prefeitura
::Prazo para pagamento do IPVA de placa com final 5 vence no dia 31 de maio ::OAB divulga resultado preliminar da 2ª fase do Exame de Ordem ::Prefeitura de Sumé e Sebrae planejam funcionamento do Shopping do município ::Prefeitura de SSU recebe kits de Higiene da Colgate para distribuir com a população ::Solteira, paraibana Lucy Alves posa sexy na cama ::Animais na pista provocam mais um acidente na região do Cariri ::Prefeitura de Sumé conclui serviço de aração de terras para agricultores do município ::Jovem sofre tentativa de homicídio no Cariri ::Maioria do STF vota pela criminalização da homofobia ::Guedes diz que reforma da Previdência deve ser aprovada em até 90 dias Malves Supermercados

Ministério Público determina retirada de cercas em rios de Sumé

(28/02/2019)
Ministério Público determina retirada de cercas em rios de Sumé Ministério Público determina retirada de cercas em rios de Sumé

Em audiência realizada na última dia 23 de janeiro, na sala da Promotoria de Justiça de Sumé, o Ministério Público informou que a Agência Executiva de Gestão das Águas do Estado (Aesa) seria responsabilizada pela retirada das cercas transversais na extensão dos leitos dos Rios Pedra Comprida e Sucuru, em Sumé.

Na reunião foi solicitado por parte do Ministério Público que a Prefeitura de Sumé disponibilizasse quatro servidores para auxiliar na retirada das cercas.

O Ministério Público determinou ainda a solicitação da Policia Militar Ambiental de Campina Grande para acompanhar a realização da operação da Aesa, nos dias 13 e 14 de fevereiro, e estipulou o prazo de 60 dias para que a Agência Executiva de Gestão das Águas do Estado apresente um relatório da operação.

Em entrevista, o promotor de justiça, Bruno Leonardo Lins, afirmou que as cercas na extensão dos rios são ilegais, pois se trata de um bem público.

Faça seu comentário



Possui atualmente : Nenhum comentário em Ministério Público determina retirada de cercas em rios de Sumé