::“Chupa-cabra” é instalado em caixa eletrônico da Caixa Econômica em Monteiro ::Prefeito Éden Duarte entrega obras de calçamentos em Sumé ::Alerta de chuvas para todas as cidades da Paraíba é prorrogado ::Temer anuncia no Rio que criará Ministério da Segurança Pública ::Morre no Hospital de Trauma menino de 10 anos atingido por tiro no Cariri ::Bom Demais Supermercado fecha neste domingo para balanço ::Deputados estão de malas prontas para mudarem de partidos até o início de abril ::Aesa tem previsão de mais chuvas para o Cariri neste final de semana ::UFPB divulga primeira chamada do Sisu 2018 ::Ministro do Conselho Nacional de Justiça determina inspeção no TJPB Malves Supermercados

Juízes serão investigados por supostas adoções irregulares da Universal

(14/01/2018)
Juízes serão investigados por supostas adoções irregulares da Universal Juízes serão investigados por supostas adoções irregulares da Universal

Autoridades portuguesas intensificaram as investigações do suposto esquema irregular de adoção de crianças envolvendo a cúpula da Igreja Universal -incluindo as duas filhas do bispo Edir Macedo.

A conduta dos juízes nas sentenças em que os menores foram retirados de suas famílias biológicas e entregues a pastores da igreja será analisada será escrutinada pelo Ministério Público e pelo Conselho Superior da Magistratura do país.

Especialistas têm apontado que pode ter havido falhas graves no material usado no embasamento das decisões.

As duas entidades reforçaram a intenção de investigar o assunto após vir à tona que a atual procuradora-geral da República de Portugal, Joana Marques Vidal, coordenava a equipe de magistrados do Ministério Público no Tribunal de Menores de Lisboa na época em que as adoções suspeitas foram autorizadas.

Em nota oficial, o Ministério Público afirmou que “nada deixará de ser investigado, o que permitirá apurar todos os fatos e eventuais responsabilidades”.

O Conselho Superior da Magistratura de Portugal declarou que também vai recolher material sobre as decisões judiciais do caso, mas ressaltou que, até agora, não há indícios de responsabilidade: “não foram suscitados quaisquer casos colocando diretamente em causa decisões de juízes”-

A instituição diz ainda que “determinou a recolha de todos os elementos pertinentes para avaliar os procedimentos prévios às decisões judiciais e os procedimentos de interação dos tribunais com as instituições com responsabilidade no percurso de preparação das decisões”.

O CASO

Uma série de dez reportagens exibida em dezembro pela “TVI”, a emissora de maior audiência de Portugal, acusa Igreja Universal do Reino de Deus de operar um esquema de adoção irregular e de tráfico internacional de crianças em Portugal na década de 1990.

Batizado de “O Segredo dos Deuses”, o trabalho detalhou o funcionamento irregular por vários anos de um orfanato mantido pela Universal na capital portuguesa. O “Lar Universal” está no centro da polêmica das acusações.

Segundo as reportagens, várias crianças, muitas vezes retiradas de seus pais biológicos de forma arbitrária, eram entregues a figuras proeminentes da Universal, usando o lar como fachada para encobrir o caráter ilegal das operações.

O trabalho acusa as duas filhas do bispo Edir Macedo, Viviane Freitas e Cristiane Cardoso, de terem recorrido a artifícios ilegais -incluindo mentiras à Justiça e até o uso de testas-de-ferro- para conseguir a guarda das crianças.

As reportagens exibiram diversas entrevistas com os supostos pais biológicos das crianças, além de ex-funcionários e jovens que viveram na instituição.

O caso tem tido ampla repercussão em Portugal.

OUTRO LADO

Em nota, a Igreja Universal do Reino de Deus negou todas as acusações e diz estar sendo vítima de um “ataque midiático sem precedentes”.

“A TVI, emissora de televisão de Portugal criada por grupos ligados à Igreja Católica, tem se utilizado, sem qualquer pudor, da manipulação de entrevistados e da ocultação de provas para veicular fantasias e mentiras.

As autoras desta barbaridade, jornalistas ávidas por mais um espectador, mais um clique, que se aproveitaram de mulheres fragilizadas e atormentadas pelo passado como mães que perderam a guarda de seus filhos, estão produzindo a mais nefasta e vergonhosa página do Jornalismo praticado em Portugal”, diz a instituição, que pretende processar as autoras do trabalho.”

Faça seu comentário



Possui atualmente : 1 comentário em Juízes serão investigados por supostas adoções irregulares da Universal


  • AS VEZES EU PENSO QUE A IGREJA UNIVERSAL É SÉRIA MAIS APARECE CASA COISA QUE TENHO DÚVIDAS DESSA SERIEDADE