::Mundo ultrapassa a marca de 1 milhão de mortos por Covid-19 ::ASPOL/PB requer desagravo público em defesa dos policiais civis da Paraíba ::Bolsa Renda Monteiro é uma das propostas apresentadas por Anna Lorena ::TRUPEÇANDO NOS CARIRIS ::Secretaria Municipal de Saúde de Monteiro informa sobre 18 novos casos de Covid ::Renda renascença do Cariri paraibano é pauta no Festival Nordestino de Economia Criativa ::Funcionalismo de Monteiro recebe vencimentos nesta semana; confira o calendário ::Substituto do Bolsa Família: Governo anuncia Renda Cidadã e prevê usar dinheiro de precatórios e do Fundeb ::OAB Cariri repudia agressões e ameaças sofridas por advogados na Central de Polícia, em João Pessoa ::Delegado afirma que foi agredido e nega ter ameaçado advogado na Central de Polícia de João Pessoa Malves Supermercados

Presidente da OAB diz que fechamento de escritórios de advocacia em JP é perseguição

(17/06/2020)
Presidente da OAB diz que fechamento de escritórios de advocacia em JP é perseguição Presidente da OAB diz que fechamento de escritórios de advocacia em JP é perseguição

O presidente da Ordem dos Advogados do Brasil na Paraíba (OAB-PB), Paulo Maia, classificou como uma perseguição política a atitude da Prefeitura de João Pessoa de recorrer ao Supremo Tribunal Federal para o deferimento da decisão do Tribunal de Justiça da Paraíba (TJPB) que autorizou a reabertura de escritório de advocacia na Capital. Paulo afirmou que a advocacia é de suma importância na vida da população.

“Como advogado recebo com decisão judicial com os organismos previsto as para ataca-la como presidente da OAB me causa perplexidade espanto e indignação ao defender a abertura entendemos que o advogado é de vital importância na vida dos que precisam se defender. É importante a para a garantia do estado do direito. Me causa espanto quem busca o fechamento desses escritórios. É uma atividade indispensável do trabalhador mais humilde até a maior autoridade se. Vamos buscar recorrer.

Já o procurador geral de João Pessoa, Ademar Régis, respondeu dizendo que a procuradoria, que recorreu ao STF, está apenas cumprindo o seu papel e que são medidas sanitárias.

“Posso assegurar que não existe perseguição.Não é adequado o momento para profissionais liberais não foi só pra advogado mas para contadores, corretores. Nosso entendimento é que fique fechado. Sem perseguição em relação a qualquer categoria, mas a situação sanitária não permite a abertura desses estabelecimentos nesse momento”, disse.

Faça seu comentário



Possui atualmente : Nenhum comentário em Presidente da OAB diz que fechamento de escritórios de advocacia em JP é perseguição