foi 1º colocado do Campeonato Estadual de Bodybuilding da Paraíba na categoria juvenil. O corpo do paraibano foi liberado do Instituto Técnico-Científico de Polícia (Itep) na manhã desta segunda e foi levado para a Paraíba.

O velório acontecerá nesta segunda-feira (dia 20), no final da tarde, no Campo Santo Parque da Paz, em Campina Grande.

Na tarde desta segunda-feira, a Reitoria da UFCG emitiu nota de pesar pelo falecimento do jovem.

“A Reitoria da Universidade Federal de Campina Grande e Diretoria do Centro de Desenvolvimento Sustentável do Semiárido (CDSA), campus de Sumé, vêm a público manifestar, em nome de toda a comunidade acadêmica, o mais profundo pesar pelo falecimento de MATEUS LORETO CANIELLO, filho do professor Márcio Caniello. Ao mesmo tempo prestam condolências a familiares e amigos enlutados pela irreparável perda ocorrida nesse domingo, dia 19”, diz a nota.

Faça seu comentário



Possui atualmente : Nenhum comentário em Filho do ex-diretor do Campus da UFCG de Sumé é executado