prefeitura
::Prazo para pagamento do IPVA de placa com final 5 vence no dia 31 de maio ::OAB divulga resultado preliminar da 2ª fase do Exame de Ordem ::Prefeitura de Sumé e Sebrae planejam funcionamento do Shopping do município ::Prefeitura de SSU recebe kits de Higiene da Colgate para distribuir com a população ::Solteira, paraibana Lucy Alves posa sexy na cama ::Animais na pista provocam mais um acidente na região do Cariri ::Prefeitura de Sumé conclui serviço de aração de terras para agricultores do município ::Jovem sofre tentativa de homicídio no Cariri ::Maioria do STF vota pela criminalização da homofobia ::Guedes diz que reforma da Previdência deve ser aprovada em até 90 dias Malves Supermercados

Força-tarefa acompanha demandas judiciais da reforma da Previdência

(11/03/2019)
Força-tarefa acompanha demandas judiciais da reforma da Previdência Força-tarefa acompanha demandas judiciais da reforma da Previdência

Uma força-tarefa, reunindo 20 profissionais, no âmbito da Advocacia-Geral da União (AGU) vai acompanhar as demandas judiciais relacionadas às discussões e aos debates da reforma da Previdência. A Portaria número 180, instituindo o grupo, está publicada no Diário Oficial da União desta segunda-feira (11).

O grupo terá o nome de “Força-Tarefa de Defesa da Nova Previdência Social – PEC 6/2019” e sua atuação será preventiva. De acordo com a portaria, o grupo foi criado “considerando a necessidade de um trabalho jurídico preventivo e eficiente para conferir acompanhamento especial à judicialização de temas relativos à PEC nº 06/2019.”

Coordenará a força-tarefa o representante do gabinete do advogado-Geral da União, André Mendonça. Os integrantes serão designados pelos órgãos respectivos e terão atividades específicas.

Em fevereiro, o governo encaminhou a reforma da Previdência ao Congresso. As negociações estão intensas e a primeira etapa de debates será na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) na Câmara.

Atuação
A força-tarefa será formada por representantes do gabinete do Advogado-Geral da União e dos órgãos responsáveis pelas funções de consultoria e assessoramento jurídico, de defesa judicial da União, autarquias e fundações.

No grupo estão um integrante do gabinete do advogado-geral da União, dois da Consultoria-Geral da União, dois da Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional, cinco da Procuradoria-Geral da União e o mesmo número da Procuradoria-Geral Federal e da Secretaria-Geral do Contencioso.

A força-tarefa vai atuar na sistematização e disponibilização de subsídios, estudos, pareceres e notas técnicas. Os profissionais vão trabalhar também na organização das teses para subsidiar as manifestações e defesas em juízo, assim como no monitoramento do ingresso de ações judiciais, acompanhado da respectiva atuação em juízo, independentemente de citação, intimação ou notificação.

De acordo com a portaria, o grupo vai atuar na coordenação e supervisão dos respectivos órgãos de execução no acompanhamento das ações judiciais e consolidação dos dados de judicialização.

Faça seu comentário



Possui atualmente : Nenhum comentário em Força-tarefa acompanha demandas judiciais da reforma da Previdência