vaquejada
::Caminhoneiros chegam ao 5º dia de greve com três pontos de bloqueios no Cariri ::Jefferson Roberto consegue aprovar projeto para construção de barragem ::Prefeito paraibano fura bloqueio e dispara: “rebanho de cachaceiros” ::Sumé divulga relação dos classificados para sorteio das barracas do São João ::Petrobras reduz preço da gasolina nas refinarias pelo 4º dia seguido ::TJ suspende atividades e universidades paralisam aulas devido a protestos ::Mesmo com acordo, caminhoneiros mantêm protestos nas rodovias federais ::As charges do dia… ::Governo faz proposta para suspensão por 15 dias da paralisação dos caminhoneiros ::Em Brasília, Anna Lorena participa de eventos e assegura recursos para pavimentação asfáltica de Monteiro Malves Supermercados

“Jampa Digital é retrato de gestão que a Paraíba não quer mais”, diz Ruy

(17/05/2018)

O presidente estadual do PSDB, Ruy Carneiro, comentou na manhã desta quinta-feira (17) a multa aplicada pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE) aos auxiliares do governador Ricardo Coutinho (PSB) pelo superfaturamento do projeto Jampa Digital, quando este era prefeito de João Pessoa.

“Mais do que atestar as irregularidades cometidas, o TCE deixa evidente um modelo de gestão que está ultrapassado, obsoleto. O Jampa era digital, mas os gestores eram analógicos”, afirma Ruy.

O Jampa Digital é conhecido como um dos maiores escândalos de desvio de dinheiro público do País. No julgamento de ontem, o TCE constatou sobrepreço de R$ 840 mil na compra de equipamentos do programa, que pretendia oferecer internet gratuita à população, e condenou por unanimidade dois ex-secretários de Ricardo Coutinho.

Para Ruy, a população de João Pessoa desaprova este tipo de conduta com o dinheiro público, e já mostrou isto na hora de escolher o padrão de gestão que quer para a cidade. “O modelo do PSB foi derrotado duas vezes nas últimas eleições da capital paraibana. E também deverá ser derrotado este ano no Estado, porque este é o retrato de gestão que a Paraíba não quer mais”, enfatizou.

Ruy disse ainda que as irregularidades reforçam a necessidade de respostas sobre o assassinato de Bruno Ernesto, à época diretor de infraestrutura e planejamento tecnológico da Prefeitura de João Pessoa e responsável pelo programa.

Faça seu comentário



Possui atualmente : 1 comentário em “Jampa Digital é retrato de gestão que a Paraíba não quer mais”, diz Ruy


  • OUTRO PROCESSO QUE NÃO VAI TER SOLUÇÃO NA PARAÍBA. IMPUNIDADE NO JAMPA DIGITAL.