prefeitura
::Sumé abre Processo Seletivo para contratação no Programa Criança Feliz ::No Cariri: Festa do Bode Rei é um dos destinos mais procurados da Paraíba ::Governador suspende gastos com festividades juninas na Paraíba ::Procase reabre inscrições para jovens rurais em 10 cidades do Cariri ::Ponte Preta de Sumé e Juventude de Cabaceiras decidirão o título da Copa Cariri 2019 ::Homem mata ex-companheira a facadas em cidade do Cariri ::Toffoli diz que fake news já fazem parte do processo eleitoral no país ::Grupo de manifestantes protesta contra Bolsonaro em Recife ::Conheça a EDX Construtora e Empreendimentos Imobiliários ::Justiça eleitoral cancela 2,4 milhões de títulos de eleitor; 412 mil só no Nordeste Malves Supermercados

Neta de Pinto do Acordeon é vítima de racismo e agressão física em JP

(20/04/2019)
Neta de Pinto do Acordeon é vítima de racismo e agressão física em JP Neta de Pinto do Acordeon é vítima de racismo e agressão física em JP

Na última sexta – feira (19), a filha de Pinto do Acordeon denunciou agressões sofridas pela filha no Colégio Master Bessa, em João Pessoa, após uma discussão com uma colega de classe. Ela relata que a filha de onze anos, foi agredida física e verbalmente pela tia da menina, a Corretora de Imóveis Karina Araruna que chamou a criança de “negrinha bocuda” e chegou a cuspir no rosto da criança.

“A Maria estava na escola, estudando, uma tia de uma coleguinha de sala dela foi até lá, agrediu a menina verbalmente a chamando de gorda, bocuda e dizendo que ela tem um olhão e ainda agrediu fisicamente puxando o nariz da criança de 11 anos e o mais absurdo foi que ela ainda cuspiu na cara da criança,” relatou Duna, filha de Pinto do Acordeon.

Duna informou que o caso corre na justiça, onde foi registrado um boletim de ocorrência contra a agressora.

Faça seu comentário



Possui atualmente : Nenhum comentário em Neta de Pinto do Acordeon é vítima de racismo e agressão física em JP