::Pagamento da segunda parcela do 13º salário para servidores do Estado é feito nesta terça ::Prefeito de Zabelê consegue investimentos para área da saúde ::Escola Estadual João de Oliveira Chaves está com matrículas abertas para alunos novatos ::João Azevêdo destaca gestão eficiente de transparência da Paraíba em reunião com o Focco ::Anna Lorena recebe reconhecimento pela excelência na gestão municipal de Monteiro ::Presidente da Câmara de Monteiro parabeniza organização da 19ª Cruzada Evangelística ::Prazo de Isenção do IPVA 2020 para agricultores se encerra dia 31 ::MAIS ÁGUA NO CAMPO: Prefeitura recupera mais 17 poços públicos na zona rural ::Governo da Paraíba avalia Som nas Pedras e projeta circuito para 2020 ::Veneziano adia decisão acerca do seu futuro partidário Malves Supermercados

Operação Lei Seca autua 118 condutores por embriaguez durante o mês de novembro

(02/12/2019)
Operação Lei Seca autua 118 condutores por embriaguez durante o mês de novembro Operação Lei Seca autua 118 condutores por embriaguez durante o mês de novembro

O Departamento Estadual de Trânsito (Detran-PB), por meio da Operação Lei Seca, notificou 118 motoristas por dirigir sob efeito de álcool, durante o mês de novembro de 2019. Os números foram divulgados, nesta segunda-feira (2), pela Coordenação de Policiamento e Fiscalização do órgão.

Ao todo, foram realizados 1.275 testes de bafômetro neste mês, o que resultou na apreensão de 101 carteiras de habilitação (CNHs) e na remoção de 35 veículos aos pátios do órgão. A operação ainda autuou em flagrante 99 condutores pela prática de outras infrações ao Código de Trânsito Brasileiro (CTB).

Segundo o coordenador de Policiamento e da Lei Seca, major Edmilson Castro, “a ação da Operação Lei Seca tem como objetivo prevenir acidentes, a fim de evitar novas vítimas no trânsito, mesmo assim, muitos motoristas ainda insistem em desobedecer às leis de trânsito, mas os agentes, com o apoio da Polícia Militar, estão empenhados para que vidas sejam preservadas no trânsito do nosso estado”, afirmou.

O CTB prevê que os condutores de veículos flagrados sob efeito de álcool estão sujeitos à multa no valor de R$ 2.934,70, além de responder a processo administrativo de cassação da CNH por um ano. Em caso de reincidência, será cobrado o dobro do valor da multa e o condutor responderá pela cassação da CNH pelo período de dois anos.

Faça seu comentário



Possui atualmente : Nenhum comentário em Operação Lei Seca autua 118 condutores por embriaguez durante o mês de novembro