homenagem ao dia das mulheres
::DE ZABELÊ: Fazenda Serra do Fogo conquista Torneio Nacional de Cabras Leiteiras ::Prefeitura de Sumé em parceria com ONG realizam mutirão de exames no domingo ::Justiça Federal na Paraíba condena onze envolvidos na Operação Carta Marcada ::Justiça mantém prisões dos envolvidos na Operação Carga Pesada no Cariri ::PSD emite nota e oficializa apoio à pré-candidatura de Lucélio Cartaxo ::A DERROCADA DO GOLPE PARLAMENTAR ::Rede municipal de ensino da Prata comemora Dia do índio ::TJ libera concurso da UEPB e posse de 122 aprovados é marcada para segunda ::Fachin arquiva investigação contra Aguinaldo Ribeiro na Lava Jato ::As charges do dia… Malves Supermercados

Mural

Faça seu comentário



Possui atualmente : 789 comentários em Mural


  • Não houve espaço
    Na inauguração do Orfanato São Sebastião hoje (21-11-17) não houve participação dos dois diretores: Prof. Gomes e Jonildo Torres, sequer fomos convidados para participar da mesa de autoridades. No caso do Prof. Gomes, este pediu a palavra por três minutos e foi negado. Só a atual elite da Diretoria e autoridades tiveram vêz. Foi grande a minha decepçãp, pois dediquei cinco da minha vida aquela instituição.

  • Multiplicação política
    O patrimônio do Deputado Estadual Jorge Picciani (RJ) aumentou 6.368% em 20 anos. Tá provado, política é um bom negócio.

  • boa tarde!!
    gostaria de ver as fotos da festa de são joao de sume do ano 2017.

  • Saudade…
    Falar dos meus avós é agradecer a Deus a convivência com eles
    Maternos: Olegário e Cândida – Pessoas simples, mas de muita sabedoria. Vovô era um homem trabalhador, coração puro. Com ele convivi até os 16 anos. Foi várias vezes para Recife. Gostava da praia e de um bom peixe, acompanhados de legumes. A minha vó (Mãe Cândida) viveu 94 anos. A sua casa era a nossa primeira visita quando chegávamos a Monteiro. Era bom demais ouvir suas histórias. Sempre atualizada, nos colocava a par dos acontecimentos da cidade. Ela tinha muito orgulho da sua família: Irmãos, cunhados, sobrinhos, filhos, netos, bisnetos, esposos e esposas das netas e netos. Gostava de viajar e de ter a família reunida. A comemoração dos seus 90 anos foi um momento de muita alegria. Das lembranças da infância, estão na minha memória: As portas sempre abertas (frente e fundos) A garrafa de café e xícaras na mesa prá todos que adentrassem sua casa; polpa do coco verde com rapadura, algodão doce, matafome (espécie de bolacha) e a burrica no quintal (espécie de gangorra que girava). Deles aprendi que não precisamos ter muito para fazer o bem. É simples: basta fazer.
    Paternos: Antônio e Mariana – Um casal que dedicou suas vidas a fazer o bem ao próximo. Ele prestou assistência em enfermagem por muitos anos à população monteirense. Dr. Bernadino (o médico) prescrevia, ele ministrava. Era um autodidata. A minha vó era conhecida por “Mãe Mariana”; Comadre Mariana” pois com suas mãos abençoadas ajudou muitas mães a dar à luz aos seus filhos. Mulher corajosa, dinâmica que nos ensinou coisas boas. É desse tronco da família que vem a nossa vocação de servir, do ingresso no campo da saúde. É um legado que mantemos vivo. Das lembranças relato apenas algumas: A rede quando vovô descansava, eu e Cleide (minha irmã) disputávamos o seu colo. Mais tudo se ajeitava, ficando cada uma de um lado, e ele no meio a nos balançar. a primeira escola, a igreja, coral, mês de maio, as festas populares, comícios,o primeiro bolo, o doce de leite que eu mesma fazia. No almoço do sábado (dia de feira) a mesa era posta duas, três vezes, para acolher família, amigos, compadres vindos da zona rural. Nas madrugadas a voz dos compadres na porta: Comadre Mariana, vim lhe buscar. Maria tá lhe esperando. Chegou a hora.

  • Impaciente
    Amanhã já terça e até hoje ainda não enfeitaram a Praça João Pessoa para as Festas Juninas, noutras épocas, a essa altura tudo estava muito colorido. Pelo jeito não vão enfeitar, gostaria que alguém me respondesse.

  • Ainda sem bandeirolas
    Quando a prefeitura de Monteiro vai enfeitar o centro da cidade para o São João?

  • Vazio cultural
    Nos últimos 8 anos da administração anterior, as quadrilhas de rua faziam o diferencial nas Festas Juninas, porém, até agora, ainda não ouvi ninguém falar nas referidas quadrilhas. Acabou a tradição?

  • Com essa reforma da Previdência vale a pena ver o que aconteceu com a Lei dos Sexagenários ou Lei Saraiva-Cotegipe.
    Não parece ser muito diferente do que ocorreu há 132 anos.
    Os escravos seriam livres aos 60 anos de idade. Os senhores escravocratas conseguiram que a liberdade só ocorresse aos 65 anos de idade e isto parece ser a mesma coisa que ocorrerá com os trabalhadores se a reforma da Previdência passar do jeito que está.

  • O que há por trás
    Essa greve geral de hoje, nada mais é do que um dia pra emendar com o feriado de segunda-feira, pois o lógico seria fazer o movimento na segunda que já é feriado e não tem nada a ver com protestos contra as reformas, é mais conversa pra boi dormir.

  • Solicito ao Cariri Ligado e sua direção uma reportagem sobre a mais linda Igreja da PARAHYBA, a Igreja MATRIZ DE MONTEIRO, construída pelos holandeses há mais de 200 anos.