::CIDADE SEGURA: Polícia apreende armas, prende trio e recupera moto no Cariri ::OLHO VIVO – Por Simorion Matos ::João destaca ranking que coloca a PB entre os estados mais eficientes do país ::Lucélio, Micheline, Cássio e Daniella participam de caminhada ::Maranhão ganha adesão de prefeitos, vereadores e reafirmação de apoios em Patos ::TCE emite alerta a Prefeitura de Boa Vista e outras cidades da Paraíba ::TRAGÉDIA NO CARIRI: Criança morre após ser atingida acidentalmente por carro ::Prefeito Adriano Wolff se reúne com o candidato a senador Luís Couto e firma parcerias ::Homem é preso acusado de estupro de vulnerável, em Barra de São Miguel ::Inscrições para concurso de São João do Cariri termina neste domingo Malves Supermercados

Secretaria de Saúde de Sumé realiza treinamento sobre lixo hospitalar

(19/01/2018)
Secretaria de Saúde de Sumé realiza treinamento sobre lixo hospitalar Secretaria de Saúde de Sumé realiza treinamento sobre lixo hospitalar Secretaria de Saúde de Sumé realiza treinamento sobre lixo hospitalar

A Secretaria Municipal de Saúde de Sumé realizou nesta quinta-feira (19/01), um treinamento lixo hospitalar para os servidores que trabalham diretamente com o manuseio e a coleta do lixo.

O treinamento foi ministrado pela empresa Waste – Coleta de Resíduos Hospitalares, que é a responsável pela coleta do lixo hospitalar da Prefeitura de Sumé, ministrado pela auditora em direito ambiental, Taua Domiciano.

De acordo com a secretária de Saúde, Alessandra Regina, o treinamento foi um importante momento para que cada trabalhador saiba das suas responsabilidades quanto aos cuidados que se devem ter com o manuseio e a destinação desses resíduos, seja no trato, no transporte e no seu destino final.

A secretária explicou que um dos problemas enfrentados pelo município são as farmácias, laboratórios e clínicas médicas e odontológicas que geram esse tipo de lixo no município sem os cuidados necessários, colocando em risco a saúde e a vida dos trabalhadores e recicladores que fazem a coleta diária desses materiais, além de prejudicar o meio ambiente.

De acordo com Taua Domiciano, a oferta do treinamento foi uma importante ação da Prefeitura de Sumé, já que a maioria da população não atenta para a importância que tem o lixo público, somente em 2015, o Brasil produziu 24 milhões de toneladas de lixo, o que equivale a 168 estádios do maracanã cobertos de todos esses resíduos.

“Enquanto a Prefeitura contrata uma empresa e treina seus funcionários para que façam esse tipo de trabalho de forma correta, os particulares estão prejudicando essa coleta, destinando de forma irregular”, disse Taua.

Ela também explicou que atualmente, os órgãos de fiscalização ambiental e sanitária tem atentado mais para essa questão e as empresas e comércios que ainda estão na ilegalidade, podem ser penalizadas com essas fiscalizações pelos órgãos ambientais ou pelo Ministério Público.

Em respeito a legislação eleitoral o CARIRI LIGADO não publicará os comentários dos leitores. O espaço para interação com o público voltará a ser aberto logo que as eleições 2018 se encerrem.