sao joao
::EM MONTEIRO: Batinga, João e Ricardo realizam grande arrastão e comício nesta sexta ::População comparece a inauguração da Academia da Saúde na Vila Santa Maria ::Após ação dos Bombeiros, PM e apoio da Prefeitura, incêndio é controlado em Coxixola ::Tribunal de Contas aprova contas de 2017 da prefeitura de Zabelê ::Água da Transposição volta a ser bombeada para a Paraíba ::“Sou cobrada mesmo, por obras que se arrastam há anos”, diz prefeita de Monteiro ::Mais de 60% dos paraibanos aprovam governo de Ricardo Coutinho ::Próximo presidente terá que fazer a reforma da Previdência, diz Temer ::Presidente da Câmara de Monteiro parabeniza prefeita por entrega de academia da saúde ::Boqueirão deve voltar a ter água da transposição em 20 dias, diz DNOCS Malves Supermercados

Granja do governador tem mais PMs que cidades da PB, diz Cássio

(13/03/2018)
Granja do governador tem mais PMs que cidades da PB, diz Cássio Granja do governador tem mais PMs que cidades da PB, diz Cássio

O senador Cássio Cunha Lima (PSDB-PB) criticou, nesse fim de semana, a segurança pública na Paraíba e disse que mais da metade das cidades do estado têm menos policiais do que na granja do governador.

Segundo ele, o paraibano está apavorado com os índices alarmantes de violência, que têm colocado as principais cidades, como João Pessoa e Campina Grande, entre as mais inseguras do país.

Cássio disse que nessas localidades só contam com dois ou três policiais para fazer a segurança de toda cidade. O tucano também lembrou que a Polícia Militar possui praticamente o mesmo efetivo de sua época como governador do Estado. “O efetivo em mais da metade das cidades se resume a dois ou três policiais, bem diferente do que acontece na granja do governador”, arrematou.

Para tentar resolver o problema da segurança pública na Paraíba, o governo do Estado anunciou semana passada um concurso para contratação de mil pessoas para a Polícia Militar.

O edital deverá ser lançado no próximo dia 23. Segundo o governo, serão 500 policiais efetivados neste e ano e outros 500 em 2019, já na nova gestão do Estado.

Em respeito a legislação eleitoral o CARIRI LIGADO não publicará os comentários dos leitores. O espaço para interação com o público voltará a ser aberto logo que as eleições 2018 se encerrem.