prefeitura
::Homem morre após colidir moto na traseira de caminhão no Cariri ::Governadores do NE cobram posicionamento de Jair Bolsonaro ::Programa de pós-graduação em ciências da nutrição da UFPB realiza pesquisa em Sumé ::S. S. do Umbuzeiro recebe Pesquisador da UFPB sobre as potencialidades do Leite de Cabra ::‘Daqueles governadores de ‘paraíba’, o pior é o do Maranhão’, diz Bolsonaro ::Presidente da APIPD parabeniza prefeita Anna Lorena e equipe pela atenção aos deficientes ::Edna Henrique destina meio milhão de reais para construção do Parque de Exposição de Monteiro ::20ª edição do Bode na Rua é aberto oficialmente ::Polícia recupera moto roubada em Serra Branca ::Prefeitura de Camalaú abre edital de Processo seletivo Malves Supermercados

Polícia Civil identifica mulher suspeita de deixar bebê no lixão de Monteiro

(19/06/2019)
Polícia Civil identifica mulher suspeita de deixar bebê no lixão de Monteiro Polícia Civil identifica mulher suspeita de deixar bebê no lixão de Monteiro

Um exame de DNA deve ser feito ainda neste mês para esclarecer o caso do recém-nascido encontrado no lixão no município de Monteiro, no mês de maio. A mulher, identificada pela Polícia Civil como suspeita, pode ser apontada como mãe da criança após o resultado.

“A prova irrefutável é o DNA, ele quem dirá se nossa suspeita é a mãe que abandonou o recém-nascido”, afirmou o delegado Cristiano Santana.

Para não prejudicar as investigações, o delegado não informou de que forma a polícia chegou até a mulher. Semanas antes, foram ouvidas testemunhas do crime, inclusive o motorista do caminhão de lixo, que deu informações que contribuíram para o caso.

O exame utiliza as sequências de DNA para identificar se os envolvidos possuem vínculo biológico. O crime está sendo investigado pela equipe do Grupo Tático Especial (GTE) da 14ª Delegacia Seccional em Monteiro.

Caso seja identificada, a suspeita pode responder por infanticídio ou homicídio. Se for por infanticídio a pena é de detenção, que pode ser de dois a seis anos. Já em crime de homicídio, a reclusão pode chegar a vinte anos.

Relembre

O corpo de um bebê recém-nascido foi encontrado 2 de maio dentro de uma caixa de sapato em um lixão localizado no município de Monteiro, Cariri paraibano. A criança foi encontrada por catadores que trabalhavam no local. Ao identificar o corpo, os trabalhadores acionaram o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), que constataram o óbito.

Faça seu comentário



Possui atualmente : Nenhum comentário em Polícia Civil identifica mulher suspeita de deixar bebê no lixão de Monteiro