prefeitura
::Monteirense Anniele Maracajá é destaque da Revista Sexy do mês de maio ::Bode na Rua 2019 será lançado no próximo sábado, em Gurjão ::Bandidos invadem residência e levam objetos e carro em cidade do Cariri ::IFPB de Monteiro oferece 20 vagas para Curso Técnico em Instrumento Musical ::Conselheiro do TCE-PB é alvo de nova fase da Operação Xeque-Mate ::Polícia desarticula quadrilha envolvida em tráfico de drogas em Juazeirinho ::Câmara de Monteiro recebe abertura da 7ª Semana de Enfermagem de Monteiro ::Agrovila começam a receber água 2 anos após retirada de terras para transposição ::Duas agências bancárias são explodidas na madrugada, na Paraíba ::Governo recua e publica novo decreto sobre armas Malves Supermercados

Juízes do interior cobram ao TJPB aumento de servidores, infraestrutura e segurança

(07/03/2019)

Os juízes da região de Queimadas, no interior do estado da Paraíba, estão cobrando do Poder Judiciário a equalização da força de trabalho, para poder dar conta de aproximadamente oito mil processos em tramitação na comarca. Os juízes Fabiano Graçascosta e Jeremias Cássio apresentaram a preocupação à Associação dos Magistrados da Paraíba (AMPB) e solicitaram que a entidade cobre ao Tribunal de Justiça do Estado um planejamento em relação ao acervo de unidades judiciárias que possuem um grande número de processos e quantidade insuficiente de servidores e assessores de juízes.

Os magistrados reclamaram, ainda, da internet deficiente do Fórum, pois prejudica o andamento dos trabalhos, mesmo com a digitalização dos processos.

A AMPB realizou visitas a várias comarcas, no mês de fevereiro. A entidade informou que, na cidade de Aroeiras, a juíza Maria Carmen Freire Farinha relatou aos representantes associativos que, apesar de contar com um número bom de servidores, falta estrutura física adequada e segurança no Fórum.

Na comarca de Guarabira, os juízes Aparecida Gadelha, Max Nunes e Elza Bezerra, membros da Associação, foram recebidos pelos juízes Alírio de Brito, Silse Nóbrega, Flávia Silvestre, Higia Antônia Barreto e Kátia Araújo, que trataram da reestruturação das unidades judiciárias e readequação do segundo grau de jurisdição.

“Precisamos de uma solução que gere resultados. Não tem como um juiz atender de forma razoável a demanda de processos estando respondendo por três unidades judiciárias, por exemplo”, disse a presidente da AMPB, Aparecida Gadelha. “Nosso trabalho é institucional, temos que levar as demandas dos colegas ao Tribunal, por isso estamos realizando essas visitas”, frisou.

Mais uma vez, os magistrados solicitaram um cuidado melhor com a segurança do Fórum, o que é um problema recorrente em comarcas do interior do Estado.

“Os pleitos não são só nossos, são do jurisdicionado, pois tudo culmina numa melhor prestação do nosso serviço”, comentou a Titular da 5ª Vara Mista da comarca de Guarabira, a juíza Kátia Araújo.

Número insuficiente de servidores no cartório e preocupação com a digitalização de processos, em detrimento do cumprimento de metas do CNJ. Essas foram algumas das questões apresentadas pelos juízes Anderley Marques e Renan do Valle, da comarca de Sapé.

“Vamos cobrar uma melhor gestão dos recursos, já que o TJPB bate tanto na tecla de economia, por conta do orçamento congelado”, afirmou a presidente da AMPB.

Faça seu comentário



Possui atualmente : Nenhum comentário em Juízes do interior cobram ao TJPB aumento de servidores, infraestrutura e segurança