::Prefeitura de Sumé leva água encanada à comunidade do sítio Ingá ::TCE-PB vai mirar nos servidores públicos que acumulam cargos ::Câmara de Camalaú antecipa eleição do 2° biênio e atual presidente é reeleito ::Grupo rouba caminhão com 500 botijões de gás de empresário Monteirense ::Revitalização do leito do rio Paraíba será tema de audiência pública ::Lojas Olindina apresenta sua nova coleção de calçados nesta sexta ::As charges do dia… ::Petrobras reduz preços da gasolina e do diesel a partir desta sexta ::Governo inicia pagamento do PIS para aposentados ::Educação de Monteiro comemora mais uma conquista com inauguração de Escola Malves Supermercados

‘Gemidão do Zap’ interrompe testemunha

(13/11/2017)
‘Gemidão do Zap’ interrompe testemunha ‘Gemidão do Zap’ interrompe testemunha ‘Gemidão do Zap’ interrompe testemunha

A Justiça Federal do Rio de Janeiro ouviu nesta segunda-feira (13) três testemunhas de defesa no processo que acusa o ex-governador Sérgio Cabral (PMDB) e mais nove pessoas de desvios de quase R$ 50 milhões em obras como a Linha 4 do Metrô, o PAC e o Arco Metropolitano.

Foram ouvidos o ex-secretário de Fazenda Júlio Bueno, o atual titular da pasta de Transportes, Rodrigo Vieira, e um de seus antecessores, Sebastião Rodrigues Neto.

Todos negaram ter conhecimento dos envolvidos nos crimes denunciados pelo MPF. Quando defendia o ex-subsecretário Luís Carlos Velloso, Sebastião foi interrompido pelo som de um aparelho celular: o “gemidão do zap”.

Advogados disfarçaram o riso e um deles, que mexia no telefone, se antecipou: “Não foi o meu”, sussurrou. Assim como nos depoimentos das testemunhas, ninguém confessou o “crime”. O vídeo foi gravado pelo sistema de câmeras oficial que registra a audiência.

Faça seu comentário



Possui atualmente : Nenhum comentário em ‘Gemidão do Zap’ interrompe testemunha