prefeitura
::Dupla rouba motocicleta na zona rural de Monteiro ::Carga irregular de autopeças com destino a CG é apreendida no Cariri ::Preço da gasolina sobe pela 4ª semana ::Homem é encontrado morto com sinais de violência no Cariri ::João anuncia ações para ajudar famílias prejudicadas por chuvas em Pocinhos ::Vereador de Monteiro pede ao Estado dispensa de juros e multa para motos atrasadas ::Carro provoca acidente envolvendo van da Prefeitura de Monteiro ::Previsão indica nebulosidade e chuvas para Paraíba ::Dialogando com o Povo tem mais uma edição, desta vez na comunidade de Jabitacá ::AVC mata uma pessoa a cada quatro horas e meia na Paraíba Malves Supermercados

Ministério Público determina retirada de cercas em rios de Sumé

(28/02/2019)
Ministério Público determina retirada de cercas em rios de Sumé Ministério Público determina retirada de cercas em rios de Sumé

Em audiência realizada na última dia 23 de janeiro, na sala da Promotoria de Justiça de Sumé, o Ministério Público informou que a Agência Executiva de Gestão das Águas do Estado (Aesa) seria responsabilizada pela retirada das cercas transversais na extensão dos leitos dos Rios Pedra Comprida e Sucuru, em Sumé.

Na reunião foi solicitado por parte do Ministério Público que a Prefeitura de Sumé disponibilizasse quatro servidores para auxiliar na retirada das cercas.

O Ministério Público determinou ainda a solicitação da Policia Militar Ambiental de Campina Grande para acompanhar a realização da operação da Aesa, nos dias 13 e 14 de fevereiro, e estipulou o prazo de 60 dias para que a Agência Executiva de Gestão das Águas do Estado apresente um relatório da operação.

Em entrevista, o promotor de justiça, Bruno Leonardo Lins, afirmou que as cercas na extensão dos rios são ilegais, pois se trata de um bem público.

Faça seu comentário



Possui atualmente : Nenhum comentário em Ministério Público determina retirada de cercas em rios de Sumé