::Vazão do São Francisco para Boqueirão volta a ser impasse ::Preço da gasolina cai 2% nas refinarias a partir deste sábado ::PF cumpre mandado em Monteiro contra esquema de fraudes na previdência ::Prefeito de Coxixola decreta luto oficial pela morte do vereador Fábio Oliveira ::LUTO NO CARIRI: Vereador de Coxixola morre atropelado por carro na BR-412 ::Jovem é morto a tiros dentro de mercadinho em Monteiro ::Médico libera Jair Bolsonaro para debates ::STF decide pela proibição de pensões para ex-governadores da PB ::Vereadores de Monteiro prestigiam abertura dos Jogos Escolares ::Trabalho de recuperação de estradas vicinais segue sendo realizado em Prata Malves Supermercados

Governo Temer tem aprovação de 6%

(31/01/2018)
Governo Temer tem aprovação de 6% Governo Temer tem aprovação de 6%

Pesquisa do instituto Datafolha divulgada nesta quarta-feira (31) mostra os seguintes percentuais de avaliação do governo do presidente da República, Michel Temer (PMDB):

Ruim/péssimo: 70%

Regular: 22%

Ótimo/bom: 6%

Não sabe: 2%

O Datafolha fez 2.826 entrevistas entre 29 e 30 de janeiro, em 174 cidades. A margem de erro é de dois pontos para mais ou para menos.

O nível de confiança da pesquisa, segundo o Datafolha, é de 95%, o que quer dizer que, se levarmos em conta a margem de erro de dois pontos percentuais, a probabilidade de o resultado retratar a realidade é de 95%.

Na última pesquisa Datafolha sobre a aprovação do governo, realizada em novembro de 2017, 71% avaliaram como ruim/péssimo; 23% como regular; 5% como ótimo/bom e 1% não soube responder.

Notas

O Datafolha pediu para os entrevistados atribuírem uma nota de zero a dez para o governo Temer. 43% deram nota zero; 14% deram nota cinco e 8% deram nota dois.

A média, segundo o instituto, foi de 2,6. Em julho de 2016, dois meses depois de ter assumido a presidência, a média das notas atribuídas a Temer era 4,5, de acordo com o Datafolha.

Em respeito a legislação eleitoral o CARIRI LIGADO não publicará os comentários dos leitores. O espaço para interação com o público voltará a ser aberto logo que as eleições 2018 se encerrem.