prefeitura
::Prefeituras do Cariri inscrevem para concursos até esta quarta-feira ::Deputada elogia João e não vê problema em aproximação com o governo ::‘Deus me Livre’ de Campina Grande vence Torneio de Sinuca na cidade ::REGRAS ELEITORAIS: Senado recua de pontos polêmicos e aprova fundo eleitoral sem valor definido ::O REI NA CAPITAL: Roberto Carlos faz show em João Pessoa em dezembro ::Mais Véia que a Serra (parte 434) – Tabajaras 1974 ::Setembro Amarelo tem programação em diversos setores no município de Monteiro ::Bolsonaro sanciona mudança na Lei Maria da Penha ::Funesc leva espetáculo ‘Parahyba Rio Mulher’ ao Cariri paraibano ::ALPB propõe adoção de energia solar na transposição Malves Supermercados

Mulher agredida por advogado em João Pessoa mentiu sobre naturalidade

(23/01/2019)

A mulher agredida pelo namorado na noite da última segunda-feira, 21, em uma pousada na Praia do Cabo Brando, em João Pessoa, pode ter mentido sobre sua real naturalidade.

Nas primeiras informações veiculadas pela imprensa da Capital, a vítima seria natural de Monteiro, porém, no decorrer das investigações ficou comprovado que a mulher seria de Ouro Velho e teria residência no município de Prata.

A mulher, de 35 anos, relatou em depoimento na Delegacia da Mulher que estava hospedada com o seu companheiro em uma pousada quando uma discussão foi iniciada. Percebendo alteração do advogado, ela decidiu sair do quarto, mas foi seguida por ele, que iniciou as agressões mais graves.

O homem acusado das agressões tem 58 anos de idade e seria advogado. A vítima relatou ainda que ele mora na cidade de Recife, em Pernambuco. Eles se relacionavam há dois anos e teriam decidido se encontrar esta semana em João Pessoa.

Vitrine do Cariri

Faça seu comentário



Possui atualmente : Nenhum comentário em Mulher agredida por advogado em João Pessoa mentiu sobre naturalidade