prefeitura
::Câmara de Monteiro, sindicatos e população discutem Reforma da Previdência ::‘Lambu’ não resiste ao ferimentos e morre em Campina Grande ::Aguinaldo Ribeiro é oficializado como líder da maioria na Câmara Federal ::Prefeitura de SSU realiza oficina de Confecção de lembrancinhas em feltro ::Crianças são flagradas comendo no chão em escola do Cariri ::NO CARIRI: Ação da PRF e Polícia Militar apreende carro roubado e clonado ::Vereadores de Monteiro tiveram semana mais produtiva do ano ::Prefeita, vereadores e técnicos da AESA visitam açudes em Monteiro ::II Conferência Municipal dos Direitos do Idoso é realizada em Ouro Velho ::Empresário Roberto Santiago é preso na 3ª fase da ‘Operação Xeque-Mate’ Malves Supermercados

Juízes do interior cobram ao TJPB aumento de servidores, infraestrutura e segurança

(07/03/2019)

Os juízes da região de Queimadas, no interior do estado da Paraíba, estão cobrando do Poder Judiciário a equalização da força de trabalho, para poder dar conta de aproximadamente oito mil processos em tramitação na comarca. Os juízes Fabiano Graçascosta e Jeremias Cássio apresentaram a preocupação à Associação dos Magistrados da Paraíba (AMPB) e solicitaram que a entidade cobre ao Tribunal de Justiça do Estado um planejamento em relação ao acervo de unidades judiciárias que possuem um grande número de processos e quantidade insuficiente de servidores e assessores de juízes.

Os magistrados reclamaram, ainda, da internet deficiente do Fórum, pois prejudica o andamento dos trabalhos, mesmo com a digitalização dos processos.

A AMPB realizou visitas a várias comarcas, no mês de fevereiro. A entidade informou que, na cidade de Aroeiras, a juíza Maria Carmen Freire Farinha relatou aos representantes associativos que, apesar de contar com um número bom de servidores, falta estrutura física adequada e segurança no Fórum.

Na comarca de Guarabira, os juízes Aparecida Gadelha, Max Nunes e Elza Bezerra, membros da Associação, foram recebidos pelos juízes Alírio de Brito, Silse Nóbrega, Flávia Silvestre, Higia Antônia Barreto e Kátia Araújo, que trataram da reestruturação das unidades judiciárias e readequação do segundo grau de jurisdição.

“Precisamos de uma solução que gere resultados. Não tem como um juiz atender de forma razoável a demanda de processos estando respondendo por três unidades judiciárias, por exemplo”, disse a presidente da AMPB, Aparecida Gadelha. “Nosso trabalho é institucional, temos que levar as demandas dos colegas ao Tribunal, por isso estamos realizando essas visitas”, frisou.

Mais uma vez, os magistrados solicitaram um cuidado melhor com a segurança do Fórum, o que é um problema recorrente em comarcas do interior do Estado.

“Os pleitos não são só nossos, são do jurisdicionado, pois tudo culmina numa melhor prestação do nosso serviço”, comentou a Titular da 5ª Vara Mista da comarca de Guarabira, a juíza Kátia Araújo.

Número insuficiente de servidores no cartório e preocupação com a digitalização de processos, em detrimento do cumprimento de metas do CNJ. Essas foram algumas das questões apresentadas pelos juízes Anderley Marques e Renan do Valle, da comarca de Sapé.

“Vamos cobrar uma melhor gestão dos recursos, já que o TJPB bate tanto na tecla de economia, por conta do orçamento congelado”, afirmou a presidente da AMPB.

Faça seu comentário



Possui atualmente : Nenhum comentário em Juízes do interior cobram ao TJPB aumento de servidores, infraestrutura e segurança