prefeitura
::Polícia prende mais um acusado de envolvimento com morte de vereador no Cariri ::Espetáculo da Paixão de Cristo em Monteiro este ano apresenta diversas inovações ::Wellington assume liderança do PR e diz que partido não faz parte da base de Bolsonaro ::IPVA poderá ser pago nas casas lotéricas a partir de abril, na Paraíba ::Policial Militar caririzeiro é baleado no Pernambuco ::Edna Henrique se reúne com ministro e apresenta pleitos que atendem municípios do Cariri ::Educação do Campo realiza III Ciclo de Debate do Nupeforp ::Governo da Paraíba cria programa de transporte escolar para alunos da zona rural ::IBOPE: Aprovação do governo Bolsonaro cai 15 pontos ::Reforma da previdência dos militares prevê economia líquida de R$ 10,45 bilhões em dez anos Malves Supermercados

Presidente do Progressistas é alvo de operação da Polícia Federal

(22/02/2019)
Presidente do Progressistas é alvo de operação da Polícia Federal Presidente do Progressistas é alvo de operação da Polícia Federal

A Polícia Federal deflagrou nesta sexta (22) a Operação Compensação, que mira suposto pagamento de propinas pela JBS ao senador Ciro Nogueira (PI), presidente nacional do PP, e ao próprio partido.

Estão sendo cumpridos mandados de busca e apreensão nas casas de duas pessoas e em duas empresas ligadas ao congressista.

A ação foi autorizada pela ministra do STF (Supremo Tribunal Federal) Rosa Weber em inquérito que apura se o grupo dos irmãos Joesley e Wesley Batista repassou R$ 42 milhões para que o PP apoiasse o PT nas eleições presidenciais de 2014 e também para que não desembarcasse do governo em 2016, durante o processo de impeachment.

Os pagamentos teriam sido feitos por meio de doações oficiais e por meio de um supermercado no Piauí. Há também relatos de entrega em espécie ao congressista.

Outro investigado é o ex-ministro petista Edinho Silva (Secretaria de Comunicação Social da Presidência), atual prefeito de Araraquara (SP), que teria aprovado os pagamentos.

O caso foi relatado pelos delatores da JBS em depoimentos à PGR (Procuradoria-Geral da República).
Ao todos, estão sendo cumpridos sete mandados de busca e apreensão em Teresina (PI), Brasília (DF) e São Paulo/SP, além de intimações para fins de depoimentos dos envolvidos.

Faça seu comentário



Possui atualmente : Nenhum comentário em Presidente do Progressistas é alvo de operação da Polícia Federal