prefeitura
::Poeta monteirense faz apelo em redes sociais pedindo o fim da morosidade no judiciário ::Ricardo critica a reforma da Previdência: “aumenta a pobreza e não atende as necessidade do povo” ::Sumé promove 6ª Conferência Municipal de Saúde ::ANA regulariza mais 400 usuários que utilizam água de Boqueirão para irrigação ::Bandeira tarifária da conta de luz continua verde em março ::TCE-PB aprova contas de 2017 da Câmara de São Sebastião do Umbuzeiro ::Bolsonaro autoriza PB contratar empréstimo de US$ 50 milhões ::Prefeito de São João do Cariri pede licença do cargo para tratamento de saúde ::Raio atinge cerca e acaba matando quatro bois em fazenda no Sertão do Estado ::IMPERDÍVEL: Banda Magníficos lançará novo projeto no próximo dia 14 Malves Supermercados

TCE emite alerta a oito Prefeituras por inconsistências na gestão

(18/01/2019)
TCE emite alerta a oito Prefeituras por inconsistências na gestão TCE emite alerta a oito Prefeituras por inconsistências na gestão

Os conselheiros do Tribunal de Contas do Estado da Paraíba (TCE-PB) André Carlo Torres Pontes e Fernando Catão emitiram, nos dias 17 e 18 de janeiro, oito alertas a gestores municipais paraibanos.  Os documentos são produto do Acompanhamento da Gestão em Tempo Real realizado pelo Tribunal.

As Prefeituras Municipais de Cabedelo, Mamaguape, Aroeiras, Fagundes, Natuba, Bacamarte, Santa Cecília e Cuité de Mamaguape foram alertadas sobre inconsistências. Confira as publicações nos diários desta sexta-feira (18) e e segunda-feira (21).

O principal problema observado foi a ausência de divulgação dos instrumentos orçamentários e respectivos anexos vigentes para o exercício 2019 – Plano Plurianual (PPA), Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) e Lei Orçamentária Anual (LOA).

Além disso, segundo o TCE, os gestores também foram alertados quanto a falta de informações sobre vários itens imprescindíveis, como licitações, despesas referentes ao exercício 2019, frota de veículos do município, cadastro dos servidores e respectivas remunerações, entre outros.

Os objetos de exame dos auditores neste momento foram as ferramentas de transparência dos municípios – Site, Portal Transparência e E-SIC (Serviço eletrônico de Informações ao Cidadão). A análise seguiu preceitos estabelecidos na Lei de Responsabilidade Fiscal (Lei Complementar 101/00), Lei de Acesso à Informação (Lei 12.527/11) e em Resolução Normativa do próprio Tribunal (RN-TC 02/2017).

O tribunal afirma que os alertas cumprem papel importante dos processos de Acompanhamento da Gestão de demonstrar eventuais falhas e orientar os gestores no sentido de corrigi-las ainda durante o exercício, evitando assim a consolidação de prejuízos para a sociedade.

A íntegra de cada um dos documentos pode ser consultada no Diário Oficial Eletrônico do TCE-PB, edições dos dias 18 e 21 de janeiro, disponíveis no portal tce.pb.gov.br ou no aplicativo Nosso TCE, disponível para Android e IOS.

Faça seu comentário



Possui atualmente : Nenhum comentário em TCE emite alerta a oito Prefeituras por inconsistências na gestão