sao joao
::Novo incêndio e de grandes proporções é registrado entre Serra Branca e Coxixola ::PREPARE O BOLSO: Preço do botijão de gás de cozinha deve chegar a R$ 75 ::ALPB já gastou R$ 1,2 milhão com locação de veículos, combustível e até com multas ::Festival do Mel chega à 10ª edição com novidades como a ‘Tardezinha do Mel’ ::Pesquisa aponta Cássio como 1ª opção de voto para o Senado ::Pauta do TCE-PB tem contas do Turismo, 13 Prefeituras e sete Câmaras ::Moradores da Zona Rural de Sumé aprovam gestão do prefeito Éden Duarte ::Nova ESA realiza 100 cursos em pouco mais de sete meses ::Haddad diz que não dará indulto a Lula se for eleito presidente ::Nova pesquisa aponta Maranhão com 29,8%, João com 23,5% e Lucélio 18,9% Malves Supermercados

Operação Lei Seca autua 96 condutores por embriaguez durante o mês de março

(02/04/2018)

O Departamento Estadual de Trânsito (Detran-PB), por meio da Operação Lei Seca, notificou 96 motoristas por alcoolemia, durante o mês de março, segundo balanço divulgado pela Divisão de Policiamento e Fiscalização do órgão. Somente nesse feriado da Semana Santa, quando as ações foram intensificadas, 23 condutores foram autuados em decorrência da combinação de álcool e direção.

De acordo com o balanço mensal do diretor de Engenharia do Detran-PB, Zeca de Sousa, foram realizados 1.714 testes de bafômetro, que resultaram na apreensão de 82 carteiras de habilitação (CNHs) e na remoção de 33 veículos aos pátios do órgão. A operação ainda autuou em flagrante 108 condutores pela prática de outras infrações ao Código de Trânsito Brasileiro (CTB).

Operação Semana Santa – No total, 50 homens, entre agentes e policiais militares que atuam no setor, participaram da Operação Semana Santa, que contou ainda com o apoio do Batalhão de Policiamento de Trânsito (BPTran) e da equipe da Divisão de Educação de Trânsito do Detran da Paraíba, visando coibir a prática de embriaguez ao volante.

As ações também contaram com o reforço nos equipamentos utilizados, com o propósito de oferecer mais segurança aos agentes e policiais de trânsito. Para isso, foram disponibilizados coletes balísticos, lombadas móveis, barreira rodoviária antifuga (cama de faquir), entre outros.

Segundo a direção do Detran-PB, a principal causa de acidentes nos feriados prolongados é a combinação entre álcool e direção. Por isso, o alvo da Operação Lei Seca é o condutor que apresentar qualquer indício de consumo de álcool. Em caso de confirmação através do bafômetro, ele é punido com multa no valor de R$ 2.934,70, perda de sete pontos na carteira, recolhimento da CNH e suspensão do direito de dirigir por até 12 meses. Quanto ao veículo, ele fica retido, aguardando a chegada de um condutor capacitado.

Em respeito a legislação eleitoral o CARIRI LIGADO não publicará os comentários dos leitores. O espaço para interação com o público voltará a ser aberto logo que as eleições 2018 se encerrem.