prefeitura
::“Quem não tem mandato não pode dar conselho a quem tem”, diz Efraim Morais ::Em visita ao DER, vereador recebe confirmação de pavimentação da estrada de Malhada de Roça ::Municípios da Paraíba recebem R$ 24,9 mi do FPM nesta sexta ::CAPS de Sumé continua com atividades do Setembro Amarelo ::Goleiro caririzeiro é convocado para seleção brasileira ::Lojas Americanas conta com apoio do SINE Monteiro para processo seletivo ::Líder anuncia que prefeita de Monteiro receberá comissão de servidores para para discutir insalubridade ::Alunos da rede municipal de ensino recebem atendimento oftalmológico em Monteiro ::Governo Federal tem dívida de R$ 25 mi em repasse para as obras do canal Acauã-Araçagi ::Prefeitura de Sumé, Banco do Brasil e empresários se reúnem para tratar sobre a agência Malves Supermercados

TCE-PB reprova conta de prefeituras por déficit financeiro e orçamentário

(05/09/2019)
TCE-PB reprova conta de prefeituras por déficit financeiro e orçamentário TCE-PB reprova conta de prefeituras por déficit financeiro e orçamentário

As contas das prefeituras municipais de Poço Dantas e São José de Caiana, respectivamente, dos exercícios de 2018 e 2016, foram rejeitadas pelo Tribunal de Contas do Estado, em sessão realizada nesta quarta-feira (04), sob a presidência do conselheiro Arnóbio Alves Viana.

De acordo com o TCE, entre as principais irregularidades que levaram à reprovação das contas de Poço Dantas e São José de Caiana, destacaram-se déficit financeiro e orçamentário, falta de procedimentos licitatórios e o não recolhimento das contribuições previdenciárias.

As contas dos municípios de Serra Grande, São Sebastião da Lagoa de Roça e Duas Estradas, relativas ao ano de 2018, foram aprovadas, além das cidades de Paulista, Natuba, Conde, Guarabira e São José de Espinharas.

A Corte de Contas ainda julgou pela regularidade das contas anuais da Controladoria Geral do Estado de 2018 e da Companhia Paraibana de Gás, exercício de 2017.

Faça seu comentário



Possui atualmente : Nenhum comentário em TCE-PB reprova conta de prefeituras por déficit financeiro e orçamentário