prefeitura
::Polícia prende acusado de tentativa de homicídio no Cariri ::Neta de Pinto do Acordeon é vítima de racismo e agressão física em JP ::Crise na Avianca atinge a Paraíba e mais de 50 voos são cancelados ::Inmet faz alerta para chuvas intensas em 98 cidades da Paraíba ::Mano Walter é a primeira atração confirmada no São João de Ouro Velho ::Encenação da Paixão de Cristo encanta e emociona o público em São João do Cariri ::Mulher é morta a tiros em festa; marido é suspeito do crime ::Inovando, Paixão de Cristo – A Ceia do Senhor em Monteiro registra recorde de público ::Em Monteiro: Lançamento do livro ‘Pedro Jeremias’ na Casa Progresso ::Prefeita de Monteiro vem sendo vitima de Fake News e sofre agressões de adversários Malves Supermercados

Presos queimam colchões em novo princípio de rebelião em Patos

(07/02/2019)
Presos queimam colchões em novo princípio de rebelião em Patos Presos queimam colchões em novo princípio de rebelião em Patos

O Presídio Padrão de Patos, Sertão paraibano, registrou mais um princípio de rebelião, na manhã desta quinta-feira (7). Um tumulto parecido havia acontecido na tarde dessa quarta (6). Apesar do conflito, nenhum detento escapou do cárcere.

Segundo o secretário da Administração Penitenciária, tenente-coronel Sérgio Fonseca, os presos queimaram colchões e danificaram parte da estrutura das celas. Entulhos foram arremessados contra agentes penitenciários.

Ainda conforme o secretário, cerca de 60% das celas aderiram à revolta. As motivas do movimento ainda são apuradas pela Administração Penitenciária.

“O tumulto foi contido rapidamente, pois a equipe do Bope já estava no presídio. Tínhamos uma ação prevista para hoje, então não houve demora ou dificuldade no combate a esse princípio de rebelião. Agora estamos fazendo a operação de rescaldo, com avaliação e limpeza das celas”, informou tenente-coronel Sérgio Fonseca.

Atualmente, o Presídio Padrão de Patos abriga aproximadamente 360 detentos.

Faça seu comentário



Possui atualmente : Nenhum comentário em Presos queimam colchões em novo princípio de rebelião em Patos